PR0077 – Nas Algemas da Eternidade

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PRBR 0077

"Extraviado no tempo por 70 anos... – reencontra o rumo da Terra."

Título Original: In den Fesseln der Ewigkeit

Autor: Clark Darlton

Tradutor: Maria Madalena Würth Teixeira

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 22/02/1963

Publicação no Brasil: 1977

Época: 2043

Local da ação: Hades, Druufon, Terra

Personagens principais: Perry Rhodan, Atlan, Onot-Ellert, Harno, sargento Stootz, Allan D. Mercant, Tommy-1, Gucky

Visão Geral

Resumo

No planeta inóspito Hades (Siamed 13), menos de uma hora-luz longe do mundo dos druufs, os terranos haviam criado uma base subterrânea escondida por um transmissor de matéria. Perry Rhodan e Atlan decidem voar para Druufon (Siamed 16) com alguns mutantes na DRUSUS para fazer contato com o misterioso estranho que os está ajudando. Com a ajuda da sensível bola de energia, Harno, eles fazem contato visual com Onot, o físico-chefe dos druufs, em cujo corpo o ajudante desconhecido está encarnado. Onot estava no controle de seu próprio corpo e estava novamente trabalhando com o protótipo do congelador de tempo. A mensagem de hiper-rádio de Allan Mercant informa de que algo incrível aconteceu na Terra. Perry Rhodan imediatamente parte para a Terra com uma pequena escala em Fera Cinzenta. Em Terrânia, a central de segurança do Império Solar recebeu um alerta de que Ernst Ellert deu sinais de vida. Ernst Ellert era um mutante que poderia andar livremente pelo tempo e pelo espaço e que estava trabalhando com Rhodan até sofrer um acidente elétrico em 1972, ficando congelado, mas não morto. Seu espírito estava vagando nas passagens de tempo e espaço por milhares de anos, encarnando em diversos seres alienígenas.

Rhodan tinha colocado seu corpo para descansar em um mausoléu em Terrânia, equipado para deixá-lo ressuscitar a qualquer momento e já suspeitava desde o princípio que o espírito de Ellert estava encarnado em Onot. Uma vez que todos chegam à pirâmide de Ellert em Terrânia, Rhodan, com Atlan e Harno, abre a entrada do lugar de descanso de Ellert. O mutante alemão ainda não está totalmente vivo, mas parte de seu espírito conseguiu voltar tomando posse do corpo de Atlan em seguida e fala da viagem sem fim do seu espírito que o jogou de volta até o fim do universo e de lá para uma dimensão de tempo diferente que era o universo vermelho dos druufs. Também já sabe sobre a história de Atlan dizendo que a colonização da Terra pelos arcônidas chefiada por ele tinha acontecido três meses antes de sua recolocação temporal. O espírito de Ellert relata em detalhes sobre o congelador do tempo e a propulsão linear dos druufs, mas só poderia arrumar os planos de construção como Onot. A ativação do congelador de tempo feita por Gucky tinha causado a liberação parcial de Ellert, mas não é ainda o momento de voltar para a Terra. Ele deve retornar a Onot para aprender mais sobre os segredos tecnológicos dos druufs. Antes do espírito de Ellert desaparecer, o mutante informa a Rhodan que o computador central em Druufon deve ser destruído.

Rhodan volta à Fera Cinzenta e Harno relata a situação no Universo Vermelho. 30.000 servos robôs de Árcon patrulham a frente de superposição decidindo atacar através das estações transmissoras de Hades e Druufon. Eles vão com a DRUSUS para a zona de descarga no meio de uma frota de naves dos saltadores e fazem contato com o governante robótico, que continua desesperadamente pedindo a ajuda dos terranos. Rhodan informa o regente de seu plano para romper as defesas inimigas, com a ajuda de uma espaçonave robótica da Classe Imperial, de Druufon para causar o caos e o regente concorda. Árcon envia uma nave de guerra e mais 500 robôs de combate que Rhodan leva a bordo da DRUSUS. Os robôs são transportados através do transmissor de Hades, onde Rhodan planeja o ataque para o dia seguinte. Usando as habilidades de Harno, Rhodan pede a Onot-Ellert que prepare a estação transmissora em Druufon para receber um cargueiro de Hades no dia programado.

Em Druufon, Onot interpretou sua contínua dor de cabeça durante meses como uma espécie de doença. No entanto, não informou isso a ninguém e continuou com suas experiências de tempo. No dia seguinte, o Conselho dos 66 decide mobilizar-se na defesa de Druufon. Ao mesmo tempo a frota arcônida começa a atacar e um único robô começa sua ação kamikaze. Enquanto isso, Onot se deita para poder descansar e, finalmente, Ellert toma posse dele. O ataque à zona de descarga está acontecendo e uma única nave está se aproximando de Druufon. Quando chegou diante do ataque maciço, a nave lançou a partir de todas as suas escotilhas um exército de robôs na superfície de Druufon. Apenas poucas centenas de robôs atingem intactos o solo e se dirigem para a destruição do planeta, mas são rapidamente eliminados pelas armas defensivas do planeta. Além disso, a espaçonave é atingida pelos disparos e é destruída. Druufon respira aliviado. Pouco depois. Rhodan manda uma hipotética mensagem para os druufs sobre um ataque iminente de robôs que os confundiu ainda mais. Onot acorda, vai para a estação transmissora e ele começa a duvidar do que estava fazendo. Ellert fala a Onot que ficou vários meses encarnado nele e em seguida, obriga-o a estar sob seu controle. O plano é bem-sucedido e os robôs de Hades chegam a Druufon e desencadeiam um verdadeiro pandemônio no centro de dados.

Rhodan já desembarcou com a DRUSUS em Druufon. O druuf pede ajuda na estação de computadores no subsolo. Diante do Conselho dos 66 Gucky faz em Tommy-1, o tradutor oficial do Conselho, uma pequena demonstração de seu poder fazendo-o voar. Rhodan blefa com Tommy-1 sobre cooperar contra Árcon ou ajudar Árcon contra os druufs. O prêmio: a propulsão linear dos druufs. O druuf aceita falsamente o negócio. Tommy-1 ainda tem uma carta em sua manga: o aniquilador gravitacional, uma espécie de amplificador de forças gravitacionais (que Gucky revelou ser apenas um blefe), pelo qual eles derrotariam brevemente todos os inimigos dentro do universo dos druufs, enquanto Rhodan acabaria com as frotas arcônidas dentro do universo einsteiniano. Em outra parte de Druufon, Ellert instiga Onot a ir ao seu laboratório secreto e força Onot a revelar os planos para a propulsão linear e o congelador de tempo. Rhodan voa em uma nave de transporte para Druufon a fim de buscar Ellert. Onot-Ellert lhe dá o protótipo do congelador de tempo e permanece em Druufon para saber mais sobre a unidade linear. Rhodan voa de volta com seu espólio para a DRUSUS e parte para a Terra. Porém, as sombras de uma terrível tragédia se aproximam para nosso herói.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.