PR0422 - No Pêndulo do Tempo

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PR422

“Eles fogem da tempestade do tempo – e pousam no inferno solar.”

Título Original: Die Zeitpendler

Autor: Hans Kneifel

Tradutor: Ayres Carlos de Sousa

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 19/09/1969

Publicação no Brasil: 1989

Época: Maio / junho de 3433

Local da ação: Sistema Solar

Personagens principais: Ratschat, Lecufe, Perry Rhodan, Atlan, Alaska Saedelaere, Lorde Zwiebus, Geoffry Abel Waringer, Galbraith Deighton

Curiosidades:

Visão Geral

Resumo

O satélite da morte continua a aquecer o Sol. Os planetas internos agora tem que ser protegidos do Sol por campos paratron. Nesta situação, a liderança decide desligar em 12 dias o campo AAT para evacuar a Humanidade Solar, se nada de decisivo acontecer. As naves especiais SUN DRAGON e SUN DRAGON II voltam do Sol de mãos vazias, a situação parece sem esperança.

Final de maio de 3433: um grupo de cappins se dá conta do satélite da morte no Sol da Terra. Os cappins estão viajando com uma estação experimental no fluxo temporal. Eles ficam presos num movimento pendular entre o tempo relativo zero e cerca de 46 horas, após iniciarem suas experiências com o tempo e com base no semitraço da hipersexta da dimensão Dakkar.

Durante o “movimento pendular”, ao passar pelo Sistema Solar, encontram o satélite da morte, que existe 5 minutos no futuro. O satélite da morte é muito mais do que isso, ele é uma estação espacial completa e um pedogoniômetro o que torna possível a pedotransferência. 8.000 dos 20.000 cappins podem se salvar indo para o satélite solar.

Nove dias antes do desligamento, aumentam as convulsões de Alaska Saedelaere, ele ouve vozes e grita repetidamente “Eles estão aqui!” Mesmo Lorde Zwiebus reage violentamente. Ambos concordam que “milhares de pessoas chegaram!” Zwiebus os identificou como cappins. NATHAN confirmado essa teoria.

Partindo do pressuposto de que o Sistema Solar foi descoberto por acaso, Atlan desenvolveu um plano para impedir a saída dos cappins do Sistema Solar e bloquear o caminho de volta. Assim, os cappins serão obrigados a desligar o satélite da morte, a fim de não morrerem nele.

Os cappin um pouco mais tarde tentam sair com uma espaçonave, mas está nave não responde a sinais de rádio dos terranos.

A nave tenta chegar até o conversor principal, mas é interceptada e abordada por unidades terranas com radiadores narcotizantes. Os comandos de abordagem encontram apenas os swampoos, uma raça auxiliar dos cappins, que atacam os intrusos com ácido orgânico. Os cappins voltaram por pedotransferência para o satélite da morte.

Considerando que uma fuga parece impossível, os cappin desligam o mecanismo de aquecimento do satélite, o Sol se tranquiliza dentro de poucos dias. O perigo agudo passou.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

 

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.