PR0492 - A Prisão de Aço

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PR492

Vascalo intervém – ele ordena a vanguarda do extermínio.

Título Original: Das stählerne Gefängnis

Autor: William Voltz

Tradutor: Richard Paul Neto

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 22/01/1971

Publicação no Brasil: 1990

Época: Junho de 3438

Local da ação: Gruelfin (Takera), Via Láctea (Vega, Sol)

Personagens principais: Vascalo, o Torto, Ginkorash, Roi Danton, Paladino, Pultor, Matton Exloster, Reginald Bull, Julian Tifflor.

Resumo

Vascalo, o Torto, o novo chefe da Marsav, está ativando, sob perigo mortal, a comutação de bloco final que dá ao Taschkar o controle de 146.000 coletores. Então ele pode embarcar, no último segundo através de um transmissor de segurança, e partir na última espaçonave a deixar Takera – o mundo principal dos takeres, que logo em seguida é destruído pelo fogo atômico, que havia sido desencadeada pela ação casa de marimbondos.

Chegando em Arptof, Vascalo se reporta ao Taschkar e lhe traz a notícia do seu sucesso. Em seguida, o Taschkar visualiza uma nova certeza da vitória: os coletores que poderiam ser comandados pelo cinto comudaque do falecido Guvalash, agora estão sob seu controle exclusivo.

Em vez de executar um ataque cerrado por coletores e frota dos takeres sobre as forças de combate dos ganjásicos, o Taschkar decide usar os coletores, sob o comando de Vascalo, na Via Láctea para realizar um golpe devastador contra os terranos antes que eles possam vir em resgate dos ganjásicos. Como já foi descoberto, os terranos são imunes a serem pedoassumidos por causa da recém-projetada faixa dakkar. A frota de coletores deve, portanto, pegar os pedotransferidores estacionados na Via Láctea e iniciar o ataque ao Sistema Solar.

O Taschkar apresenta então a Vascalo seus dois prisioneiros, Roi Danton e o Paladino, que foram colocados em um Cofre-Marsav. Ele entrega os dois para Vascalo porque acredita que eles não podem fornecer-lhe quaisquer informações valiosas sobre os ganjásicos, no entanto, para Vascalo teriam informações muito uteis sobre seu alvo na Via Láctea.

No Paladino, os Thunderbolts discutem sobre as formas de sair da prisão. Finalmente, eles primeiro decidem limpar o caminho até Danton com desintegradores, a fim de poderem se comunicar. Dart Hulos, que estava fabricando destilados em seu posto de trabalho, e assim desagradou Harl Dephin, é selecionada como voluntário para a missão de ruptura. Após a ruptura, Danton e os siganeses podem finalmente se comunicar uns com os outros.

A frota de coletores, enquanto isso, saiu perto do sistema Vega e tem que ser reorientada. O terrano missionário da SRTC, Matton Exloster, que escapou por pouco de um controle indesejada por um membro superior da seita, é, em sua espaçonave, a primeira vítima da frota de invasão takerer.

Vascalo vai até seus prisioneiros e questiona a Roi Danton sobre a identidade do sistema, em que a frota foi materializada. Também o seu coletor foi capaz de receber pouco mais de dois milhões de takeres estacionados na Via Láctea, que passaram para a bordo da frota através de um pedogoniômetro. Depois de Danton anunciar que o sistema Vega está a 27 anos-luz do Sistema Solar, Vascalo deve se ajustar a situação novamente, porque a frota terrana reúne-se para um ataque. Danton então compartilha com Dephin que os coletores estão perto do sistema Vega, e emite o comando para sair do cofre. Os siganeses cavaram até então seis túneis separados para a superfície do cofre.

Dois takerers são enviados pelo comandante da frota Pultor para o Cofre-Marsav, para verificar os prisioneiros. Estes descobrem os buracos feitos pelos siganeses, que tentam desintegrar um buraco no cofre de Roi Danton. Um deles é baleado pelos Thunderbolts, o outro foge em pânico do quarto. Pultor e Vascalo ouvem seus gritos, mas precisam se concentrar na luta com as espaçonaves terranas.

Dentro de algumas horas, os siganeses conseguem desintegrar o cofre em torno de Roi Danton, que foi assim ferido várias vezes durante o processo. Finalmente Danton pode livrar-se dos restos da prisão de aço e armar-se com as armas dos takeres mortos. O Paladino tem que ser deixado para trás. Sem oposição, os fugitivos alcançam um hangar que está cheio de cappins.

Danton é bem-sucedido, em passar por 500 takeres sem ser notado, depois controla intuitivamente uma espaçonaves de pequeno porte, com a qual atira na parede do hangar criando um buraco e escapa, em seguida entra em contato de rádio, para informar ao comandante da frota atacante, Reginald Bull, sobre a sua identidade, antes que possa ser atacado a partir de uma das cerca de 50.000 espaçonaves terranas ou por um dos 60.000 coletores. Com este artifício, Danton fica preliminarmente em segurança.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.