• Home

Ciclo 24 - O Grande Vazio

Episódios 1650 a 1699 – Período da história: 1202 a 1216 NCG (4789 a 4803)
Data de publicação na Alemanha: 1993 a 1994
Ciclo ainda inédito no Brasil


Perry Rhodan vai ao Grande Vazio com a BASE e uma pequena frota. Em suas proximidades ele encontra pistas de um antigo conflito entre forças titânicas. Os galácticos encontram nos estranhos protoplanetas os fusos, que retornam à Via Láctea acompanhado da pequena frota de Perry Rhodan. Devido às experiências dos galácticos, os fusos são despertados e transformam-se em criaturas poderosas e invencíveis, que conquistam o Sistema Solar. Através da ação da guerreira Moira, que a expedição havia encontrado no Grande Vazio, os seres-fuso tomam conhecimento de sua verdadeira origem e retornam ao Grande Vazio. Perry Rhodan segue-os com a BASE.



Com informações do ennox Philip, Perry Rhodan começa uma nova missão: ele organiza em 1202 NCG uma expedição ao Grande Vazio, situado a uma distância de 225 milhões de anos-luz, na formação estelar Coma Berenices. Neste setor há uma área com 150 anos-luz de diâmetro, sem estrelas, chamada de Grande Vazio. Philip assegura a Rhodan que naquele ponto localiza-se um grande enigma cósmico e o convence a fazer esta expedição, pois a distância até Coma Berenices não pode ser vencida pelos meios disponíveis pelos ennox.

O voo da BASE e da frota de galáticos dura três anos e meio, nos quais ocorrem muitos fatos inesperados. Em sua rota os galáticos encontram dez cabeças de ponte (Coma-1 a Coma-10) construídas por robôs andróginos, máquinas auto-reprodutoras com a capacidade de aprendizado. Em fevereiro de 1204 NCG Philip surge de surpresa na BASE e diz a Perry Rhodan para apressar-se. Suas exageradas e dramáticas palavras dão a todos a impressão de que o Grande Vazio esconde um grande perigo.

No fim de maio de 1204 NCG eles chegam à galáxia NGC 4793 e à sua galáxia satélite Queeneroch. Nesta última galáxia havia outrora um povo com a mesma origem dos arcoana, que destruiu grande parte dos mundos ali existentes. Antes da partida desta galáxia ocorre um último incidente. Cerca de 500 tripulantes, entre eles Harold Nyman, o comandante da BASE, retornam de voos de reconhecimento de NGC 4793 e adoecem devido a uma enigmática infecção. 37 galáticos morrem, e nos restantes surge a suspeita de que eles fizeram contato com um poder estranho, que os manipulou de maneira desconhecida. Devido à falta de tempo, Perry Rhodan não pôde ocupar-se mais deste assunto.

Em 14 de janeiro de 1206 NCG eles chegam na região do Grande Vazio, e a BASE estaciona nas proximidades de um pulsar batizado de Bórgia. As primeiras explorações revelam surpreendentes fatos: é evidente que desde dois milhões de anos atrás tem ocorrido uma violenta guerra entre os povos que vivem na região contra um desconhecido e pavoroso inimigo. Estes povos formaram uma aliança chamada Tanxtuunra, que após milhares de anos de desgastantes batalhas conseguiu rechaçar o inimigo. O ponto central dos acontecimentos foram 21 planetas chamados pelo ennox Philip de protoplanetas. Tanto ele como seus companheiros de raça materializaram nestes mundos quando tentaram penetrar no Grande Vazio com a ajuda de seu Movimento Absoluto.

Expedições aos protoplanetas, distribuídos em grande distância na região do Grande Vazio, revelam que cada planeta é uma impossibilidade física. Assim, eles encontram sob o solo de um dos planetas um poço movimentado por mecanismos, que parece ter uma profundidade maior que o diâmetro do próprio protoplanetas. Em Tornister o sol permanece em qualquer ponto do dia no zênite, não importando o posicionamento dos observadores na superfície do planeta. Em Sloughar eles descobrem um campo de ruínas que é tão velho quanto o próprio planeta. Prodígios semelhantes são encontrados em todos os protoplanetas, e, apesar de todo o intenso trabalho científico para elucidá-los, não conseguem ser explicados.

O Gish-Vatachh, formado por grupos que funcionam como juízes, surge subitamente e revela ser um tipo de polícia da Tanxtuunra, há muito inexistente. Esses zelosos vigias dos muitos tabus do passado consideram a entrada nos mundos protoplanetas como um grave crime. Para Perry Rhodan e os galáticos torna-se mês a mês mais difícil suportar os ataques dos grupos e das frotas do Gish-Vatachh.

O cyberclone Voltago e as irmãs espelho Mila e Nadja Vandemar conseguem finalmente descobrir parcialmente o enigma dos protoplanetas. Os 21 planetas estão unidos através de uma complexa rede ultradimensional, que oculta pirâmides prisma (ou fusos). Em quase todos os protoplanetas há um objeto semelhante, e em somente um ele não é encontrado. Contudo, os fusos não estão completos; em cada um falta uma parte de seus 21 segmentos.

Eles encontram os segmentos restantes no mundo escuro Charon. Lá eles também encontram uma misteriosa desconhecida, Moira, que junta-se aos galáticos mas que não revela seus objetivos, permanecendo estes obscuros.

Lentamente, Perry Rhodan leva luz aos fatos do Grande Vazio. Ele descobre que os 21 protoplanetas foram antigamente os portais para uma outra dimensão, da qual o inimigo da Tanxtuunra é originário. Naquela época, a aliança conseguiu fechar os portais e lacrá-los com selos. Desde então domina o receio da possibilidade de um retorno dos inescrupulosos desconhecidos. Este adversário ainda não identificado parece ser realmente muito perigoso, pois até os Cosmocratas enviaram um Cavaleiro das Profundezas para ajudar a Tanxtuunra.

Após o retorno da BASE à Via Láctea em novembro de 1210 NCG os galáticos começam a fazer experiências com os fusos e seus segmentos. Após muitos insucessos, surgem finalmente 14 seres fuso, criaturas artificiais altamente inteligentes, que unem-se em seguida em um invencível grupo e que levam medo e pavor à galáxia. Sem nenhuma consideração, eles procuram informações sobre seu destino, pois eles não sabem o que são realmente, mas não obtém sucesso.
Finalmente Moira consegue subjugar os seres fuso. Com sua espaçonave, a STYX, ela leva o grupo para o Grande Vazio. Também Perry Rhodan prepara uma segunda expedição, e a BASE trilha novamente o caminho para o Grande Vazio. É evidente que as inúmeras perguntas surgidas nos anos passados somente serão respondidas no setor Coma Berenices. Em outubro de 1216 NCG a situação chega a um desfecho provisório. Os seres fuso distribuem-se sobre os protoplanetas e provocam assim uma espécie de ignição planetária coletiva. O lacre dos portais fechados há dois milhões de anos rompe-se. Voltago revela-se como um ser originário de uma das pirâmides prisma. O enigma do 21º fuso, aquele que estava desaparecido, é resolvido. Torna-se claro que TAUREC manipulou o objeto no passado e moldou o cyberclone.

Também Moira revela uma parte de seu segredo. Ela pertence ao povo dos ayindi, que conduziu com a Tanxtuunra uma guerra de milhares de anos contra o ainda desconhecido adversário e que vive no outro lado do universo.

Veja abaixo os detalhes em nossos resumos!

Não há artigos nesta categoria. Se há subcategorias mostradas nesta página, elas podem conter artigos.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.