PR2810 - Cabeça de Ponte Laudhgast

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PR2810

“Invasão dos tiuphores – o presente é vítima do passado”

Título Original: Brückenkopf Laudhgast

Autor: Uwe Anton

Tradutor: 

Artista da capa alemã: Swen Papenbrock

Publicação na Alemanha: 26/06/2015

Publicação no Brasil:

Época: 29 de abril até 03 de maio do ano 1518 NCG

Local da ação: Laudhgast

Personagens principais: Anna Patoman, Accoshai, Ciphrian Pescrud, Oleksis Samoanoa, Skoo Samoanoa, Rutan Argroncc

Visão Geral

Resumo

Quatro semanas se passaram desde a destruição da GALBRAITH DEIGHTON V, e não houve mais nenhum avistamento de tiuphores. Muitos duvidam da periculosidade das arcas estelares restantes, mas Anna Patoman não baixa a guarda. Em 29 de abril do ano 1518 NCG, ela assume o comando da nave sucessora com o número VI. Ele é a construção da classe Portadora Saturno com uma peculiaridade. Dois sistemas positrônicas redundantes ou biopositrônicas autônomos (chamados de SLEEPER I e II), de cuja existência a PLC não tem conhecimento, que deveriam intervir no caso de uma tomada da rede por vírus de computadores hostis. A guarda tiuphore foi ampliada novamente para 181 unidades após as perdas recentes. Agora a sua ordem está ainda mais difícil de cumprir do que antes, porque as passagens de penetração se movem ao longo da fenda temporal.

Enquanto isso, Accoshai prepara a conquista da Via Láctea. Em seu tempo lar, há 20 milhões de anos atrás, uma frota formidável é adaptada para as condições de hiperimpedância elevada, a mesma coisa acontece no presente com a XOINATIU e a MIDOXAI. A comunicação entre os níveis temporais só é possível com a ajuda dos Catiuphats nas faixas sextadim. Os trabalhos serão concluídos em cerca de duas semanas, mas a primeira centena, isso promete o Caradocc Gorrot Pedosai da MORRCROI, poderão passar mais cedo através da fenda temporal. Accoshai assume uma posição em uma passagem de penetração perto do sistema Laudh. Mais do que um passatempo, os tiuphores invadiram o planeta Laudhgast por razões estratégicas. Rutan Argroncc tem o comando supremo das forças terrestres.

Em Laudhgast vivem os descendentes dos lemurenses, que buscaram refúgio durante a guerra contra as bestas-feras, com uma única espaçonave, a KALLACTER – nesta região remota. Uma espaçonave das bestas-feras que apareceu no sistema naquela época e destruiu a lua de Laudhgast. Desde então, detritos do satélite mergulham repetidamente para o planeta e causam estragos terríveis. Os descendentes lemurenses se esqueceram de seu passado. Trezentos anos atrás, os Guardiões Galácticos1 captaram uma chamada de emergência automática da KALLACTER funcionando precariamente, estacionaram sua própria nave, a MONJACZA, no campo de asteroides e se esconderam em Laudhgast. Desde então, a MONJACZA destrói todos os asteroides maiores que chegam muito perto do planeta. Assim, os Laudhgastesenses puderam construir uma civilização industrial primitiva. Como hábil manipulação pelos Guardiões Galácticos, os Laudhgastasenses acreditam que os asteroides são lançados por espíritos angustiados e que eles devem mover as graças dos espíritos através de invocações sob o efeito de orações para que intervenham e os salvem – o que naturalmente funciona a cada vez, quando os descendentes dos Guardiões Galácticos vivendo inseridos em posições importantes entre a população, continuam a operar os legados tecnológicos de seus antepassados. Eles garantem que os Laudhgastesenses permaneçam ignorantes para que possam viver em paz neste planeta. O líder dos iniciados é Taman Oleksis Samoanoa, mestre do conselho da metrópole Shanaya, cuja filha Skoo se apaixonou pelo jornalista Ciphrian Pescrud que duvida da existência dos espíritos. Quando uma saltadora estelar aparece sobre Shanaya e lança cápsulas de guerra, o efeito das orações falham pela primeira vez.

Argroncc reconhece o que está realmente acontecendo em Laudhgast, e usa a crença em espíritos, em algo mais original para a erradicação dos planetários aborrecedores. Ele finge ser um mensageiro dos espíritos graciosos e permite que os exércitos dos laudhgastesenses lutem entre si. Os vencedores terão a honra de serem incluídos na faixa sextadim. Os iniciados, é claro, sabem que uma invasão ocorreu através de inimigos tecnologicamente superiores, mas eles podem fazer pouco. Oleksis monitora o tráfego de rádio dos inimigos. Ele resgata sua filha e Ciphrian no último minuto de um comando assassino tiuphorense, lhes conta a verdade e reúne os iniciados ao redor de si. Tantos laudhgastesenses quanto possível, devem ser colocados em segurança em profundos bunkers lemurenses. Um space-jet da MONJACZA está em Laudhgast. Com ele, Oleksis, skoo, Ciphrian e dois outros iniciados voam para o campo de asteroides. Isto não permanece escondido dos tiuphores, a nave auxiliar é perseguida. Oleksis sacrifica a MONJACZA e o space-jet para desviar o inimigo. Em seus SERUNs, Oleksis e seus companheiros chegam a KALLACTER, na qual os iniciados estão há algum tempo A velha espaçonave lemurense está pronta para partir. Quando as primeiras arcas estelares em 2 de maio aparecem em Laudhgast, a KALLACTER foge do sistema, para avisar a LTL. Depois de uma curta etapa linear, a propulsão falha. Uma chamada de emergência é feita. Os tiuphores não podem ser abalados; uma saltadora estelar ataca a nave lemurense. Assim que a Guarda Tiuphorense aparece, expulsa a saltadora estelar.

No dia seguinte, Oleksis, sua filha e Ciphrian se encontram na nave capitânia de Anna Patoman. Agora, a LTL sabe onde os tiuphores s encontram, mas sua superioridade é muito grande. A Guarda Tiuphorense sozinha não pode fazer nada contra os agressores...

1 Nota do revisor: para maiores detalhes sobre os Guardiões Galácticos, vejam a nota de rodapé 3 do Dorgon pt-BR 002 - Um menino chamado Cauthon Despair, já traduzido pelo Projeto Traduções e disponível gratuitamente em www.projtrad.org/dorgon.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.