Robert Feldhoff, o fabricante de ideias

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Feldhoff00Nascido em 1962, morreu em 17 de agosto de 2009. Este autor foi algumas vezes chamado de “Gigante Quieto do Norte” por seus colegas. Permanecendo em segundo plano, ele preferiu entreter seus colegas e fãs com histórias criativas. Por um ano ele desenvolveu suas ideias como parte do principal grupo de autores da série (“Exposé - Team”). Tanto com o sistema artificial do décimo quarto nível da Área de Endredde como com a ecologia do planeta Canaxu, onde homens e animais coexistem com plantas numa incrível, mas cientificamente plausível sinergia, a especialidade de Feldhoff é a concepção e o desenvolvimento de fantásticas tramas para a maior série de FC do mundo.

A premissa básica dos trabalhos de Feldhoff foi: “É absolutamente importante oferecer ao leitor um mundo lógico que também é interessante. Quando a tensão pode ser desenvolvida e o ponto central da história ainda ser contado, é difícil algo sair muito errado”. Isso sem falar nos fascinantes personagens que abundam nos livros de Feldhoff.

O autor, que viveu e trabalhava em Oldenburg, nunca ofereceu provas mais claras disso quanto nos anos recentes. Sua última prova foi no volume-jubileu “Möbius” (1700), no qual ele expandiu a cosmologia Perry Rhodan a partir de um bloco de construção básico da série e conquistou sua posição entre os melhores escritores da série.

A decisão de se tornar um escritor foi feita por Feldhoff quando ele estava estudando economia. “Em 1984, após me formar na faculdade, eu não tinha nada mais para estudar e escrevi alguma coisa”. O conto resultante teve, de início, apenas uma página. Um ano depois ele publicou uma versão revisada dele. Feldhoff foi uma sensação desde o início. Em 1987, seu livro de bolso “O Asteroide Alfa” foi lançado. Após isto, ele foi convidado por Horst Hoffmann para juntar-se ao grupo de escritores. Com isso o autor de apenas vinte e cinco anos escreveu o volume “A Harmonia dos Mortos”, com uma fascinante descrição de um extraterrestre. Vários livros de bolso e volumes no universo Perry Rhodan rapidamente seguiram este inicial. Além disto, Feldhoff escreveu contos (para antologias) e peças de rádio.

Sua segunda fonte de apoio foi a Cosmic Productions. Em companhia do desenhista Dirk Schulz ele criou a série “Indigo”, que foi publicada pela editora Munich Splitter e que alcançou seu quinto volume.

Feldhoff01Seu último episódio em Perry Rhodan foi o “PR2450 – Evolux”. O último fragmento do romance escrito por Feldhoff foi completado por Uwe Anton e aparece como o “PR2538 – Partida do PODER LUMINOSO”, volume de Perry Rhodan, inclusive, onde teve seu rosto imortalizado na capa, assim como na Revista SOL edição 56.Feldhoff02

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.