PR0461 - Fuga Para a Incerteza

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

PR461

“Nenhum contato com a MARCO POLO – a espaçonave que veio para salvar está sendo caçada.”

Título Original: Flucht ins Ungewisse

Autor: Clark Darlton

Tradutor: Richard Paul Bisneto

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 19/06/1970

Publicação no Brasil: 1989

Época: Dezembro de 3437

Local da ação: Gruelfin, espaço, planeta Haygash

Personagens principais: Perry Rhodan, Atlan, Ovaron, Menesh Kuruzin, Gucky, Pagellan, Abshena

Visão Geral

Resumo

A CMP-1 ainda está no sistema do planeta Molakesch e aguarda o retorno da MARCO POLO. A pequena espaçonave está completamente superlotada com mais de 6.000 moritatores, os habitantes do planeta Molakesch. O planeta foi destruído por bombas takeres escondidas. Todas as áreas e corredores estão preenchidos com moritatores, a gravidade foi reduzida para 0,3 gravo para mitigar os efeitos da superlotação. O comandante da espaçonave, Perry Rhodan, está esperando por um retorno rápido das espaçonaves terranas. Infelizmente, o centro de controle detecta, depois de dois dias agonizantes de espera, os ecos de unidades dos takeres. Mais e mais espaçonaves que se aproximam do sistema.

A pequena espaçonave tem que fugir. Perry Rhodan deixa uma radiossonda para Atlan com as coordenadas de Haygash, um planeta estaleiro dos moritatores, que os takerers não conhecem. Quando a sonda localiza os impulsos dos propulsores da MARCO POLO, ela começa a enviar.

Para um voo, é quase tarde demais, quando a aceleração do cruzador é detectada pelos takerers, a caçada começa. Pouco antes de atingir a velocidade necessária para entrar no espaço linear a espaçonave é abalada por um golpe de sorte, o propulsor linear falha. Os takeres não destroem a espaçonave, eles querem usar a nave auxiliar como um chamariz para a MARCO POLO, para destruir a nave portadora...

A reparação do propulsor linear é difícil, porque os moritatores também estão alojados nos espaços de máquinas. Em seguida, a renovação de ar condicionado também falha. Gucky e Ras Tschubai assumem os serviços de transporte para transportar rapidamente os homens e o material.

Um primeiro teste de funcionamento leva a espaçonave por um ano-luz, então ela volta ao espaço normal, os takerers estão mais uma vez os perseguindo. Diante da deterioração das condições do ar os reparos ocorrem febrilmente. Um planeta escuro cruza o caminho da espaçonave e eles procuram por oxigênio. Antes de o oxigênio congelado poder ser recolhido, espaçonaves takeres aparecem, e a CMP-1 mal pode escapar. Com dificuldade, os 6.000 anos-luz até Haygash podem ser superados.

Quando Atlan retorna com a MARCO POLO, ele observa que no sistema Pysoma existem dois sóis e várias centenas de naves de combate dos takeres. A radiossonda deixada por Perry Rhodan responde, mas é destruída pelos takerers antes que ela possa transmitir as coordenadas do ponto de encontro. A MARCO POLO está sem uma meta, e ninguém a bordo sabe se Rhodan ainda vive.

O ar na CMP-1 é quase irrespirável, ele piora a cada minuto, os primeiros moritatores começam a perder a consciência. A espaçonave finalmente chega em Haygash, as escotilhas são abertas e sugam o ar rico em oxigênio. Em seguida, a evacuação da CMP-1 começa.

A assistência para os moritatores de Molakesch abre as portas para os terranos em Haygash. Abshena, chefe do ponto de apoio de reparação, envia uma mensagem pelo comunicador dakkar a todos os moritatores para que encontrem a MARCO POLO. Enquanto isso, os terranos aproveitam a hospitalidade dos moritatores após os rigores do voo. Especialmente Gucky sempre causa alegria, porque ele também bebe bastante vinho.

A mensagem de busca pela MARCO POLO também chega ao moritator independente Pagellan. Ele, como muitos outros, prepara-se para procurar a espaçonave dos terranos, e ele encontra a MARCO POLO e entra em contato com ela. Há um encontro em um planeta sem sol, Pagellan passa as coordenadas de Haygash para Atlan.

Quase três dias após a CMP-1, a MARCO POLO atinge o planeta Haygash. Atlan é extremamente desconfiado e suspeita de uma armadilha dos takerers por que Fellmer Lloyd não consegue detectar os pensamentos de Gucky, porque o ilt está dormido em estado de embriaguez. Demora um tempo para Lloyd realmente confirmar a identidade de Gucky.

Naquela noite houve uma grande festa em Haygash. É comemorado o resgate dos moritatores de Molakesch e a chegada da MARCO POLO. O destaque do festival é a cerimônia solene da condecoração de Gucky, que acaba sendo a parte de um comunicador dakkar, porque os moritatores não usam medalhas…

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.