PRNeo0062 - Os Bonecos de Callibso

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

c neo62

Título Original: Callibsos Puppen

Autor: Michelle Stern

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 31/01/2014

Publicação no Brasil: novembro de 2016

Época: janeiro a junho de 2037

Local da ação: Derogwanien, STERNENWIND, IQUESKEL

Personagens principais: Thora da Zoltral, Ernst Ellert, Mildred Orsons, Julian Tifflor, Gucky. Orlgans, as marionetes de Callibso, Callibso, Crest da Zoltral, Che’Den, En’Imh, Liszog, Zerft.

Curiosidades:

Visão Geral

Resumo

Callibso se senta na fonte do tempo em Derogwanien e pensa em Jymenah com melancolia. Ele precisa de apoio para se decidir. Durante décadas ele tentou influenciar a Luta a seu favor. Ele seguiu o caminho de Rhodan e agora quer ver como será o futuro se ele conseguir seduzir Perry Rhodan e dissuadi-lo de seu caminho. Ele pula para dentro da fonte do tempo e se deixa levar para esse futuro. Isso quase lhe custa a vida. Ele perde o amuleto com a imagem de Jymenah. Para recuperá-lo, ele é atraído para um fluxo de tempo que quase o mata. No entanto, a viagem no tempo é um sucesso. Ele sai da fonte em um futuro no qual os seus planos prosperaram. Criaturas satisfeitas, anões como ele, o recebem. Ele não precisa mais sacrificar nenhuma das suas marionetes na Luta.

Os indicadores do monitoramento da saúde de Thora mostram a deterioração de sua condição. Gucky tem de usar seus dons. Embora Derogwanien tenha apenas um pequeno povoado habitado, Ellert afirma que Thora pode ser ajudada lá. Quando Mildred, Julian, Orlgans e Gucky levam Thora para a pequena cidade, que parece ser um antigo lugarejo da Terra, a atmosfera parece ameaçadora. Um grupo de anões vem em direção a eles. Eles se movem de forma estranha, seus contornos faciais, quase imperceptíveis, são achatados e seus semblantes são sombrios. Eles parecem marionetes. Eles recusam ajuda para Thora. Somente quando o Oscilante aparece, eles concordam. A marionete Issaro aparentemente conhece Ellert. Ele diz que Callibso exigiu sua presença. Issaro aceita os visitantes como convidados. Callibso chegará em breve. Enquanto Thora, acompanhada por Orlgans, é levada para a estação médica, acomodações para os outros são providenciadas em uma pousada. Para Gucky, as marionetes são assustadoras, porque ele não pode escrutiná-las, apesar do seu dom da telepatia. Ele e Thora são advertidos por duas marionetes. Se ficarem ali, a raiva de Callibso vai matá-los. Ellert se retira para a STERNENWIND. Ele não quer deixar a nave por muito tempo. Em Mildred surgem dúvidas sobre a motivação de Ellert. Há uma agitação na cidade. Um anão chamado Dassira foi morto. Gucky, Mildred e Julian vigiam Thora. Ela é operada pelas marionetes, acompanhadas por Orlgans. Porque não podem fazer nada, eles querem examinar os arredores. No entanto, o caminho para a nave de Ellert é negado por Issaro. Porque estão em posição ruim, eles aceitam isso. No caminho que corre ao redor da aldeia, eles descobrem um transmissor. Ao sair do vale, eles se deparam com um parque de diversões não terminado. Parece que tudo nele ainda está inacabado. De repente, eles enxergam a marionete sobre a qual Gucky tinha advertido. Seguindo-a, são levados a um anão que tem um rosto quase real. Smellutheh, também chamado de Smellut, parece imitar um policial terrestre dos anos quarenta. Ela oferece informações sobre Callibso, Perry Rhodan e a Humanidade, caso os visitantes ajudem o refugiado a escapar de Derogwanien. Ela adverte que, com a chegada de Callibso, acabou o jogo justo.

Thora desperta. Ela teve um pesadelo, no qual se defende sem sucesso, junto com Quiniu Soptor e Tamika, contra o assalto de Rico, acompanhado por alguns tópsidas. Ela sente falta de Perry e Crest. Gucky explica os eventos durante sua inconsciência. Ernst Ellert de repente parte com a STERNENWIND e deixa Thora e seus companheiros para trás. Thora sai da estação médica. Ela pensa que está em um mundo museu. De repente, marionetes avançam pelas ruas. Seus rostos agora estão completamente achatados. Eles animam e convidam os hóspedes a irem até a ponte de madeira na extremidade da aldeia. Callibso vem pela ponte e cumprimenta os visitantes. Quando vê o ilt Gucky, seu sorriso desaparece. Parece que Callibso tem medo de Gucky, que se apresenta como o Salvador do Universo. Callibso se autodenomina Ferreiro do Tempo. Callibso se afasta com seus convidados e Issaro. Ele pergunta por que Perry Rhodan não veio. Ele explica que Ellert e ele fazem parte da Luta. Embora estejam em lados diferentes, acordos são possíveis, caso concordem. Ellert não fugiu de Callibso, ele só foi necessário em outro lugar. Ele demonstra o que as marionetes têm a ver com ele. Ele anima as marionetes com fagulhas do seu ego. Ele lhes dá os fragmentos da alma, mas também pode pegá-los de volta. Ele quer Perry Rhodan em Derogwanien, para ajudá-lo a tomar uma decisão sobre o que Perry deve fazer. O destino da Humanidade depende disso. Após essa conversa, Callibso fica cansado e quer descansar. Issaro leva Thora e seus companheiros de volta ao seu alojamento e os instrui a fechar portas e janelas, para sua própria segurança. Os companheiros concordam que, assim que Perry Rhodan chegar, Callibso vai matá-lo. Para comunicar-lhe que estiveram ali, Thora esculpe o brasão dos da Zoltral no alizar da porta de entrada. Ele ainda não está pronto quando a tempestade irrompe. Marionetes frenéticas invadem a casa e tentam matar todos. Quando não há mais esperança, Smellut e seus companheiros os resgatam. Durante a fuga, eles observam a casa de hóspedes queimando. Os foragidos os levam até um cemitério de naves. Uma bela espaçonave anelar dourada está à espera deles. Infelizmente ela não está operando. As rotinas de reparo precisam de muito tempo para preparar uma decolagem de emergência. A tentativa de construir um campo defensivo falha. Orlgans se lança contra as marionetes assaltantes e morre. Antes disso, ele confessa seu amor por Thora. Ela ainda consegue enviar uma mensagem de hiper-rádio. A espaçonave não pode se opor aos atacantes. Casco após casco é rompido pelas marionetes irritadas. Quando é quase tarde demais, Callibso detém as marionetes. Ele retira os fragmentos da alma. As marionetes colapsam sem vida. Somente as marionetes ao redor de Smellut ainda ficam de pé. O Senhor do Tempo se aproxima e os aborda. Ele diz que ficou desapontado. Ele teve de matar as marionetes para reincorporar os fragmentos da alma. Ele os acusa de ter provocado sua raiva, que é dirigida para os visitantes, que têm de fugir e levar Smellut e seus camaradas criminosos com eles. Callibso tira a vidas deles. Ele reanima as outras marionetes. Ele sente crescer sua ira e, assim, a ira de suas marionetes. Ele poupa Thora, Mildred, Julian e Gucky, porque eles foram enganados por Smellut. Mas ele não pode soltá-los. Ele tem um plano para levar Perry Rhodan para Derogwanien.

Crest da Zoltral, junto com os Guias Che’Den e En’Imh e os unitros Zerft e Liszog, seguem para as coordenadas dadas na segunda mensagem de Thora, recebida na estação bareonense Geshwer. Lá, não há nenhum planeta ocupado. No entanto, sua busca na vizinhança os leva a um planeta estranho com apenas um assentamento. A IQUESKEL pousa. Crest, Che’Den e Zerft vão para a cidade. Eles são saudados por seres cujos movimentos e olhares imediatamente fazem Crest se lembrar de Jymenah. Ela era a ajudante de Homunk em Peregrino. Eles são pequenos, com cabeças e mãos desproporcionalmente grandes. Um deles se apresenta como Issaro. Crest finge ser Gha’essold, para disfarçar sua busca por Thora. Ele quer investigar uma espaçonave danificada. Issaro diz que ele deve esperar a permissão de Callibso. O Derengar fica excitado. O nome constava da primeira mensagem de Thora. Thora estava aqui ou já esteve? Issaro os abriga na casa de hóspedes, que teve de ser renovada recentemente. Crest reconhece o brasão de seu khasurn no batente da porta da casa e então tem certeza de que está no lugar certo. En’Imh e Liszog, que ficaram na nave, compartilham algumas novidades com ele, incluindo a existência de um transmissor. De repente, a abatida e esgotada Mildred surge no abrigo. Ela conta que Thora, Gucky, Julian e ela são mantidos nas catacumbas da cidade. Crest pede para En’Imh e Liszog ajudarem. Equipados com trajes de combate, eles se dirigem para a prisão subterrânea. Mas Crest percebe que Mildred se comporta estranhamente. Sua observação acaba por ser correta. Quando ele tenta abraçar Thora, ele nota seu olhar. Imediatamente ele paralisa Gucky e seus companheiros cuidam de Julian e Mildred. Ao procurar seus amigos, eles encontram cristais azuis, tarkanchars, que destroem imediatamente. Mas eles não vão longe. Callibso entra na sala com algumas marionetes. Os amigos de Crest também são controlados pelos fragmentos da alma de Callibso. Callibso os leva consigo. Thora e seus companheiros estão conscientes. Callibso quer forçar Crest a atrair Perry Rhodan para Derogwanien. Callibso quer evitar que a Luta descambe para um desastre. O fato de Rhodan provavelmente já estar em Árcon irrita Callibso, porque agora Rhodan provavelmente nunca chegará a Derogwanien. Crest deixa aparecer seu ativador celular quando se afasta. Callibso perde o controle. Ele acredita que Crest é uma ferramenta de AQUILO. Ele odeia AQUILO. Ele não acredita que Rhodan tenha passado a imortalidade para Crest. Ninguém renuncia voluntariamente à imortalidade. Ele arranca o ativador do peito do arcônida. O qual, por outro lado, faz o mesmo com o amuleto em torno da garganta de Callibso. O amuleto cai no chão e ativa um holograma de Jymenah. O fato de Crest conhecê-la é um golpe em Callibso. Ele se acalma e exige que Crest conte sobre ela.

O Senhor do Tempo retorna à fonte do tempo. Ele viaja para o futuro de Derogwanien, que surgirá se ele destruir o ativador celular. Ele encontra a cidade arrasada e suas amadas criaturas, as marionetes, estão mortas. Uma tristeza profunda atinge Callibso. AQUILO destruiu Derogwanien por vingança. Quando volta ao presente, ele devolve o ativador celular e liberta os prisioneiros. Ele terá de continuar sacrificando suas queridas marionetes na Luta.

Observação: A arcônida Tanika, mencionada duas vezes no episódio, na verdade é Tamika (ver PR Neo 4).

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.