Cafezinho do zap-zap! - Irmãos Siderais

Irmãos Siderais

 

Irmãos siderais de sonhos pedidos
Um voo sem volta olhando o mar infinito
Admirem aquela estrela vermelha
As vidas que a viram mudar de amarelo para enfim pulsar


Saibam ó aventureiros que um dia hei de chegar
Chegarei a amada Terra que um dia fugi me perdendo do lado de lá
Da Galáxia tão fria e vazia que nos portos que aportei
Nenhum me recebeu como os Abraços que aqui há.


Mas se em casa pouso
E escondo minha nau carregada de infinito atrás do paiol
Me pego em noites frias puxando um pé a admirar
como elas lá no alto me piscam suas promessas de amantes distantes


Más jamais esquecidas

Dito Muniz

Cafezinho do zap-zap - Projeto traduções

Belo Horizonte, 24/02/2017

Imprimir Email

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.