• Home

PR1514 – A Nave-Concha

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

c1514

A bordo da nave de NGC 5236 – o desconhecido se revela

Título Original: Das Muschelschiff

Autor: Arndt Ellmer

Tradutor: Eduardo José Corrêa de Carvalho

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 27/08/1990

Publicação no Brasil: Março de 2018

Época: Atualidade: maio do ano de 1170 NCG, passado: 1148 NCG até 1169 NCG

Local da ação: M13, Truillau, Hidden World

Personagens principais: Atlan, Gesil, Per-E-Kit, O senhor da nave-concha, Holmer Arramo

Resumo

Após a destruição da KARMINA, Atlan aceita o convite para ir a bordo da estranha nave-concha, acompanhando Gesil e Per-E-Kit. O kontidense instrui o arcônida e a mulher de Perry Rhodan sobre a SHARN-Y-YAAK, ao mesmo tempo em que o misterioso alienígena dá algumas pistas sobre o mistério da sua identidade. Finalmente, descobre-se que o senhor da nave-concha é Stalker, que explica para Atlan e Gesil qual é sua verdadeira missão na Via Láctea:

Em 1148 NCG, disfarçado como o patriarca saltador Holmer Arramo, ele seguiu para a concentração de poder de ESTARTU. Com a última nave que lhe resta, a ARRAMO I, que foi renomeada para OSFAR, ele primeiro chega à galáxia Truillau, também conhecido sob os nomes NGC 5236 e M-83. Ele tinha indicações de que um aliado de Assu-Letel, que tinha se estabelecido lá como o Guardião de Truillau, uma poderosa base de poder, possivelmente era o pai e criador de Monos.

Em um sistema estelar sem planetas nos arredores de Truillau, os saltadores entram em contato com os locais. Eles vivem a bordo de um forte solar (estação espacial) denominada Pryntisval. Parecendo uma mistura de tópsida e sapo, Welentain recebem bem os visitantes e os informa que qualquer relação comercial com os povos de Truillau depende da aprovação de um mediador. Eles indicam para os saltadores o caminho para o sistema Drebher, onde se pode encontrar um destes e os advertem para ter cuidado com as naves do Guardião, que combatem ferozmente os intrusos de fora de Truillau.

No planeta Tingal, Stalker é recebido por Paperglute – alia, Welentain. Este também informa que estranhos não são bem-vindos em Truillau. No entanto, uma licença de comércio seria emitida se os saltadores decidissem se tornar residentes permanentes. Isto não nem é cogitado pelo clã saltador. Quando Stalker começa a pressionar o mediador – que ele acredita ser Welentain –, fazendo perguntas sobre os Guardiões, este reage interrompendo a entrevista e convida os visitantes a partir. Esta reivindicação recebe forte ênfase quando uma nave-concha do Guardião chega ao sistema e os saltadores se retiram para bordo de sua nave.

A fuga precipitada de Tingal é seguida por uma perseguição da ARRAMO I, que não consegue despistar seus caçadores, mas a nave não é atacada de imediato pelas naves do Guardião. Na superfície de um mundo selvático, chamado de Hidden World pelos saltadores, a nave cilíndrica saltadora finalmente é alcançada e reduzida a escombros. A nave-concha atacante envia tropas de desembarque compostas por membros do povo kontidense, que perseguem impiedosamente os náufragos. É um verdadeiro massacre: além de Stalker, apenas sete saltadores sobrevivem. Após a retirada dos kontidenses, os companheiros de Stalker gradualmente sucumbem à natureza do planeta inóspito e o antigo sotho inicia uma epopeia de Robinson Crusoé que dura mais de vinte anos.

Só em 1168 NCG apareceu novamente uma nave-concha em Hidden World e Stalker vê sua última chance para escapar do planeta. Tentando esgueirar-se a bordo de um escaler, ele é descoberto e confrontado pelo kontidense Per-E-Kit. Este representa um grupo de rebeldes que trabalha contra o Guardião. Após breve apresentação, Stalker é paralisado.

Ele só acorda novamente um ano mais tarde, observando que seu corpo foi totalmente restaurado no mesmo período. Os ferimentos que tinha sofrido na batalha contra Estígio estão completamente curados. Pouco depois de seu despertar, Per-E-Kit aparece e o informa da situação em Truillau, na medida do conhecimento dos rebeldes. No princípio, havia dois Guardiões, duas pessoas de fora. Também conhecido como Parte do Poder, o Príncipe da Fé – por trás do qual Stalker suspeita estar Assu-Letel – tinha fugido naquele tempo da Via Láctea. Quando Stalker, em seguida, descobre que os kontidenses são membros de diferentes povos, que foram padronizados por meio de intervenções genéticas, ele vê uma conexão com o processo de Monos na Via Láctea e concorda prontamente em cooperar com os rebeldes.

***

Sabendo do sequestro de Gesil por Assu-Letel, Stalker parte novamente para a Via Láctea, onde então faz contato com a esposa de Perry Rhodan por intermédio de Per-E-Kit. Em 20 de maio, ele finalmente se encontra com o marido de Gesil, que se aproxima do ponto de reunião com a ODIN. Lá, ele aceita relutantemente que Gesil vai acompanhar Stalker para Truillau, a fim de buscar pistas sobre o criador de Monos. Ele mesmo permanece na Via Láctea, onde quer se concentrar nos problemas atuais, como os linguides e os tópsidas.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.