PR0147 - As Máquinas Enlouquecem

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PRBR 0147

Uma guerra positrônico-biológica pode decretar o fim dos seres humanos!

Título Original: Amoklauf der Maschinen

Autor: William Voltz

Tradutor: Richard Paul Neto

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 26/06/1964

Publicação no Brasil: 1979

Época: 2114

Local da ação: Via Láctea, planeta Van Moders

Personagens principais: Ellis Kedrick, John Marshall, Ras Tschubai, Tama Yokida, Van Moders, dr. Bryant, dr. Johann Riesenhaft, Gucky, Emiondi, Sakori, Perry Rhodan

Resumo

O cruzador terrano UPSALA aproxima-se de Frago e relata que os robôs estão digladiando-se uns aos outros na superfície do planeta. Uma equipe vai a superfície do planeta e descobre que um grupo de robôs parece hostil aos seres orgânicos enquanto o outro grupo é indiferente ou amigável aos seres orgânicos.

Perry Rhodan está no sistema Tafor onde uma nave fragmentária dos pos-bis, que tinha ajudado os membros da Divisão III e os saltadores locais na repressão do ataque aconense, pediu para contatar os terranos. O administrador, não querendo correr riscos desnecessários, envia uma equipe de comando composta pelos mutantes John Marshall, Ras Tschubai e Tama Yokida e pelos cientistas Van Moders, Bryant e Riesenhaft a bordo da nave pos-bi para viajar ao Mundo dos Duzentos Sóis. Quatro outras naves pos-bis aparecem e forçam a nave fragmentária a fugir antes de a TEODORICO forçá-las a se retirar. A equipe de comando terrana é abalada pela súbita aceleração seguida de uma forte transição e o doutor Bryant fica gravemente ferido no processo.

A nave pos-bi foi danificada pelo ataque e acaba caindo em um planeta desconhecido. Neste planeta vive uma raça onde a tecnologia encontra-se na máquina a vapor que desempenha um papel importante em sua sociedade. A explosão causada pelo choque da nave pos-bi instiga o medo nos habitantes locais. Os pos-bis deixam sua nave e começam a semear a destruição entre os foles – o nome dado aos nativos – enquanto atacam e destroem suas máquinas a vapor. Na confusão que se seguiu, os pos-bis confundiram as máquinas a vapor com seus irmãos que não se submeteram ao protoplasma central no Mundo dos Duzentos Sóis.

Enquanto isso, o cérebro de protoplasma do comandante da nave pos-bi morre depois de ter confirmado aos cientistas Van Moders e Riesenhaft que a destruição do circuito de ódio feita por Rhodan e Atlan provocou uma instabilidade do hipercircuito de interação. Enquanto os outros terranos ajudam os foles em sua desesperada luta pela sobrevivência, os dois cientistas usam o hipercomunicador da nave para pedir ajuda.

A equipe de comando é finalmente resgatada pelas naves da frota solar e Rhodan soube de tudo o que aconteceu por Marshall e Van Moders. A tentativa de Rhodan de destruir o circuito do ódio para garantir a paz no Universo acabou em uma encarniçada e violenta guerra civil entre os próprios pos-bis e a Via-Láctea volta a correr um sério perigo. Rhodan precisa agora terminar de uma vez por todas com esse impasse entre os robôs. Enquanto isso, os laurins assistem a tudo de camarote só esperando o momento certo para desferir o golpe decisivo tanto nos terranos quanto nos pos-bis. Quem vencerá essa guerra?

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.