PR1889 - Presos em Terrânia

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PR1889

“Um milhão de reféns – usados como peões pelos invasores”

Título Original: Gefangen in Terrania

Autor: H. G. Francis

Tradutor:

Artista da capa alemã: Ralph Voltz

Publicação na Alemanha: 06/11/1997

Publicação no Brasil:

Época: Novembro de 1289 NCG

Local da ação: Terra.

Personagens principais: Taka Fellokk, Cistolo Khan, Katie Joanne, AtlanAtlanDefinição: Antigo Príncipe de Cristal dos arcônidas. Nascido por volta do ano 8000 aC., Recebeu um ativador celular de Aquilo, passou dez mil anos na Terra procurando uma maneira de regressar a Árcon, seu mundo natal, quando em 2040 tentou sair da Terra numa nave da Frota Solar. Desde então ele tem sido um dos mais fiéis e leais colaboradores de Perry Rhodan....
, Astra Hossaiini.

Curiosidades:

Visão Geral

Resumo

27 de novembro de 1289 NCG. Os dados obtidos pelo comando dos siganeses sobre os dscherros mostram-se inúteis em grande parte, já que o serofe Tschoch aparentemente havia conseguido estragá-los antes que fossem transmitidos. De qualquer modo, os especialistas da GILGAMESCH fazem por conta própria um trabalho para recuperar o máximo possível dos dados obtidos.

Na Terra ocorrem iniciativas surpreendentes por parte dos dscherros. O Taka Fellokk quer entrar em negociações e declara as condições que quer para trocar os reféns terranos. Em contrapartida, ele ainda oferece as vidas deles como fiança. Os dscherros informam a Cistolo Khan que eles queriam ficar com as espaçonaves Nova da LTL, e não deixam nenhuma dúvida sobre o que aconteceria com os reféns caso suas exigências não fossem cumpridas.

Nesse ínterim, na GILGAMESCH, alguns progressos são feitos. Alguns blocos de dados puderam ser recuperados, mas não produziram nenhum sentido lógico. Entretanto, parece certo que os dscherros invadem cada planeta só uma vez, ou então só voltam a pousar em um planeta já atacado depois de milhares de anos. Eles saqueiam e roubam, porém nunca aniquilam completamente as culturas atacadas. Enquanto os especialistas da GILGAMESCH analisam as informações recuperadas, acontece a entrega da primeira espaçonave Nova. Cistolo Khan havia providenciado que todas as armas ofensivas e naves auxiliares fossem retiradas antes da entrega. Apenas as sintrônicas e os sistemas defensivos permanecem a bordo.

Os dscherros insistem também na entrega de hipnotreinadores, com os quais eles possam aprender a operar as naves. As naves Nova são entregues uma a uma pelos terranos com o coração partido e estacionadas nas grandes plataformas de Gousharan. Ocorrem ainda algumas crueldades contra os reféns terranos, entretanto os dscherros queriam com isso meramente demonstrar sua determinação. Em contrapartida, com o repasse das naves esféricas da LTL, os primeiros prisioneiros são logo colocados em liberdade. Ao todo, dessa maneira extorsiva são levadas pelos dscherros 58 espaçonaves – a frota inteira das mais modernas naves que a Terra possuía no momento. Somente a PAPERMOON de Cistolo Khan permanece nas mãos dos terranos.

Em 29 de novembro de 1289 NCGNCGDefinição: Novo Calendário Galáctico - Contagem de tempo assumida após a unificação dos povos da Via Láctea sob um único governo. O ano 1 corresponde ao ano de 3588....
, os especialistas da GILGAMESCH completam a análise dos dados e fazem quase ao mesmo tempo em que os especialistas na Terra a descoberta de que Gousharan é, na verdade, uma gigantesca nave espacial. Com as naves capturadas e todos os dscherros a bordo, Gousharan deixa a Terra e o Sistema Solar. Pode-se afirmar com alta probabilidade que o novo destino dos dscherros é mais um planeta a ser atacado...

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

 

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.