PR0460 - A Hora-X

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PR460

“Eles descobrem a informação chave – e presenciam o fim de um mundo.”

Título Original: Zeitpunkt X

Autor: Hans Kneifel

Tradutor: Ayres Carlos de Sousa

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 12/06/1970

Publicação no Brasil: 1989

Época: Novembro de 3437

Local da ação: Gruelfin, planeta Molakesch.

Personagens principais: Perry Rhodan, Atlan, Ybsanow, Misyen, Ovaron, Joaquim Manoel Cascal, Menesh Kuruzin

Visão Geral

Resumo

Após a fuga dos takeres de Molakesch, o mundo arquivo, Ybsanow, os terranos e especialmente Ovaron esperam com impaciência a chegada do Iniciado. Só ele pode confirmar a autenticidade de Ovaron.

Uma vez que os takeres vão relatar os eventos, os terranos calculam que provavelmente uma frota dos takeres irá aparecer em Molakesch brevemente. O tempo restante para a busca do arquivo é limitado em cinco dias, em seguida a espaçonave auxiliar deve decolar. A fim de acelerar a busca, 300 homens da espaçonave auxiliar formam 100 equipes que copiam os arquivos. Além disso, muitas manipulações são detectadas. Mais espaços do arquivo provam ser armadilhas. Paladino e Icho Tolot provam ser de grande ajuda para neutralizar as inúmeras armadilhas.

No segundo dia da pesquisa, Ybsanow dá um ultimato surpreendentemente: os terranos devem partir imediatamente. Gucky expõe Ybsanow como um assumido por um takerer. Ybsanow faz uma reprogramação de todos os robôs de limpeza e os solta na espaçonave terrana. Milhares de pequenos robôs começam a devastar a espaçonave auxiliar. O takerer pode ser expulso do espírito de Ybsanow, e os robôs podem ser parados.

Depois de quatro dias, Geoffry Abel Waringer faz um balanço. Até o momento, 43 quartos com armadilhas foram encontrados, houve ferimentos, mas não houve mortes a lamentar. As informações nestas áreas foram extensivamente testadas, e surge o quadro a seguir: para os takeres a hora-X chegou. A hora-X é o dia em que o ganjo voltará a galáxia Gruelfin e assumirá novamente o poder. Todas as manipulações podem ser vistas no contexto da hora-X.

Moshaken, o almirante de Ovaron, 200 mil anos atrás, soube da viagem no tempo de Ovaron e leva o seu conhecimento para Gruelfin. Por isso os moritatores possuem o conhecimento sobre o retorno do ganjo após 200.000 anos, o que também leva ao conhecimento dos takeres. Além disso, eles estão se preparando para este momento, isso prova a atividade dos "comandos do futuro" nos arquivos do moritatores. Os takeres querem construir uma farsa com o ganjo, e a manipulação dos arquivos é para suportar este esquema. Por causa da sombra do falso ganjo, os últimos ganjásicos poderiam ser atraídos e destruídos a partir de seus esconderijos. O poder dos takeres seria cimentado.

Também está claro com isso que os takeres estão informados sobre a importância da MARCO POLO. Os terranos preparam uma retirada rápida. Somente as equipes da espaçonave auxiliar continuam trabalhando, todos os outros são enviados de volta para o MARCO POLO pelo transmissor.

Pouco tempo depois, a MARCO POLO recebe o pedido de socorro de uma espaçonave dos moritatores. A MARCO POLO e a frota de espaçonaves auxiliares partem, para ajudar o iniciado. No local encontram os destroços de uma espaçonave dos moritatores, quatro espaçonaves fogem. Um comando de abordagem descobre que os takeres penetraram no naufrágio e atiraram em todos os membros da tripulação que ainda viviam. O iniciado foi sequestrado. Todas as espaçonaves terranas iniciam a perseguição as quatro unidades takeres para libertar o iniciado.

A bordo da CMP-1, que é a única espaçonave a permanecer em Molakesch, há uma preocupação com o ainda não encontrado takerer. No arquivo eles encontram uma memória antiga, que tem informações sobre Ovaron armazenadas. Os moritatores são convencidos por esta prova. No entanto, a catástrofe é provocada pela consulta desta informação. Os takeres conectaram a memória junto com uma bomba nuclear, que estava escondido sob o arquivo. Devido a identificação positiva de Ovaron como o ganjo a explosão é acionada.

Os terranos coordenam a evacuação imediata do arquivo, Gucky e Ras Tschubai teleportam até ao seu esgotamento, para levar as pessoas para fora da zona de perigo. Na espaçonave fica claro que não é apenas uma bomba que foi detonada, havia várias, que deveriam destruir a cidade e o planeta.

Todos os moritatores são acomodados a bordo do CMP-1 para salvar as suas vidas. A espaçonave tem um diâmetro de 100 metros e agora deve acomodar mais de 6.000 refugiados. Tudo o que não é necessário é removido da espaçonave, a fim de criar espaço. A evacuação de Molakesch sucede apenas pouco antes da destruição do planeta. Dentro da CMP-1 condições inimagináveis prevalecem, em todos os lugares há refugiados, sentados ou deitados em qualquer lugar.

Entre a primeira explosão e o fim se passaram apenas 78 minutos, mas o tempo foi suficiente para transformar o planeta Molakesch em um inferno de cinzas quentes, do qual a CMP-1 escapa por pouco.

No espaço, a espaçonave chama pelo rádio a MARCO POLO, mas as unidades terranas estão muito longe em sua busca. Apesar do perigo, decide-se esperar, especialmente porque nenhum ponto de encontro com a MARCO POLO foi identificado. Os outros planetas do sistema são hostis à vida, e não são uma opção. Durante horas as pessoas esperam na espaçonave lotada enquanto os outros ainda estão fazendo caça as espaçonaves takeres em fuga. Horas se transforma em dias, o calor na espaçonave continua a aumentar, os climatizadores estão sobrecarregados.

As pessoas estão a espera de Atlan e da MARCO POLO.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.