Perry Rhodan Neo

Perry Rhodan Neo é o título da nova série de romance em formato de livro de bolso do universo Perry Rhodan. Como seu subtítulo diz: “O futuro recomeça.”

Até 04 de agosto de 2011, o projeto também foi conhecido pelo codinome “Projeto segredo-X.” O primeiro volume foi lançado na Alemanha em 30 de setembro de 2011.

A série é um reboot da série principal. Ela começa com uma reinterpretação do primeiro livro de Perry Rhodan.

Enquanto a série principal iniciou-se pelos acontecimentos geopolíticos do mundo real e ficou sem metade do século 20, iniciando sua ação em um futuro próximo, Perry Rhodan Neo, inicia sua ação 50 anos depois do mundo real, no século 21, e também começa em um futuro próximo.

Perry Rhodan voa para a lua não em 1971, mas em 2036. A ação, assim, toma um curso alternativo, devido à alteração da posição inicial. Os motivos clássicos da série também são deslocados para um futuro próximo e interpretado em conformidade. Há a introdução de novos personagens e personagens conhecidos são mostrados sob uma nova luz.

A série não é fiel canônica em relação à série clássica. Segundo o testemunho de Klaus N. Frick, responsável pelo conteúdo editorial de toda a série Perry Rhodan, na quinta Weltcon 2011 em Mannheim, não há sobreposição ou referências entre as séries, como há na série Atlan. Perry Rhodan e Perry Rhodan Neo têm, cada uma, seu formato cósmico único. Desde 09 de janeiro de 2014 Perry Rhodan Neo tem o seu próprio web site. (http://perry-rhodan-neo.net/)

A série está em formato de livro de bolso e sai também como e-book e áudio livro. O Exposé-autor e também autor do primeiro volume é Frank Borsch. As capas são Dirk Schulz e Horst Gotta. Elke Rohwer assume a edição da série.

Cada livro de bolso é completo em si mesmo. Juntos, os romances contam uma história contínua, definida no futuro próximo do ano 2036. A série é dividida em temporadas (ciclos), com as três primeiras temporadas cada uma compreendendo oito livros de bolso, da quarta temporada em diante, este número passou para doze livros.

Em 30 de setembro de 2011 foi lançado “Visão Terrânia”, o primeiro romance da nova série Rhodan NEO. A série é publicada duas vezes por mês e foi planejado inicialmente para ter apenas oito livros de bolso, mas com o obvio sucesso foi então continuada desde então sem interrupção.

As temporadas (ciclos) inicialmente não tinha um nome próprio. Em novembro de 2012, os editores fizeram uma votação, em que os leitores puderam fazer sugestões para os nomes. A decisão veio em meados de dezembro de 2012. Posteriormente, os nomes foram fixados para as quatro primeiras temporadas.

No Brasil a série começou a ser lançada em janeiro de 2013, com periodicidade de um volume por mês e a partir do lançamento de setembro de 2014 (pré-lançamento em jun/14) tem três volumes lançados a cada 2 meses.

Como funciona Perry Rhodan NEO?

c neo21Desde 1961, a série PERRY RHODAN é escrita de uma maneira que se mostrou eficaz: os episódios são escritos por uma equipe que conta atualmente com onze autores, chefiada por um coordenador. Nas conferências dos autores, os rumos da ação são definidos em termos gerais.

O mesmo se aplica à série PERRY RHODAN NEO: um coordenador concebe o enredo de cada episódio, que então é escrito pelo respectivo autor. Com isso, são evitadas contradições e, portanto, o universo de PERRY RHODAN NEO permanece uniforme.

A diferença fundamental é que Frank Borsch, como coordenador, participa antecipadamente de negociações muito intensas com os escritores: por telefone ou “a quatro olhos”, que hoje em dia, graças ao Skype, é mais viável do que no passado. Nessas conversas preliminares, os dois autores desenvolvem juntos as ideias do coordenador para o episódio. As propostas do autor são aceitas e incorporadas sempre que possível e o coordenador revisa a sinopse.

Quando o autor termina seu episódio, ele o envia primeiro para Frank Borsch. Este verifica se há coerência quanto à substância e os dois discutem intensamente o texto.

Somente quando Borsch está satisfeito, o manuscrito vai para a editora. O manuscrito é revisado por Helmut Ehls, que, na condição de freelancer, trabalha novamente os detalhes de linguagem e conteúdo — só então o manuscrito é considerado acabado.

Em outras etapas da produção, o arquivo com o manuscrito é enviado para o departamento de reprodução da editora, isto é, o manuscrito é convertido para o padrão a ser seguido na impressão. Este, por sua vez, é encaminhado para as impressoras que finalmente concluem o trabalho.

Como surgiu PERRY RHODAN NEO?

c neo001As discussões iniciais sobre um possível reinício da série PERRY RHODAN foram feitas pelo autor Frank Borsch e o editor Klaus N. Frick já no início de 2000. Ambos amam quadrinhos norte-americanos e Frank Borsch tinha traduzido anteriormente algumas destas séries — assim, era natural que eles fossem inspirados pelos colegas norte-americanos. Por exemplo, séries como “Batman” ou “Homem-Aranha” sempre eram recomeçadas, com o intuito de atualizar a série e torná-la mais atraente, por exemplo, para uma adaptação cinematográfica.

Para a série PERRY RHODAN, uma ruptura radical com o passado naturalmente estava fora de questão: a série semanal ainda é um grande sucesso, tem dezenas de milhares de leitores, e não faria sentido simplesmente interromper esta história ficcional do futuro da Humanidade. No entanto, na redação se discutiu várias vezes como reiniciar a série PERRY RHODAN.

Com o quinquagésimo aniversário da série se aproximando, um possível novo começo estava perto. Em muitas discussões na editora, foi estabelecido um direcionamento geral enquanto Frank Borsch começava a elaborar o conteúdo. O autor, que já tinha mostrado em sua trilogia “Terra Alienígena” o quão bem sabia lidar com o “futuro próximo” levantou as questões fundamentais: como seria a Terra no futuro próximo, entre 2036 e 2037? Alguns desenvolvimentos atuais continuariam progredindo como até agora? Surgiriam conflitos e catástrofes naturais e o mundo ainda seria abalado por crises financeiras e terrorismo?

Deste modo, Frank Borsch extrapolou as estruturas existentes na Terra, tanto de natureza social quanto política, e refletiu como tudo isso poderia se desenvolver em um quarto de século. Como os humanos se comportariam em um período de crise e com uma nova guerra iminente, caso um humano se encontrasse com um alienígena?
Este homem era e é o astronauta Perry Rhodan, que também está no centro da ação em PERRY RHODAN NEO. O Rhodan da série NEO é mais do que um “teamplayer”, um homem do futuro próximo, que joga a responsabilidade para os ombros dos outros e, por exemplo, se comporta de forma muito pouco convencional quando se trata da imortalidade.

Durante o ano de 2010 surgiram inúmeras sinopses e, na primavera de 2011, os primeiros autores começaram seu trabalho. Dirk Schulz desenvolveu o projeto da arte de capa e a editora decidiu empregar até mesmo a publicidade televisiva para a nova série. Em paralelo, os parceiros na área de audiobooks e de e-books opinaram sobre a nova série. Todos trabalharam em conjunto em direção a uma data: 30 de setembro de 2011.

Paralelamente à Perry Rhodan-WeltCon 2011, que foi visitada por cerca de 2.700 pessoas no Centro de Congressos Rosengarten em Mannheim, foi publicado o primeiro episódio de PERRY RHODAN NEO. A resposta da imprensa foi enorme e os fãs de Rhodan no evento ficaram emocionados.

E uma nova série de ficção científica começou sua própria história de sucesso...

Como vai continuar PERRY RHODAN NEO?

Até agora PERRY RHODAN NEO seguiu em linhas gerais os temas da série “original”. Apesar de povos como os fantans ou os mehandors serem descritos de maneira diversa dos episódios clássicos dos anos 60, o enredo básico foi semelhante. No quinquagésimo volume, a série NEO se afasta ainda mais do original; nesse livro foram apresentadas algumas indicações muito claras disso.

Se mostra muito mais sobre quem é Perry Rhodan, um homem comum que viveu uma infância relativamente normal. Mas também vimos, sobretudo, que poderes alienígenas tentaram continuamente influenciar o menino.

A misteriosa Luta, que já foi mencionada várias vezes em PERRY RHODAN NEO, tem algo a ver com Rhodan; já em sua infância, poderes até então desconhecidos aumentam sua influência sobre a Terra. No curso dos próximos episódios, tanto Perry Rhodan quanto o leitor vão saber mais sobre a Luta...

PRNeo0061 - O Paraíso Perdido

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo61

Título Original: Die verlorenen Himmel

Autor: Oliver Plaschka

Tradutor: Delgado

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 17/01/2014

Publicação no Brasil: outubro de 2016

Época: meados de 2037

Local da ação: Palácio de Cristal em Árcon I

Personagens principais: Perry Rhodan, Ishy Matsu, Ivan Goratchim, Onat da Heskmar, Chabalh, Crysalgira da Quertamagin, Cheroth ter Irale, o Regente.

Curiosidades:

Visão Geral

Resumo

O Regente

Ele desperta de seu pesadelo recorrente, no qual constantemente enfrenta novas imagens espelhadas. O Regente faz parte de uma antiga luta. Ele desobedeceu às regras e foi afastado. Mas ele continua sua luta com a mesma dureza. O Regente é parte da Luta. Ele luta pela supremacia dos humanoides. A cada despertar, ele se certifica de sua própria identidade. O homem mais poderoso da Galáxia tem medo de não despertar em sua cama. Quando acorda na cama, ele é a pessoa certa, se desperta no duplicador, ele é o falso – para o certo. Ambos são completamente idênticos. Eles sabem o mesmo, pensam o mesmo. Não são original e cópia, mas dois originais, dois Regentes. Apenas as treze horas durante a produção são passadas no escuro pela duplicata. Mesmo para o atual Regente, as treze horas não são isentas de perigo. Ele tem de ficar sem o ativador celular e o modelo deve permanecer no console do duplicador o tempo todo. Sair cedo demais significa a morte da duplicata, mas demorar demais significa que a duplicata pode perder as regalias do poder e o falso de repente se torna o verdadeiro. Mas já aconteceu de os dois Regentes se atacarem e se matarem. Sempre que precisa de uma nova duplicata e deve descartar o ativador celular, o Regente sofre. Ele se sente fraco e vulnerável. Ele tem dúvidas de que os arcônidas são as pessoas certas para tornar realidade os seus planos. Ele escolheu o Grande Império para seus propósitos. Durante muito tempo, ele influenciou os acontecimentos no Império, até que ele finalmente tomou o poder. Mas ele está insatisfeito com isso, porque eles não conseguem aproveitar plenamente as suas chances. A fuga da realidade na forma de jogos de ficção, o anseio pelo velho império, na pessoa de Cheroth ter Irale, e a traição e a ganância de sua Mão Sergh da Teffron, o fazem questionar sua decisão. Seu medo dos metanitas assume proporções imensas. Se eles chegarem no dia seguinte, ele não conseguirá escapar, sua nave está no estaleiro em Árcon III.

Imprimir Email

PRNeo0062 - Os Bonecos de Callibso

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo62

Título Original: Callibsos Puppen

Autor: Michelle Stern

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 31/01/2014

Publicação no Brasil: novembro de 2016

Época: janeiro a junho de 2037

Local da ação: Derogwanien, STERNENWIND, IQUESKEL

Personagens principais: Thora da Zoltral, Ernst Ellert, Mildred Orsons, Julian Tifflor, Gucky. Orlgans, as marionetes de Callibso, Callibso, Crest da Zoltral, Che’Den, En’Imh, Liszog, Zerft.

Curiosidades:

Visão Geral

Resumo

Callibso se senta na fonte do tempo em Derogwanien e pensa em Jymenah com melancolia. Ele precisa de apoio para se decidir. Durante décadas ele tentou influenciar a Luta a seu favor. Ele seguiu o caminho de Rhodan e agora quer ver como será o futuro se ele conseguir seduzir Perry Rhodan e dissuadi-lo de seu caminho. Ele pula para dentro da fonte do tempo e se deixa levar para esse futuro. Isso quase lhe custa a vida. Ele perde o amuleto com a imagem de Jymenah. Para recuperá-lo, ele é atraído para um fluxo de tempo que quase o mata. No entanto, a viagem no tempo é um sucesso. Ele sai da fonte em um futuro no qual os seus planos prosperaram. Criaturas satisfeitas, anões como ele, o recebem. Ele não precisa mais sacrificar nenhuma das suas marionetes na Luta.

Imprimir Email

PRNeo0063 - Os Deuses Estelares

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo63

Título Original: Sternengötter

Autor: Dennis Mathiak

Tradutor: Marcos Roberto

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 14/02/2014

Publicação no Brasil: novembro de 2016

Época: julho de 2037.

Local da ação: Árcon I

Personagens principais: Perry Rhodan, Onat da Heskmar, Ishy Matsu, Chabalh, o Regente.

Curiosidades:

Visão Geral

Resumo

Perry Rhodan, Ishy Matsu, Onat da Heskmar e Chabalh ainda estão fugindo dentro do Palácio de Cristal. Em um porão em desuso há um incidente com o velho patriarca demente da pequena casa nobre da Ghostat. Ele foi deixado lá pelo Regente. Os quatro o deixam aos cuidados de uma unidade médica. Quando deixam o Gos’Khasurn e chegam aos jardins do palácio, eles encontram três arcônidas, que os cumprimentam com uma estranha confidência. Com a advertência de que devem encenar, caso amem sua vida; Perry é abraçado por uma jovem chamada Vay’Hna, que simula ser sua noiva. Em uma área protegida, pertencente à família da Heskmar, Vay’Hna, Ar’Bai e Go’Tar revelam-se como servos das estrelas. Sua missão é ajudar Perry e seus companheiros. Eles fazem parte dos She’Nerkhai, que relutam em nomear. Eles equipam os fugitivos com trajes funcionais negros e roupas protetoras e lhes dão novas identidades. Eles pensaram até no purrer. Com seu próprio planador, eles voam discretamente em meio ao trânsito em direção ao porto espacial. Com isso, eles podem se maravilhar com a Gruta dos Deuses Estelares, onde, de acordo com Vay’Hna, há um homem de ligação que os ajudará com as dificuldades. No entanto, ela não revela o nome dele. No espaçoporto, um ajudante espera para colocar Perry, Onat, Ishy e Chabalh a bordo e deixar Árcon I com eles. Mas esse plano falha. Eles percebem o aumento no nível e na rigidez dos controles de segurança no espaçoporto, resultantes dos incidentes ocorridos no Palácio de Cristal. Perry Rhodan e seus companheiros têm de fugir novamente. Os três servos das estrelas cobrem a fuga e presumivelmente perdem a vida. As habilidades especiais dos trajes funcionais permitem que eles saltem de uma grande altura e possam escapar. Enquanto Chabalh segue uma sugestão de Vay’Hna e sai do grupo, Onat da Heskmar quer levar Perry e Ishy para a área nas sombras de seu tio Kyslor da Heskmar, para terem tempo de respirar. Uma vez lá, Onat passa por um exame em uma unidade médica, porque tem dores desde a fuga do Palácio de Cristal. Mas a unidade não consegue encontrar nenhuma causa física. O problema de Onat parece ser de origem psicológica. Enquanto isso, Perry se informa sobre as novidades. Ele conclui que uma mão invisível os ajuda. As informações armazenadas sobre eles foram apagadas dos bancos de dados.

Imprimir Email

PRNeo0064 - Senhora da Frota

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo64

Título Original: Herrin der Flotte

Autor: Robert Corvus

Tradutor: Delgado

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 13/09/2013

Publicação no Brasil: dezembro de 2016

Época: julho de 2037

Local da ação: Árcon III

Personagens principais: Ihin da Achran, Atlan da Gonozal, Belinkhar, Pertia ter Galen, Sergh da Teffron, Theta.

Curiosidades:

Visão Geral

Resumo

Com a TIA’IR, Ihin da Achran, Atlan da Gonozal e Belinkhar estão a caminho de Árcon III, o mundo da guerra do Grande Império. Ela pegou Atlan e Belinkhar após a queda da cidade celeste Gath’Etset’Moas. Ela conhece a verdadeira identidade de Atlan e sua intenção de derrubar o Regente. Em Árcon III, atendendo ao pedido de Atlan, ela manda desmontar sua joia, a TIA’IR. Ele suspeita que o iate espacial contenha sinais ocultos ou informações de Crysalgira. Além disso, a Timoneira da Frota Privada quer uma conversa confidencial com Pertia ter Galen, a comandante em chefe da Frota. Sua aproximação é mais difícil que o esperado. Apesar de sua posição no Grande Império, Ihin é impedida pela força das armas de continuar seu voo. Embora Pertia ter Galen não pense bem da khestan, depois da intervenção pessoal de da Achran, Pertia ter Galen a envia para a zona restrita e até mesmo autoriza seu melhor mecânico, Yerum Uskach, a trabalhar na TIA’IR. Ele também está encarregado de cuidar da nave pessoal do Regente. Além disso, a Mascant promete se encontrar com Ihin. Enquanto isso, Pertia ter Galen repreende o governador de Árcon II pela reação incompetente aos tumultos causados pelos mehandors. Em geral, a resistência parece aumentar em todo o território do Império. Em toda parte surgem pequenas insurreições. Até mesmo em Árcon I, na Gruta dos She’Huhan, surgiram dissabores. Ela fica muito satisfeita com a reação de sua frota. A assunção do poder pelo Regente e o retorno dos metanitas e o consequente aumento da importância da frota, ela acredita que poderá ver o aumento da autoconfiança em Árcon III. Ter Galen instrui sua dublê Atina Umien a se afastar de seus jogos fictícios e a se preparar para encontrar Ihin da Achran.

Imprimir Email

PRNeo0065 - Mundo em Chamas

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo65

Título Original: Die brennende Welt

Autor: Andrea Bottlinger

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 27/09/2013

Publicação no Brasil: dezembro de 2016

Época: julho de 2037

Local da ação: RANIR’TAN, Árcon II

Personagens principais: Reginald Bull, Perry Rhodan, Ishy Matsu, Onat da Heskmar, Chabalh, Jeethar, o Quatik.

Curiosidades:

Visão Geral

Resumo

A cidade celeste Gath’Etset’Moas atinge a superfície planetária de Árcon II. A infraestrutura entra em colapso. O governador Veserk da Derem está sobrecarregado com a situação. Ratkoth da Iskwar, um artista, perde seus amigos e sua namorada devido ao gás tóxico. Ele quer seguir para o passo Heskhum. Pode haver ajuda lá.

Imprimir Email

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.