Contos Galácticos

Contos, artigos e traduções interessantes do Informátivo Galácito, o Fanzine exclusivo do Projeto Traduções para seus integrantes, liberados para apreciação do público em geral!

O Contador de Histórias - A Cabana

Trazemos a sequência do conto do integrante Antônio João Ângelo, O Livre-pensador (Josué). A segunda parte d´O Contador de Histórias.

A Cabana

 

IMG 7693Tio Josué passou a conduzir uma conversa alegre, após nos acomodar em poltronas rústicas e confortáveis. Enquanto minha tia brincava com a Mona no colo.

Os seus filhos Rubem, podem brincar com o Amigo depois que lancharem. Nosso velho cão é de total confiança.

Imprimir Email

O Contador de Histórias - Introdução

Desta vez, seguindo a sequência de publicação de contos dos integrantes do Projeto, trazemos o extenso conto do integrante Antônio João Ângelo, O Livre-pensador (Josué). Na primeira parte trazemos a introdução do local e personagens do ambiente d´O Contador de Histórias.

A Primeira Noite

O Princípio - O Tempo - A Máscara

 

IG 19 08 2016.....Hhumm,.... creec.... hhum,.... criic,.....hhumm,..... creec,....crcc,...cric. “Hoje, está escuro como breu. E esse nevoeiro denso como uma sauna é gelado que nem sorvete de menta. É típico nesta época do ano. Sinto-me lento, pesado, encharcado com tanta umidade e falta de calor. Mas não importa, tudo passa. E se o corpo não deseja exercício, agitemos a mente. Até os ossos desta velha cadeira de balanço precisam ranger seu vai e vem, e assim, justificar a sua existência".

Imprimir Email

Lika

Um conto gentilmente cedido pelo Paolo Giovanoli inspirado no imaginário de Brian Aldiss e seus super brinquedos…

As últimas palavras que vieram à memória de Lika antes que seus circuitos positrônicos viessem à falência foram "eu te amo".

"— Eu te amo. Pra sempre vou te amar. Você é a minha amigona.

Não vamos nos separar?

Nunca. Eu te amo muito.

Pra sempre?

Pra sempre."

Imprimir Email

Momentos marcantes na história de Perry Rhodan na Alemanha e Brasil.

A série foi criada em 1961 por K. H. Scheer e Clark Darlton. Inicialmente concebida para ser uma trilogia, ela se tornou um sucesso duradouro, ultrapassando o número de 2.855 histórias em maio do ano 2016. Houve diversas reedições, incluindo edições totalmente revisadas em formato de capa dura. Significativamente relacionadas a ela, estão as séries “Atlan” e “Romances Planetários” (“Livros de Bolso”), nas quais os temas da série têm um desenvolvimento mais pormenorizado. Nas décadas que se seguiram ao seu lançamento, surgiram histórias em quadrinhos, numerosos itens de colecionador, várias enciclopédias, áudios, canções etc. A série foi parcialmente traduzida para diversos idiomas. Ela também foi passada para o cinema com o filme Mission Stardust (1967), muito criticado pelos fãs.

Em 1962, um novo membro juntou-se ao grupo de autores: William Voltz. Ele deixaria uma forte marca na série a partir da década de 1970. Voltz era um jovem autor que escrevia para revistas amadoras, os chamados fanzines, e era uma pessoa que K.H. Scheer havia sistematicamente mantido próxima do grupo de escritores.

Imprimir Email

Atlan e Árcon – 50 anos (PR 50-99)

Como uma antecipação do período que se inicia com o livro 50 do ciclo, algumas considerações muito precoces dos criadores no passado são apresentadas:

Com o romance 49, a primeira parte da história humana é encerrada. O trabalho de um ciclo não pode e não deve ser o de embelezar a história que começou com o volume 1 que não teve limites.

Imprimir Email

Os possíveis cenários para enredo de ciclos?

No fórum alemão de Perry Rhodan, ao contrário do Brasil, os fãs de Perry Rhodan são muito ativos e discutem vários aspectos da série. Separei alguns trechos discutidos pelos usuários Hideo e Nanograinger e junto com alguns poucos conhecimentos, trago um artigo especial para os fãs no Brasil. Através das discussões sobre o que é base para um ciclo, além da famosa invasão, veio a tona a questão de quais cenários já existiam. Eis uma lista possivelmente factível, que vez ou outra se repete em um ou outro ciclo:

Imprimir Email

O Tribunal Atópico – 2700 a 2799. A visão de um fã alemão no Fórum de Perry Rhodan na Alemanha

Após um período com várias traduções de artigos/spoiler diretamente do Infortransmitter, o informativo oficial da editora alemã, vamos mudar um pouco o foco dessa coluna!

Nós, aqui no Brasil, ficamos muitos e muitos anos discutindo somente sobre os ciclos 1 a 7 e parte do ciclo 8 e recentemente, sobre a continuação do ciclo 8 e os ciclos 9 a 14 e 21, feitos pelo Projeto Traduções e pela SSPG – A Editora Oficial de Perry Rhodan no Brasil. Então achei interessante trazer a visão dos fãs alemães sobre os ciclos mais atuais.

Para começar, vamos acompanhar o início de um tópico do fórum alemão voltado para comentários e visões gerais sobre o ciclo 38 – O Tribunal Atópico:

Imprimir Email

Erotismo em Perry Rhodan – a virada

Nó último artigo vimos como a atitude em relação a "sexo e erotismo" prevaleceu na série Perry Rhodan desde o começo – e por quê. Agora, vamos olhar com uma atenção maior o seu desenvolvimento.

A partir do volume 700, vemos como os padrões de Scheer são adaptados lentamente para o tempo atual. Então no volume 715 ("Luta pela SOL", de H.G. Ewers) um "delicado" e "com aroma de ervas" cibernética (afinal, uma dr. assim condizente) para uma noite aconchegante em uma expedição planetária com o nosso Perry:

Imprimir Email

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.