HAWKING

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

hawking dorgonA HAWKING é uma nave especialmente projetada com base no cruzador de pesquisa Merz da classe VESTA. Um módulo de laboratório especialmente modificado é usado como configuração de pesquisa. Os dados são de baixo desempenho quando comparados com os normais de naves da classe VESTA, como consequência da configuração especial para pesquisa.

De acordo com o ambiente de implementação, o armamento é reduzido ao mínimo e o comando da embarcação em grande parte automatizado, assim uma tripulação mínima de oito pessoas é suficiente.

A organização Camelot teve durante o período 1235-1291 NCG, dez naves desta classe em operação, que constituiu a base para uma Frota Explorer independente. Depois que a organização Camelot foi dissolvida, a LTL começou, sob os auspícios do ministro residente Bull, a organizar uma Frota Explorer independente.

História

A HAWKING recebeu em 1264 NCG a missão de investigar o recém-descoberto mundo Neles e prepará-los para o contato com as civilizações da Via Láctea. A pequena equipe de Ivan e Selina Despair é pega no início de um conflito cósmico em que nenhum membro da tripulação sobreviveu.

Com os sistemas automáticos de retorno a nave voltou para Camelot, com a criança Despair de apenas dois meses de idade a bordo, que foi mantida viva por um robô médico. Antes que as forças de segurança da organização Camelot possam examinar mais de perto a nave, o mecanismo de autodestruição é ativado.

Diâmetro: 100 metros
Armamento: 2 Canhões desintegradores, 2 canhões de impulsos.
Motores: Metagravidade, Antigravitacionais — e motores GravoJet.
Aceleração: 680 km / s² com módulo de laboratório
Fator ultraluz: 50 milhões
Campo defensivo: escalonado simples paratron/ campo SAE, campo de repulsão.
Naves auxiliares: 1 nave auxiliar planetária, várias sondas espaciais.
Ocupação: 8 pessoas
Comandante: Ivan Despair
Comandante Adjunto: Ron Horace
Diretor Científico: Eddi Alaban

Imprimir