• Home

Ciclo 14 - PAN-THAU-RA

Episódios 868 a 899 – Período da história: 3586
Data de publicação na Alemanha: 1978
Data de publicação no Brasil pela SSPG: 2015 a 2016

A SOL e a nova nave de longa distância terrana BASE voam para a galáxia Algstogermath. Lá os terranos descobrem dentro de um esconderijo hiperespacial a PAN-THAU-RA, a nave semeadora roubada do Poderoso BARDIOC.



PR0868 CapaEm 1º de maio de 3586 a BASE parte para a galáxia Tschuschik, para concluir a missão de “Aquilo”. Já pouco após a partida Kershyll Vanne recebe um pedido de ajuda da superinteligência, que contudo é interrompido bruscamente. Em Eden II, Ernst Ellert recebe o pedido de ajuda. Ele parte para ajudar “Aquilo”. Na distante SOL, Rhodan também ouve o chamado. Tanto aqui como lá ocorre inquietação devido ao obscuro destino do ajudante da Humanidade.

Na região periférica da galáxia Tschuschik eles têm o primeiro encontro com os seres dominantes dali, os wyngers. Estes seres humanoides pouco desenvolvidos veneram uma divindade, o chamado “Círculo Absoluto”. O centro desta divindade é o Välgerspäre, um gigantesco mundo com 47 luas. Com espaçonaves dos kryn, muitos doentes terminais wyngers vão “Acima do Círculo” para conseguir a cura.

Roi Danton descobre, para a surpresa de todos, que Demeter, a deusa encontrada em Creta, pertence igualmente ao povo dos wyngers.

Quando a BASE chega às suas coordenadas de destino, sua tripulação descobre uma zona de turbulência hiperenergética. Ao que parece, as estrelas dali foram manipuladas, sendo que algumas estão perto de explodirem como novas e outras deverão em curto tempo entrar em colapso e transformar-se num buraco negro. Quando eles decidem abandonar este perigoso setor espacial, surge inesperadamente a Sol. A bordo da nave de gerações seus tripulantes, que se chamam de solanenses, se esforçam para conduzir a nave de maneira independente.

Entretanto, aumentam os indícios de que os wyngers são manipulados por um poder estranho.

Plondfair, um jovem wynger, chega como nomeado do planeta Välgerspäre. Plondfair torna-se o “Zweifler” do sistema, quando ele observa a discrepância entre o alto nível tecnológico de seu povo e a religião de Estado do “Círculo Absoluto”. Ele conserva a religião para uma mentira. Plondfair chega por um transmissor da lua para a superfície de Välgerspäre. Lá, no inferno gravitacional do planeta gigante, ele encontra-se com Hytawath Borl, um caçador do planeta Vorcher Pool, e com a wynger Demeter. Ambos vinham da BASE. Os três chegam finalmente por transmissor ao corpo celeste artificial Quostoht, regido pelo misterioso Lard. Os habitantes de Quostoht pensam que seu mundo é o único que existe. Os três são bem-sucedidos na prisão de Lard, porém, quando percebem o estado dos prisioneiros deste poder, eles iniciam uma perigosa missão. Eles reconhecem que o Quostoht é o 1/13 inferior de uma gigantesca estação espacial, localizada no espaço einsteiniano, enquanto os restantes 12/13 estão dentro do hiperespaço. Finalmente eles descobrem que toda a estação espacial é a nave semeadora PAN-THAU-RA.

Na Via Láctea começa uma inesperada invasão do Povo dos Destroços, que chama a si próprio de loower. Rastreando os sinais que saem da Terra e para conceder o domínio mundial a Boyt Margor, que deseja acionar uma bomba-psi, eles enviam seu super-robô Saqueth-kmh-Helk ao Sistema Solar. Os loowers são um povo antigo, que atravessa o universo e que deixa para trás sua pista em instalações na forma de círculo, onde existem nove torres. Todas essas estações irradiam um sinal no ritmo de 23 horas e 18 minutos.

Os loowers estão em busca de um “Olho”, que eles esconderam na Terra há milhares de séculos. Para tornar o caos completo, surgem no Sistema Solar deformadores moleculares, vindos das profundezas do cosmos, que juntam-se para uma nova campanha de conquista com o objetivo de criar um novo “Tba” na Via Láctea. O conflito entre a Liga dos Terranos Livres (LFT) e os deformadores moleculares termina, contudo, pacificamente. No planeta Targriffe os gys-voolbeerah, como os deformadores moleculares chamam a si próprios, encontram uma nova autocompreensão e uma nova pátria.

Entretanto torna-se claro que o sinal que Margor recebe e que atrai os loowers ao Sistema Solar tem origem na pirâmide de Quéops, no Egito. Margor rouba ali uma formação misteriosa, o “Olho”. Ele faz experiências com ele e descobre que com sua ajuda pode procurar um esconderijo, pois ele está certo que sofrerá perseguição. Além disto ele consegue com ele olhar no passado e vive assim o tempo dos velhos egípcios.

Os terranos em Algstogermath, como os wyngers chamam a galáxia Tschuschik, descobrem contudo que todos os fenômenos existentes no espaço einsteiniano têm seu correspondente no hiperespaço. Assim, a “Hyperbarie” é um tipo de hiperenergia do espaço einsteiniano da qual resulta tanto massa como também gravidade. O correspondente hiperenergético da energia vital tem o nome On, e o equivalente pentadimensional da capacidade de inteligência chama-se Noon. Como todas as outras formas de energia, On e Noon irradiam-se em forma de quanta. Enquanto os quanta On permitem o surgimento de vida no espaço normal, os quanta Noon preparam o terreno para o surgimento de inteligência orgânica. Ambos são unidos sob o conceito superior Biophore.

Esse Biophore preencheu o interior das naves semeadoras dos Sete Poderosos. Para satisfazer os desejos dos desconhecidos além das Fontes de Matéria, elas deviam espalhar-se em regiões definidas do cosmos para semear vida e para gerar inteligência, num trabalho conjunto com o Enxame. BARDIOC quis além disso aproveitar-se dos esporos, para construir seu próprio reino. Ele portanto não os espalhou, mas os manteve juntos com a espaçonave, na qual eles se encontram em um lugar secreto. No correr de sua missão ele foi forçado a permitir a volta da PAN-THAU-RA ao seu esconderijo. Os Biophore, que formavam um tipo de hiperespaço simulado a bordo da nave semeadora, tiveram a tendência de reagir com qualquer tipo de matéria e também com sistemas nervosos primitivos. A carga Biophore instável tornou-se assim, no correr do tempo, uma ameaça à existência de incontáveis povos, pois quando ocorre a reação dos quanta com os sistemas nervosos sem o devido cuidado, surgem seres monstruosos.

Enquanto prossegue a luta a bordo da nave semeadora, Hytawath Borl consegue informar Rhodan. Os terranos descobrem nesta época que o “Círculo Absoluto” e Lard são a mesma entidade. Este poder oculto está desde milênios atrás em busca de um misterioso “Olho”.

Um grupo sob o comando de Rhodan penetra no sistema Nagaidir, a pátria dos suskonen e entra na nave museu 1-Däron. Os terranos disfarçam-se como suskonen e penetram com isso na PAN-THAU-RA. Em Quostoht, o 1/13 inferior da nave semeadora, eles entram num violento conflito armado com os monstruosos malgonen, originários do Biophore.

O Lard está então interessado em expandir seu domínio, que no momento limita-se apenas a Quostoht, sobre a completa nave semeadora novamente. Os terranos descobrem o “Fährotbrager”, um aparelho especial, que é tanto um veículo como também um hipercomunicador de base hexadimensional. Eles penetram nas áreas da PAN-THAU-RA situadas no hiperespaço. Isso leva à luta com os insectóides ansken, que dominam esta parte da nave semeadora. Um comunicado de rádio de Rhodan faz com que nascidos na SOL sob o comando de Gavro Yaal procurem o mundo natal dos ansken. Os mutantes Rorvic e a Hainu analisam as condições sobre este planeta.

Os nascidos na SOL desejam contudo abandonar a nave de gerações, para levar uma vida de liberdade entre as estrelas. Os dois mutantes gêmeos Sternfeuer (Fogo Estelar) e Federspiel (Jogo Leve) entram em ação e levam à intranquilidade.

Entretanto Perry Rhodan e seus companheiros penetram na zona central da PAN-THAU-RA e precisam novamente defender-se dos ansken. Os homens conseguem resistir ao ataque dos seres Biophore, que são responsáveis pela criação dos ansken. Os terranos capturam um estranho ser, que chama a si próprio de Orbiter Zorg. Zorg está em busca de seu senhor desaparecido, Igsorian von Veylt, que é um Cavaleiro das Profundezas.

Na Via Láctea os terranos descobrem porque os loowers procuram o misterioso “Olho”. O “Olho” é a chave para uma certa fonte de matéria, que tem importância existencial para os loowers.

O grupo de Rhodan chega finalmente à central da PAN-THAU-RA. Lá a surpresa é perfeita, quando eles descobrem quem o Lard é na verdade: o robô Laire, que BARDIOC havia esquecido outrora a bordo da PAN-THAU-RA.

Veja abaixo os detalhes em nossos resumos!

Comprem diretamente no site da SSPG, a Editora Oficial de Perry Rhodan no Brasil: 

Pacote de Ciclo "PAN-THAU-RA" - (Digital)

   
Pacote de Ciclo "Pan-Thau-Ra" - Completo (Digital)

Pacote de 32 volumes digitais do ciclo "Pan-Thau-Ra da série Perry Rhodan editada pela SS...

R$ 268,80 R$ 255,90
 
Pacote de Ciclos - Edição Completa - Set 2016 (Digital)

Pacote com os 156 volumes digitais dos ciclos "O Enxame", "O Concílio", "Afilia", "Bardio...

R$ 1.293,40 R$ 1.189,90
Não há artigos nesta categoria. Se há subcategorias mostradas nesta página, elas podem conter artigos.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.