• Home

Os Senhores da Galáxia - Os opressores galácticos

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativa
 

SdG1Os Senhores da Galáxia (SdG), governaram Andrômeda durante dezenas de milhares de anos, com um reinado de terror, até que puderam ser derrotados no ano 2406, pela aliança de terranos, pos-bis e maahks. Eles eram da elite científica e militar dos lemurenses que fugiram para Andrômeda.

Para os povos oprimidos de Andrômeda, como os engenheiros cósmicos, os Senhores da Galáxia eram conhecidos como o Mal em sua Essência(PR 250).

Durante o Grande Tamanium dos lemurenses – semelhante ao Grande Império dos arcônidas – era governado por um dos Doze, e como os Senhores da Galáxia eram originalmente treze pessoas, similares ao Grande Conselho Coordenador de treze Tamânes Solidários, em Lemur, no primeiro avanço para o espaço.

Os tefrodenses lhes davam a forma de tratamento Maghan – para os lemurenses significava Sublime – um uso comum para o Tamrat da Tamânia, no reino lemurense. Entre eles, usavam a designação de Fator I a Fator XIII. O Fator I era superior a todos os outros. Mais tarde – após a eliminação de seis rebeldes – restaram apenas sete Senhores da Galáxia, que ainda eram dirigidos de forma ditatorial pelo Fator I. Ao longo do tempo, os SdG se tratavam somente pelos números, e não pelos nomes (PR 286).

Fatores

Originalmente Agaia Thetin era o Fator I dos Senhores da Galáxia. Após sua morte, pela destruição de seu ativador celular, Mirona Thetin ocupou anonimamente sua posição. O ano da morte de Agaia Thetin não é conhecido com precisão (RP 288).

Há cerca de 8000 anos aC., seis SdG, depois de terem descoberto a identidade do Fator I, tentam tomar o poder em Andrômeda, para governar como um Conselho dos Seis. Aset-Radol, anteriormente Fator VI, espionava a favor do Fator I, e traiu os rebeldes. O Fator I os matou através de um dispositivo de controle dos ativadores celulares. Desde que Mirona Thetin chegou à decisão de não mais confiar nele, ela enviou para o ativador celular dele, um impulso de destruição de alta energia. Aset-Radol sabia disto, e se escondeu dentro de um “moby”, que comeu os impulsos de rádio. Em seguida ele retirou-se para a Via Láctea, onde prosseguiu com seus planos alternativos, ao longo dos próximos milênios (A Toxina Ara 6).

Um dos rebeldes, Comden Partan, o Fator XIII dos SdG, antes de seu ativador de células ser destruído, entregou-o a um amigo. Ele se refugiou na Via Láctea e esperou a morte do Fator I, em sono profundo. Em 2842 ele apareceu como O Cinzento, entretanto ele estava obviamente mutado, e tinha uma fraca capacidade hipnossugestiva.

Os outros seis Fatores não descobriram nada sobre a verdadeira identidade do Fator I.

Notas:

    • Em 2406, o Fator I fala de um período de “cerca de 10 mil anos”, no qual o seu número era apenas sete. Matematicamente seria 7595 aC., mas o relatado deixa espaço suficiente para a revelião, até 8000 aC. (PR 299 e Infotransmitter de 19/12/2014)

    • A história de Comden Partan como “O Cinzento” foi publicada na série Atlan. A rebelião foi datada em 8020 aC. Mais tarde ele manifestou dúvidas quanto à sua identidade (Atlan 94 e 99).

    • Depois de uma descrição divergente, Mirona Thetin oficialmente apareceu como Fator XIII. Ela se infiltrou no círculo dos conspiradores, e poderia identificá-los. A fim de preservar o seu anonimato como o Fator I, após a morte dos cinco conspiradores, fingiu também a sua morte. Esta provavelmente é uma história paralela (PR 1573).

mirona2Os sete SdG que sobreviveram à rebelião, e ainda governaram Andrômeda por mais dez mil anos:

  • Fator I: Mirona Thetin

  • Fator II: Trinar Molat

  • Fator III: Proth Meyhet

  • Fator IV: Miras-Etrin

  • Fator V: Nevis-Latan

  • Fator VI: Toser-Ban

  • Fator VII: Regnal-Orton

Seis desses sete Fatores foram mortos durante os confrontos com os terranos, entre 2404 e 2406.

Toser-Ban morreu em 49488 aC. – o equivalente ao ano 2404 no presente relativo – durante uma missão no passado, Regnal-Orton e Nevis-Latan morreram imediatamente após o retorno ao ano 2404.

Proht Meyhet conseguiu, com a ajuda do ilt Gucky, fugir da estação Midway. Uma vez que também não foi capturado no seu encontro em Multidon, ele pode escapar de lá. Ele retirou-se para a Via Láctea. Ele escapou do impulso de morte de Mirona Thetin, e construiu uma nova vida ao longo de vários séculos, sob uma identidade de camuflagem em Nakh III, até que morreu por suas próprias mãos (Volume Jubileu 7).

mirona3Os outros Senhores da Galáxia foram:

  • Antigo Fator IV: Zeno Kortin (Toxina Ara 6, PR 2761 e 2762)

  • Antigo Fator VI: Aset Radol (Toxina Ara 6)

  • Antigo Fator VII: Soynte Abil (Toxina Ara 6, Infotransmitter 19/12/2014)

  • Antigo Fator VIII: Toser-Ban (Infotransmitter 19/12/2014)

  • Fator IX: Barim-Nantor (RP 351)

  • Antigo Fator X: Miras-Etrin (Infotransmitter 19/12/2014)

  • Fator XI: Colin-Us, iniciador da rebelião (Infotransmitter 19/12/2014)

  • Antigo Fator XII: Regnal-Orton (Infotransmitter 19/12/2014)

  • Fator XIII: Comden Partan (Atlan 94, Toxina Ara 6)

Hierarquia

Obviamente, todos os Fatores dos Senhores da Galáxia – exceto o Fator I – tinham igualdade de direitos. A hierarquia de classificação ou autoridade devido à numeração descendente não é conhecido. Limitava-se a simbolizar a apreciação da importância das respectivas competências pessoais (PR 286).

Símbolo

O símbolo dos SdG, que eles usavam em seu uniforme prateado, eram duas galáxias douradas em um fundo negro. A marca com a qual o Fator I fazia contato com seus subordinados, adicionalmente mostrava uma faixa fluorescente, que atravessava as duas galáxias estilizadas (PR 267, 286 e 297).

Nota: Provavelmente expressava sua reivindicação sobre todo o legado lemurense – Andrômeda e a Via Láctea – como resultado.

mironaPrefácio à história

A história dos Senhores da Galáxia, a sua origem, as pessoas envolvidas, entidades e eventos, estão sujeitos a alteração. Devido a várias influências da história oficial posterior, em termos de eventos, pessoas, pode ser alterada a qualquer tempo. Há também cursos parcialmente alternativos de eventos. Pode-se supor que a entidade CASTORCASTORDefinição: Rainer Castor estabeleceu sua reputação como “banco de dados da série” em seu trabalho nos livros azuis da Aventuras Temporais de Atlan, onde foi muito elogiado por Hans Kneifel. Ele é um entusiasta da tecnologia do Perryversum e é responsável pela sinopse técnica da equipe dos Exposé da série. Além da Perrypedia que o cita como “Cartógrafo do Multiverso” também os autores de Perry Rhodan imortalizaram o mesmo como: Raicastor (PR-TB 276), Reniar da Rotsac (PR 1260), Rey c'Stor (Biblioteca do Autor 4), e até mesmo como a Superinteligência NERTOR/Raica (PR 2351), todos anagramas de seu nome e personagens historiadores ou “acumuladores” de conhecimento no caso da Superinteligencia....
, também conhecida como superinteligência C.A.S.T.O.R., explique os acontecimentos ao longo do tempo, para trazer luz para as trevas e levantar novas questões!

Estudos cosmológicos sugerem a existência dos SdG a um “distúrbio de personalidade” da superinteligência AQUILO, que na época ainda estava conectada com a superinteligência negativa ANTI-AQUILO, e também foi responsável por muitas tentativas de fuga de androides peregrinos sobre a Terra. Também é possível que esse fosse um movimento do Xadrez Cósmico.

O início da história dos SdG no RP 288, nem sempre estão de acordo com as sugestões descridas no ciclo dos SdG. Neste volume Selaron Merota e Agaia Thetin são os pais de Mirona Thetin e sua meia-irmã Ermigoa Merota, os ativadores celulares e os multiduplicadores são introduzidos, desenvolvidos por Selaron Merota, a construção do hexágono solar e uma urdidura do tempo é descrita.

A descrição se afasta completamente do ciclo dos linguides, onde de acordo com Nermo Dhelim, AQUILO entregou a ele 14 ativadores celulares e o encarregou de encontrar portadores dignos, se poderia explicar possivelmente como uma história paralela, devido à confusão pelo choque com DORIFER, e as manipulações de Taurec (PR 1573).

O papel de Agaia Thetin e de Selaron Merota em conexão com a construção do hexágono solar, foi praticamente canonizada pelo comentário no PR 2369. Selaron Merota está no PR 2368, sem mais explicações como “Forjador da Imortalidade”, e é referido como o inventor dos ativadores celulares. Após sua viagem ao passado, para influenciar os acontecimentos, e enfraquecer os Senhores da Galáxia, o seu trabalho e de sua filha Ermigoa é compatível com a série de Atlan, Traversan, e o ciclo Centauri.

Ainda não está claro até onde outras declarações no livro de bolso, tais como o funcionamento dos ativadores de células e os multiduplicadores dos SdG, se desviam dos fascículos originais, aos olhos dos cânones dos autores.

cRP04(288)Pré-história

Aproximadamente no ano 24000 aC., o cientista lemurense Selaron Merota (pai de Ermigoa Merota e Mirona Thetin) utilizou os cristais de hiperaltritol para desenvolver ativadores celulares, que concedia a imortalidade relativa a seus portadores, em detrimento da energia vital do povo lemurense. Ele entregou à sua companheira Agaia Thetin, vários desses ativadores celulares, e continuou sempre a desenvolvê-los. Com sua ajuda, e sem ser identificada, Agaia garantiu a lealdade da elite militar e científica dos lemurenses, e criou a organização dos Senhores da Galáxia, que consistia de treze membros (RP 288).

A própria Mirona Thetin afirmou, em 2406, que os Senhores da Galáxia surgiram há vinte mil anos – ou seja, cerca de 17600 aC. – e tomaram o poder para si mesmos. Além disso, o Fator II, Trinar Molat, mencionou em sua conversa com o Fator I, que os Senhores da Galáxia, há vinte mil anos, derrubaram o governo lemurense na Tamânia. Estes construíram um formidável poder em Andrômeda, no decorrer de oito mil anos (PR 297 e 299).

Nota: As declarações do Fator I e Fator II – “Vinte mil anos atrás” – a partir do ano 2406, também foram mantidas no Volume de Prata 32. Outras fontes colocam o início do reinado dos SdG, em 28 mil anos após a fuga para Andrômeda, ou cerca de 22000 aC., consistentemente. No PR 298, página 49, diferentemente do 297 e 299, diz que 14 lemurenses estenderam a s mãos para o poder.

História

O poder dos SdG tinha base na manipulação do tempo, através do transmissor do tempo (Vario), para o tempo da guerra lemurense-halutense, e na duplicação de pessoal (Duplos) e material (especialmente Multidon), por multiduplicadores. Os originais dos duplos eram em sua maioria provenientes da classe A dos lemurenses evacuados, onde o conhecimento necessário era enxertado quando estavam narcotizados, e seus modelos estruturais nucleares eram copiados.

Os centros de poder dos SdG foram os planetas Tamânia e Multidon. O centro de Andrômeda foi isolado por eles, através da Zona Proibida, e os tefrodenses declarados como os Guardiões do Centro.

Ascensão

A base de poder

8000 anos depois da fundação da Nova Tamânia LemurenseLemurenseDefinição: Povo humanoide originário de Lemur (como a Terra era chamada por eles), também chamado de Primeira Humanidade. É provável que tenham se desenvolvido a partir das experiências dos cappins, realizadas há cerca de 200 mil anos. Eram muito parecidos com os terranos, possuindo pele marrom-aveludada e cabelo escuro. Criaram um vasto império sideral a partir de Lemur há cerca de 52 mil anos, que se tornou o fator de poder dominante na Via Láctea. Esse império, denominado Tamanium, era governado a partir do continente da Lemúria. Ele consistia de 111 Tamanis (reinos estelares), sendo cada um deles governado por um Conselheiro Tam ou Tamrat. O mais alto nível do governo do Tamanium era controlado por 50 Conselheiros Tam, tendo cada um direito a três votos. Foram quase exterminados durante a terrível guerra contra os halutenses selvagens, sendo forçados a fugir para Andrômeda. Milhares de anos mais tarde, os sobreviventes que restaram na Terra tornaram-se a Segunda Humanidade, os terranos. Suas naves eram esféricas e estavam equipadas com propulsor linear. Conheciam o transmissor de matéria. No ano 2404, durante a odisseia da Crest III no passado, descobriu-se que eles foram os ancestrais dos mais importantes povos humanoides da Via Láctea, tais como os aconenses e os próprios terranos, bem como dos tefrodenses e outros povos humanoides de Andrômeda....
em Andrômeda, o descontentamento dos cientistas e engenheiros com o governo central de Tefrod, aumentou. O desprezo geral e a negligência com a ciência e a pesquisa, irritou tanto está população, que eles se uniram em grupos de resistência que planejavam mudar esta situação através do estabelecimento de uma ditadura.

Estes cientistas, como antigos lemurenses, haviam coletado um imenso conhecimento tecnológico em Andrômeda, através de suas próprias pesquisas, ou adaptando as tecnologias capturadas de muitos povos.

Com o tempo, sem ser detectados, o grupo dos Senhores da Galáxia trabalhou nos círculos governamentais, alimentando o descontentamento dos cientistas, e o desejo de uma ditadura, ou ao menos, um governo central estritamente orientado cientificamente, como no original Conselho Coordenador. Para o público, os renegados eram incógnitos, e ordenaram assassinatos políticos de cidadãos inocentes conhecidos, substituindo-os por duplos. Desta forma eles reduziram o número de políticos e outras pessoas que estavam no caminho dos seus planos.

Agaia Thetin, como Fator I dos SdG, atraiu 5000 dos mais hábeis e implacáveis membros da resistência da Tamânia, para escavar o planeta e expandir sua base de poder. Em torno do planeta foi concebido um campo de anti-desmaterialização, que impedia a aparição de surpresa, de estranhos. Ali, Selaron Merota desenvolveu os ativadores celulares originais (RP 288).

Após a morte de Agaia, sua filha Mirona Thetin expandiu ainda mais o poder da superfortaleza Tamânia, e também fez horríveis experiências de cruzamento com animais e inteligências, para a criação de combatentes de elite.

Depois que o governo central foi derrubado, e o reinado dos Senhores da Galáxia tinha se consolidado o suficiente, o Fator I ordenou a eliminação dos 5000 cientistas, porque eles eram muito perigosos para ela, por causa de seu imenso conhecimento. Mas a fim de ser capaz de utilizar esse conhecimento quando necessário, foram atraídos de modo insidioso para um sistema de hipotermia e colocados em uma preservação celular de estase. Os tanques de estase estavam no chamado Museu dos Hibernados, armazenados em uma parte da Tamânia, para quando necessário, ser capaz de utilizar os seus serviços e experiência (PR 298).

andro dungeonManipulações

Após a queda do governo central, os SdG proibiram aos tefrodenses manter registros históricos, para tornar a história de Tefrod e a origem dos tefrodenses esquecidas, e poderem manipular melhor. Não havia museus em Tefrod, nem a história do povo era ensinada na escola. Nos 35 planetas, mais tarde, povoados pelo reino planetário dos tefrodenses, na Zona Central de Andrômeda, a história era ensinada, mas apenas a partir da colonização de cada planeta (PR 256).

Durante seu reinado, os SdG, através de seus agentes do tempo (vide Frasbur), manipularam o passado, para que os efeitos desejados surgissem no presente.

Por estas manipulações se criaram os laços temporais, o que tornou a ascensão dos SdG, uma inevitabilidade.

Nota:por incrível que pareça, tudo veio dos Agentes do Tempo dos SdG: Frasbur, Thaburac, Orghon, Rovza, Talossa e Korpel, e os SdG Fator VII, Regnal-Orton, Fator VI, Toser-Ban, e Fator V, Nevis-Latan – encontrados pelos terranos no passado lemurense, e da presença relativa na luta dos terranos e maahks contra os SdG no século 25, e não em nenhum outro período do reinado dos SdG, de 20 mil ou 24 mil anos.

Talvez os Senhores tenham levado mais tempo na viagem, apenas no início e no final do seu reinado. Caso contrário eles provavelmente teriam sido informados pelos agentes, em um período de tempo anterior, do surgimento da CREST III, no passado lemurense.

No início do seu reinado, Agaia Thetin enviou uma equipe de tefrodenses e engenheiros solares para Vario, cerca de 50500 aC., para construir no passado os hexágonos solares no centro de Andrômeda e da Via Láctea. Por este laço temporal, permitiu sua própria existência, pois somente usando essa ponte de transmissores, os lemurenses da Via Láctea puderam fugir para Andrômeda, onde criaram a LemúriaLemúriaDefinição: Antigo continente da Terra, que afundou durante o ataque dos halutenses selvagens há cinquenta milênios. Era uma massa de terra imensa, que abrangia os dois territórios americanos do tempo atual, bem como grande parte do oceano Pacífico. Estendia-se na direção sul-norte, a partir da ilha de Páscoa, mais ou menos até a altura da cidade de Vancouver. Na direção leste-oeste, começava na ilha de Páscoa e terminava mais ou menos no arquipélago de Fiji. Cadeias de montanhas desconhecidas estendiam-se da costa leste à costa oeste, e um gigantesco platô erguia-se como uma corcova de pedra no lugar em que mais tarde ficaria submerso esse continente e onde hoje fica a costa leste da América. Foi ali que surgiu e se desenvolveu a chamada Primeira Humanidade, os lemurenses....
, e o Novo Tamanium LemurenseLemurenseDefinição: Povo humanoide originário de Lemur (como a Terra era chamada por eles), também chamado de Primeira Humanidade. É provável que tenham se desenvolvido a partir das experiências dos cappins, realizadas há cerca de 200 mil anos. Eram muito parecidos com os terranos, possuindo pele marrom-aveludada e cabelo escuro. Criaram um vasto império sideral a partir de Lemur há cerca de 52 mil anos, que se tornou o fator de poder dominante na Via Láctea. Esse império, denominado Tamanium, era governado a partir do continente da Lemúria. Ele consistia de 111 Tamanis (reinos estelares), sendo cada um deles governado por um Conselheiro Tam ou Tamrat. O mais alto nível do governo do Tamanium era controlado por 50 Conselheiros Tam, tendo cada um direito a três votos. Foram quase exterminados durante a terrível guerra contra os halutenses selvagens, sendo forçados a fugir para Andrômeda. Milhares de anos mais tarde, os sobreviventes que restaram na Terra tornaram-se a Segunda Humanidade, os terranos. Suas naves eram esféricas e estavam equipadas com propulsor linear. Conheciam o transmissor de matéria. No ano 2404, durante a odisseia da Crest III no passado, descobriu-se que eles foram os ancestrais dos mais importantes povos humanoides da Via Láctea, tais como os aconenses e os próprios terranos, bem como dos tefrodenses e outros povos humanoides de Andrômeda....
, que mais tarde, os SdG assumiram (RP 288).

Selaron Merota e Ermigoa Merota fugiram no início do reinado de Mirona Thetin, diante da construção do Tamanium e da LemúriaLemúriaDefinição: Antigo continente da Terra, que afundou durante o ataque dos halutenses selvagens há cinquenta milênios. Era uma massa de terra imensa, que abrangia os dois territórios americanos do tempo atual, bem como grande parte do oceano Pacífico. Estendia-se na direção sul-norte, a partir da ilha de Páscoa, mais ou menos até a altura da cidade de Vancouver. Na direção leste-oeste, começava na ilha de Páscoa e terminava mais ou menos no arquipélago de Fiji. Cadeias de montanhas desconhecidas estendiam-se da costa leste à costa oeste, e um gigantesco platô erguia-se como uma corcova de pedra no lugar em que mais tarde ficaria submerso esse continente e onde hoje fica a costa leste da América. Foi ali que surgiu e se desenvolveu a chamada Primeira Humanidade, os lemurenses....
do passado. Selarom Merota então viveu uma vida camuflada como o lemurense Lesal Atorem, em 50373 aC., e fez o hexágono solar em 50350 aC., que abriu o caminho para Andrômeda para os lemurenses. Provavelmente ele fazia manipulações do tempo, mas geralmente eram dirigidas contra os SdG.

No ano 42125 aC., Selaron e Ermigoa Merota tentaram usar a estação do tempo do Fator VII, Regnal-Orton, em Traversan. Enquanto Selaron Merota perdeu a noção do tempo, no episódio, AtlanAtlanDefinição: Antigo Príncipe de Cristal dos arcônidas. Nascido por volta do ano 8000 aC., Recebeu um ativador celular de Aquilo, passou dez mil anos na Terra procurando uma maneira de regressar a Árcon, seu mundo natal, quando em 2040 tentou sair da Terra numa nave da Frota Solar. Desde então ele tem sido um dos mais fiéis e leais colaboradores de Perry Rhodan....
da GonozalGonozalDefinição: Família de nobres e dinastia reinante arcônida, da qual Atlan é membro. Com o título de Gonozal VIII, Atlan governou o Império Arcônida de 2044 a 2114....
encontrou-se em 3460 com Ermigoa, em Peschnath (Traversan 1, PR 683).

Mirona Thetin relatou em 2406, que cerca de 8000 aC., seis dos SdG descobriram sua identidade e planejaram uma revolta. Mirona matou os membros do Conselho dos Seis com uma unidade de controle remoto para seus ativadores de células. Por cerca de dez mil anos, ala governou Andrômeda, com os outros seis SdG.

Não está claro se os Senhores da Galáxia e a construção de bastiões psiônicos adicionais foram impedidos pela manipulação. Apesar do transplante bem-sucedido de matéria psi, e a realização do efeito desejado, o projeto foi cancelado. Por este motivo, a maior parte dos lemurenses sobreviveu após a fuga para Andrômeda. O que se sabe é que os novos governantes dos lemurenses ordenaram esta abordagem, isto sugerindo que eles foram influenciados pelos Senhores da Galáxia, porque eles tinham o maior interesse na fuga dos lemurenses (AtlanAtlanDefinição: Antigo Príncipe de Cristal dos arcônidas. Nascido por volta do ano 8000 aC., Recebeu um ativador celular de Aquilo, passou dez mil anos na Terra procurando uma maneira de regressar a Árcon, seu mundo natal, quando em 2040 tentou sair da Terra numa nave da Frota Solar. Desde então ele tem sido um dos mais fiéis e leais colaboradores de Perry Rhodan....
89).

maahkConcorrentes

Povos poderosos, como um ramo do povo dos Hathor (ver Talossa, Korpel), foram subjugados com a força do exército de duplos, e os obrigaram a criar vários planetas secretos, e outras grandes instalações industriais, sempre cuidadosamente, para aproveitar as habilidades técnicas dos povos inferiores, para consolidar o seu poder (RP 402).

Os SdG eram implacáveis com os concorrentes. No ano 1600 eles quase exterminaram completamente o povo dos Engenheiros Cósmicos (Remadores), pois a competência técnica e o estilo de vida dos remadores lhes pareciam um risco de segurança. Depois que todas as plataformas de estaleiros foram reunidas em um local, sob um pretexto, eles enviaram uma frota dos tefrodenses, que as destruíram quase sem exceção (RP 354).

Por causa do seu flexo órgão, os laurins foram considerados certa vez, como os mais valiosos auxiliares dos SdG. Os laurins foram dizimados em várias etapas pelos SdG. Quando em 2106, uma tentativa dos laurins para derrotar os pos-bis falhou, os últimos remanescentes do povo dos laurins foram deportados para Destroy. Em seguida Destroy foi bombardeado pelos maahks, por ordem dos SdG, e contaminado radioativamente. Um ressurgimento dos poucos sobreviventes foi impedido pelos robôs, que por radiação, inutilizaram o flexo órgão dos laurins.

Com a partida da missão de reconhecimento dos terranos, em 2402, os twonosers foram alertados. Nesse meio tempo, um circuito de segurança em Andro-BetaAndro-BetaDefinição: Galáxia anã satélite de Andrômeda. A nebulosa Beta fica a 60 mil anos-luz de Alfa. Também possuía um transmissor solar, que foi destruído por ordem dos senhores da galáxia. O diâmetro de Andro-Beta não é superior a 7.200 anos-luz. No entanto, a profusão de estrelas por ali parece impenetrável. Em Andro-Beta, os terranos construíram uma base....
, aparentemente foi desencadeado, que ativava os superguardiões, os chamados mobys. Um dos mobys ativados destruiu o planeta Destroy, e provavelmente os últimos laurins (PR 239 e 240).

Após o fim do Tamanium era sabido que muitos dos pequenos reinos dos tefrodenses eram tolerados pelos Senhores da Galáxia. Análogo ao sistema Sulvy, que se presume que individualmente, cada Senhor da Galáxia construía uma respectiva base, para viver em sua própria sede de poder, ou para viver uma vida relativamente normal.

Projetos e ações criminosas

SdG6History

No planeta History, perto da zona central de Andrômeda, viviam humanos de todos os períodos da história terrana, desde a idade da pedra, até o tempo da luta contra os blues. Os terranos descobriram History em 2404. O planeta estava rodeado por um campo de ativação de células, que mantinha seus habitantes vivos. Quando a presença dos terranos se torna conhecida, a tripulação da estação de controle de History desativa o campo, por ordem dos SdG.

O objetivo deste projeto é desconhecido. Acredita-se que os SdG queriam ser informados sobre o estado de desenvolvimento de seus descendentes e potenciais concorrentes (PR 260).

Nota: Depois de uma visão que Perry RhodanPerry RhodanDefinição: Administrador-Geral do Império Solar. Desde o final do século XX, Perry Rhodan tem sido reeleito sucessivamente para o cargo, pois foi ele quem, com a ajuda da tecnologia arcônida, unificou a Terra e evitou um conflito nuclear global. Perry Rhodan parou de envelhecer em 1976, quando recebeu do superser Aquilo uma ducha celular....
teve em Peregrino, dos SdG há 20000 anos observando a evolução dos terranos, em nome de AQUILOAQUILODefinição: Entidade, espécie de superser formado de energia pura. É a superinteligência do Grupo Local de Galáxias, ao qual pertence a Via Láctea. Consiste na consciência coletiva de uma raça antiquíssima que voluntariamente despojou-se de seu corpo físico. No ano de 1976, tinha por residência o planeta Peregrino. Nessa ocasião, concedeu à Humanidade um prazo de vinte mil anos no qual ela deveria provar seu valor....
, mais ou menos como um documentário de History. Então, a consequência lógica para a ordem de desenvolvimento dos povos seria: lemurenses, tefrodenses, arcônidas, terranos.

No entanto, esta visão foi criada como resultado do caos espaço-temporal de AQUILOAQUILODefinição: Entidade, espécie de superser formado de energia pura. É a superinteligência do Grupo Local de Galáxias, ao qual pertence a Via Láctea. Consiste na consciência coletiva de uma raça antiquíssima que voluntariamente despojou-se de seu corpo físico. No ano de 1976, tinha por residência o planeta Peregrino. Nessa ocasião, concedeu à Humanidade um prazo de vinte mil anos no qual ela deveria provar seu valor....
, e a melhor forma de avaliar este aspecto é como uma realidade paralela.

Rando I

Os SdG usaram o plasma que vivia em Rando I, dos robóticos de Mecânica, primeiramente nos pos-bis, e muito mais tarde nos monstros androides de Andro-BetaAndro-BetaDefinição: Galáxia anã satélite de Andrômeda. A nebulosa Beta fica a 60 mil anos-luz de Alfa. Também possuía um transmissor solar, que foi destruído por ordem dos senhores da galáxia. O diâmetro de Andro-Beta não é superior a 7.200 anos-luz. No entanto, a profusão de estrelas por ali parece impenetrável. Em Andro-Beta, os terranos construíram uma base....
, produzidos por Baar Lun. Utilizando uma estação robótica no núcleo do planeta, eles poderiam controlar o crescimento do plasma. Quando os cientistas terranos desligaram a estação robotizada, em 2402, esta configurou uma mensagem de socorro. Como resultado, Rando I e o plasma foram destruídos por bombas de controle remoto, por ter se tornado muito perigoso para os SdG (PR 245).

SdG9Os pos-bis

Nota: Ao contrário dos romances originais PR 144 e PR 239, de acordo com o Volume de Prata 25, os SdG, em torno de 20000 aC., encomendaram aos laurins, a construção dos pos-bis.

Os laurins formaram os especialistas em robótica de Mecânica, geniais robóticos e engenheiros, a construir robôs. Os robôs de Mecânica foram equipados com acessórios de plasma pelos laurins, que eles vincularam à sua positrônica através da engrenagem hipertóictica. Eles tinham pressionado o plasma original de Rando I. Os robôs deviam odiar toda a vida, exceto os laurins, devido aos seus acessórios de plasma. No entanto, os pos-bis se rebelaram, sob a direção do plasma central, e lutaram contra os laurins, apoiados pelo especialista em robótica de Mecânica (PR 144).

Aproximadamente em 18000 aC., os laurins, por ordem dos SdG, escavaram um planetoide, tripulado por luxides famintos por energia, e o enviaram em direção à Via Láctea. Após a chegada, a fome dos luxides deveria sugar a energia dos sóis, seres vivos e máquinas, e assim por fora de ação os pos-bis (PR 239).

Nota: Esta versão foi excluída do Volume de Prata 25.

Esta tentativa fracassou porque a propulsão falhou. Por que um percurso tão extenso através do espaço não foi feito através do transmissor solar, não é conhecido. Pode-se supor que os luxides não suportariam passar pelo transmissor. O planetoide foi encontrado pelos terranos no espaço vazio, em 2114 (PR 145).

Quando os terranos conheceram os laurins, em 2106, estes estavam ocupados, por ordem dos SdG, tentando encontrar o planeta natal dos pos-bis e o plasma central, e destruí-los. Os SdG pareciam ter percebido que a longo prazo, os pos-bis seriam um adversário que cresceria, e que seria difícil derrotar de modo convencional.

Através da intervenção dos terranos em favor dos pos-bis, e da desativação do circuito do ódio, os laurins puderam ser expulsos da Via Láctea. Estes relataram aos SdG sobre os novos oponentes, os terranos. Foi narrado que os SdG ficaram chocados quando souberam do poder e da engenhosidade dos terranos. Pode-se supor que os SdG, apesar de History, não estavam totalmente informados sobre seus “descendentes”.

Como punição por seu novo fracasso, os remanescentes do povo dos laurins também foram deportados para Destroy. Uma fuga através do transmissor solar da Via Láctea foi impedida pelos SdG. Como uma ação punitiva, os maahks cobriram Destroy com bombas altamente radioativas. O objetivo não era matar os laurins imediatamente, mas fazê-los sofrer por longo tempo, pela sua incapacidade. Além disso, Destroy foi monitorado por meio de uma estação robótica, e o flexo órgão dos laurins foi tornado inútil.

Quando uma equipe sob comando de Perry RhodanPerry RhodanDefinição: Administrador-Geral do Império Solar. Desde o final do século XX, Perry Rhodan tem sido reeleito sucessivamente para o cargo, pois foi ele quem, com a ajuda da tecnologia arcônida, unificou a Terra e evitou um conflito nuclear global. Perry Rhodan parou de envelhecer em 1976, quando recebeu do superser Aquilo uma ducha celular....
, encontrou os laurins em Destroy, em 2402, eles contaram sua história. Na partida, um circuito de segurança dos SdG foi ativado. Um moby foi ativado, e na sequência, destruiu Destroy (PR 239 e 240).

Durante a Grande Guerra do Metano

Quando a Grande Guerra do Metano, entre arcônidas e maahks, estava em seu clímax, agentes dos SdG, na base naval Travnor, duplicaram certo número de oficiais de alta patente da frota arcônida. O objetivo da operação era trocar o Imperado Orbanaschol III por um duplo. Por um curto prazo, também o fugitivo Príncipe de Cristal AtlanAtlanDefinição: Antigo Príncipe de Cristal dos arcônidas. Nascido por volta do ano 8000 aC., Recebeu um ativador celular de Aquilo, passou dez mil anos na Terra procurando uma maneira de regressar a Árcon, seu mundo natal, quando em 2040 tentou sair da Terra numa nave da Frota Solar. Desde então ele tem sido um dos mais fiéis e leais colaboradores de Perry Rhodan....
caiu nas mãos dos agentes. No entanto AtlanAtlanDefinição: Antigo Príncipe de Cristal dos arcônidas. Nascido por volta do ano 8000 aC., Recebeu um ativador celular de Aquilo, passou dez mil anos na Terra procurando uma maneira de regressar a Árcon, seu mundo natal, quando em 2040 tentou sair da Terra numa nave da Frota Solar. Desde então ele tem sido um dos mais fiéis e leais colaboradores de Perry Rhodan....
recusou a oferta de ajuda para chegar ao trono de Árcon, e governar a favor dos SdG. Também foi criado um duplo de AtlanAtlanDefinição: Antigo Príncipe de Cristal dos arcônidas. Nascido por volta do ano 8000 aC., Recebeu um ativador celular de Aquilo, passou dez mil anos na Terra procurando uma maneira de regressar a Árcon, seu mundo natal, quando em 2040 tentou sair da Terra numa nave da Frota Solar. Desde então ele tem sido um dos mais fiéis e leais colaboradores de Perry Rhodan....
, mas ele o matou em um duelo, e mais tarde destruiu os bancos de memória com os dados do modelo.

A troca de imperador de fato ocorreu, mas foi descoberta pouco depois por Lebo Axton.

mirona atlanO sistema Chumbo de Caça

No ano 1400, o que mais tarde foi chamado transmissor Chumbo de Caça, indicando o transmissor solar no espaço vazio entre a Via Láctea e Andrômeda, foi atacado por uma expedição punitiva dos SdG. O único planeta, um gigante chamado Kulloch, onde estava a estação de controle, foi bombardeado e despedaçado. Não se sabe por que os SdG atacaram o transmissor guardado pelos maahks (PR 232).

No ano 2405 o transmissor de Chumbo de Caça foi atacado e destruído por uma frota tefrodense, como retaliação pela destruição do transmissor solar galactocêntrico, e os terranos tiveram que se retirar da base e recuar para a Via Láctea (PR 291).

Zircon

No planeta Zircon, um dos mais populares destinos de turismo desde o início do século 22, no final de 2402 os SdG instalaram um agente de nome Nguyen Sarillet. Durante um longo período de tempo, Sarillet infectou os hóspedes dos hotéis mais luxuosos de Zircon, com culturas de células que eram depositadas no cérebro das pessoas infectadas. As células eram ativadas com um impulso de ultrassom, e em seguida, faziam o anfitrião virar uma ferramenta estúpida, por controle remoto. Os cubos de açúcar dos hotéis eram portadores das culturas celulares.

O plano acabou por fracassar porque os infectados ficaram indiferentes com as culturas de células. Alguns deles apresentaram sinais neurológicos anormais. Primeiramente, Sarillet mandou seu assistente Scovill Rooy matar as vítimas; mas isso atraiu tanto a atenção, que ele pediu a seus superiores um antídoto para neutralizar o efeito nos infectados pelas células.

Quando as culturas de células em Zircon, seu efeito e o antídoto, agora incluído, foram descobertos, já havia mais de 200 participantes na Alta Conferência Galáctica de Administradores e Chefes de Estado, em 3 de abril de 2405, em Zircon, que estavam potencialmente infectados, assim como seus companheiros, seguranças, esposas, namorados ou namoradas. Um total de 439 vítimas da infecção, após a ativação das culturas celulares, tiveram de ser atordoados e tratados com o antídoto. Sua missão era matar pessoas selecionadas na conferência, para criar um vácuo de poder, para que em meio ao caos, o Império SolarImpério SolarDefinição: Organização estatal galáctica criada pelos terranos. A capital e sede do governo era a cidade de Terrânia. Fundado no ano de 1990, depois da unificação da Terra, o Império era um complexo extenso no espaço, com um mundo-matriz, ou seja, a Terra, além dos sistemas solares associados, que, apesar de sua autonomia, estavam ligados indissoluvelmente à política terrana. No ano 2400, contava com 1.112 planetas plenamente ocupados e um total de 1.017 sistemas solares, além de 1.220 mundos pertencentes ao anel exterior, escassamente povoados. No ano 3460, finalmente encontrou o seu fim com o desaparecimento da Terra e a dominação da Via Láctea pelo Concílio dos Sete....
perecesse. A ativação foi realizada por comandos ultrassônicos, dados por 60 agentes dos Senhores da Galáxia, distribuídos em Terrânia.

Um infectado morreu em consequência de um acidente de trânsito, em que esteve envolvido através da ativação da cultura de células (RP 47).

SdG2Bárcon

De fontes desconhecidas, os SdG sabiam que os terranos e os barcônidas eram aliados, e tinham um relacionamento extremamente amigável. Por ordem dos SdG, os tefrodenses criaram artificialmente um sol para o seu planeta, em 2404. Eles também instalaram estações de energia solar para um transmissor situacional. Isto deveria tornar possível aos barcônidas alcançar a Via Láctea. Em troca, as amebas-medusas deveriam ir para a Via Láctea com os barcônidas.

Sem que os barcônidas percebessem, eles estavam transportando um patógeno mortal para os terranos, a infecção chamada epidemia de erupção. Os barcônidas no entanto, eram imunizados, mas também portadores da doença, além das medusas. O anseio dos barcônidas por alcançar a Via Láctea, foi assim, explorado pelos SdG para eliminar os terranos.

Quando a fraude dos tefrodenses foi descoberta pelos terranos, os barcônidas, usando o gerador de impulsos, fizeram seu planeta cair no sol recém-criado. Eles preferiram perecer, a serem a arma dos SdG (PR 275).

O agente de plasma

De acordo com um relatório secreto da Segurança SolarSegurança SolarDefinição: Organização terrana. Era o serviço secreto do Império Solar e lidava com a espionagem e a contraespionagem. Foi chefiada inicialmente pelo Marechal Solar Allan D. Mercant e depois pelo Marechal Solar Galbraith Deighton. Agentes da Segurança Solar trabalhavam com frequência juntamente com os especialistas da USO. A Segurança Solar consistia de espiões especiais, os denominados especialistas. Estes encontravam instrução análoga à instrução dos agentes da USO em lugares de mundos-base especiais. Deixou de existir após a invasão dos lares....
feito em 2404, o piloto de um jato mosquito avariado, foi sequestrado pelos SdG, e reproduzido a partir de plasma. Embora eles descobrissem que ele não era um duplo, a SegSol ficou desconfiada e o seguiu.

O agente de plasma finalmente chegou ao Mundo dos Cem SóisMundo dos Cem SóisDefinição: O mundo do Plasma Central. O planeta possui um envoltório atmosférico, pois o Plasma depende do oxigênio para sobreviver. O conteúdo de oxigênio da atmosfera é alto o suficiente para permitir a existência humana. A temperatura média deve ficar em torno de 23°C. Em sua superfície não há alternância entre dia e noite, pois é abastecido de luz e calor por cerca de cem sóis atômicos artificiais. Estes cercam o planeta na altura do equador em forma de dois anéis. Estão parados no espaço intercósmico a uma distância média de cem mil quilômetros. Só nos polos livres de gelo é que há um leve crepúsculo. O planeta é dotado de movimento de rotação. Está situado a 289.412 anos-luz dos limites da Via Láctea. O seu espaçoporto é cercado de edifícios até onde a vista alcança. Os terranos alcançaram-no pela primeira vez no ano 2114, e, desde o ano 2140, aproximadamente, há no planeta algumas grandes bases terranas. Além disso, existem seis gigantescos estaleiros espaciais, nos quais as naves terranas de todos os tipos, por maiores que sejam, podem ser submetidas a uma revisão geral. Dois desses estaleiros contam com um porto espacial. Além dessas instalações técnicas, há um centro residencial para a guarnição terrana que permanece constantemente no Mundo dos Cem Sóis. São cerca de cinco mil pessoas vivendo em grandes alojamentos, nos quais encontram todas as formas possíveis de luxo. Ao lado do centro residencial da guarnição básica, foi construída uma cidade-hotel. O conjunto é chamado de Suntown. As instalações terranas no Mundo dos Cem Sóis foram construídas com a permissão expressa do Plasma Central....
, e lá, infectou o Plasma Central. Para fazer isso, o agente, que não tinha conhecimento das suas atividades de agente, se associou com o Plasma, e se mesclou com o Plasma CentralPlasma CentralDefinição: Assim é denominada pelos terranos a inteligência coletiva que habita o Mundo dos Cem Sóis e que controla os pos-bis. Trata-se de uma concentração de tecidos dotada de vida biológica e que possui uma espantosa capacidade mental. É originário de uma parte maior que habitava o planeta Rando I, em Andrômeda. Está interligado por um conjunto de nervos ou condutos semiorgânicos a um centro de computação. Essa interligação é chamada de engaste hipertoictico. Ao conjunto de plasma e centro de computação é dada a denominação de hiperimpotrônica. Em 2114, depois de assumir uma grande dívida de gratidão com os terranos, celebrou um tratado com Rhodan, consistente apenas numa série de acordos verbais. Esse foi um dos poucos tratados feitos por Rhodan que nunca chegaram a ser rompidos. O Plasma também cedeu aos terranos os dados sobre os raios conversores....
em base celular. Emoção foi injetada do Plasma, e além disso foi implantada do Plasma Original, ou seja, seu horror com os terranos ao acionarem o circuito de segurança em Rando I, assim conduzindo à destruição do Plasma Original. No entanto, faltava-lhe a justificativa para o horror, e a percepção de que a destruição não fora culpa dos terranos.

Como resultado desta informação, houve uma traição dos terranos ao INTERIOR, significativa, e reproduzida em tempo zero, todos os pos-bis começaram a se entristecer, e ajustar seu trabalho. Toda biopositrônica, inclusive NATHANNATHANDefinição: Nome que se costuma dar ao gigantesco computador terrano, um cérebro impotrônico, instalado nas profundas camadas rochosas da lua terrana. Na superfície da Lua encontra-se apenas um bloco gigantesco com um portão. O verdadeiro edifício está abaixo da superfície. Somente os especialistas é que têm acesso ao ciclópico computador e, naturalmente, as pessoas e seres credenciados por Perry Rhodan. O próprio computador rejeita todo aquele que não tem direito de entrar. A sua construção exigiu duzentos anos de trabalho. É capaz de resolver todo tipo de problema que lhe seja apresentado....
, teve seu serviço interrompido. Depois de um curto período de tempo, o Plasma CentralPlasma CentralDefinição: Assim é denominada pelos terranos a inteligência coletiva que habita o Mundo dos Cem Sóis e que controla os pos-bis. Trata-se de uma concentração de tecidos dotada de vida biológica e que possui uma espantosa capacidade mental. É originário de uma parte maior que habitava o planeta Rando I, em Andrômeda. Está interligado por um conjunto de nervos ou condutos semiorgânicos a um centro de computação. Essa interligação é chamada de engaste hipertoictico. Ao conjunto de plasma e centro de computação é dada a denominação de hiperimpotrônica. Em 2114, depois de assumir uma grande dívida de gratidão com os terranos, celebrou um tratado com Rhodan, consistente apenas numa série de acordos verbais. Esse foi um dos poucos tratados feitos por Rhodan que nunca chegaram a ser rompidos. O Plasma também cedeu aos terranos os dados sobre os raios conversores....
emitiu um comando para se vingar dos terranos, pelo assassinato do INTERIOR. A humanidade, portanto, estava à beira do abismo.

A agente da SegSol Hadassah bat Giora, uma agente obscura, no entanto conseguiu frustrar os planos dos SdG, no último minuto. Ela demonstrou que o plasma que infectara o Plasma CentralPlasma CentralDefinição: Assim é denominada pelos terranos a inteligência coletiva que habita o Mundo dos Cem Sóis e que controla os pos-bis. Trata-se de uma concentração de tecidos dotada de vida biológica e que possui uma espantosa capacidade mental. É originário de uma parte maior que habitava o planeta Rando I, em Andrômeda. Está interligado por um conjunto de nervos ou condutos semiorgânicos a um centro de computação. Essa interligação é chamada de engaste hipertoictico. Ao conjunto de plasma e centro de computação é dada a denominação de hiperimpotrônica. Em 2114, depois de assumir uma grande dívida de gratidão com os terranos, celebrou um tratado com Rhodan, consistente apenas numa série de acordos verbais. Esse foi um dos poucos tratados feitos por Rhodan que nunca chegaram a ser rompidos. O Plasma também cedeu aos terranos os dados sobre os raios conversores....
, era um vírus lento, que a longo prazo levaria à destruição do Plasma CentralPlasma CentralDefinição: Assim é denominada pelos terranos a inteligência coletiva que habita o Mundo dos Cem Sóis e que controla os pos-bis. Trata-se de uma concentração de tecidos dotada de vida biológica e que possui uma espantosa capacidade mental. É originário de uma parte maior que habitava o planeta Rando I, em Andrômeda. Está interligado por um conjunto de nervos ou condutos semiorgânicos a um centro de computação. Essa interligação é chamada de engaste hipertoictico. Ao conjunto de plasma e centro de computação é dada a denominação de hiperimpotrônica. Em 2114, depois de assumir uma grande dívida de gratidão com os terranos, celebrou um tratado com Rhodan, consistente apenas numa série de acordos verbais. Esse foi um dos poucos tratados feitos por Rhodan que nunca chegaram a ser rompidos. O Plasma também cedeu aos terranos os dados sobre os raios conversores....
a partir do Mundo dos Cem SóisMundo dos Cem SóisDefinição: O mundo do Plasma Central. O planeta possui um envoltório atmosférico, pois o Plasma depende do oxigênio para sobreviver. O conteúdo de oxigênio da atmosfera é alto o suficiente para permitir a existência humana. A temperatura média deve ficar em torno de 23°C. Em sua superfície não há alternância entre dia e noite, pois é abastecido de luz e calor por cerca de cem sóis atômicos artificiais. Estes cercam o planeta na altura do equador em forma de dois anéis. Estão parados no espaço intercósmico a uma distância média de cem mil quilômetros. Só nos polos livres de gelo é que há um leve crepúsculo. O planeta é dotado de movimento de rotação. Está situado a 289.412 anos-luz dos limites da Via Láctea. O seu espaçoporto é cercado de edifícios até onde a vista alcança. Os terranos alcançaram-no pela primeira vez no ano 2114, e, desde o ano 2140, aproximadamente, há no planeta algumas grandes bases terranas. Além disso, existem seis gigantescos estaleiros espaciais, nos quais as naves terranas de todos os tipos, por maiores que sejam, podem ser submetidas a uma revisão geral. Dois desses estaleiros contam com um porto espacial. Além dessas instalações técnicas, há um centro residencial para a guarnição terrana que permanece constantemente no Mundo dos Cem Sóis. São cerca de cinco mil pessoas vivendo em grandes alojamentos, nos quais encontram todas as formas possíveis de luxo. Ao lado do centro residencial da guarnição básica, foi construída uma cidade-hotel. O conjunto é chamado de Suntown. As instalações terranas no Mundo dos Cem Sóis foram construídas com a permissão expressa do Plasma Central....
, e finalmente, os pos-bis. Os SdG não faziam questão de dividir o Império terrano com os pos-bis (RP 184).

SdG4Lochny

No ano 2406, a tripulação do cruzador leve da classe CIDADES, CALCUTÁ, foi substituída por duplos; essa nave, que tinha caído nas mãos dos tefrodenses, foi enviada, escassamente tripulada, para o planeta rural Lochny. A ordem era aparentemente estabelecer uma ponte ali. Especificamente, havia a possibilidade de uma solução, por ocasião do aniversário do planeta, quando um visitante de alto nível – era Allan D. Mercant – poderia ser capturado e duplicado.

O ataque falhou devido à intervenção do caçador Cassiddu Templin, e finalmente, o fato de que Mirona Thetin morrera.

O plano como um todo, deve ser avaliado como muito imaturo, dependente de muitas coincidências (RP 193).

Ataque no centro da Via Láctea

Em um outro plano, o mestre de Ougyn, um agente especial tefrodense, possuía um corpo de robô no planeta Chefren Nova. Ele devia decolar com uma espaçonave especial, que deveria destruir o centro da Via Láctea com uma bomba. O plano fracassou devido à intervenção de uma equipe de filmagem terrana no planeta, bem como um agente da Defesa Galáctica, Gary Bogart (RP 35).

Lawepon

Provavelmente em nome de Mirona Thetin, os moduladores de genes mudou o povo dos N’dullas para Tlunx. Isto os tornou paranormais multitalentosos – fiéis e dedicados aos Senhores da Galáxia – e tinham, entre outras coisas, a capacidade da paradesintegração, a propriedade de deformação estrutural e corredores de nível. Os inatacáveis tlunxs poderiam, se necessário, serem postos à disposição de Mirina Thetin, o Fator I dos Senhores da Galáxia, no planeta Lawepon. Eles deveriam, então, em caso de morte iminente dos SdG, exterminar toda vida inteligente no universo padrão, como vingança. Para que esta última arma não fosse inadvertidamente ativada, frustrando assim, os planos dos SdG, este condicionamento só poderia ser ativado pessoalmente por Mirona Thetin, em Lawepon.

O plano falhou devido à intervenção de Omar Hawk. Assim que ele entrou no Pavilhão do Poder de Lawepon, ele descobriu o sistema de condicionamento, e o inutilizou. É desconhecido se a positrônica de vigilância que havia anteriormente no local, foi destruída através do okrill Sherlock, o que precondicionou a autodestruição das instalações, ou se houve outras razões. Uma das razões pode ser que o cérebro positrônico determinou que os SdG não estavam mais vivos, de modo que o sistema foi destruído, para não dar a pessoas não autorizadas, nenhum conhecimento técnico (RP 45).

Bengala

Em algum momento, os moduladores de genes foram designados para converter os restos deportados de Modul, para Bengala, na comunidade de inteligência vegetal Grande Vida (PR 253 e 254).

SdG5Asgaard

O duplo Skania Velder foi instruído pelo Fator I, em 2406, a fazer parte de um planejamento de longo prazo, em grande escala, para pousar no planeta Asgaard com sua nave robotizada. Ao longo de dois anos, os polos do planeta deveriam ser derretidos pelas máquinas da nave robótica. Assim, seria impossível a sobrevivência de todos os organismos superiores, devido à mudança da inclinação axial de Asgaard.

Além disso, uma escola militar para oficiais, localizada ali, deveria ser destruída, para assentar um golpe decisivo no Império Solar. Mais tarde, o planeta seria usado pelos SdG, como uma cabeça de ponte para a Via Láctea.

O ataque falhou porque o duplo do cientista Andoveer Tarmac foi derrubado (RP 49).

Nota: Este foi um dos mais incomuns, prolongados e questionáveis projetos dos SdG, em termos de sucesso. Apesar de ter sido apenas uma parte de um planejamento em larga escala, de um total de 40 ações individuais, pode-se duvidar que em algum momento, os SdG tiveram uma visão completa de suas opções. De acordo com o Fator I, apenas 90% das ações seria suficiente para afundar o Império Solar. Não se sabe quais foram as questões levantadas nos outros 39 projetos, que tratavam exclusivamente de sabotagem e destruição. Também é desconhecido por que estes não foram executados, mesmo após a morte do Fator I, já que os órgãos executivos na Via Láctea foram afetados pelo impulso de morte de Mirona Thetin.

Queda

A queda veio para os Senhores da Galáxia sob a forma do fracasso de seus sistemas de interceptação e defesa, tendo os SdG morrido durante várias missões atribuídas a eles, tendo os terranos culminado na conquista de seus centros de poder.

Um olhar mais próximo nos pontos individuais, parece adequado aqui.

SdG11A aliança dos adversários

Sem dúvida, uma vitória dos terranos sobre os SdG, sem os maahks, com a implementação simultânea de seu plano de dez mil anos e seu poder de combate, não teria sido possível. Se eles não tivessem tomado o lado dos terranos, e continuassem a lutar por seus senhores, os terranos teriam sido forçados a travar uma guerra em duas frentes. Também uma contenção temporária dos maahks seria apenas um adiamento do conflito, e portanto, apenas um atraso na extensão da guerra, devido à sua velocidade de propagação.

Isto não era possível, pelos aspectos técnicos, políticos e econômicos, do ponto de vista dos terranos. No entanto, a aliança não era apenas uma necessidade, mas também, com base na experiência adquirida com a deserção de Grek-1, uma questão óbvia. Era dever moral dos terranos apoiar esse povo oprimido.

Felizmente o arcônida AtlanAtlanDefinição: Antigo Príncipe de Cristal dos arcônidas. Nascido por volta do ano 8000 aC., Recebeu um ativador celular de Aquilo, passou dez mil anos na Terra procurando uma maneira de regressar a Árcon, seu mundo natal, quando em 2040 tentou sair da Terra numa nave da Frota Solar. Desde então ele tem sido um dos mais fiéis e leais colaboradores de Perry Rhodan....
, cujo povo tinha expulsado os maahks da Via Láctea, conduzindo-os aos braços dos SdG, levou uma proposta de aliança (PR 287).

Negligência nas armadilhas e sistemas de segurança

Embora os SdG tenham construído ao longo de dez mil anos de trabalho, um sistema de segurança e defesa gigantesco, a partir dos transmissores e sistemas de armadilhas no espaço (Gêmeos e Horror), com os maahks em Andro-AlfaAndro-AlfaDefinição: Galáxia anã satélite de Andrômeda. A nebulosa Alfa tem um diâmetro médio de 6.500 anos-luz. É formada por um conjunto de sóis muito próximos uns dos outros. Seus planetas são habitados pelos maahks, desde que se trate de planetas que possuam uma atmosfera de hidrogênio, amoníaco e metano. Dessa forma, Alfa pertence ao domínio dos maahks. No seu centro havia uma estação de transmissor solar, denominada Alfa-Centro....
, os twonosers, mobys, e Baar Lun em Andro-BetaAndro-BetaDefinição: Galáxia anã satélite de Andrômeda. A nebulosa Beta fica a 60 mil anos-luz de Alfa. Também possuía um transmissor solar, que foi destruído por ordem dos senhores da galáxia. O diâmetro de Andro-Beta não é superior a 7.200 anos-luz. No entanto, a profusão de estrelas por ali parece impenetrável. Em Andro-Beta, os terranos construíram uma base....
, os tefrodenses e Vario em Andrômeda, este sistema ficou incrivelmente descuidado. Em comparação com o esforço com que foi construído, os laços de tempo que estavam fechados, os povos que tinham dominado e subjugado, por suas construções e conhecimentos técnicos, na ápoca da campanha dos terranos em Andrômeda, apesar de toda brutalidade e poder, parecia um brinquedo que tinha se tornado desinteressante e de que não mais tomavam conta. Investigações revelaram que os sistemas abandonados já não recebiam atenção há pelo menos 5 mil anos.

Muitos dos povos que deveriam realmente cuidar de estranhos que eventualmente tivessem superado as armadilhas, dedicavam seu interesse em coisas inteiramente diferentes. A prioridade por sua própria sobrevivência. Em alguns casos, os guardas individuais lutavam entre si, como por exemplo, ou melhor, em Horror.

Certamente as armadilhas e guardas eram principalmente adaptados às Bestas-feras/halutenses, temendo que eles se voltassem para Andrômeda, mas permite-se pensar, por causa de History, que também ficou claro para eles que os terranos, mais cedo ou mais tarde, dariam o salto para Andrômeda. Devido à observação dos terranos em History, não ficou claro exatamente, por que os sistemas de segurança foram tão negligenciados. Aparentemente os SdG não bloquearam os seus “descendentes”, o que provavelmente foi um erro.

A finalidade final de Vário se tornara embotada, porque eles não sabiam da negligência e descuido (não queriam saber?) com que tinha sido tratado. O uso experimental do exército de duplos é outro ponto do sistema de segurança que não foi devidamente utilizado, provavelmente por sua própria incapacidade.

Em favor dos Senhores da Galáxia, no entanto, também deve ser mencionado que no passado remoto lemurense, Ermigoa e Selaron Merota se esforçaram para sabotar a organização dos SdG. No entanto, até agora, nem todas as ações e seus efeitos exatos são conhecidos.

SdG fatorIIncapacidade própria

Em contraste com a repressão radical nos primeiros dias da ascensão e do início do impulso terrano, as ações hesitantes dos últimos meses da guerra pode ser relacionada com sua própria incapacidade, e à falsa sensação de superioridade absoluta. As intervenções pessoais, às vezes suicidas dos SdG, eram desproporcionais ao seu esforço contrário de autoproteção. Embora os Senhores nunca renunciassem ao seu forte escudo protetor defensivo, eles deviam saber que ele não era inexpugnável.

Algumas das missões eram semelhantes à de caçadores que esperam sentados para atirar em um pato, e veem de repente, um urso à sua frente. Embora os SdG não entrassem em pânico, eles perderam completamente a perspectiva sobre suas chances. O melhor exemplo disso foi Toser-Ban, em que o exercício da plenitude de poder contra armas superiores, era quase uma questão religiosa:

Citação: (…) “Considere a sua morte como parte de uma cerimônia, meu amigo. Quando eu atirar em você, enfraquecerei a organização da liberdade.” (…) (PR 274)

Também os outros Mestres falharam principalmente devido à subestimação dos perigos reais, principalmente devido ao fato de terem tido o suporte de uma tecnologia perfeita.

Por outro lado, apenas nos últimos momentos vinham ideias extremamente engenhosas, como por exemplo, Miras-Etrin, que entretanto não as pensou ou realizou consistentemente.

Um impedimento para a eliminação dos terranos, através da destruição da Terra, podia ser visto na medida em que destruindo a Terra (anteriormente Lemur) se destruiria o núcleo de todo lemurense e seus descendentes. Ver também Circuito de Segurança Lemúria e Projeto Shimada (RP 402).

No entanto, teria havido reflexões menos lúdicas de maneiras de deter os terranos pelo menos, se não para os destruir.

Um exemplo flagrante do fracasso da tirania fria e calculista, é oferecido por Proht Meyhet e Trinar Molat. Aquele parecia mais um tio de boa índole, que tinha uma justiça residual e humanidade preservada, e também conversava com os adversários e os estimulava. O outro tinha uma mente bastante infantil, então ele lentamente começou a entrar em pânico, com o fracasso da supertecnologia que lhe servia, e enlouqueceu (PR 294 e 298).

O exemplo mais marcante e trágico de sua própria inadequação, no entanto, foi Mirona Thetin, o Fator I. A alegada matricida, que também não se esquivou de atacar o pai e a meia-irmã. Ela poderia enfrentar o perigo iminente, sabendo que seria capaz de voltar a roda do tempo a qualquer momento. No entanto, ela falha, por causa dos sentimentos pelo homem que se assemelha a ela, em termos de riqueza de experiência de vida.

Como profetizado por seu pai, ela se perdeu no momento em que se apaixonou por Atlan.

Tirania brutal

Só com a ajuda dos seus meios técnicos de poder, os Senhores da Galáxia podiam manter as criaturas que eles governavam sob controle, e jogá-los uns contra os outros. Também os tefrodenses se curvaram à violência apenas involuntariamente. Secretamente, pequenos grupos de resistência se formaram em incontáveis mundos, no entanto, formavam apenas um ruído de fundo perturbador, no reino milenar dos SdG.

Para sufocar esse rancor contra os quase onipotentes SdG, em julho de 2405, relutantemente os SdG enviaram suas tropas de duplos, como apoio aos tefrodenses contra os terranos e os maahks. Embora estas forças estivessem disponíveis como reserva. Só com a ameaça de concluir alianças separadas com os maahks, os SdG responderam, enviando novas tropas.

Perry RhodanPerry RhodanDefinição: Administrador-Geral do Império Solar. Desde o final do século XX, Perry Rhodan tem sido reeleito sucessivamente para o cargo, pois foi ele quem, com a ajuda da tecnologia arcônida, unificou a Terra e evitou um conflito nuclear global. Perry Rhodan parou de envelhecer em 1976, quando recebeu do superser Aquilo uma ducha celular....
, com esse desenvolvimento, pode gradualmente convencer os diversos governos planetários a lutar pela liberdade. Quão decisivo para a guerra foi a redução da motivação de ajuda dos povos, é difícil de avaliar.

TlunxPost mortem

Em contraste com os Tlunxs, que devia ser usado em um fim iminente dos Senhores da Galáxia, Mirona Thetin tinha um outro plano de vingança previsto, um planejamento de longo prazo, que só foi ativado 15 anos após a sua morte.

No ano de 2421 se ativaram no planeta EX-4377-27/2, instalações que deveriam cumprir o plano de longo prazo de Mirona Thetin. Desde o início da Terceira PotênciaTerceira PotênciaDefinição: Estado terrestre criado por Perry Rhodan no deserto de Gobi, no local do pouso da espaçonave Stardust no ano de 1971, onde em seguida ele instalou uma base. Com o tempo, a base cresceu e se transformou numa cidade, inicialmente chamada de Galáxia e depois, Terrânia. Com a ajuda da técnica da espaçonave exploradora dos arcônidas encontrada na Lua, Rhodan impediu a eclosão da terceira guerra mundial. Em seguida, a Terceira Potência defendeu a Terra contra as tentativas de invasão vindas do espaço e estabeleceu relações comerciais com os ferrônios, um povo humanoide nativo do sistema Vega. Rhodan tornou-se o presidente e o chefe desse Estado. Pouco depois, conseguiu a união da Humanidade num governo mundial único. Finalmente, no ano de 1990, a Terceira Potência se expandiu e se transformou na organização conhecida como o Império Solar....
, vários membros proeminentes do governo, e outras figuras influentes foram sequestradas por comandos secretos tefrodenses, e feitos modelos atômicos deles. Entre outros, os modelos atômicos eram de GuckyGuckyDefinição: "Ser da raça dos ilts, também conhecido como rato-castor devido à sua aparência física. Os ilts são mutantes naturais, possuindo Gucky as habilidades da telepatia, da teleportação e da telecinésia. Sua expectativa de vida é de seiscentos anos, porém Gucky é portador de um ativador celular. Ele é altamente inteligente e possui um senso de humor fora do comum. Após a destruição do planeta natal dos ratos-castores em 2045, sua raça foi praticamente extinta....
, Reginald BullReginald BullDefinição: Terrano, natural dos EUA. Já foi Marechal de Estado e Vice-Administrador-Geral do antigo Império Solar. Nascido em 14/05/1938, é o melhor, mais antigo e mais próximo amigo de Perry Rhodan. É um homem robusto, de ombros largos, com rosto largo. É gordo, baixo, de olhos azul-claros, sardento, com cabelo ruivo, o qual é mantido cortado à escovinha. No ano de 1971, acompanhou Perry Rhodan na histórica expedição lunar a bordo da Stardust. No ano de 1976, recebeu a aplicação da primeira ducha celular prolongadora da vida no planeta Peregrino e, no ano 2326, recebeu um ativador celular. No entanto, o ativador não o protegeu da afilia. Depois de curado da afilia, ele seguiu Perry Rhodan a bordo da SOL. Seu sobrenome foi alterado nos poucos livros da edição americana para Bell e também saiu desta forma na antiga edição da Ediouro. Por questões de compatibilidade editorial, foi mantido desta forma na edição da SSPG. O Projeto Traduções adotou o nome original....
, Clifford Monterny, Allan D. Mercant, Homer G AdamsHomer G AdamsDefinição: Terrano, nascido no ano de 1918, natural da Inglaterra. É considerado um semimutante, pois possui o dom da memória fotográfica. Além disso, é um gênio das finanças, um planejador com larga visão das perspectivas e um parceiro de negociações que sabe bem o que quer. Foi convidado por Perry Rhodan para ser o ministro das finanças da então Terceira Potência e dirigir a General Cosmic Company, ou GCC. Ao mesmo tempo, também foi admitido no Exército de Mutantes. No ano de 1980, recebeu a primeira ducha celular, que deteve o seu envelhecimento. No ano 2326, recebeu um ativador celular, tornando-se assim relativamente imortal. Em abril de 3584, surgiu em Terrânia como um concepto duplo, depois de ter sido absorvido por Aquilo, juntamente com a consciência da afílica Sucanne Weyter. Quando a consciência afílica pereceu, ele voltou a ser o que fora um dia,: uma “pessoa normal”. Depois disso, passou a ajudar na reconstrução da Terra devastada....
, Mory Rhodan-Abro e Thomas Cardiff. De acordo com o plano original, a partir do ano 2403, foram construídas instalações gigantescas, para substituir toda a liderança do Império SolarImpério SolarDefinição: Organização estatal galáctica criada pelos terranos. A capital e sede do governo era a cidade de Terrânia. Fundado no ano de 1990, depois da unificação da Terra, o Império era um complexo extenso no espaço, com um mundo-matriz, ou seja, a Terra, além dos sistemas solares associados, que, apesar de sua autonomia, estavam ligados indissoluvelmente à política terrana. No ano 2400, contava com 1.112 planetas plenamente ocupados e um total de 1.017 sistemas solares, além de 1.220 mundos pertencentes ao anel exterior, escassamente povoados. No ano 3460, finalmente encontrou o seu fim com o desaparecimento da Terra e a dominação da Via Láctea pelo Concílio dos Sete....
, e depois, com os duplos condicionados, provocar o caos no Império. Então deveriam provocar a queda astuciosamente, e reunir facilmente a multidão nos multiduplicadores tefrodenses.

No entanto, como a derrota dos Senhores da Galáxia começou a se delinear antes mesmo da conclusão das instalações, Mirona Thetin mudou o plano. Agora este ataque, no caso de sua morte, deveria ser efetuado depois de quinze anos.

Nota: É desconhecido, mas é provável que no planeta também existisse um modelo atômico de Mirona Thetin, que deveria ter assumido o controle das duas galáxias.

Devido ao ódio de Thomas Cardiff que havia sequestrado seu pai no início de 2103, o condicionamento foi rompido. Cardiff queria vingar-se pessoalmente do homem que havia lhe roubado 58 anos de sua vida. Ele conseguiu capturar o outro duplo. Então ele desenvolveu um plano de como ele poderia atrair Perry RhodanPerry RhodanDefinição: Administrador-Geral do Império Solar. Desde o final do século XX, Perry Rhodan tem sido reeleito sucessivamente para o cargo, pois foi ele quem, com a ajuda da tecnologia arcônida, unificou a Terra e evitou um conflito nuclear global. Perry Rhodan parou de envelhecer em 1976, quando recebeu do superser Aquilo uma ducha celular....
para EX-4377-27/2. No final do psico jogo – quando Rhodan, entre outras coisas foi atacado pelo duplo, morto por GuckyGuckyDefinição: "Ser da raça dos ilts, também conhecido como rato-castor devido à sua aparência física. Os ilts são mutantes naturais, possuindo Gucky as habilidades da telepatia, da teleportação e da telecinésia. Sua expectativa de vida é de seiscentos anos, porém Gucky é portador de um ativador celular. Ele é altamente inteligente e possui um senso de humor fora do comum. Após a destruição do planeta natal dos ratos-castores em 2045, sua raça foi praticamente extinta....
– Rhodan percebeu finalmente ter caído no cativeiro preparado por Cardiff, que o tinha atraído para a armadilha. Cardiff lhe revelou o plano de representar seu pai, se apossar do ativador celular, e governar o Império Solar. Na essência este plano era idêntico ao do Cardiff original, que tinha sido implementado em 2103, e o levara para a morte.

Quando Cardiff queria fuzilar Rhodan, ele próprio foi alvejado pelo duplo de Mory Rhodan-Abro, que conseguira escapar. Enquanto em Cardiff, o ódio por seu pai superou o condicionamento, nela foi o amor por Rhodan. Depois que ele deixou o planeta, eles explodiram as instalações, produzindo um fogo atômico que destruiu todo o planeta (Volume Jubileu 4, história 4).

SdG8Retorno dos Senhores da Galáxia?

De acordo com declarações do dourado e agente do tempo Talossa, feitas no ano 2422, para AtlanAtlanDefinição: Antigo Príncipe de Cristal dos arcônidas. Nascido por volta do ano 8000 aC., Recebeu um ativador celular de Aquilo, passou dez mil anos na Terra procurando uma maneira de regressar a Árcon, seu mundo natal, quando em 2040 tentou sair da Terra numa nave da Frota Solar. Desde então ele tem sido um dos mais fiéis e leais colaboradores de Perry Rhodan....
, o plano de dez mil anos dos maahks, o número exato de tropas, e os antecedentes da ação eram conhecidos pelos Senhores da Galáxia. O descendente dos hathor sobreviveu ao impulso de morte, e salientou que devido aos seus milhares de anos de planejamento complexo e a manipulação virtuosa do transmissor de tempo, era bem possível que os Senhores da Galáxia tivessem se retirado apenas temporariamente para trabalhar em seus planos de um renascimento.

talossaEle também falou da aparente frivolidade dos Mestres no final da guerra, que entraram pessoalmente em ação, embora fossem morbidamente ansiosos em suas experiências para com sua própria segurança. Finalmente, Talossa falou que os Senhores mortos poderiam ser duplos, e confessou a AtlanAtlanDefinição: Antigo Príncipe de Cristal dos arcônidas. Nascido por volta do ano 8000 aC., Recebeu um ativador celular de Aquilo, passou dez mil anos na Terra procurando uma maneira de regressar a Árcon, seu mundo natal, quando em 2040 tentou sair da Terra numa nave da Frota Solar. Desde então ele tem sido um dos mais fiéis e leais colaboradores de Perry Rhodan....
, que no caso de seu retorno, seria necessário voltar a entrar a seu serviço, para salvar sua vida (RP 402). Isto foi confirmado pelo fato de que, pouco a pouco se soube que existiam modelos atômicos de todos os Senhores da Galáxia.

Século 14 NCG

Em meados do século 14 NCGNCGDefinição: Novo Calendário Galáctico - Contagem de tempo assumida após a unificação dos povos da Via Láctea sob um único governo. O ano 1 corresponde ao ano de 3588....
, haviam jogos de xadrez disponíveis, em que os terranos da LTL, em branco, enfrentavam os Senhores da Galáxia, em preto, em figuras de brinquedo em tamanho natural. Nesta formação – incorreta historicamente – Perry RhodanPerry RhodanDefinição: Administrador-Geral do Império Solar. Desde o final do século XX, Perry Rhodan tem sido reeleito sucessivamente para o cargo, pois foi ele quem, com a ajuda da tecnologia arcônida, unificou a Terra e evitou um conflito nuclear global. Perry Rhodan parou de envelhecer em 1976, quando recebeu do superser Aquilo uma ducha celular....
assumia o rei, na parte dos terranos, e Reginald BullReginald BullDefinição: Terrano, natural dos EUA. Já foi Marechal de Estado e Vice-Administrador-Geral do antigo Império Solar. Nascido em 14/05/1938, é o melhor, mais antigo e mais próximo amigo de Perry Rhodan. É um homem robusto, de ombros largos, com rosto largo. É gordo, baixo, de olhos azul-claros, sardento, com cabelo ruivo, o qual é mantido cortado à escovinha. No ano de 1971, acompanhou Perry Rhodan na histórica expedição lunar a bordo da Stardust. No ano de 1976, recebeu a aplicação da primeira ducha celular prolongadora da vida no planeta Peregrino e, no ano 2326, recebeu um ativador celular. No entanto, o ativador não o protegeu da afilia. Depois de curado da afilia, ele seguiu Perry Rhodan a bordo da SOL. Seu sobrenome foi alterado nos poucos livros da edição americana para Bell e também saiu desta forma na antiga edição da Ediouro. Por questões de compatibilidade editorial, foi mantido desta forma na edição da SSPG. O Projeto Traduções adotou o nome original....
representava a rainha. No lado dos Senhores da Galáxia, Mirona Thetin assumia o papel da rainha (PR-EXTRA 6).

Século 15 NCG

No século 15 NCGNCGDefinição: Novo Calendário Galáctico - Contagem de tempo assumida após a unificação dos povos da Via Láctea sob um único governo. O ano 1 corresponde ao ano de 3588....
, nos sistemas desabilitados dos SdG, os transmissores solares ainda estavam em uso. Por exemplo, o labirinto de tempo-espaço, que é atribuído aos SdG, quando se aproxima do Pentágono SolarSolarDefinição: É a moeda oficial do Império Solar. Com a fundação do Império Solar, acabou o tempo em que a Terra tinha uma quantidade enorme de moedas diferentes. Em toda a Terra, como também em todo o Império, passou a funcionar uma única moeda — o solar. Um solar possui cem sólis. As cédulas, laváveis, são feitas de um plástico de alta qualidade. Todas mantêm uma cor esverdeada, são retangulares no formato e tanto maiores quanto mais alto era o seu respectivo valor. Todas as cédulas trazem estampada, na frente, a efígie de Rhodan e, no verso, uma imagem da Via Láctea, atravessada por frotas de naves espaciais. Embora a fabricação de notas de material plástico seja bem difícil, é absolutamente impossível falsificar a rede de uma espécie de metal tramado, da grossura de fios de cabelos, que cada cédula recebe, impressa de conformidade com um procedimento secreto. Esses arames são tão finos que é impossível senti-los com os dedos. São feitos com o raro metal-luurs....
Holoin, ainda tem consideráveis dificuldades (PR 2515). Também existiam ainda multiduplicadores dos SdG, por exemplo, no planeta Multika. Entretanto, estes funcionavam apenas parcialmente, e produziam duplos geneticamente defeituosos. Quando a JULIO VERNE visitou Multika, em janeiro de 1463 NCGNCGDefinição: Novo Calendário Galáctico - Contagem de tempo assumida após a unificação dos povos da Via Láctea sob um único governo. O ano 1 corresponde ao ano de 3588....
, estes multiduplicadores foram destruídos (PR 2517).

Ambiguidades

SdG10Ponto do tempo

No ciclo “Os Senhores da Galáxia” o surgimento dos SdG foi a cerca de 17600 aC.

Citação de Mirona Thetin no ano 2406: (…)“Vinte mil anos atrás, treze renegados tomaram o poder para si. Desde o início eu consegui esconder minha verdadeira identidade. Finalmente seis renegados descobriram quem era seu líder. Eu matei todos os seis. Por cerca de 10 mil anos meus subordinados e eu dominamos Andrômeda.”(…) (PR 299).

Isto é consistente com uma fonte diferente. O Fator II afirma ao Fator I, que há 20 mil anos os treze SdG assumiram o poder, após derrubarem o poder do governo central lemurense na Tamânia, que havia se expandido durante 8000 anos. E que fora o Fator I que matara os seis SdG, o Fator II só podia imaginar (PR 297).

Há uma afirmação mais tarde, de que Mirona Thetin (Fator I) também teria agido secretamente como Fator XIII, mas não se encaixa com sua afirmação de que ela teria matado os seis SdG com seu dispositivo de controle (PR 1573).

Visão alternativa

Em uma visão alternativa, em Peregrino, no ano 1173 NCGNCGDefinição: Novo Calendário Galáctico - Contagem de tempo assumida após a unificação dos povos da Via Láctea sob um único governo. O ano 1 corresponde ao ano de 3588....
, durante a confusão de AQUILOAQUILODefinição: Entidade, espécie de superser formado de energia pura. É a superinteligência do Grupo Local de Galáxias, ao qual pertence a Via Láctea. Consiste na consciência coletiva de uma raça antiquíssima que voluntariamente despojou-se de seu corpo físico. No ano de 1976, tinha por residência o planeta Peregrino. Nessa ocasião, concedeu à Humanidade um prazo de vinte mil anos no qual ela deveria provar seu valor....
, também os ativadores celulares dos SdG, vieram da superinteligência. AQUILOAQUILODefinição: Entidade, espécie de superser formado de energia pura. É a superinteligência do Grupo Local de Galáxias, ao qual pertence a Via Láctea. Consiste na consciência coletiva de uma raça antiquíssima que voluntariamente despojou-se de seu corpo físico. No ano de 1976, tinha por residência o planeta Peregrino. Nessa ocasião, concedeu à Humanidade um prazo de vinte mil anos no qual ela deveria provar seu valor....
entregou os ativados, em 23000 aC., para o cientista Nermo Dhelim. Nesta história alternativa, Nermo Dhelim é pai de Ermigoa Merota, a quem dá um ativador de células (PR 1573).

Sua amante Mirona Thetin aproveita os ativadores celulares restantes, e o mata. Mirona ocorre neste cenário alternativo, não apenas como o Fator I, mas também sob a forma de outro Mestre, e sob esta máscara, pode descobrir a rebelião dos seis Mestres, porque ela mesma é um dos seis conspiradores.

Origem dos pos-bis

Também no Volume de Prata 25, onde posteriormente os laurins foram integrados, os especialistas em robótica de Mecânica forçaram o desenvolvimento dos pos-bis, não se ajusta ao surgimento dos SdG e, 17600 ou 24000 aC. Porque o contato dos laurins com os especialistas em robótica de Mecânica foi originalmente a 40 mil anos antes da desativação do circuito de ódio, em 2114. No entanto, esta data foi omitida nos Volumes de Prata (PR 144).

À medida que fontes históricas sobre o tempo da nomeação (cerca de 30000 aC., segundo o volume 144) e o surgimento dos SdG (24000 ou 17600 aC., se contradizendo consideravelmente), não esclarece se a atribuição dos laurins realmente ocorreu pelos SdG. Afinal, graças a Vario, era concebível a possibilidade dos SdG viajarem ao passado, e dar a ordem acima, mais cedo, aos laurins.

Curiosamente, esse circuito do ódio foi programado de forma que apenas os laurins fossem aceitos pelos pos-bis. O circuito de ódio plantou o amor dos pos-bis pelos laurins, e o ódio a todas as outras formas de vida. Isso seria dirigido contra os SdG!

Nem os SdG, nem os laurins, nem os especialistas em robótica de Mecânica parecem ter a tecnologia do canhão conversor e do escudo relativista, e suas características. Também em Mecânica e em outras instalações dos roboticistas, não foram encontrados canhões conversores ou escudos relativos.

Uma vez que apenas os pos-bis possuíam o canhão conversor e os escudos relativos, um desenvolvimento próprio seria óbvio. Não se sabe se o canhão conversor era um projeto completo, ou era baseado em uma melhoria do canhão de polarização invertida.

Talvez as inconsistências sejam baseadas em uma manipulação das tradições históricas dos laurins pelos SdG. Os laurins, pela sua tradição, destruíram as dúvidas sobre a tradição histórica. É importante lembrar que regimes ditatoriais, como os do SdG, tendem a manipular a tradição histórica, a adequando às suas necessidades.

Nota: Neste contexto – a manipulação da tradição histórica dos laurins – é interessante que a fonte original do PR 239, não contém nenhuma referência a uma comissão dos SdG. Só no Volume de Prata 25, a história dos luxides é omitida, e fora isso, relata uma comissão dos SdG.

 

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.