PRNeo0012 - Morte Sob um Sol Alienígena

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

c-neo012

Temporada: Expedição Vega (2ª)

Título Original: Tod unter fremder Sonne

Autor: Marc A. Herren

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Revisor: Projeto Traduções: Jose Anilto dos Anjos e Marcos Roberto Inácio Silva

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Conversão da capa brasileira: José Antonio

Publicação na Alemanha: 02/03/2012

Publicação no Brasil: Dezembro/2013

Época: 9 de julho a 2 de agosto de 2036

Personagens principais: Estação subaquática: Caroline Frank, Rico, Quiniu Soptor; SREGAR-NAKUT: Reginald Bull, Sid González, Fulkar, Skelir; Ferrolia: Tako Kakuta, Rod Nyssen, Anne Sloane, Hermot

Local da ação: Terra, sistema Vega (planeta Ferrol e Ferrolia) e SREGAR-NAKUT.

Curiosidades:
RFID: Chip específico para localização de qualquer coisa a qual seja acoplado.
Nós: Medida de velocidade na água, corresponde a cerca de 1 milha marítima (1,852 km) por hora

Visão Geral

Resumo

Terra: Em 09 de julho de 2036 Munique Bernhard Frank recebe a visita inesperada de sua filha Caroline. Ela explica que eles estão viajando para Terrânia e que deseja se juntar a Perry Rhodan. Ela revela seu pai que ela é uma mutante. Ela pode detectar alguém que desaparece ou algo que alguém perde, e assim, é capaz de encontrar o artigo em falta ou a pessoa desaparecida. Com este poder finder, Caroline fez um bom serviço para a sua família no passado, pois desta forma o seu pai havia esclarecido um caso criminal espetacular há vários anos. Sequestradores tinha levado Elliot Zuckerberg, o filho do fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, e com a ajuda de Frank, o menino pode ser libertado. O pai, agradecido, tinha dado a Frank uma participação acionária, e assim, fez dele um multimilionário. Caroline tem feito uso de seu dom mutante durante todos esses anos, inclusive em seu trabalho como policial federal, mas ela não contou a ninguém, porque ela tinha medo de se tachada como uma aberração. Em Terrânia eles não seriam contra ela, já que estaria entre os seus pares. Finalmente, pai e filha fazem juntos uma viagem para o deserto de Gobi. Em 1º de agosto, eles chegam a Terrânia. Eles são levados na recepção a John Marshall e Allan D. Mercant. O telepata reconhece logo as forças de Caroline, e ela chega na hora certa, porque Rico está desaparecido.

Rico junto com Quiniu Soptor viajam no Golfo de Bohai. A mestiça arcônida se livra de sua camuflagem, uma pele artificial, e oferece seu explorador como um veículo subaquático para as pesquisas de Rico. Esta nova tarefa, ela cumpri com uma vitalidade até então desconhecida. O robô ainda está sofrendo de perda de memória, mas suspeita-se que seu objetivo é em algum lugar do Atlântico. Em 2 de agosto, os dois descobrem os destroços de um couraçado arcônida, encalhado no fundo do oceano, e, um pouco mais tarde, uma enorme cúpula submarina. O sistema é controlado por uma positrônica que conhece Rico e interage com o mesmo. A positrônica classifica a mestiça arcônida como uma das perigosas formas de vida descendentes de arcônidas, porém o robô autoriza a entrada de Quiniu na cúpula. As memórias de Rico retornam em parte. Ele sabe que está no alvo – mas, quando procura, não encontra seu mestre, que não está lá. O último paradeiro conhecido é uma sala, na qual uma espécie de portal está disponível – estes fato não é conhecido, nem por Rico, nem pela positrônica.

Enquanto isso, Caroline Frank tem monitorado Rico. As forças de combate seguem sua pista com cinco submarinos híbridos da União Terrana. Os comandantes da operação, 'Elliot/Ícaro/Ulysses’ é He Jian-Dong. Os submarinos da missão, usados pela primeira vez, são tecnologia híbrida arcônida-terrana. Os soldados estão equipados com um novo design de radiadores. Allan D. Mercant e Frank estão a bordo. Os terranos descobrem a nave esférica afundada e a cúpula. A positrônica da cúpula dá acesso para os humanos, porque ela os considera colonos descendentes de arcônidas, que anteriormente foram autorizados por Rico. Rico resiste aos invasores. Eles travam um feroz tiroteio em que alguns soldados morrem. Caroline tenta evitar o pior, alegando que ela poderia ajudar Rico na busca por seu mestre. O robô pega a mulher e tenta se retirar sob a proteção de seu campo de proteção energético, mas não havia contado com as novas armas energéticas terranas. Ele é seriamente danificado. Caroline sofre queimaduras, mas ainda consegue dizer a Quiniu que o homem que o Sr. Rico procura passou anteriormente através do portal. Então a mestiça arcônida tem sucesso em ativar o portal – é um transmissor. Quiniu atravessa o portal com Rico e destrói o transmissor com uma granada. Caroline e os outros terranos permanecem na cúpula.

Sistema Vega: O grupo de Tako Kakuta é deportado pelos tópsidas para uma lua de Ferrol. Em Ferrolia tensões surgem porque Anne Sloane acredita, sem razão, que Kakuta tinha se recusado a pôr seus companheiros em segurança através da teleportação. Na prisão, prevalece a lei do mais forte. As estações dos guardas tópsidas estão camufladas. Rod Nyssen chama Hermot, o líder de uma gangue que quer saquear as pessoas, para uma luta até a morte. Com o apoio da telecinética Sloane ele leva vantagem, mas no último momento, é ferido com uma arma envenenada e morre. Sloane também culpa Kakuta por isso. No final das contas, os humanos ganharam o respeito dos ferrônios que os deixam sozinhos. Finalmente, conseguem escapar. Eles se escondem em um contêiner. O destino é Pigell, o sexto planeta do sistema Vega.

SREGAR-NAKUT: Sid González sobreviveu ao teletransporte que deu errado, devido ao campo energético. Sue Mirafiore não consegue lidar com os choques de transição associados ao voo ultraluz da SREGAR-NAKUT. Ela fica cada vez mais fraca, até que fica claro que ela não vai sobreviver à próxima transição. Skelir, que trata Sue como seu Besun pessoal, obtém ajuda do humanoide chamado Fulkar. Ele também é um Besun a bordo. Ele é um médico e balança, em reprovação, a cabeça pontuda diante dos primitivos métodos de tratamento dos humanos. Ele cura a menina com a ajuda de sua tecnologia superior e cuida de seu braço aleijado. Sid explora a nave fantan e descobre algumas naves auxiliares mais rápidas do que a luz. Uma delas é escolhida para ser usado na fuga, e é nomeada com o nome do lendário mestre ladrão: ARSENE LUPIN. Sid busca Sue e torna possível a saída da ARSENE LUPIN da nave-mãe. Porém, eles já tinham chegado ao seu destino. Lá há uma enorme estação espacial, a MYRAMAR, e grande quantidade de naves espaciais, que cercam a ARSENE LUPIN.

Devido a sua fuga quase bem-sucedida, os humanos alcançam, aos olhos dos fantans, um status mais elevado de Besun. Eles são levados a uma prisão cercada por um escudo de energia onde eles encontram um companheiro de sofrimento. Sid e Sue sentem imediatamente que este ser peludo, com cerca de um metro de altura, possui paracapacidades. Essencialmente o mesmo lembra uma mistura de rato e castor. Ele se dirige aos humanos, amigavelmente no idioma inglês – e se apresenta como Gucky: “O Salvador do Universo”...

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.