PR0089 – A Grande Hora de Gucky

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PRBR 0089

"Thomas Cardif, filho de Perry Rhodan, trama a destruição da Terra!"

Título Original: Guckys große Stunde

Autor: Kurt Brand

Tradutor: S. Pereira Magalhães

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 17/05/1963

Publicação no Brasil: 1978

Época: 2044

Local da ação: Terra, Vênus

Personagens principais: Perry Rhodan, Reginald Bull, Thomas Cardif, Gucky, Atlan, cabo Douglas, Cokaze

Visão Geral

Resumo

Em 02 de junho de 2044, a situação é confusa na Terra onde grandes tumultos estão acontecendo. De um lado, o patriarca dos saltadores Cokaze ocupa Marte e Vênus com a sua frota e de outro, várias vozes se levantam contra Perry Rhodan reclamando sobre o uso dos poderes de emergência decorrentes da recente invasão druufiniana. Não querendo passar por ditador, Rhodan pretende convencer pessoalmente os parlamentares. O Parlamento prepara-se para dar um voto de confiança e o Administrador Solar se compromete a apresentar-se perante eles. Durante a sessão que ocorre três dias depois, um representante do grupo africano acusa Rhodan de mau uso do Exército de Mutantes contra o povo. No entanto, a situação se inverte contra o representante africano, especialmente quando Bull o acusa de ter se envolvido em negócios escusos. É nesse momento que Rhodan se espanta ao saber que Thomas Cardif havia desertado.

Perry Rhodan faz uma chamada para Cokaze cujo objetivo é a obtenção de um monopólio comercial com a Terra. A frota robô de Árcon se retirou do Sistema Solar e Rhodan pede ao mercador galáctico para fazer o mesmo. Cokaze põe fim à comunicação depois de saber que Thomas Cardif espera por ele em uma de suas naves. Ao mesmo tempo, um rumor circula segundo o qual Rhodan teria enviado deliberadamente sua esposa doente para a morte em Árcon. Cokaze encontra-se com Thomas Cardif e ambos concordam em desenvolver um plano que levará a queda de Rhodan, se não a total destruição do Império Solar em si. Cardif quer consultar o Grande Regente, ignorando o fato de que agora é Atlan quem realmente governa em Árcon. O Regente responde que as leis de Árcon proíbem qualquer interferência nos negócios de outro império. Em seguida, Cardif espalha uma mensagem onde se proclama o novo Administrador Solar.

Depois do anúncio de Cardif, muitos atos destrutivos de sabotagem ocorrem em todo o Império Solar (com as notáveis exceções de Marte e Vênus), fazendo os mais radicais a se revoltar contra Rhodan. O estado de emergência é declarado na Terra e os senadores convocam o parlamento em sessão extraordinária. Rhodan recebe Cokaze e seus três filhos mais velhos e John Marshall fica sabendo através de seus pensamentos que Thomas Cardif está na COK-I, a nave principal de Cokaze. Os saltadores estão prontos para ajudar o Império Solar, mas em troca eles continuam insistindo em um monopólio do comércio com a Terra. Eles são levados então de volta para a nave e mais tarde, Cokaze quer novamente tentar pela imposição um acordo sobre o monopólio comercial da Terra, mas Cardif aconselha que a prudência é a melhor forma de agir. Ele também adverte Cokaze a ser especialmente cauteloso com os mutantes.

A frota solar posiciona-se entre Marte, Terra e Vênus. Rhodan planeja uma operação de comando contra Thomas Cardif, mas cancela tudo quando descobre que os rumores sobre a morte de Thora estão se espalhando por todo o Império. Gucky então decide agir por conta própria indo para Vênus pela nave DON-4 e chegando a COK-1. Enquanto isso, Bull distribui para todas as redes de notícias o programa sobre o funeral de Thora onde se vê Thomas Cardif recusando-se a estender a mão a seu pai.

Gucky intervém na nave saltadora para impedir que algumas bombas nucleares sejam usadas contra a Terra. O alerta é dado a bordo e Cardif mostra uma calma incomum enquanto os saltadores entram em pânico. A hostilidade cresce entre Cokaze e Cardif com apenas os seus interesses em comum na destruição de Rhodan os mantendo como aliados. Gucky se junta a Perry Rhodan na Terra e lhe informa que Thomas Cardif está absolutamente convencido de que Rhodan provocou a morte de sua mãe.

Os mutantes entram em ação e semeiam a confusão na frota de Cokaze. Vários membros da tripulação abandonam suas naves e outras são destruídas inclusive o COK-1 onde Gucky destrói as usinas de energia nuclear e o sistema de propulsores. Cokaze escapa da nave em chamas e torna a COK-II sua nova nave-mãe. Seguindo o conselho de Cardif ele esconde a nave no fundo do oceano venusiano.

Cem mil especialistas em navegação interestelar são enviados para Árcon e apesar da confusão reinante, Perry Rhodan sobrevive a um voto de desconfiança no parlamento e é confirmado no cargo de Administrador Solar. Embora a preocupação reine no que diz respeito ao destino das três mil embarcações dos druufs que recuaram após a batalha no Sistema Solar, o trabalho contínuo faz a Lua virar um verdadeiro arsenal planetário.

Perry Rhodan dá aos saltadores um prazo máximo de cinco horas para sair do Sistema Solar. Cokaze decide então desferir um ataque total contra a Terra e Thomas Cardif interroga dois prisioneiros terranos que revelam ao traidor que Atlan tomou o poder em Árcon. Sabendo deste fato inesperado, Cokaze muda totalmente seus planos. A notícia é de tal importância que o Império Solar não lhe interessa mais e quando os reforços arcônidas chegam na forma de dois mil e quinhentos encouraçados tripulados pelos especialistas terranos enviados para Árcon, Cokaze aceita o ultimato de Rhodan e se retira do sistema. Os dois prisioneiros são libertados e agora é Atlan que se sente ameaçado pelos saltadores e por Cardif, o terrano com alma de arcônida cruel e implacável.

Será que Rhodan retribuirá a ajuda que Atlan lhe deu e o salvará do perigo de um ataque total a Árcon feito por esses dois pavorosos inimigos?

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.