PR0441 - Entre Marte e Júpiter

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PR441

“Eles viajam no tempo – e chegam ao planeta perdido”

Título Original: Zwischen Mars und Jupiter

Autor: H. G. Ewers

Tradutor: Ayres Carlos de Sousa

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 30/01/1970

Publicação no Brasil: 1989

Época: Maio de 3434 e tempo de viagem para o ano 196.517 aC

Local da ação: Terra, Zeut

Personagens principais: Perry Rhodan, Ovaron, Marceile, Takvorian, Atlan, Gucky, Joaquim Manuel Cascal

Curiosidades: 

Visão Geral

Resumo

Enquanto a expedição dos terranos no tempo de 200.000 anos atrás, Ovaron faz uma viagem para o lugar onde em 600 anos, a cidade de Matronis vai ser erguida. Eles experimentam Lemúria e a Terra em seu estado original. Voltando a bordo do deformador de tempo-zero a expedição faz um balanço: o Satélite da Morte não é construído na Terra. A partir de observações e conjecturas Ovaron sugere que Zeut, o ex-quinto planeta do Sistema Solar, é o local provável para o estaleiro do Satélite da Morte.

No tempo dos cappins Zeut, chamado pelos cappins de Taimon, segue uma elipse extrema através do Sistema Solar. Sua órbita tem o seu ponto mais próximo do Sol a distância média de Mercúrio do Sol, e em seu ponto mais distante do Sol está por trás da órbita de Plutão. Os lemurenses mudarão sua rota 150.000 anos mais tarde, de modo que Zeut se tornará um quinto planeta regular.

Eles decidem retornar ao presente relativo, para colocar um super space-jet da classe THOR a bordo do deformador de tempo-zero.

Uma vez no ano de 3434, Ovaron, Marceile e Takvorian são recebidos como convidados da Administração Solar. Os dois cappins aproveitam a oportunidade para informar-se sobre detalhes dos terranos. As pessoas os tratam com bondade.

Ocorre uma conferência com especialistas em todas as disciplinas para avaliar os resultados da expedição do tempo e tirar conclusões. Nesta conferência também vai Ovaron e Marceile. O único resultado claro é que o Satélite da Morte não pode ser destruído no passado, porque isso poderia causar um paradoxo de tempo. Decidiu-se, no passado, depositar uma bomba no satélite ainda em fase de construção a ser detonada no presente. Com a ajuda de Ovaron e uma pequena quantidade do sextagônio da Humanidade uma bomba sextadim é construída.

No entanto, continua a ser intrigante porque o impulso para ativar o Satélite da Morte vem da central de controle de Ovaron, ninguém, exceto ele, sabe alguma coisa.

O deformador de tempo-zero é transportado para a Austrália a fim de evitar surpresas desagradáveis no Vale Enada. A viagem transcorreu ao ano 196.517 aC, cerca de 50 anos após os eventos em torno de Ovaron. Na Austrália pré-histórica os membros da expedição identificam os Australopitecos, uma criatura entre os macacos e humanos modernos.

No espaço ao redor da Terra, os cappins voam em uma patrulha irregular, de modo que a decolagem do space-jet tem que ser adiada por quatro dias. A tripulação é composta por Perry Rhodan, Ovaron, Marceile, Takvorian, Icho Tolot, Paladino, Fellmer Lloyd, Ras Tschubai, Gucky e Joaquim Manuel Cascal como piloto. Atlan e o resto da expedição do tempo vão assegurar a segurança do deformador de tempo-zero.

O space-jet consegue passar despercebido no espaço, mas tem que destruir um cruzador de vigilância, porque os códigos de segurança antigos de Ovaron não são mais válidos. Ao se aproximar de Zeut o space-jet é localizado, e apenas graças a Cascal voar com muitas habilidades é que o space-jet não é destruído. Cascal procura um esconderijo no continente desabitado Koptey. Paladino e Icho Tolot fazem imediatamente o caminho para o litoral. Os teleportadores levam embalagens com os equipamentos e estão à procura de um esconderijo nas montanhas. O resto da equipe deixa o space-jet com um shift.

Poucos minutos depois de deixarem o space-jet, ele detectado e destruído pelos cappins. A expedição agora não tem chance de sair de Zeut. O cappins estão, aparentemente, convencidos de que eles haviam matado toda a tripulação do space-jet.

Os membros da expedição chegam despercebidos em Schweipon, o único continente povoado de Zeut. Os mutantes encontram rapidamente o pátio onde o Satélite da Morte está em construção. A tentativa de levar a bomba para o satélite falha, porque Icho Tolot é descoberto pelos cappins e é dado o alarme. A expedição tem que recuar e se esconder em uma caverna. Eles se instalam prevendo uma estadia prolongada em Zeut.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.