PR0122 - A Morte do Lorde-Almirante

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PRBR 0122

O robô-almirante criou um problema de peso para os audazes agentes da Divisão III...

Título Original: Der Tod des Lordadmirals

Autor: Kurt Mahr

Tradutor: Richard Paul Neto

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 03/01/1964

Publicação no Brasil: 1978

Época: 2105

Local da ação: Árcon I, Árcon II, Terra, Kusma, K-3605

Personagens principais: Thekus, Marechal Solar Julian Tifflor, coronel Nike Quinto, Ron Landry, Larry Randall, Lofty Patterson, Meech Hannigan, Arfar, Melaal e Carba

Resumo

Enquanto uma festa com três mil convidados na embaixada Terrana em Árcon I está em pleno andamento, o almirante arcônida Thekus é interrogado e depois assassinado em uma das salas da embaixada. Seu cadáver é descoberto pelo embaixador terrano Julian Tifflor que imediatamente informa Atlan do ocorrido.

Um grupo terrano (Ron Landry, Lofty Patterson, Meech Hannigan e Larry Randall) comandado pelo coronel Nike Quinto se prepara para uma missão especial enquanto os rumores sobre o assassinato de Thekus em Árcon estão cada vez maiores porque este era o conselheiro pessoal de Atlan. A Divisão III inicia uma operação de camuflagem que envolve uma grande quantidade de artifícios: para começar, os terranos espalham a falsa notícia de que eles ressuscitaram Thekus. Quinto e seus homens então desembarcam com todo o seu material em Árcon I e o coronel explica a Tifflor e Atlan que na verdade eles estão se preparando para criar uma versão robótica de Thekus na tentativa de prender seu assassino.

Depois de doze dias o robô está pronto e o falso “Thekus” pode finalmente participar de uma recepção calorosa. Logo Landry chama um táxi e leva Thekus para uma caminhada na cidade, a fim de comprar um mokoki, um pequeno animal laureliano que pode reproduzir o rosto de qualquer um que tenha visto. Assim que adentram a loja, eles são vítimas de uma tentativa de assassinato, mas conseguem escapar e retornam com sucesso à sua base. No entanto, Quinto destrói Thekus com um desintegrador assim que entram na base.

Quinto então explica a Landry que Thekus foi sequestrado e substituído por outro androide durante a sua caminhada no mercado. A primeira parte de sua missão foi completada com êxito porque eles podem agora seguir Thekus por meio de um dispositivo de rastreamento colocado no androide. Graças ao transmissor de Thekus eles descobrem que o robô foi trazido para Árcon II. Ao mesmo tempo, os sequestradores desconhecidos destroem o próprio androide sem suspeitar que os terranos estão em seu encalço. Quinto e seus homens embarcam em sua corveta especial K-3605 para Árcon II. Landry permanece em Árcon I, a fim de tentar capturar o arcônida que havia colocado um transmissor em seu táxi mas ele chega tarde demais. O arcônida acaba de ser morto pelo laureliano que lhes vendeu o mokoki e para Landry só resta agora se juntar a seus colegas em Árcon II.

Em Árcon II, Quinto encontra um almirante arcônida que Atlan enviou para ajudá-los, mas devido a uma emergência, os quatro agentes terranos regressaram à corveta porque o interrogatório de Thekus está prestes a começar. Enquanto isso, Landry chega em Árcon II com seu mokoki. Na presença do almirante arcônida, o mokoki de repente muda de aparência e assume as características de um dos participantes do atentado na loja: é o rosto de Carba de Mintérol.

Os Mintérols são uma das famílias mais nobres do Império Arcônida e não demorou muito tempo para que Landry reencontrasse seus colegas na corveta e anunciasse sua descoberta a eles. Naquele momento todos a bordo da corveta observam o interrogatório de Thekus que acaba de começar. As perguntas vêm de Arfar, um arcônida de alto escalão e o misterioso Melaal que permanece ainda oculto. Quinto descobre que o Thekus original era uma das ligações de uma vasta conspiração que objetivava depor Atlan e que este desistiu do plano porque estava em desacordo com os métodos utilizados pelos conspiradores. Depois disso uma pergunta de Arfar a respeito sobre um certo Bélubal confunde o androide e Quinto é obrigado a desativá-lo, camuflando-o através da simulação de um desmaio. É determinado que o misterioso Bélubal provavelmente era um aconense e por conseguinte, o perigo para os terranos é ainda maior do que o previsto!

Suspeitando que os terranos estavam nas proximidades, Carba aparece repentinamente e ordena que todos embarquem em sua espaçonave a fim de fugir para a base secreta de Kusma. O K-3605 segue-os e chega juntamente com a espaçonave arcônida que parte novamente de Kusma: Quinto envia uma mensagem para a frota terrana e, em seguida, se dirige para o planeta ao lado de seus agentes.

Em Kusma, Quinto e seus agentes descobrem a base hostil onde Thekus está sendo mantido em cativeiro. O interrogatório de Thekus foi retomado por Arfar, Carba e Melaal. Por um instante Melaal separa-se do grupo para preparar a fuga deles porque acaba de descobrir que Thekus é um robô e que os terranos provavelmente não estão muito longe. Por sua vez, Hannigan percebe o comportamento suspeito de Melaal e Quinto entende que seu plano de camuflagem com o androide foi descoberto: ele decide ativar o transmissor escondido em Thekus e atacar a base junto com seus agentes. No entanto, os rebeldes reagem rapidamente e conseguem escapar da base sem problemas.

Quinto decide investigar a base, mas Hannigan descobre uma bomba deixada por Melaal que Landry e depois Lofty são incapazes de desarmar. Eles só têm tempo suficiente para deixar Kusma antes que ela exploda e Nike Quinto se lamenta pelo fracasso de seu plano.

Algumas horas depois, Rhodan e Atlan analisam a situação explosiva de Árcon e chegam a duas conclusões:

Primeiro, que as máquinas encontradas em Kusma servem para ativar o segundo cérebro dos arcônidas que representa a parte lógica.

Segundo, Carba, que é sobrinho de Thekus, parece ser uma parte importante da conspiração e ainda recebeu o apoio dos aconenses em sua tentativa de golpe de estado. Rhodan então parte para consolar e animar um entristecido Nike Quinto.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.