PR2809 - Visitas

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PR2809

“A Guarda Tiuphorense acredita que a luta acabou - em uma de suas naves espaciais, ela só começa”

Título Original: Heimsuchung

Autor: Oliver Fröhlich

Tradutor: 

Artista da capa alemã: Swen Papenbrock

Publicação na Alemanha: 19/06/2015

Publicação no Brasil: 

Época: 29 a 31 de março do ano 1518 NCG

Local da ação: Via Láctea

Personagens principais: Anna Patoman, Heydaran Albragin, Pino Gunnyveda, Topper Chimes, Sitor Tapanuli, Myala Làs-Therin, Dirikdak

Visão Geral

Resumo

Os tiuphores se foram, mas eles deixaram para trás uma coisa: os doutrinadores que foram lançados na GALBRAITH DEIGHTON V. Despercebidas, as micromáquinas começaram a tomar os sistemas (incluindo botes, robôs e SERUNs). Depois de um curto período de tempo, os doutrinadores colocam o PLC1 da nave sob seu controle. Após um curto período de tempo, os doutrinadores colocam o PLC da espaçonave sob seu controle. No dia após o ataque a Vaar alguns membros da tripulação encontram erros inexplicáveis que consideram inofensivos. Heydaran Albragin analisa os registros do curso de batalha, porque ela acha estranho que uma das três arcas estelares só disparou um único tiro na GAL e depois se retirou. Pino Gunnyveda equipa o regente de robôs para uma visita. Ele acredita que seu alojamento está assombrado. Ambos informam Anna Patoman. Uma vez que é determinado que nas últimas 24 horas foram recebidos um número extraordinário de mensagens de falha de natureza semelhante, a comandante dá o alerta amarelo.

Um pouco mais tarde, os distúrbios aumentam maciçamente e ferem as pessoas. Um homem é massageado quase até a morte em uma área de lazer, outro sofre queimaduras graves no chuveiro. A PLC não mantem Patoman nformada sobre as inúmeras mensagens sobre saúde. Em seguida, ela levanta o nível de alerta em laranja. Logo fica claro que algum tipo de vírus de computador está à solto na espaçonave. Heydaran Albragin pensa que o objetivo do programa tiuphorense provavelmente foi o de colocar a tripulação sob pressão e teste. Quando Patoman coloca em vigor o alerta vermelho, o inimigo invisível ataca com medidas mais drásticas. Rádio e localização falham completamente, os escudos defensivos são ativados, as armas ficam em prontidão de disparo. A tecnologia se volta contra o pessoal. Ocorrem as primeiras mortes. Albragin reconhece, no entanto, que a PLC infectada é praticamente cega, devido a reação de Patoman, ela teve que se tornar ativa rapidamente. Assim, ainda existem maneiras de enganar a PLC.

Patoman, Gunnyverda e Albragin colocam o dirikdak2 em ação, um robô de combate modificados a partir dos robôs de combate arcônida katsugo3. Ela não negou que a máquina era muito mais do que uma mascote. As armas de dirikdak estão totalmente operacionais, e além disso, ele carrega consigo trinta e cinco robôs do tamanho de dedais. Estes "Cavaleiros de ombros" (assim chamados por causa das antigas histórias de horror terranas) são desintegradores de precisão com diversos instrumentos micro técnicos. Eles devem tomar medidas nas profundezas da GAL contra a interferência estranha e sabotar os propulsores superluminais. A PLC obviamente precisa da tripulação viva. Portanto, ela mostra vontade de cooperar, quando faz contato com Patoman em uma oportunidade, e pede-lhe para reunir toda a tripulação na esfera central, para que ela possa dar a ordem para se render. Isso parece lógico para a PLC porque mais vítimas podem ser evitadas dessa maneira. Devido à falta de espaço na esfera central, a PLC dispensa até mesmo o uso de robôs influenciados.

Enquanto a equipe se encontra na esfera central, Albragin, Gunnyverda e Dirikdak, colocam com a ajuda dos cavaleiros de ombros, um cruzador leve claramente em operação. A GAL é alvejada pelos conversores de compensação Hawk, de modo que grandes explosões ocorrem no interior da nave. O cruzador escapa devido ao design modular da GAL, a esfera central – uma construção completamente autossuficiente dotada de uma unidade do voo – também escapou. Agora, finalmente, Patoman pode alertar a Guarda Tiuphorense via rádio. A tripulação é evacuada. A esfera central explode pouco depois, a PLC iniciou a autodestruição.

1 Nota do revisor: o programa de lógica composto (PLC) é como as modernas redes de computadores – sejam positrônicos, biopositrônicos ou mesmo compósito com vários – e seus sistemas de programas de controle são referidos. Primeiramente implantando nas naves TSUNAMI, como a TS-CORDOBA, em 447 NCG a tecnologia propagou-se e aperfeiçoou-se ao longos dos séculos e em 1518 NCG e plenamente usada em substituição a tecnologia sintrônica atingida pelo choque de hiperimpedância.

2 Nota do revisor: O dirikdak era um parceiro robótico da arcônida Heydaran Albragin. O nome do robô deriva das suas caracteristicas: com as suas longas pernas, o tronco gordo, a cabeça pontiaguda e o andar engasgado, ele se assemelhava a um pássaro pré-histórico desajeitado, o lendária pássaro arcônida “Dirikdak”.

3 Nota do revisor: Os robôs de combate katsugo são robô modulares. Semelhante ao Vario 500, um modulo elipsóide de 1,50 metros de altura por 70 centímetros de espessura é a unidade de controle que é rodeado por diversos envoltórios e módulos. Foi criado pelos arcônidas século 14 NCG especificamente para a conquista do planeta Ertrus. Foram utilizados pela primeira vez no ataque a Ertrus em outubro de 1303 NCG. A aparência de seu corpo é de uma exagerada caricatura ertrusiana; não só para serem intimidantes, mas também para servir como uma zombaria aos ertrusianos.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir