PR0149 - A Batalha dos Duzentos Sóis

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PRBR 0149

Um homem luta para dominar o pensamento robológico!

Título Original: Kampf um die Hundertsonnenwelt

Autor: Kurt Brand

Tradutor: Richard Paul Neto

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 10/07/1964

Publicação no Brasil: 1979

Época: 2114

Local da ação: Mundo dos Duzentos Sóis (mais tarde, Mundo dos Cem Sóis)

Personagens principais: Perry Rhodan, Atlan, Reginald Bull, Ras Tschubai, Van Moders, Gucky, Owen DeSoto, Menke Laas

Resumo

Enquanto a TEODORICO dirige-se para o Mundo dos Duzentos Sóis, atraída pelo sinal de rastreamento da GAUSS, vários incidentes ocorrem a bordo devido à fadiga do equipamento. A GAUSS, que estava sendo atacada pelos laurins, é forçada a retirar-se e aterrissa no Mundo dos Duzentos Sóis. Sua tripulação é obrigada a abandonar a nave que acaba sendo destruída pelo impacto dos ataques incessantes dos laurins.

No Mundo dos Duzentos Sóis, as reservas de energia do protoplasma central estão cada vez mais críticas e a hiperimpotrônica (o cérebro robótico) assume o controle dos robôs. As batalhas entre os robôs recomeçam e os laurins começam a destruir os sóis um a um. A hiperimpotrônica permite que os laurins façam isso, vendo neles um meio de se livrar do protoplasma central e dos terranos em um só golpe. Os invisíveis usam uma nova arma que absorve a energia dos campos defensivos e a equipe terrana determina que a razão para o controle instável do protoplasma central sobre a hiperimpotrônica deve residir nas ligações entre as cúpulas e o centro do protoplasma. O lugar onde a perda de impulsos ocorre é encontrado após longa busca no meio de uma feroz batalha de robôs.

O esquadrão de Reginald Bull finalmente chega ao Mundo dos Duzentos Sóis, mas é imediatamente forçado a recuar novamente para o espaço linear diante do ataque avassalador dos laurins.

A equipe de Van Moders finalmente repara a ligação quebrada entre o protoplasma central e a hiperimpotrônica e este consegue assumir o controle definitivo da hiperimpotrônica. Todo o Mundo dos Duzentos Sóis ataca com força total os laurins que sofrem perdas enormes e são forçados a retirar-se do planeta.

Com a paz estabelecida, Rhodan conclui um tratado com os pos-bis. O protoplasma central fornece toda a informação necessária sobre os canhões conversores e Rhodan concorda em localizar o mundo de origem do protoplasma central na Galáxia de Andrômeda. A paz no Universo foi finalmente restaurada e Rhodan ganhou um poderoso aliado para a manutenção dela. Contudo, os laurins escaparam da destruição total e reagrupam-se rapidamente para uma futura revanche contra os terranos. Rhodan e o Império Solar agora possuem todas as condições para enfim penetrar na Galáxia de Andrômeda, destruir os laurins de uma vez por todas e descobrir qual segredo se esconde por trás desse novo e perigoso Universo. Será que enfim o sonho de Rhodan de desbravar novos mundos e descobrir novas civilizações tornara-se realidade?

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir