PR0149 - A Batalha dos Duzentos Sóis

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PRBR 0149

Um homem luta para dominar o pensamento robológico!

Título Original: Kampf um die Hundertsonnenwelt

Autor: Kurt Brand

Tradutor: Richard Paul Neto

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 10/07/1964

Publicação no Brasil: 1979

Época: 2114

Local da ação: Mundo dos Duzentos Sóis (mais tarde, Mundo dos Cem Sóis)

Personagens principais: Perry Rhodan, Atlan, Reginald Bull, Ras Tschubai, Van Moders, Gucky, Owen DeSoto, Menke Laas

Resumo

Enquanto a TEODORICO dirige-se para o Mundo dos Duzentos Sóis, atraída pelo sinal de rastreamento da GAUSS, vários incidentes ocorrem a bordo devido à fadiga do equipamento. A GAUSS, que estava sendo atacada pelos laurins, é forçada a retirar-se e aterrissa no Mundo dos Duzentos Sóis. Sua tripulação é obrigada a abandonar a nave que acaba sendo destruída pelo impacto dos ataques incessantes dos laurins.

No Mundo dos Duzentos Sóis, as reservas de energia do protoplasma central estão cada vez mais críticas e a hiperimpotrônica (o cérebro robótico) assume o controle dos robôs. As batalhas entre os robôs recomeçam e os laurins começam a destruir os sóis um a um. A hiperimpotrônica permite que os laurins façam isso, vendo neles um meio de se livrar do protoplasma central e dos terranos em um só golpe. Os invisíveis usam uma nova arma que absorve a energia dos campos defensivos e a equipe terrana determina que a razão para o controle instável do protoplasma central sobre a hiperimpotrônica deve residir nas ligações entre as cúpulas e o centro do protoplasma. O lugar onde a perda de impulsos ocorre é encontrado após longa busca no meio de uma feroz batalha de robôs.

O esquadrão de Reginald Bull finalmente chega ao Mundo dos Duzentos Sóis, mas é imediatamente forçado a recuar novamente para o espaço linear diante do ataque avassalador dos laurins.

A equipe de Van Moders finalmente repara a ligação quebrada entre o protoplasma central e a hiperimpotrônica e este consegue assumir o controle definitivo da hiperimpotrônica. Todo o Mundo dos Duzentos Sóis ataca com força total os laurins que sofrem perdas enormes e são forçados a retirar-se do planeta.

Com a paz estabelecida, Rhodan conclui um tratado com os pos-bis. O protoplasma central fornece toda a informação necessária sobre os canhões conversores e Rhodan concorda em localizar o mundo de origem do protoplasma central na Galáxia de Andrômeda. A paz no Universo foi finalmente restaurada e Rhodan ganhou um poderoso aliado para a manutenção dela. Contudo, os laurins escaparam da destruição total e reagrupam-se rapidamente para uma futura revanche contra os terranos. Rhodan e o Império Solar agora possuem todas as condições para enfim penetrar na Galáxia de Andrômeda, destruir os laurins de uma vez por todas e descobrir qual segredo se esconde por trás desse novo e perigoso Universo. Será que enfim o sonho de Rhodan de desbravar novos mundos e descobrir novas civilizações tornara-se realidade?

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.