PR0064 – A Prisão do Tempo

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PRBR 0064

"Uma expedição desloca-se para outra dimensão temporal... Mas o caminho de volta lhe é barrado!"

Título Original: Im Zeit-Gefängnis

Autor: Clark Darlton

Tradutor: Richard Paul Neto

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 23/11/1962

Publicação no Brasil: 1977

Época: Janeiro de 2041

Local da ação: Tats-Tor, universo druuf

Personagens principais: Marcel Rous, André Noir, Fritz Steiner, Ivã Ragow, Fred Harras, Josua

Visão Geral

Resumo

Janeiro de 2041. Perry Rhodan decide enviar uma equipe para o outro universo cuja localização da próxima interferência entre os dois universos foi identificada: o sistema Morag, cujo principal planeta é Tats-Tor, o mundo dos neoarcônidas. A gazela está sob o comando do tenente Rous em Akonar, a capital do planeta. Rous e Fritz Steiner encontram-se com o administrador arcônida para avisá-lo do perigo, mas ele não acredita nas palavras dos dois. O biólogo Ivan Ragow, que faz parte da equipe, vai caminhando sozinho quando é levado à força para o palácio. Alguns misteriosos desaparecimentos começam a acontecer, mas o administrador suspeita que os terranos são a origem deles. Ragow escapa e chega até a gazela que sai imediatamente para uma cidade cuja população já havia desaparecido. Tal como previsto, a análise revela que a matéria inerte envelheceu vários milênios.

Alguns policiais chegam para detê-los, e neste instante os subúrbios de Akonar estão sendo atingidos pela interferência temporal e também começam a desaparecer. O gerador de campo lenticular, que permite a abertura de uma passagem para a outra dimensão, é ativado. Ele gera um círculo de luz de um metro de diâmetro. Os seis homens passam pelo campo de luz e chegam em um mundo que parece petrificado para eles desde o tempo está passando 72.000 vezes mais lentamente.

Ao explorar este mundo, o círculo de luz constituinte que é o seu vínculo com o mundo normal desaparece. No entanto, eles continuam a sua exploração, deixando Joshua perto do local do anel. Eles descobrem animais que se parecem com lagartas gigantes que emitem um som e dão a eles o nome de druufs que acreditam ter encontrado os mestres do universo.

Uma estranha nave é notada em seguida cuja embarcação auxiliar possui muitas câmeras. Esta embarcação foi enviada a partir de uma nave-mãe cujos ocupantes se preocupam com a presença desses estranhos que colocam em perigo o processo de fusão dos dois planos temporais. Fazendo uso da vantagem da imunidade as mudanças temporais, os terranos destroem a nave auxiliar.

Eles então fazem uma tentativa de tirar uma lagarta de seu ritmo temporal. Ivan Ragow arrebata uma lagarta objetivando tentar passar a velocidade da luz deste mundo com a ajuda de sua roupa de batalha arcônida e esta tentativa acaba bem-sucedida.

Eles então descobrem a nave auxiliar K-7, aquela mesma que desapareceu em Mirsal e trazem de volta a tripulação para seu plano temporal com o mesmo método que usaram na lagarta. Para a tripulação do K-7, quase dois minutos se passaram. Apesar do deslocamento temporal, eles emitem um SOS da nave auxiliar e aguardam o socorro de Rhodan.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.