Atlan 13 - O Planeta das Intrigas

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Atlan13capa(128)

“O Príncipe de Cristal em um mundo de livre comércio – Entre piratas, trapaceiros e espiões”

Título Original: Planet der Intrigen

Autor: Ernst Vlcek

Tradutor: Augustus César

Revisor: Marcos Roberto

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 18/03/1974

Publicação no Brasil: Março/2013

Época: Ansoor 5 a Ansoor 13 de 10.497 da Ark (8.023 aC)

Local da ação: Jacinther IV

Personagens principais: Atlan, Fartuloon, Eiskralle, Morvoner Sprangk, Jepson Tropp, Prillgram Galbass, Orfina

Visão Geral

Resumo

No ano de 10.497 da Ark um grauzayna desfalecido chega ao Castelo de Richmond. Os piratas salvam o corpo sem vida. Agora eles querem saquear a espaçonave porque o grauzayna não parece vivo. Os piratas estão interessados principalmente nos Talamas.

Atlan prepara um total de quatro ovos de poeira para a nave do grauzayna. Também a bordo estão Fartuloon, Jepson Tropp, Eiskralle e mais quatro piratas. Na "nave-dedo" Atlan realmente encontra um grauzayna vivo, que libera um vórtice. O grauzayna tem os campos de energia totalmente sob controle.

Atlan é capaz de entrar em contato. O grauzayna está satisfeito que os piratas tenham seguido o chamado emitido pelo explorador e queiram ir ao caminho de uma nova forma de existência com eles. Atlan consegue convencer o grauzayna do fato que ele e seus companheiros não estão muito avançados até agora na evolução de abandonar sua fisicalidade e começar uma nova vida no hiperespaço. O grauzayna aceita as objeções e convida Atlan para deixar o mais rápido possível a nave-dedo, que será levada para o hiperespaço. Para tornar mais fácil para os piratas um dia seguirem o grauzayna, ele presenteia Atlan com um monte de Talamas. O Príncipe de Cristal e os seus companheiros reúnem 43 dos rifles grauzayna e, em seguida, saem com os ovos de poeira da nave-dedo. Os veículos se afastam rapidamente do nave-dedo que desaparece através de uma rachadura na estrutura do hiperespaço.

Atlan consegue convencer Hanwigurt Sheeron a voar com ele e seus companheiros, na GROVEMOOS, para Jacinther IV. Farnathia permanecerá no Castelo de Richmond, para se recuperar dos esforços. Em troca, Atlan promete ao líder pirata as receitas provenientes da venda dos rifles grauzayna.

A GROVEMOOS pousa no continente Broschaan. Jepson Tropp é muito resistente a Atlan durante todo o voo. Antes de a carga ser completamente transportada, ele não permite que qualquer um do grupo de Atlan saia de bordo. Tropp não quer correr o risco de que Prillgram Galbass preste atenção a eles.

Os piratas começam a vender seus bens. Atlan, Fartuloon, Sprangk e Eiskralle são deixados por conta própria. Atlan se aproxima de Tharniel Ortoba e lhe aplica hipnogás. Ele questiona ao jovem nobre sobre Galbass, mas não recebe realmente novas informações, exceto uma de que uma figura influente virá a Jacinther IV nos próximos dias. Porém, Tharniel Ortoba não sabe quem é.

Atlan e Sprangk perguntam entre os visitantes da área de livre comércio. Os rumores, sobre a má saúde de Fertomash Agmon e os esforços crescentes de quatro governadores para tomar seu lugar, estão circulando. Os dois companheiros são abordados por Pruug. Por um Talama, ele leva Fartuloon e Eiskralle a um novo local, longe dos piratas do Castelo de Richmond.

No mercado, à adversidade está se formando em cima dos companheiros. Eles são presos por soldados de Prillgram Galbass e levados ao Palácio do Governo. Lá eles são apresentados ao governador.

Prillgram Galbass acusa os quatro companheiros de serem espiões de Fertomash Agmon, que durante anos, ninguém vê a cara. Com perguntas habilmente colocadas, Fartuloon descobre que a personalidade desconhecida importante que em breve desembarcará em Jacinther IV é o economista Freemush. Galbass propõe a Atlan a partir de agora a trabalhar para ele. Para dar ênfase ao seu pedido, ele leva os três homens e Eiskralle a um pátio do palácio, o pátio dos condenados, que são uma série de grandes blocos de resina transparente clara esverdeada. Inimigos do governador foram lançados vivos neste blocos.

Morvoner Sprangk é levado para interrogatório. Os três companheiros restantes regressam ao seu calabouço. Lá, Atlan tem a ideia de sequestrar o economista Freemush. Um a um, os homens são levados para o interrogatório. Na vez de Atlan, Tharniel Ortoba vem, o leva para a sala de interrogatório e prende o Príncipe de Cristal em uma cadeira. Ele começa a torturar Atlan com fortes choques elétricos. Ele quer evitar que o Príncipe de Cristal informe a Galbass que Ortoba é um traidor. Soldados do governador libertam Atlan. A conversa entre Tharniel Ortoba e Atlan estava sendo monitorada. O traidor é descoberto assim.

No pátio dos condenados, Galbass organiza uma execução. Fartuloon tem sucesso em envolver o governador em uma discussão sobre o propósito dos Talamas. Assim Atlan pode despercebidamente se aproximar do bloco de resina que foi despejado sobre Gelwansither. A laje de pedra em um dos cantos do bloco foi afrouxada. A cavidade debaixo tem armas armazenadas para os quatro companheiros. Orfina, uma amante do governador, cujo amor se acendeu por Atlan, Também não esqueceu a Skarg.

Mas antes de Atlan pode trazer para fora as armas, Tharniel Ortoba é condenado por Galbass à imobilidade no pátio dos condenados. Um projétil paira acima de sua cabeça e esvazia uma massa viscosa.

Fartuloon abre um Talama a partir do qual escapa um vórtice, rodopiando em torno dos soldados e do governador, os homens são atirados pela falha estrutural para o hiperespaço. Atlan arma os seus companheiros durante a confusão. Surgem robôs, no pátio dos condenados, os camaradas fogem para um prédio onde eles já estão sendo esperados por Orfina. Eles se infiltram através do parque, semelhante a uma verdadeira selva que rodeia o palácio, ao portão ocidental do palácio em torno da parede de fogo. O portal é guardado por robôs de combate e soldados. Atlan arremessa um rifle grauzayna para os homens que fogem em todas as direções. Os robôs decrépitos perecem nas chamas do radiador energético. Orfina abre o bloqueio de energia e Atlan sai com seus amigos da área do palácio. Orfina permanece.

Com um flutuador sequestrado eles voam para o mercado de Broschaan. Apesar de uma intensa agitação devido a tempestade. A zona é atravessada por um campo defensivo energético, a chuva e o vento se mantém. Os companheiros tentam embarcar na GROVEMOOS, mas os piratas respondem com desdém. Então, eles não têm muita escolha a não ser adquirir máscaras emocionais. A bordo do navio mercante ARGINTAR, eles encontram duas cabines que lhes servem de abrigo temporário.

Atlan visita sob a proteção de uma máscara emocional o mercador Plantor. A este ele encaminha a proposta para colaborar com Prillgram Galbass. Atlan e seus homens querem o levar a obter informações sobre Fertomash Agmon. Em troca Atlan exige conduta segura. O negociador esperado pelo governador deveria levar um Talama como identificação, que foi passado para Plantor.

Como mensageiro de Galbass, Pruug aparece na ARGINTAR. O governador concordou com a oferta. Pruug os leva a bordo da LAAK-INTA. O sentido extra de Atlan o diz para ficar atento e observar Pruug detalhadamente. Lentamente Atlan descobre, quem na verdade está sob a máscara, que esconde emoções: Prillgram Galbass. O governador sob a máscara de Pruug deixa a LAAK-INTA antes da sua partida. Durante a viagem para Sebentool a nave é sequestrada por seguidores de Mavillan Ruuver. Ruuver está interessado em Atlan e seus companheiros. A LAAK-INTA define curso para Kortasch-Auromt.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.