PRNeo0093 - CULTIVADORA DE MUNDOS

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

c neo93

O bastião do dourado: a CULTIVADORA DE MUNDOS

Título Original: WELTENSAAT

Autor: Christian Montillon

Tradutor: Paulo Lucas

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 10/04/2015

Publicação no Brasil: Fevereiro de 2018

Época: Meados de Janeiro do ano de 2038

Local da ação: CULTIVADORA DE MUNDOS

Resumo

Os mutantes John Marshall, Betty Toufry, Sue Mirafiore, Sid González e o ilt Gucky estão a caminho do sistema solar Kepler-90, onde, de acordo com o lazan Lee Va Tii, fica a base da CULTIVADORA DE MUNDOS. Anteriormente, eles tinham sido apanhados pelo fantan Set-Yandar, com sua nave NETER-KELP. Uma tentativa malsucedida de fuga com o cargueiro arcônida MEHIS os havia colocado em uma emergência espacial. Por acaso, os fantans captaram sua chamada de emergência e, para o deleite deles, eram quatro dos cinco mutantes que foram Besun. Não obstante, Marshall pôde convencer Set-Yandar que Besun de maior qualidade esperava por ele na CULTIVADORA DE MUNDOS e que ele dispensasse os mutantes. A CULTIVADORA DE MUNDOS é a nave de Pranav Ketar, o dourado, considerado pelos mutantes terrestres como o culpado pela Crise Gênese. O lazan, que escapou de uma armadilha dos pré-marcianos, mudou de lado após a revelação da traição de Pranav Ketar contra as santors e a dourada Cyra Abina. Ele agora é companheiro dos terranos e de Gucky. Só ele sabe o caminho para o dourado e a Aliança, adversários dos humanoides na Luta. Inicialmente, na chegada ao sistema Kepler-90, nenhuma espaçonave é vista. Com um truque, Set-Yandar chama a atenção do dourado para a sua nave fuso. Chega a chamada de Sirol Alnat Inamor Perttai, comandante da gigantesca nave anelar CULTIVADORA DE MUNDOS. Nas discussões que se seguem, o fantan prova ser um negociador astuto. Com informações que alega ter sobre os mutantes terrestres, ele força Pranav Ketar a uma audiência. Contudo, na NETER-KELP, há problemas com Gucky, de modo que a manobra de acoplamento é atrasada. Finalmente, na nave da Aliança, Set-Yandar habilmente excita a curiosidade de Pranav Ketar. Ele quer trocar a informação apenas por um Besun apropriado da nave anelar. O dourado permite que ele e o filho de sua filha deem uma olhada na CULTIVADORA DE MUNDOS. Assim, Set-Yandar também dá tempo para que os mutantes coloquem seu plano imaturo em prática. Eles simplesmente querem entrar na CULTIVADORA DE MUNDOS e sequestrar o representante da Aliança.

Worat é um membro do povo reptiloide dos wotoks. Faz dez mil anos que seu povo vive na CULTIVADORA DE MUNDOS e serve ao dourado Pranav Ketar. Um dia, ele se revolta. Relutantemente, ele segue o orgh que lhe traz a mensagem. Faz pouco tempo que a nave também é seu lar. Worat não gosta dos insetoides, porque, em sua opinião, eles são inferiores e se misturaram, com a aquiescência do Senhor, na milenar hierarquia que formam as raças antigas da CULTIVADORA DE MUNDOS. Quando ele chega na área residencial de Ketar, este está falando com o orgh Matrim-21 sobre um projeto secreto. O wotok presumivelmente conhece a informação sobre o Divisor de Mundos, que os orghs devem recriar. Mas a conversa aparentemente trata de algo diferente, de um projeto perigoso até mesmo para o benfeitor. Se as forças da Luta souberem sobre isso, o puniriam com a pena de morte. Worat está ciente de que o dourado mostra confiança, deixando-o participar da conversa. Ele vê que a sua hora havia chegado. Pranav Ketar ainda não quer revelar o segredo a Worat. No devido tempo, ele o fará. Em troca, Worat deve decidir a quem ele deve fidelidade. Ele a nega à espada-mãe, a líder suprema wotok. Ela está sempre bem informada sobre o que ocorre na nave e pode se tornar perigosa para Pranav Ketar. Em primeiro lugar, outra coisa é importante. O comandante da nave, Sirol Alnat Inamor Perttai, um ramani, informou Ketar sobre a materialização de uma espaçonave com o nome NETER-KELP. Cujo comandante é o fantan Set-Yandar. Ele teria notícias para o dourado. Ketar pede que se responda ao contato. Ele fica curioso sobre o fato de que esta ralé quer atrair sua atenção. Worat fica absolutamente impressionado com a insensibilidade de Set-Yandar. Essa conversa convence o benfeitor, que é infalível aos olhos do wotok, e ele obtém permissão para atracar. A abordagem lenta do visitante o deixa desconfiado. Esse fantan esconde algo. Defronte ao dourado, a criatura cilíndrica lança sua carta na mesa: o conhecimento de que os mutantes da Terra ainda estão vivos. Ele apenas quer revelar a informação em troca de um Besun equivalente. Pranav Ketar permite que o fantan e o filho de sua filha examinem a CULTIVADORA DE MUNDOS. Outro evento ocupa mais o senhor da nave da Aliança. Um mensageiro da Aliança chega inesperadamente. Rico-2, um arqui-inimigo de Ketar, traz a ordem para uma expedição punitiva. O enviado da Aliança representa uma ameaça. Se ele descobrir o projeto secreto, a vida de Ketar está perdida. Enquanto isso, Worat deverá manter um olho sobre o fantan e sua nave.

Gucky ainda luta contra seu envenenamento, infligido pelo anel do dourado morto em Marte. Sue Mirafiore, a estabilizadora orgânica, desde então, cuida abnegadamente do ilt. Ela e Sid González acreditam que o pior já passou, quando o rato-castor de repente passa por uma crise violenta. Ela está associada com uma explosão violenta de paraenergia, que pode ser perigosa para a NETER-KELP se a CULTIVADORA DE MUNDOS a registrar. Abalado pelo veneno e suas memórias, ele é parado por lazan Lee Va Tii e sedado pelos dois jovens mutantes. Set-Yandar havia atrasado por muito tempo o acoplamento de sua nave com a nave anelar. Cuidadosamente, eles despertam Gucky, que volta a si profundamente deprimido com sua culpa pela morte de seu pai e seus amigos. Por fim, Sid, que tem a irresistível necessidade de perdoá-lo, recupera Gucky. O perdão de um ser senciente revive Gucky. Junto com Lee Va Tii, ele começa a procurar aliados, e espera encontrar os lazans que conduzem a CULTIVADORA DE MUNDOS. No caminho, parece ser assediado por padrões de pensamento bem conhecidos: os de seu pai e seus amigos ilts. Ele acredita que é a confusão que o atinge, quando o ser energético lazan o abandona. Depois que o novo amigo de Gucky conta aos outros lazans sobre a traição de Pranav Ketar às santors e à dourada Cyra Abina, eles se retiram para consulta. Somente o lazan Ruu Te Kaa confia em Lee Va Tii, a quem conhece há 48.000 anos. Os mutantes terrestres ficam para trás, na NETER-KELP, durante a incursão de Gucky. Eles se deparam com uma inspeção de cinquenta lagartos. Eles tentam escapar se escondendo em um local pré-determinado. Contudo, John Marshall vê os soldados da CULTIVADORA DE MUNDOS se aproximando perigosamente. Ele se salva com seu paradom e desaparece para realidades e universos paralelos tão longe do seu próprio, que só volta com grande dificuldade. Ele desperta novamente na CULTIVADORA DE MUNDOS. Gucky, que aguarda o retorno à nave fantan na bolha energética do lazan, recebe os padrões de pensamento do caminhante paralelo e, junto com Lee Va Tii, o resgata. Enquanto a tropa wotok deixa a NETER-KELP, realiza-se o conselho de guerra. Ruu Te Kaa também está presente e aconselha a encontrar aliados na CULTIVADORA DE MUNDOS. Ironicamente, os mutantes encontram Bereka, a espada-mãe dos wotoks, que se mostra fiel a eles. Contudo, ela adverte sobre o próprio filho Worat, que é dedicado a Pranav Ketar. Ela leva a existência de Gucky na esportiva. O ilt não deve seguir as regras da Luta. Set-Yandar deve seguir para o divisor de mundos, que está ancorado no anel interno, para causar confusão. Os mutantes protegidos por Ruu Te Kaa e cobertos pelos wotoks da espada-mãe, penetram até a área residencial de Ketar, onde também estão acomodados os orghs e o laboratório secreto. Finalmente, protegido por Lee Va Tii, Gucky quer enfrentar o próprio Pranav Ketar.

Pranav Ketar quer eliminar Rico-2 e inicia Worat em seu verdadeiro e ameaçador segredo. Os ilts estão a bordo da CULTIVADORA DE MUNDOS. Esta mensagem arranha a certeza de Worat. Se as partes da Luta souberem do sacrilégio do dourado, é a queda. Os ilts não deveriam existir. Com seus paradons, eles são um fator de poder muito perigoso na Luta. Rapidamente, o wotok se recupera. Ele implementa o plano de seu mestre. Ele atrai o mensageiro para o laboratório dos orghs, onde estão os ilts. Assim, Ketar espera que eles lancem suas habilidades contra o androide e o matem. Rico-2 tira os orghs do caminho e avança contra os ratos-castores. Eles rompem o campo defensivo de Rico com seus paradons e Worat tem a chance de pegá-lo. De repente, um ilt desconhecido aparece e se teleporta com Rico. Pouco antes que os ilts capturados possam fugir, o wotok os encerra sob um campo defensivo energético.

Gucky, junto com Lee Va Tii, está no encalço do dourado, quando percebe claramente os padrões de pensamento de seu pai Plofre e outros ilts. Ele muda seu plano e se teleporta para a fonte dos pensamentos. Ele chega quando um agressor aponta um radiador contra a cabeça de seu pai. No último segundo, ele o agarra e se teleporta loucamente através da CULTIVADORA DE MUNDOS. Entre seus saltos, ele desmonta o androide por meio de telecinesia. Completamente exausto por sua raiva e surpresa por ter encontrado seu pai vivo, ele se teleporta uma última vez, direto para as mãos de Pranav Ketar e os algozes de seu povo, os orghs.

John Marshall, Betty Toufry, Sid González e Sue Mirafiore interrompem o ataque. Eles não podem ajudar os ilts. Ruu Te Kaa leva os mutantes ao habitat wotok, sob custódia da espada-mãe. Do que queriam, os aliados conseguem apenas descobrir o segredo perigoso de Pranav Ketar. Seu amigo Gucky se perdeu. No entanto, eles não sabem onde.

Worat é elogiado por seu mestre, Pranav Ketar. A ascensão do wotok a confidente parece assegurada. Então o dourado apresenta um novo objetivo. Na positrônica de sua nave, ele encontra, depositado por Rico-2, o alvo da expedição punitiva. A Aliança o definiu como Callibso, o marionetista de Derogwanien. Uma tarefa que Pranav Ketar realizará com prazer.

De volta à NETER-KELP, uma cerimônia está na ordem do dia. O filho da filha de Set-Yandar conquistou seu primeiro Besun. A cabeça do androide cujo nome ele usará a partir de agora no próprio nome. Como Rico-Yandar ele se torna um membro pleno dos fantans.

Nota: O livro afirma que Gucky resgatou o lazan Lee Va Tii da armadilha dos pré-marcianos. No PRNEO 84 “O Espírito de Marte”, ocorre o oposto. O lazan, libertado por causa da nova atividade geológica de Marte, salvou a vida do Gucky já tinha sido envenenado.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.