PR0113 - A Flor Milagrosa de Utik

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PRBR 0113

“Esperava alcançar a vida eterna, mas viu-se envolvido em uma teia… de morte!

Título Original: Die Wunderblume von Utik

Autor: Kurt Mahr

Tradutor: Richard Paul Neto

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 01/11/1963

Publicação no Brasil: 1978

Época: Julho de 2103

Local da ação: Utik, Peregrino

Personagens principais: Kalal, Ron Landry, Larry Randall, Lofty Patterson, Meech Hannigan, AQUILO, Kazek

Resumo

O Supremo Baalol, chefe do culto misterioso e malévolo de Baalol, apareceu usando Thomas Cardif para ser Perry Rhodan a fim de enganar AQUILO, o ser do planeta Peregrino, em dar-lhe vários ativadores celulares de prolongamento da vida. Mas a superinteligência estava bem ciente do que acontecia e fez uma de suas brincadeiras mortais sobre o Supremo Baalol e seus seguidores.

Um desses seguidores era o sacerdote Kalal que, como quase todos os membros do culto de Baalol, era um poderoso antimutante. Quando Kalal visita o templo de Baalol no planeta Utik, o ativador de células faz com que seu cérebro emita ondas que convencem a todos dentro de um raio de vinte e cinco quilômetros que ele é uma rara e bonita flor milagrosa que deve ser protegida a todo o custo. Como resultado, as pessoas perseguem-no em enxames, buscando derramar água sobre sua cabeça e realizar outras experiências botânicas além de tocá-lo e acariciá-lo. Para piorar as coisas, Kalal está sendo perseguido por agentes terranos da Divisão III.

Kalal se refugia dentro das salas do templo, mas a recepção de seus colegas é fria e indesejável. Seus “cultivadores” mantem o templo sob cerco constante, chamando a atenção indesejada para o culto secreto de Baalol e tornando impossível para eles realizarem suas habituais práticas repugnantes. Quando esse assunto vem a tona, o sumo sacerdote do templo contata com seu superior de Baalol, que sentencia Kalal à morte por colocar sua própria vida e seus interesses pessoais acima do bem-estar do culto.

Enfurecido e determinado a lutar contra o supremo Baalol pela supremacia no culto, Kalal finalmente consegue escapar do templo, depois de matar vários sacerdotes enviados para caçá-lo e executá-lo. Mas os agentes da Divisão III estão na sua trilha e Kalal é forçado a enfrentá-los derrotando Ron, Larry e Lofty sendo ainda quase morto por Meech Hannigan no processo. Quando Kalal foge para o deserto ao norte de Utik, os agentes forçam-no a bater nas montanhas e aterrissar de bico rumo ao chão. Eles desejam capturá-lo e interrogá-lo, mas depois de uma luta encarniçada, Kalal é morto com um tiro de revólver no peito disparado por Meech. Ele morre amaldiçoando o supremo Baalol que se esconde em um estranho lugar chamado Trakarat.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir