PR0417 - Atentado Contra a INTERSOLAR

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PR417

“A bomba viva deve destruir o Sistema Solar – é o que quer o supermutante.”

Título Original: Attentat auf die Intersolar

Autor: William Voltz

Tradutor: Richard Paul Bisneto

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 15/08/1969

Publicação no Brasil: 1989

Época: Janeiro de 3433

Local da ação: Sistema Goring-Maat

Personagens principais: Ribald Corello, Balto Linsner-Kiess, Harkh Tonos, major Perricone Heublein, Arne Mitzum, Atlan, Perry Rhodan.

Curiosidades:

Visão Geral

Resumo

Perry Rhodan e Atlan estão indo em direção ao Sistema Solar escondido no futuro com a INTERSOLAR. Em companhia do major Perricone Heublein, recentemente dominado por Ribald Corello, a bordo. Como se suspeita de um engodo do supermutante, Heublein está sob supervisão médica constante e Rhodan hesita em deixar que INTERSOLAR voe para o sistema pátrio da Humanidade.

Esta preocupação não é infundada: Corello transplantou, em 14 de janeiro de 3433, matéria psi no corpo de Heublein. Usando está matéria psi ele quer destruir o Sistema Solar. No entanto, o tempo é curto, porque a matéria psi permanece estável por apenas dez dias, de forma que Heublein vai virar uma bomba viva em 24 de janeiro.

Nesta situação Alaska Saedelaere alcança a nave-capitânia para levar uma notícia do chefe da Segurança Solar, Galbraith Deighton: a Humanidade solar se sente presa, à medida que lhes é negada o contato com outros sistemas, para preservar o sigilo do sistema Ghost.

Perry Rhodan acredita que é uma boa ideia confrontar o delirante Heublein com Alaska. Heublein está convencido de que ele é um perigo para a Humanidade. Embora os médicos e os mutantes não consigam encontrar nada, ele exige sair da INTERSOLAR.

Corello, que acompanha a INTERSOLAR a três anos-luz de distância, nota a perda lenta do controle de Heublein. Ele fornece uma influência suave para que Heublein desista de seus desejos.

A súbita mudança de pensamento de Heublein leva Perry Rhodan a pensar. Embora Fellmer Lloyd não tenha detectado qualquer influência por parte de Corello, o Administrador-geral decide seguir a solicitação original de Heublein e pousar em um planeta. A INTERSOLAR muda o curso para o planeta Shishter, no sistema Goring-Maat, distante 4,5 mil anos-luz do Sistema Solar e quer manter Heublein sobre observação por um mês.

Rhodan permanece com a INTERSOLAR em órbita ao redor de Shishter, adiando a decisão sobre a existência do sistema Ghost e a restrição associada à liberdade das pessoas que vivem lá. Corello permanece escondido e já começa a triunfar.

Heublein pressente a desgraça iminente e convoca seus companheiros a abandonar Shishter e deixá-lo sozinho. O médico leva a sério a ideia, e convence Perry Rhodan a deixar a órbita e esperar com a INTERSOLAR a uma distância segura.
Corello dá ordens a seu comandante, Phelps Cherbuliez, de seguir a nave-capitânia da Frota Solar e tirar proveito da confusão após o eminente desastre e atacar a INTERSOLAR. Quando a matéria psi em Heublein explode e coloca o Sistema Goring-Maat sob os efeitos de uma grande explosão, a INTERSOLAR já está a uma distância segura. Rhodan dá ordem para se aproximarem novamente, para fazerem medições precisas.

A INTERSOLAR localiza a nave de Corello. Ele planeja colocar a bordo da nave-capitânia uma telemobomba e por meio da radiação psi emitida, levar a tripulação a caçar e matar Rhodan, Atlan e os mutantes. Como os amigos não podem lutar contra cinco mil tripulantes e não querem machucar ninguém. Eles ocupam a central de artilharia da INTERSOLAR para destruir a nave de Corello.

Uma salva com os canhões conversores da INTERSOLAR destrói a nave do supermutante. Mas Corello consegue escapar a tempo com a ajuda de sua arca voadora e a tripulação da nave-capitânia permanece sob seu controle. Rhodan e os mutantes não podem evitar o pouso em Shishter. Eles deixam a nave e esperam a confrontação com Corello.

A trupe tenta penetrar no antigo arsenal e escapar as permanentes tentativas de influência de Corello. Quando chegam à estação, eles já são esperados pelo supermutante. Depois que ele pôs fora de combate Gucky e Ras Tschubai, ele mantém Perry Rhodan sob seu controle mental e começa a forçar Atlan a atirar em seu amigo com um canhão de impulsos. Antes de o arcônida poder puxar o gatilho, Tschubai volta à consciência e evitar o desastre no último momento.

Corello agora decide matar Rhodan, mas quer deixar sua mãe mumificada a vista para participar. Ele mira com o radiador de impulsos no terrano, mas intencionalmente atira ao lado para saborear seu triunfo em sua totalidade. No entanto, ele não tinha contado com Alaska Saedelaere, que até agora pode resistir melhor a sua influência. Saedelaere reconhece os fortes complexos de Édipo de Corello e voa em uma ação suicida, exatamente para a arca voadora de Corello.

Saedelaere usa a confusão de Corello e retira sua máscara para confrontá-lo. A beira da loucura, o supermutante mal consegue fugir com sua arca voadora, e evadir-se com suas naves que chegaram. Rhodan, Atlan e os mutantes estão bem, e entram em contato com a INTERSOLAR para iniciar o caminho de volta para o Sistema Solar. Corello, porém, sofreu a sua primeira derrota.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

 

Imprimir