PRNeo0076 - Berlim 2037

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

c neo76

Título Original: Berlin 2037

Autor: Frank Böhmert

Tradutor: José Antonio

Revisor: Marcel Vilela de Lima e Marcos Roberto Inácio Silva

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 15/08/2014

Publicação no Brasil: 11/2015

Época: agosto a novembro de 2037

Local da ação: Berlim

Resumo

Segunda-feira, 31 de agosto de 2037

A jovem berlinense Mia é uma cico; ou seja, pertence a uma comunidade formada por ciborgues, na qual a aparência ou as habilidades físicas são alteradas ou melhoradas por modificações corporais. Seu namorado Paul, também um cico, a presenteou com um aumento para substituir seus olhos naturais por outros mais poderosos. Para isso, ela deve ser submetida a uma operação em um hospital clandestino, provisoriamente montado apenas para tais intervenções. Apesar disso, ela lança ao mar as suas dúvidas, pois deseja muito ficar parecida com um gato.

A operação é um sucesso, exceto pelo ajuste fino da visão, quando uma gigantesca nave esférica quebra a barreira do som acima dos telhados de Berlim, causando uma destruição considerável. Como a integridade da sala de cirurgia provisória já não é garantida e, devido à impaciência de Mia e Paul, o médico aborta o pós-atendimento. Na mídia terrana, é enviada uma declaração anunciando a subjugação da Terra ao Grande Império Arcônida. Curioso e aventureiro, Paul ignora o desejo da namorada ainda cega de ser levada para casa das suas mães. Ele e ela, bem como milhares de outros, se dirigem para o Portão de Brandemburgo, onde a enorme espaçonave ejeta naves auxiliares para transportar as tropas arcônidas. Tudo corre calmamente e sem resistência, mas, de repente, com disparos concentrados de radiadores, um dos transportadores dos ocupantes é derrubado. Tudo indica se tratar de resistentes naats. O disco desaba em meio aos espectadores e desencadeia o pânico. A desamparada Mia é separada e se afasta de Paul. Ela mal escapa do caos e se encontra, sem lembrar de como conseguiu chegar, com suas mães no Miri’bolo. Paul, que está desesperadamente à procura de Mia, se envolve com os militares arcônidas, sendo preso. Mia, depois de se recuperar, relembra os eventos e procura por Paul na Polícia da Terra. Eles não o conhecem, mas dizem a ela que alguns encrenqueiros estão sob custódia arcônida. No local de concentração das forças de ocupação, o antigo aeroporto Tempelhof, ela espera a soltura de Paul. Este assume que não está chateado, mas sim entusiasmado com as oportunidades que surgirão para todos e para cada um devido à superioridade tecnológica arcônida.

O orbton Nahor, comandante de pelotão da 312ª Patrulha de Fronteira Avançada, encarregada de ocupar a Terra, lidera um grupo de soldados oriundos de todo o Império; quase todos com um treinamento apressado e superficial. Sua experiência de combate lhe diz que podem esperar de tudo em um mundo primitivo como a Terra. Ele dedica atenção especial a Ingisi, uma arcônida ambientalmente adaptada, do planeta Eskwalon. Ela parece muito insegura nesta situação tensa. Quando eles são deixados no chamado Portão de Brandenburgo, nada indica haver resistência. De repente, é alvejado um transportador com civis aprisionados pelo poder de ocupação, que desaba em direção às pessoas à espera, desencadeando o pânico. O pelotão de Nahor protege e examina os destroços, mas só resgata vivo um dos presos. Durante os cuidados de emergência, Nahor observa como um homem pressiona Honoss, o único arcônida em seu pelotão, que quer fazer carreira na frota, não importa como, e não se importa de pisar sobre cadáveres. Nahor corre e domina o atacante, que afirma estar à procura de sua namorada Mia.

 

Dois meses depois

Paul Gerver, o amigo de Mia, se candidata à Polícia da Terra. No início ele é rejeitado. Mas a intercessão inesperada de um instrutor lhe dá essa oportunidade. Ele se esforça para justificar a confiança, sendo um dos melhores em seu treinamento. Como membro da força de segurança terrestre, a tecnologia médica arcônida fica disponível para ele. Entre outras coisas, as condições físicas da polícia devem ser aprimoradas. O aumento de Paul é uma melhor capacidade de visão. Isso dá a Gerver a ideia de levar sua namorada Mia até a unidade automática de operação. Ela ainda sofre devido à cirurgia prematuramente abortada. Seu pedido oficial ao seu departamento é rejeitado. Junto com sua namorada, ele obtém ilegalmente acesso ao acampamento das forças de ocupação. Lá eles testemunham uma perseguição que não se aplica a eles. Esperando não ser descoberta, Mia se mete dentro da unidade médica lá estacionada, enquanto Paul se esconde.

O pedido de demissão da frota de Nahor é rejeitado. Em vez disso, ele é designado como instrutor para a Polícia da Terra. No escritório de recrutamento, ele conhece Paul Gerver, que ele prendeu quando pousou. Ele elogia Gerver, porque acredita que o terrano se encaixaria bem na organização. Depois de algum tempo, Nahor recebe a dica de que ultimamente estão se acumulando furtos no armazém. Ele e Ingisi ficam à espreita e descobrem um homem que não conseguem agarrar. Em tempo zero, ele pode mudar de lugar. Mas Nahor consegue obter seu material genético. O intruso misterioso se chama John Marshall e, segundo a pesquisa de Nahor na rede terrestre, é um mutante, algo que, de acordo com a compreensão arcônida, não poderia existir. Mas que há algo de verdade neste rumor é indicado pelo interesse pessoal de Chetzkel, o comandante da frota. Ele manda Nahor e Ingisi caçarem John Marshall. Mas eles percebem que a captura significaria sua sentença de morte, como conhecedores da informação. Chetzkel, aparentemente, não pretende divulgar a captura do mutante. A perseguição não tem muito sucesso. Apesar de seu esgotamento, Marshall escapa. Chetzkel retorna frustrado e mata Paul Gerver, que estava aguardando o fim da operação de Mia. A então medicamente melhorada Mia se torna a gatinha de Chetzkel. Nahor e Ingisi recebem uma honrosa dispensa do reekha, o que serve para cobrir suas reais intenções.

O mutante John Marshall, apesar dos eventos ocorridos durante a Crise Gênese, é bem recebido de volta à comunidade humana por Bai Jun. Ele se retirou para os subterrâneos após a invasão e se juntou à Free Earth. A superior tecnologia médica arcônida, que John rouba dos campos de concentração dos ocupantes com a ajuda de sua nova paracapacidade, pode salvar muitas vidas. Então também fica claro que os dirigentes arcônidas conhecem os mutantes.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir