PRNeo0083 - Na Pista de Callibso

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

c neo83

Título Original: Callibsos Fährte

Autor: Alexander Huiskes

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Revisor: José Antonio e Marcos Roberto Inácio Silva

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 21/11/2014

Publicação no Brasil: 3/2016

Época: meados de dezembro de 2037

Local da ação: América do Norte, região de Tunguska / Rússia

Resumo

Perry Rhodan, Thora da Zoltral, Reginald Bull e Tai’Targ estão com sua prisioneira Stacy Allan, também conhecida como Jenny Whitman ou ainda como Sannasu, em um hotel perto do Grand Canyon. Rhodan quer interrogar a marionete Sannasu sobre Callibso e seu próprio papel na Luta. Mas ela nega conhecer todo o quadro desta disputa cósmica. Qualquer coisa que ela possa dizer apenas descreveria uma pequena parte da Luta e levaria a mal-entendidos. Uma coisa é clara para Rhodan, as frentes não são tão claras quanto parece. Sua principal tarefa será resolver o mistério desta disputa universal. Por enquanto, a independência terrana em relação ao confronte tem de ser conduzida por colegas como Homer G. Adams, Allan Mercant ou Bai Jun.

Durante o interrogatório, mais uma coisa fica clara: Reginald Bull mostra um comportamento cada vez mais impaciente, mesmo violento. Seu relacionamento com Thora está cada vez pior. Mas Rhodan quer saber mais sobre Callibso e Sannasu. Ele recebe de Sannasu, que agora vê um aliado temporário em Rhodan, uma oferta não totalmente inofensiva. Através de uma conexão mental, que se aproxima muito de uma assunção pela marionete, ele pode compartilhar suas memórias e descobrir porque as marionetes foram enviadas justamente contra ele no início da sua juventude. Além disso, a partir da aproximação da nave de Callibso, ele descobre onde ela caiu. O pouso de Sannasu parece estar diretamente relacionado ao evento de Tunguska em 1908. Pouco depois, os quatro partem com nomes falsos para Krasnoyarsk. A Operação Greyout da organização de resistência Free Earth permite gerar sem muitas dificuldades as identidades falsas de cientistas. No entanto, a russa Jelena Pybak fala com Rhodan na aeronave. Ela reconheceu ele e seus companheiros. Ele não pode avaliar a situação. Ostensivamente, ela está a caminho para trabalhar em um filme, mas com o mesmo destino dos supostos cientistas da UMASS: a região de Tunguska. No acampamento Lakulik, eles são recebidos por Cyr Aescunnar, que conduz as pesquisas ali. Ele promete toda a ajuda, caso tenha acesso aos resultados úteis da busca pela espaçonave alienígena. No dia seguinte, Tai’Targ inicia imediatamente a pesquisa. Thora e Reg acompanham o an’etisk. Então Jenny Whitman puxa Rhodan de lado e expressa uma suspeita monstruosa. Ela acredita que Tankin assumiu seu amigo Reginald Bull. Embora Perry não queira acreditar, existem várias indicações neste sentido. A essência de Bull mudou. Ambos concordam em manter um olho em Bull. Enquanto os outros buscam a nave de Callibso, Perry lida com o ênteron. Eric Manoli entra em contato com ele e recomenda rejeitar o presente de Rhodanos. Eric suspeita que o ênteron acelere o metabolismo, pois ele se alimenta das forças de seu portador. Repentinamente, o ênteron parece ficar descontrolado. A visão de Thora estar em perigo invade Perry. Jelena Pybak, que entrementes provou ser o longo braço de Allan Mercant voa com ele para o lago Cheko, onde Thora e Reg realmente lutam pela sobrevivência. Os dois escapam por pouco da morte. A suspeita de que Tankin assumiu Reginald Bull e quis matar Thora se transforma em certeza após uma análise ambiental feita por Tai’Targ. Perry Rhodan, Thora da Zoltral e Sannasu elaboram um plano para desentocar Tankin. Com o pretexto de que a espaçonave de Callibso precisa de um determinado sinal de acesso, é trazido o corpo de marionete de Sannasu. Os três preparam uma armadilha. Baseada na esperança de que Tankin tente alcançar o corpo. Realmente, ele salta para o corpo de marionete de Sannasu. Ainda enquanto Perry cuida de seu libertado amigo Reg, Jenny Whitman, aliás Sannasu, completa sua tarefa planejada. Ela se separa definitivamente de sua existência de marionete ao cortar o pescoço de seu corpo de marionete, ao mesmo tempo em que rouba a razão de existência de Tankin. Como resultado, Jenny Whitman tenta fugir. Então, Rhodan recebe uma enigmática mensagem de rádio de Tai’Targ. Ele relata a existência de problemas, entrega os dados relativos à busca da nave e se despede. Depois disso, desaparecem os sinais de seu companheiro robótico. Perry, Thora e Reg partem em busca de Whitman, mas não vão muito longe. O raio trator de uma espaçonave arcônida os agarra. O ênteron se esconde dentro de Rhodan.

Tankin, o fragmento da alma de Callibso que ocupa o corpo de Reginald Bull, começa lentamente a perder o controle. Sua raiva de Callibso, e agora também da marionete Sannasu, que comanda Stacy Allan, a antiga Jenny Whitman, faz com que ele cometa erros. O comportamento de Bull atrai a atenção de Perry Rhodan e Thora da Zoltral. Além disso, a consciência de seu hospedeiro é inquieta e a temperatura na Sibéria é bem baixa. Rhodan, da Zoltral, o robô Tai’Targ e Bull foram para lá à procura da espaçonave que Callibso supostamente deixou para trás. Tudo isso em conjunto, faz com que Tankin lentamente comece a desmoronar. Ele aproveita uma oportunidade de ficar sozinho com Thora para assassiná-la. Dá tudo errado e o próprio Tankin fica em perigo. Bem a tempo, a arcônida e Tankin, aliás Reginald Bull, são resgatados. A marionete vê uma chance quando Sannasu traz seu corpo de marionete. Supostamente ele deve ser a autorização de entrada para a espaçonave do odiado pai, cuja trilha Tai’Targ encontrou. Quando o corpo de marionete de Sannasu é deixado sem ser vigiado, Tankin aproveita a oportunidade, mas cai em uma armadilha. O corpo de seu anfitrião fica entorpecido. Ele ainda acredita que pode escapar e libera suas tremendas forças no corpo de marionete de Sannasu. Tarde demais, ele percebe que esta mudança era exatamente o plano para salvar Reginald Bull. Sannasu aproveita a oportunidade para se livrar de seu corpo de marionete. Ela corta o pescoço deste, se transformando no refúgio de Tankin.

Desperta a consciência de Tai’Targ, o an’etisk do espaço vazio entre a Ilha Deserta e Thantur-Lok. Sua positrônica desenvolve uma consciência independente. Com isso, também surgem arrogância e tédio. Sua lealdade a Rhodan e suas tarefas subjugam o robô caçador a um grau que o levam a um devastador erro de julgamento. Enquanto procurava a espaçonave escondida na Sibéria, ele deixa uma trilha que, espera, o leve a enfrentar um adversário de igual poder. Este oponente não demora muito a surgir. Uma espaçonave segue sua trilha. Tai’Targ também não considera isso como sério, porque é uma nave levemente armada. Muito tarde, ele percebe que o comandante é experiente e não está em busca dele, mas de Rhodan, em cuja pista ele colocou os perseguidores devido à sua imprudência. Suas subunidades autônomas se tornam vítimas de sua arrogância e Tai’Targ decide fazer um sacrifício final. Ele envia para Rhodan as prováveis coordenadas da nave que este está procurando e se despede dele antes de ser destruído pelo fogo concentrado da nave durante seu ataque frontal.

Satrak, o Zelador do Protetorado Terra do Grande Império, segue a pista de Rhodan desde sua chegada. Ele quer ter em suas mãos a figura simbólica dos terranos. Mas, depois que este o poupou em seu último encontro, ele tem dúvidas de que Rhodan é realmente seu inimigo. Ele não consegue encontrar Rhodan ou seus amigos de forma convencional. As pistas estão muito borradas, inclusive pela Operação Greyout. Mas ele tem a ideia de procurar o robô que estava presente quando ele se encontrou com Rhodan e também, de acordo com o oficial Scalia, estava presente na fazenda de Karl Rhodan. Sua assistente, a positrônica Aito, localiza as emissões do robô na Sibéria. O Zelador acredita existir um laço particularmente forte entre eles. Ele considera chacoalhar o Império, para que este desperte. A imagem de uma istrahirana ideal e sua confiabilidade incondicional lhe dão paz e tranquilidade e aliviam suas saudades do lar. Com a NASTUR VII, ele vai para a Rússia, onde é atacado. Embora a espaçonave não seja uma nave de guerra, o comandante é um ex-soldado muito experiente. Ele consegue afastar o ataque que ocorre logo após a chegada. Pouco depois, a localização detecta quatro pessoas que rapidamente se afastam da estação científica. Satrak suspeita que são Perry Rhodan e seus companheiros e dá a ordem de usar o raio trator.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir