PR-RP16 - A Última Arma dos Senhores da Galáxia

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

cRP16(45)

"Eles são vítimas de um crime hediondo – mas são odiados e temidos pelos povos de Andrômeda."

Título Original: Die letzte Waffe der Meister

Autor: H. G. Ewers

Tradutor: Marcos Roberto

Revisores:
Marcel Vilela de Lima
José Antonio

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 1968

Publicação no Brasil: Junho de 2015

Época: 2407

Local da ação: Andrômeda

Personagens principais: Tengri Lethos, Omar Hawk, Baar Lun, Sherlock, Atorby, Nancy Oira-Hawk, Yezo Hawk-Polestar.

Relação: Senhores da Galáxia

Resumo

Este romance contém a continuação da história do PR-RP014 — Missão em Andrômeda, também já traduzido pelo Projeto Traduções.

A Nave da Eternidade de Tengri Lethos está há 11 dias em órbita de Taafun, e é incerto se o cessar fogo adotado entre maahks e tefrodenses, devido ao perigo dos tlunx, continuará a existir. Lá chega uma nave correio maahk, bastante danificada, que traz a confirmação de que os tlunx são considerados um grande perigo pelos maahks. O mensageiro morre na explosão de sua nave, mas ainda pode transmitir que um mundo de condicionamento dos tlunx deve estar em uma nebulosa escura em Andrômeda. Onde uma frota de batalha inteira dos maahks foi destruída pelos tlunx. As coordenadas chegarão, mas apenas mutiladas.

Tengri LethosTengri LethosDefinição: Ser humanoide da raça dos hathors e também um Guardião da Luz. Tem pele verde e mede 1,90 m de altura. Em fevereiro do ano 2406, ele foi despertado de sua hibernação de animação em suspenso de 50 mil anos, quando Gucky e Baar Lun descobriram a sua Nave da Eternidade. Após se encontrar com Perry Rhodan, ele seguiu para tentar apaziguar os maahks e tefrodenses. Antes de desaparecer novamente, ele deixou os Filhos da Luz cuidando para que essas duas civilizações não entrassem em conflito novamente....
, Omar Hawk e Baar Lun conseguem restringir as coordenadas a seis localizações possíveis na nebulosa escura, Saco de Tinta do Polvo. Eles voam para lá com a Nave da EternidadeNave da EternidadeDefinição: Espaçonave alienígena, pertencente ao Guardião da Luz Tengri Lethos. Ela tem forma esférica e mede cerca de trinta quilômetros de diâmetro. A esfera de aço gigantesca é composta de uma liga desconhecida de metal-plástico. Foi encontrada por Gucky e Baar Lun, imóvel, no espaço vazio entre as estrelas de Andrômeda....
e partem em três naves auxiliares em busca do planeta dos tlunx. Hawk dividia com seu okrill Sherlock seu space-jet. Um aparelho localizar especial, que pode medir todas as trocas de nível dos últimos 300 anos, deve ajudar a localizar os tlunx.

Hawk atinge um primeiro sistema solar. Um dos planetas uma vez teve uma civilização, mas foi destruído atomicamente. Omar Hawk reconhece que uma guerra nuclear não foi a causa, mas as usinas nucleares foram destruídas de dentro para fora. Ele também encontra vestígios de efeitos de desintegrador, um sinal claro das atividades dos tlunx.

Outro planeta do sistema, que ele chama de Afrodite, é semelhante a Terra. Omar pousa no oceano e explora a superfície. O mundo é quase um paraíso, mas, aparentemente não é habitado por seres inteligentes. Os animais não têm medo dele ou de Sherlock, porque não existem predadores, mas quando Hawk disparar uma arma térmica, eles entram em pânico. Assim, fogo ou armas modernas parecem já ter sido usadas em Afrodite. Talvez um sinal dos tlunx? Em uma exploração adicional, no entanto, continua inconclusivo e Hawk continua o voo.

No próximo sistema existem três estrelas gigantes. Quando Hawk passa este, de repente sua nave passa por uma transição forçada. Ele se encontra em um sistema diferente. Tentativas de alertar Lethos por hiper-rádio ou pelo transmissor de pensamentos falham, porque os sinais são facilmente refletidos. Além disso, sua nave foi danificada.

Hawk batiza o sol de Viúva e o planeta de Mascote. Quando ele quer pousar um raio-trator captura a nave. O planeta é habitado, Hawk reconhece uma grande cidade com um espaçoporto em que ele é colocado. Este deve ser o mundo de condicionamento, e realmente Hawk vê multidões de tlunx. Desesperado, ele abriu fogo, matando muitos deles com as armas a bordo antes de sua fonte de alimentação falhar. No entanto, por incrível que pareça, os tlunx não se defendem.

Omar Hawk sai e é recebido pelos tlunx, que chamam o planeta de Lawepon e dão as boas vindas ao Maghan. Ele percebe que ele é confundido com um senhor da galáxia. Isso também mostra que os tlunx não são uma antiga raça, que Lethos libertou acidentalmente, mas sim uma arma de destruição dos SdG.

Em consequência, Hawk é servido humildemente e descobre que ele deve ir ao “salão do poder”, no qual ele deve acionar uma chave e iniciar o condicionamento. Hawk tem um problema, como ele poderá entrar em um salão que não é acessível mesmo aos tlunx, que são conversores estruturais e viajantes de nível?

Inevitavelmente ele usa um transmissor espontâneo do traje, recebido de Lethos, mas fica preso junto com Sherlock em uma espécie de armadilha em que um desconhecido o interroga. Hawk percebe que seu interlocutor é um grande computador, e explica que todos os SdG estão mortos. Em seguida, ele é preso. Sherlock age inesperadamente e causa graves danos ao sistema, levando a uma explosão violenta.

Hawk só volta a si depois de algum tempo e se vê cercado por tlunx. Ele já não está no sistema. Os tlunx informam que eles haviam encontrado-o do lado de fora e curado suas feridas que de outra maneira seriam fatais. Sherlock, no entanto, desapareceu sem deixar rasto. Omar ordena ao tlunx a procurar por ele, e trazer o mesmo diante dele. Ele encontra na estação uma projeção de okrill que, no entanto, pode desmascarar, e se torna suspeito.

Os tlunx já encontraram o verdadeiro okrill e também o curaram. Mas eles gradualmente desenvolvem desconfiança de Hawk e tentam influenciá-lo hipnoticamente. Hawk consegue resistir. Ele penetra todo o caminho para a planta de condicionamento e mergulha em um poço profundo. Depois de vários hipnoataques, onde o okrill o apoia, Hawk chega ao portão para o salão do poder. Quando nada acontece, ele examina as instalações e observa que elas estão completamente destruídas. Aparentemente Sherlock tinha provocado explosões secundárias em seu ataque. Isso permite que os tlunx deixem de ser condicionados, mas Omar Hawk está ameaçado de morte.

Um voo com o space-jet é impossível, uma vez que este é explorado pelos tlunx, mas Hawk usa o transmissor espontâneo para invadir e sequestrar uma nave de carga dos tlunx. Ele é perseguido por toda a frota dos tlunx que, infelizmente, está chegando mais perto dele. Finalmente Hawk atinge novamente o planeta Afrodite e foge com a nave auxiliar para a sua superfície.

Os tlunx começam uma busca em grande escala. Hawk encontra seres inteligentes de natureza pacífica, os n’dullas, que o ajudam, e por algum tempo ele pode se esconder com sucesso. Então ele vê para sua surpresa, alguns tlunx, que estão vestidos com tangas e se comportam como os caçadores da idade da pedra. Eles vêm de uma luta, ameaçam submeter Hawk, mas, de repente, os tlunx colocam suas hostilidades de lado. Pouco tempo depois, Lethos e Lun chegam.

Acontece que a tlunx estavam cheios de remorso quando chegaram a Afrodite, e decidiram se esconder lá. Todos eles afundam suas naves e tecnologia no mar e se livram de seus paradons. Lethos lhes oferece a viver em paz em Afrodite. O líder tlunx, Atorby, está encantado com esta graça inesperada, mas Lethos explica sua ética. Ele ainda fornece a tese de que os tlunx foram criados pelo modulares de gene e acredita ter sido provavelmente a partir da raça dos n’dullas, de modo que seu povo agora está reunido novamente de forma inesperada.

A paz em Andrômeda é afiançada com isto. Maahks e tefrodenses já não lutam entre si, com medo da ameaça dos tlunx. Omar Hawk visita depois de muitos anos de ausência OxtorneOxtorneDefinição: É o oitavo planeta do sistema Illema. É um mundo dado a extremos, onde as oscilações climáticas não raro mudam rapidamente de 80°C para -80°C, produzindo os estados intermediários e as sequelas ligadas a essa brusca mudança. A sua gravitação é de 4,8g, e a pressão do ar chega a 8 atmosferas. Furacões se revezam constantemente com tempestades quentes. Lá existem as matas impenetráveis das chamadas árvores-facas, duras como aço, um deserto de pedra e um pântano de barro. Existem também ali os animais chamados mamus e os okrills. O planeta foi colonizado por terranos adaptados a esse ambiente hostil....
, onde ele se disfarça uma vez que ele é procurado como desertor. Ele encontra sua filha Nancy, que imediatamente o reconhece como seu pai, e finalmente visita sua esposa Yezo. Yezo e parte de sua família se juntam a Hawk e Lethos como novos alunos.

O epílogo se passa no ano de 2435. OLD MAN aparece e ataca a frota Solar. Um dos filhos de Omar relatou suas observações correspondentes. Mas Lethos infelizmente tem que dizer, sem mais explicações, que uma ação contra o poder vibratório supremo não é possível. Nancy e Ouse, filhos de Hawk, são destacados para uma ação secreta de reconhecimento dos Guardiões da Luz, o que explica os misteriosos oxtornenses que se encontram com Dalton e ajudam nas investigações de OLD MAN.

Nota: As capas da primeira edição do PR-TB 45 e PR-TB 46 foram trocadas na época pela editora.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir