• Home

Ciclo 37 - Neuroverso

Episódios 2600 a 2699 – Período da história: 1469 a 1470 NCG (5056 a 5057)
Data de publicação na Alemanha: 2011 a 2013
Ciclo ainda inédito no Brasil


A superinteligência negativa QIN SHI transfere todo o Sistema Solar para uma bizarra anomalia espacial que estava prestes a se tornar um “neuroverso”, um universo com uma estrutura neuronal. Perry Rhodan descobre na galáxia Chanda um plano de várias superinteligências para criar um universo paralelo que estaria livre das influências dos Cosmocratas e dos Caotarcas.



PR2600No ano 1469 do Novo Calendário Galáctico, seis anos após o fim do conflito com a Monarquia Frequencial, a situação está tranquila na Via Láctea e nas demais galáxias da Rede Polyport. Perry Rhodan cedeu o cargo de Residente Terrano para Reginald Bell, pois foi nomeado Representante Especial para o Domínio Polyport pelo Novo Galacticum. Em seu novo cargo, Rhodan tenciona enviar a nave portadora BASE através da Rede Polyport para a galáxia Anthuresta, onde ela seria “estacionada” e transformada num entreposto comercial. Porém, em setembro de 1469 NCG, ocorre o inesperado: todo o Sistema Solar desaparece subitamente, surgindo em seu lugar o “Setor Zero”, uma bizarra anomalia espacial. Ao mesmo tempo, a BASE, com Perry Rhodan a bordo, é transferida para a galáxia Chanda, onde sua tripulação começa uma luta de vida ou morte contra os dosanthis, uma estranha raça dotada de poderosas paracapacidades.

O súbito desaparecimento do Sistema Solar provoca o caos na Via Láctea. Enquanto as frotas terrana e do Novo Galacticum cercam o Setor Zero, onde a navegação espacial é praticamente impossível devido ao caos hiperfísico permanente, é convocada uma reunião de emergência da Liga dos Terranos Livres, na qual são escolhidos um novo líder, Arun Joschannan, e um novo planeta-sede: Maharani, situado no setor das Plêiades. O Novo Galacticum também se reúne, e seu presidente, o imperador arcônida Bostich, declara guerra contra o inimigo desconhecido que sequestrou o Sistema Solar.

A JULIO VERNE, sob o comando de Ronald Tekener, realiza o primeiro voo de reconhecimento do Setor Zero. Ela, que é a única nave que consegue penetrar na área sem ser destruída, descobre indícios de que o desaparecimento do sistema foi provocado por algo ou alguém que conseguiu invadir e controlar secretamente 48 naves da frota de defesa do sistema. Pouco depois, os terranos e arcônidas descobrem que duas raças até então desconhecidas (os augures e os badakks) vinham implantando parasitas de controle mental em algumas das mais importantes personalidades da Galáxia. Essas raças recebiam ordens de QIN SHI, uma “superinteligência parasitária” até então desconhecida e que aparentemente queria desestabilizar politicamente a Via Láctea. Como superinteligências parasitárias precisam absorver energia vital periodicamente, a descoberta da existência de QIN SHI representa uma grande ameaça para todos os povos da Galáxia.

PR2650Enquanto isso, os habitantes do Sistema Solar descobrem que foram transferidos para a “Anomalia”, um universo em miniatura com apenas 143 anos-luz de diâmetro, no qual as leis físicas parecem estar em constante mutação. A situação é caótica, pois asteroides e objetos do cinturão de Kuiper vagam livremente pelo sistema, o que provoca várias catástrofes naturais na Terra, em Marte e nas luas dos planetas exteriores. Na Terra, os augures (também conhecidos como sayporanenses) anunciam o início de uma nova era e influenciam hipnossugestivamente crianças e adolescentes. Eles começam a levar milhares de jovens para seu planeta natal através de um transmissor para “formatá-los”, ou seja, transformá-los psiquicamente em augures, para que possam retornar à Terra e liderar os seres humanos nessa nova etapa da história da Humanidade.

Naves desconhecidas chegam ao Sistema Solar e cobrem o Sol com a “Crosta Fimbul”, que aprisiona toda a luz gerada pelo astro-rei. Dessa forma, o Sol torna-se completamente escuro, o que provoca uma nova era glacial na Terra. Algumas das naves alienígenas caem na Terra e liberam nanomáquinas altamente sofisticadas, que provocam terremotos e destruição em larga escala.

Nessa situação crítica, os terranos começam a explorar a Anomalia, que, após a chegada do Sistema Solar, passou a ter 48 sistemas planetários em seu interior, e descobrem que ela é instável, podendo entrar em colapso a qualquer momento. Eles também descobrem que ela só poderá ser estabilizada permanentemente quando se tornar um “neuroverso”, ou seja, um universo “vivo”, com consciência e uma estrutura neuronal. Porém, isso somente ocorrerá quando houver 48 superinteligências dentro da anomalia agindo em conjunto para estabilizá-la.

Enquanto isso, Perry Rhodan descobre a bordo da BASE que a nave estava sendo transportada para um gigantesco estaleiro para ser “reconfigurada”, o que daria origem à “lente multiuniversal”, um artefato indispensável para a criação e o controle de um neuroverso...

Dessa forma, pouco a pouco os terranos descobrem que precisam responder as seguintes perguntas para conseguir salvar o Sistema Solar e a Via Láctea:
 
- Por que a superinteligência parasitária QIN SHI constrói miniuniversos?
- Por que QIN SHI quer se apoderar do Traje dos Universos e da lente multiuniversal?
- Por que o Sistema Solar foi transferido para a Anomalia?
- O que é o “Gongo Úmbrico”, o misterioso objeto que os jovens “reformatados” pelos augures instalaram na Terra?
- Por que Delorian, um dos filhos de Rhodan, tem tanto interesse em QIN SHI e na Anomalia?
 
PR2699As respostas a essas perguntas revelarão aos terranos um plano complexo e antiquíssimo, elaborado por várias superinteligências ao longo de milhões de anos... Seu objetivo final é a criação de um novo universo, completamente independente do universo normal e livre das influências dos cosmocratas e caotarcas.

Veja abaixo os detalhes em nossos resumos!

Não há artigos nesta categoria. Se há subcategorias mostradas nesta página, elas podem conter artigos.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.