PR Neo - 9ª Temporada - Campo de Batalha Terra

Episódios 0085 a 0100 
Data de publicação na Alemanha: 2014 a 2015


A Terra é um protetorado de Árcon. A União Terrana se desdobra para apresentar os novos governantes, enquanto a resistência está crescendo. Em fevereiro do ano de 2038 Perry Rhodan e sucedido, em quebrar o poder dos invasores. Mas na luta ele é ferido e está lutando com a morte. Seu simbionte ênteron, o apoia – e revela a trajetória de outro Rhodan… O segredo de Rhodanos está resolvido. O velho que apareceu em maio de 2037, do nada na terra era uma duplicata de Perry Rhodan. Rhodanos tentou burlar o tempo para. Ele falhou – e o projeto criminoso Peaqash, a chamada Aliança irá seguir seu curso...



c neo85

Fuga da Terra

Satrak, o Zelador do Grande Império está na Terra; em suas mãos estão Perry Rhodan, Thora da Zoltral e Reginald Bull. Agora ele quer colher os frutos de sua caça. Mas Homer G. Adams se intromete nisso e o convida para uma festa de Natal na Torre Stardust. A partir deste ponto, tudo fica fora do controle do Zelador. Jemmico e Chetzkel jogam seu próprio jogo e o Administrador Adams faz um movimento surpreendente.

Adams emprega uma tática de dispersão para que Bai Jun e seus mutantes libertem Rhodan, Thora da Zoltral e Bull. Os mutantes se deparam com algumas supressas deixadas por Satrak.

Perry, Thora e Reg usam o ênteron para se libertar e conseguem a ajuda inesperada de Sannasu que leva consigo a confidente de Satrak.

Entre a Terra e Derogwanien

Perry Rhodan, Reginald Bull, a marionete Sannasu e a ara Leyle realmente conseguiram escapar com da Terra com a INNESAY. Mas seu objetivo, Derogwanien, ainda está bem distante. Eles se metem no confronto de duas civilizações, desconhecidas para eles, dentro do Sistema Solar.

Os errkarems e os orristans, ambos descendentes dos misteriosos Primeiros, acusam uns aos outros de iniquidade e falsidade. Então eles se enfrentam, primeira vez em milênios, por causa do sequestro do Eterno Adormecido dos orristans. Apenas um quentianense pode impedir a extinção dos errkarems. O adormecido aponta o caminho para os issgeran.

O adormecido orristan deu uma tarefa ao povo das estrelas. Eles devem encontrar o Mundo Oculto, pois o Mundo Quente estava em perigo. Juntos, Perry Rhodan e seus companheiros começam uma busca no interior do Sistema Solar.

Leyle, a ara, que se juntou a Rhodan mais ou menos voluntariamente, fez excitantes descobertas no material genético do povo das estrelas e dos terranos. Mais e mais, ela vê que a sua decisão foi acertada.

Jemmico quer descobrir os segredos de Meren’Larsaf. Ele encontra o tarkanchar com a personalidade de Kosol ter Niidar. E encontra indícios em Larsaf que podem ser importantes para o Império.

Perry Rhodan e seus companheiros partem novamente para Derogwanien. De propósito, ou não, o transmissor os envia para Kedhassan. Ali, eles topam com a Aliança, Ernst Ellert e Charron da Gonozal.

Ostai Irwar Acherot Serom comanda uma nave da Aliança em órbita de Kedhassan. Ele registra a chegada de humanoides. Com os quais começam os problemas.

A Jornada de Ras

Ras Tschubai e Frederik Andersson são prisioneiros dos orristans. Uma civilização tão surpreendente quanto estranha no Sistema Solar. Embora eles suspeitem dos dois humanos, e até mesmo sejam hostis, o mutante recebe uma missão na Câmara do Conselho que é de vital importância para a civilização dos Mundos Frios.

O orristan Ovesst, comandante da RIRROD destruiu Phaenn para que os arcônidas não encontrassem nenhum traço de seu lar escondido. Muitos filhos das estrelas pagaram a autodestruição com a própria vida. A recepção na estação central, depois de duzentos anos de ausência, é gelada. Ele traz dois prisioneiros que vão ter um papel inesperado.

Isskava Dara, a Leakkum dos orristans usa um meio incomum para demonstrar sua credibilidade. Faz séculos que ela não ouve a canção do eterno. As supostas instruções são dela. Uma grave quebra de confiança para os filhos das estrelas. Quando ela ouve sobre as habilidades especiais de um prisioneiro, se apega a esta última palha.

Conflitos na Terra e Marte e Nova Terra

A Free Earth quer capturar um perigoso adversário da Humanidade. Sob o comando de Thora da Zoltral eles devem sequestrar o reekha Chetzkel. Apesar da utilização de mutantes, a operação falha. Em parte, porque Mia Weiss se coloca contra os humanos.

Set-Yandar, o fantan que já visitou a Terra com os seus companheiros um ano e meio antes, está de volta. E desta vez, ao que parece, ele quer levar algo. Na verdade, ele quer recolher o Besun de maior valor, a imortalidade.

Orome Tschato entrou para a Polícia Terra para ali ser útil à resistência. Ele inicialmente busca sem sucesso seu intento, até que tem aberto o caminho para a Free Earth.

Mildred Orsons e Julian Tifflor testam com sucesso a infiltração em naves da força de ocupação no espaçoporto de Baikonur.

Chetzkel parte para golpear a pequena frota terrana que fugiu. Ele acha que ela é responsável pela sabotagem da cadeia de hiper-retransmissores. Para isso ele também está disposto a sacrificar algumas pessoas. Mas elas se defendem.

Em Marte, John Marshall e seus companheiros encontram as pistas dos dourados que estavam à procura. Um antigo auxiliar de Pranav Ketar quer lhes mostrar o caminho. Mas, para isso, eles têm que deixar Marte.

Gucky, que sofre forte febre desde que foi envenenado pelo anel do dourado morto, é lançado em sonhos de volta para seu passado.

Aurora, irmã de Simon Freeman, morre misteriosamente. A suspeita recai sobre um arcônida. A agitação, que, em seguida, ocorre em todo o mundo, é aproveitada pelos linhas-duras de ambos os lados.

Os membros da pequena frota terrana, que fugiu diante da invasão arcônida, se estabelecem em Nova Terra. A coexistência pacífica atinge rapidamente os seus limites. Os náufragos precisam de novas perspectivas.

John Marshall, Sid González, Sue Mirafiore e Betty Toufry conduzem a atenção de Set-Yandar para a CULTIVADORA DE MUNDOS. Inesperadamente, ele torna-se um auxiliar importante.

Gucky, ainda marcado por seu envenenamento e as suas lembranças, se recupera novamente. Especialmente no interior da CULTIVADORA DE MUNDOS, ele se depara com uma impossibilidade. Contudo, ele encontra uma nova esperança e arrisca tudo.

Pranav Ketar fica curioso com uma oferta de Set-Yandar. Worat, o líder supremo de seus soldados, presta-lhe um bom serviço durante a visita dos estranhos. Um mensageiro da Aliança também chega inesperadamente.

Satrak influencia a seu favor o julgamento de Asech Kelange, descobre o possível significado de sua presença no Sistema Solar e envia Chetzkel com uma nave capitânia preparada para uma expedição punitiva.

Jemmico consegue despertar o gigante de Meren’Larsaf.

Mildred Orsons, Julian Tifflor e Orome Tschato se infiltram com um antigo comando SEAL na AGEDEN. Um ataque interno de surpresa para causar desordem na caça à frota terrana. Uma mão invisível oferece assistência.

Chetzkel consegue localizar a base da foragida frota terrana. Agora, ele quer dar um exemplo para todos os humanos rebeldes.

A notícia da chegada da AGEDEN à Nova Terra provoca a evacuação da colônia rebelde Esperança.

A VEAST’ARK cumpre sua missão de sabotagem na cadeia de retransmissão de hipercomunicação, quando surge uma pequena frota de abastecimento do Império. Que está a caminho da Terra. A carga poderia consolidar o domínio do Grande Império em Larsaf.

O reekha Chetzkel voltou de sua expedição punitiva contra a frota terrana. Ele quer fazer um julgamento de fachada na Terra para centenas de prisioneiros de guerra, que previsivelmente sufocará a rebelião dos terranos pela força. Novamente ocorre diferente do pensado.

Orome Tschato e os outros prisioneiros de guerra planejam escapar.

O Zelador Satrak faz uma aliança incomum com o Administrador Homer G. Adams.

Thora da Zoltral intervém com Fancan Teik na luta contra o Protetorado.

Satrak está em uma situação que ele mesmo considera impossível. Seu próprio pessoal ameaça sua vida. Os rebeldes da Free Earth e um gigante de quatro braços representam sua única chance.

Chetzkel foi nomeado como Zelador interino. Ele parece ter recebido carta branca para agir contra a Humanidade. O velho, doente e ofendido Crest da Zoltral parece ser aquilo que garantirá sua subida incontida.

Crest da Zoltral aproveita a última oportunidade de salvar a Humanidade. Um ataque com veneno deveria libertá-lo de Chetzkel. Mas isso dá errado. Em vez disso, parecem ter chegado os últimos minutos de Crest.

Vindo de Derogwanien, Perry Rhodan encontra a fortemente atingida frota terrana. Na Terra a decisão está na ordem do dia.

De Derogwanien para a Terra

Perry Rhodan finalmente chega a Derogwanien com seus companheiros. A conversa com Callibso supera suas expectativas. Rhodan e Callibso são forçados a fugir. Um ataque a Derogwanien é iminente.

Pranav Ketar é enviado pela Aliança em uma expedição punitiva. Ele deve colocar Callibso contra as cordas, pois este sempre interfere na Luta. No entanto, uma rebelião explode na CULTIVADORA DE MUNDOS. Ele ordena o emprego do Divisor de Mundos.

Os nervos dos mutantes terrestres John Marshall, Sid González, Betty Toufry e Sue Mirafiore estão à flor da pele. Eles estão presos na CULTIVADORA DE MUNDOS e condenados à inatividade. Quando os lazans se decidem, este é o sinal de ação.

Fim da Batalha

O reekha Chetzkel não conseguiu matar Satrak. Jemmico decide eliminar Chetzkel devido ao seu comportamento cada vez mais agressivo e lança Mia Weiss contra ele.

Chetzkel está morto, a Terra foi salva. O Protetorado arcônida sobre a Terra é história.

Graças a Perry Rhodan, que destravou a arma definitiva para a ação, e seu melhor amigo Reginald Bull, que conseguiu acesso a Vulcano, o Mundo Oculto, e apareceu no último instante com toda uma frota.

Perry Rhodan, no entanto, pagou um alto preço por isso: ele está gravemente ferido e correndo risco de vida. E enquanto ele luta para continuar vivo, o ênteron conta suas memórias: o simbionte conta a história de Rhodanos, o outro Rhodan.

O mistério em torno de Rhodanos é resolvido. O velho, que apareceu do nada na Terra em maio de 2037, era um duplo de Perry Rhodan. Rhodanos tentou superar o tempo. Ele falhou — e o criminoso Projeto Peaqash da denominada Aliança seguirá seu curso… Mas este é um tema para episódios posteriores. No próximo episódio, começa uma nova época de PERRY RHODAN NEO; vai começar “Esquadra Metanita”.

Passaram-se onze anos desde a partida dos arcônidas. A Humanidade se desenvolveu em paz, transformando-se em uma civilização espacial. Mas, de repente, aparece um estranho no sistema solar...

Veja abaixo os detalhes em nossos resumos!

 

PRNeo0085 - As luzes de Terrânia

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo85

Adams recorre a um expediente incomum - ele convida os invasores para uma festa de Natal.

Título Original: Das Licht von Terrania

Autor: Oliver Plaschka

Tradutor: Eduardo José Corrêa de Carvalho

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 19/12/2014

Publicação no Brasil: Outubro de 2017

Época: Final de dezembro do ano de 2037

Local da ação: Terrânia

Personagens principais: Satrak, Perry Rhodan, Thora da Zoltral, Reginald Bull, Homer G. Adams, Jemmico, Chetzkel, Bai Jun, Sannasu.

Resumo

No palácio do Zelador em Terrânia.

Satrak, o Zelador do Protetorado da Terra alcançou seu objetivo. Na Sibéria, ele capturou Perry Rhodan, Thora da Zoltral e Reginald Bull. No entanto, eles parecem não querer cooperar. Ele deixa cada um preso em uma aranash, uma espécie de vegetal psicoativo, onde as lembranças e os sonhos dos indivíduos são roubados e registrados. Mal Satrak entrega os prisioneiros às suas árvores, ele é surpreendido pela visita de Jemmico. Sua assistente artificial Aito tinha dito anteriormente que o reekha Chetzkel e o Coordenador para a Segurança Jemmico conduziam conversações secretas. A visita de um dos adversários do Zelador agora indica, com certeza, que estão na pista do seu segredo. Até estão ele conseguira manter a captura de Rhodan em segredo. Como o tempo é curto, ele chama a ara Leyle. Ela já o conhecera quando do seu estratagema com o idoso Rhodan. Satrak libertou-a da sua dependência financeira da Geshur. Agora ela deve acelerar o interrogatório dos três. Ele também quer que ela examine o quarto achado da Sibéria: um cadáver estranho, como o próprio Satrak em sua ampla experiência nunca viu. Mas só então, quando está muito ocupado, o Zelador recebe uma chamada do Administrador Homer G. Adams. Um convite para o Natal na Torre Stardust. Como, de acordo com Adams, também Chetzkel e Jemmico estarão presentes, ele não pode faltar. Ele também demonstra seu interesse pelos costumes terranos e assim concorda em ir.

Imprimir Email

PRNeo0086 - Filhos das Estrelas

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo86

O mutante Ras Tschubai nas regiões mais afastadas do Sistema Solar - Ele é prisioneiro dos filhos das estrelas.

Título Original: Sternenkinder

Autor: Rüdiger Schäfer

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 02/01/2015

Publicação no Brasil: Novembro de 2017

Época: Dezembro do ano de 2037

Local da ação: RIRROD, Gesverr

Resumo

Ras Tschubai e Frederik Andersson despertam sem peso em uma sala gelada e pouco iluminada. Ras se lembra dos orristans, semelhantes a múmias, que levaram ele, Frederik e o arcônida Lorir, para as profundezas da estação escondida em Disnomia. Anteriormente, os dois terranos tinham penetrado nela como prisioneiros, junto com o reekha Chetzkel e um grupo de reconhecimento. Lá a tripulação inicialmente considerada morta foi atacada pelo cantor escuro. Durante a retirada, os três foram separados do grupo principal e aprisionados pelos orristans. Enquanto o mutante e seu companheiro norueguês1 tentam rapidamente se acostumar às circunstâncias incomuns, o abatido Lorir dificilmente reage. Eles cuidam dele de forma improvisada, até ser repentinamente retirado da cela, sem explicações. Quando eles veem Lorir novamente, ele está morto. Frederik Andersson então mostra os primeiros sinais de histeria. Uma razão para Ras pensar em uma fuga. Ele examina o mecanismo de abertura da cela e descobre semelhanças com a fechadura de impulsos na entrada da estação na lua de Éris. Ele consegue encontrar, variando sua voz, o impulso ausente. A escotilha abre. Seu destino é a área externa da espaçonave em que se encontram. Embora tenham problemas em gravidade zero, seu progresso é estranhamente quase desimpedido. As escotilhas abrem diante deles e nenhum orristan fica no caminho. Mas uma estadia involuntária em uma usina de reciclagem quase lhes custa a vida. Com sorte eles escapam e encontram um hangar com naves auxiliares, que parecem externamente ser rochas. Mas elas se abrem prontamente e liberam os controles de voo. Mas ali termina a fuga. Um esquadrão orristan se aproxima. Os dois terranos apagam. Quando eles acordam novamente têm diante de si Ovesst, o comandante da RIRROD. Além da possibilidade de esclarecer alguns equívocos, os dois prisioneiros descobrem qual é o objetivo da nave. Gesverr é o centro dos filhos das estrelas, como os orristans também se chamam. O surgimento dos arcônidas nos mundos quentes e o ataque à estação de Disnomia causou agitação considerável entre os orristans. Ras e Frederik devem ser levados perante a despertadora e o Conselho. A chegada em Gesverr é bastante desagradável para o comandante e seus prisioneiros. Eles são cercados por orristans raivosos. Somente a intervenção de uma pessoa, aparentemente de alto escalão, acalma a situação. Para Ras Tschubai e Frederik Andersson, começa a espera por sua demonstração.

Imprimir Email

PRNeo0087 - Retorno dos Fantans

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo87

Chetzkel não terá escolha — não importa o quão alto o risco seja.

Título Original: Rückkehr der Fantan

Autor: Michelle Stern

Tradutor: Dirceu Alvir Rudnick

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 16/01/2015

Publicação no Brasil: Novembro de 2017

Época: 27 de Dezembro do ano de 2037 a 1 de Janeiro de 2038

Local da ação: Terra

Resumo

Caça a Chetzkel

Free Earth, a organização de resistência clandestina, coloca o comandante supremo da frota do Protetorado, o reekha Chetzkel, na alça de mira. As execuções após o motim na prisão de trânsito em Terrânia demonstraram que o arcônida é uma ameaça para toda a Humanidade. Informantes da organização descobrem que Chetzkel e sua amante Mia Weiss vão passar o fim de ano em Elephant Cottage, na Tanzânia. Para aumentar as chances, uma simulação muito realista é realizada em um sistema de cavernas na África. Demonstrando que a operação está associada a enormes riscos para a organização e para a vida dos mutantes. Apesar disso, Thora da Zoltral discorda de Allan D. Mercant e Bai Jun sobre quem enviar para comandar a captura. Conquistar uma aliada em Mia Weiss pode aumentar as chances de uma tentativa. Eles querem entregar as gravações do assassinato de seu antigo namorado, Paul Gerver, na esperança de que ela se afaste de seu protetor.

Imprimir Email

PRNeo0088 - Adormecidos Pela Eternidade

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo88

O homem que uniu o mundo escapa para o espaço — e cai em um conflito de dezenas de milhares de anos...

Título Original: Schläfer der Ewigkeit

Autor: Oliver Fröhlich

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 30/01/2015

Publicação no Brasil: Dezembro de 2017

Época: Final de Dezembro do ano de 2037

Local da ação: Sistema Solar

Resumo

O desvio de Rhodan

Perry Rhodan e Reginald Bull, junto com a marionete Sannasu e a ara Leyle, conseguiram fugir das garras arcônidas na nave de fuga de Callibso. Como Rhodan percebe, a capacidade de ocultação da essat é garantida pelos veios avermelhados de halaton que percorrem a nave-rocha de forma particularmente elevada. Logo depois, surge uma oportunidade de testá-la. Um cruzador da frota do Protetorado procura os fugitivos. Innesay, a positrônica da nave INNESAY, desliga todos os sistemas. Após a espaçonave arcônida se afastar sem detectar nada, a positrônica apresenta uma mensagem desagradável. Depois da moirrea, o escurecimento da nave, a INNESAY recebeu uma ordem prioritária. O objetivo final, um ponto de fuga para Derogwanien, precisa ser redefinido. O código prioritário chama a essat para Ettves. Um asteroide com órbita interior à da Terra. A INNESAY é chamada pelos errkarems que vivem em muitas dessas rochas nas vizinhanças do Sol. Eles acreditam que os orristans teriam enviado a nave. Estes, por sua vez, vivem nos Mundos Frios e são inimigos dos errkarems. A última tentativa do ênteron para colocar substituir as ordens de Innesay termina quase em desastre. Rhodan, Bull, Jenny Whitman, aliás Sannasu, e Leyle são capturados pelos errkarems.

Imprimir Email

PRNeo0089 - Adormecidos Pela Eternidade

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

c neo89

Ataque a base de poder do Protetorado - a frota arcônida estacionada no espaçoporto de Baikonur

Título Original: Tschato, der Panther

Autor: Michael H. Buchholz / Rüdiger Schäfer

Tradutor: José Antonio

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 13/02/2015

Publicação no Brasil: Dezembro de 2017

Época: 2 a 7 de Janeiro do ano de 2038

Local da ação: Terra, entre Larsaf III e KE-MATLON

Resumo

Orome Tschato é membro da Polícia da Terra e está há dois meses alocado no espaçoporto de Baikonur. Ele está insatisfeito com sua situação. Seu idealismo o levou a entrar nesta organização, após a ocupação arcônida da Terra, para atuar nela contra os ocupantes. Principalmente depois que seu amigo Paul Gerver perdeu a vida em circunstâncias misteriosas. Repetidas vezes ele tentou, sem sucesso, fazer contato com a Free Earth. Também ali, no quartel-general da frota arcônida do Protetorado, não está bem para ele. Quando tenta deixar livre uma jovem empregada que quis tirar algumas quinquilharias da zona de segurança, ele é pego por seu superior, Damocles Ikario, que lhe dá uma reprimenda. Orome também se enreda com ele, por que o considera um policial corrupto e contrabandista. Tudo corre para que Tschato seja exonerado, na melhor das hipóteses. Um turno traz a virada. Seu instinto lhe diz que há algo errado com uma entrega de alimentos para o cruzador ENDRIR. Durante a inspeção, ele descobre uma pessoa no contêiner, que, apesar de inconsciente, tudo indica ser da resistência, que tenciona entrar na espaçonave. Finalmente, ele tem a oportunidade de fazer alguma coisa. Ele deixa o perplexo motorista passar. Mais tarde, ele procura por ocorrências especiais nos registros de segurança e aprovisionamento e chega ao que pretende a Free Earth. Eles querem chegar ao cruzador pesado através do abastecimento de água. Isso leva Tschato a uma válvula que está fechada. Numa decisão rápida, ele vai para os tanques de água do espaçoporto. Ali ele salva uma jovem no nó de distribuição, que não podia avançar por causa da válvula fechada. Embora, como que por milagre, ela não precise respirar, não há escapatória sem a ajuda de Tschato. Ele abre uma escotilha e conhece Mildred Orsons. Ela revela ser membro da Free Earth e o policial libera seu caminho pelos canais. A próxima surpresa aguarda Orome Tschato quando ele quer deixar o depósito. Ikario está na saída. Ele também não parece ser o que aparenta. Ikario acoberta seu subordinado, apesar dos conflitos entre os dois. Ele informa a Orome que sua pesquisa nos registros deixou vestígios e também a questão com a empregada correu da mesma maneira por causa da vigilância. Aparte isso, ela está livre. Enquanto Tschato matuta sobre os acontecimentos, Lesly K. Pounder surge como um fantasma ao lado dele na área restrita e agradece por ter salvado Mildred. A Free Earth virá até ele quando for a hora.

Imprimir Email

PRNeo0090 - Fuga Para a Perdição

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo90

Os mutantes encontram Lee Va Tii - um antigo servo dos dourados

Título Original:Flucht ins Verderben

Autor: Rainer Schorm

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 27/02/2015

Publicação no Brasil: Janeiro de 2018

Época: 4 a 8 de Janeiro do ano de 2038, 10.000 anos atrás, 2031 a 2035

Local da ação: Marte, MEHIS e CAITAN

Resumo

Desde sua separação de seus companheiros, John Marshall trabalha na construção de túneis no Valles Marineris em Marte. Depois de um grave acidente de seu capataz Bartholomew Cranston, ele pede a ajuda da médica do Campo Moas Central, Helen Crawford. Um colapso do túnel também a separa de Marshall. Ele só consegue retirá-la do alcance do campo desintegrador porque emprega seu dom psi de caminhante paralelo. E faz isso apesar do risco de ser descoberto. Mas, ainda atordoada, ela não nota o processo incomum. Quando o mutante está prestes a lhe explicar, sua consciência é irresistivelmente arrancada de seu corpo. Ele se encontra entre seus colegas Betty Toufry, Sue Mirafiore e Gucky. Sua consciência está no corpo de Sid González, que aparentemente usou em John seu dom de teleporte de consciência. Ele constata que seus amigos estão de volta ao Campo Moas. O que ele vê, o afeta. Gucky está com febre e luta por sua vida com o apoio de Sue Mirafiore, metabioestabilizadora, que tenta manter o ilt vivo. Ela está no fim de suas forças. Agora, apenas a médica do campo pode ajudar. Ela consegue estabilizar Gucky e aguarda explicações. Os mutantes e seus novos amigos do sleipnir, Margret Baldursdóttir, Petr Sansão e o doutor Ambani, falam sobre suas experiências na região de Tharsis. Sobre a marciana Amber Hainu, uma antiga humana que foi infectada por um vírus de Marte e sofreu uma mutação, sobre o dourado morto descoberto por Gucky e seu anel, semelhante ao de Sergh da Teffron. E o consequente envenenamento do rato-castor. Finalmente, sobre o lazan Lee Va Tii, que foi libertado da sua prisão pela atividade geológica em Marte, desencadeada pela arconformação promovida pelos arcônidas, salvou o rato-castor da morte pelo fogo e agora quer mostrar o caminho para a Aliança, que traiu o lazan e as santors. Se tudo isso já é novidade para John Marshall, é muito mais para Helen Crawford, que só soube da existência de mutantes quando o vetusto e alienígena lazan se mostra. Agora que a pista foi encontrado, surge um novo problema. Como John Marshall e os mutantes poderiam deixar Marte e chegar aos dourados. Um pedido para a Free Mars traz apenas decepção. Eles não apenas se recusam a ajudar, mas também ameaçam os planos dos mutantes, que querem roubar uma espaçonave, talvez causando vítimas arcônidas. O reekha Chetzkel apenas espera algo assim, para dar um exemplo aos terranos. O interesse de muitos não pode ser trocado pelos interesses de poucos, assim a Free Mars justifica a recusa. Felizmente, Helen Crawford encontra uma saída. O cargueiro MEHIS deve levar equipamentos para Europa, uma lua de Júpiter. E trazer água de lá, vital para o renascimento de Marte.

Imprimir Email

PRNeo0091 - Guardião do Mundo Oculto

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo91

Eles descobrem o Mundo Secreto

Título Original:Wächter der Verborgenen Welt

Autor: Oliver Plaschka

Tradutor: Dirceu Alvir Rudnick

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 13/03/2015

Publicação no Brasil: Janeiro de 2018

Época: Meados de Janeiro do ano de 2038

Local da ação: Interior do Sistema Solar

Resumo

Parte I

Catorze dias após Perry Rhodan ter ajudado o Asskor Tavirr, o adormecido orristan, usando o ênteron, ele já estava recuperado. Acompanhado de Reginald Bull, Ras Tschubai, Frederik Andersson, o errkarem Kittur e o orristan Ovesst, eles partem na essat INNESAY em busca do Mundo Oculto. O adormecido sequestrado pelos errkarems vindos de Gesverr, o mundo central dos filhos das estrelas, dá aos dois inimigos a tarefa de aceitarem juntos o seu destino de guardiões do Mundo Quente. Um grande perigo ameaça o Mundo Quente. Como povo das estrelas, ou issgeran, juntos, eles devem procurar o Mundo Oculto. Primeiro, os terranos e Ovesst seguem uma dica de Kittur, que havia encontrado uma estação em um asteroide Atira; mas, na tentativa de entrar, quase perdem a vida. Ras Tschubai, o auscultador à distância, por causa de seu dom psi, também abre esta estação, porém o que eles acham é enigmático e cruel. O halaton, que também é abundante em toda parte, parece estar morto. Nos mitos issgeran há indicações de que ele vive e também desenvolve consciência própria. Nas profundezas da estação eles encontram um grande número de errkarems mortos e entre eles há cargas explosivas que são quase fatais para Ovesst. Embora Kittur, diante dos filhos do sol mortos, observe o orristan com desconfiança, mesmo gravemente ferido ele salva a vida de seu arqui-inimigo. A expedição sai da estação dos mortos e toma o caminho de volta.

Imprimir Email

PRNeo0092 - O Legado de Aurora

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo92

Explode o barril de pólvora Terra

Título Original: Auroras Vermächtnis

Autor: Kai Hirdt

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 27/03/2015

Publicação no Brasil: Fevereiro de 2018

Época: 10 a 16 de Janeiro do ano de 2038

Local da ação: Terra, Esperança, Nova Terra

Resumo

Simon Freeman é vendedor em uma loja de tecnologia que vai mal das pernas. Com seu show do arlequim de Washington, além de videologger, ele faz troça com a administração da cidade. Seu colega Jeth tenta persuadi-lo a revelar sua identidade e a tirar proveito dela. Ele rejeita a proposta, especialmente porque sua amada irmã Aurora tinha começado em seu primeiro emprego na administração da cidade. Para que ela tivesse concluído a faculdade, ele tinha feito todos os sacrifícios. À noite, eles jantariam juntos. Quando ele, devido a um dos muitos controles de identidade efetuados pela Polícia da Terra, chega tarde em casa, tem de presenciar impotente a sua agonia. Dois investigadores da Polícia da Terra, o tenente Spence e o sargento di Scoglio encontram, no vídeo de vigilância da casa, o possível autor; mas, quando examinam o pod da sua irmã, mudam de ideia. Eles levam o pod. Na manhã seguinte, Simon acorda totalmente de ressaca devido ao resto de vinho arcônida que ainda tinha na geladeira. Quando abre a conta de e-mail da irmã, ele não pode acreditar no que vê. Aurora, intimamente abraçada com um arcônida. Na delegacia, ele é rejeitado quando chama a atenção de Spence e di Scoglio. A Polícia da Terra não vai mexer com arcônidas. Enfurecido por sua irmã não poder ter justiça, em seu show, ele acusa o arcônida de assassinato, revelando sua própria identidade.

Imprimir Email

PRNeo0093 - CULTIVADORA DE MUNDOS

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo93

O bastião do dourado: a CULTIVADORA DE MUNDOS

Título Original: WELTENSAAT

Autor: Christian Montillon

Tradutor: Paulo Lucas

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 10/04/2015

Publicação no Brasil: Fevereiro de 2018

Época: Meados de Janeiro do ano de 2038

Local da ação: CULTIVADORA DE MUNDOS

Resumo

Os mutantes John Marshall, Betty Toufry, Sue Mirafiore, Sid González e o ilt Gucky estão a caminho do sistema solar Kepler-90, onde, de acordo com o lazan Lee Va Tii, fica a base da CULTIVADORA DE MUNDOS. Anteriormente, eles tinham sido apanhados pelo fantan Set-Yandar, com sua nave NETER-KELP. Uma tentativa malsucedida de fuga com o cargueiro arcônida MEHIS os havia colocado em uma emergência espacial. Por acaso, os fantans captaram sua chamada de emergência e, para o deleite deles, eram quatro dos cinco mutantes que foram Besun. Não obstante, Marshall pôde convencer Set-Yandar que Besun de maior qualidade esperava por ele na CULTIVADORA DE MUNDOS e que ele dispensasse os mutantes. A CULTIVADORA DE MUNDOS é a nave de Pranav Ketar, o dourado, considerado pelos mutantes terrestres como o culpado pela Crise Gênese. O lazan, que escapou de uma armadilha dos pré-marcianos, mudou de lado após a revelação da traição de Pranav Ketar contra as santors e a dourada Cyra Abina. Ele agora é companheiro dos terranos e de Gucky. Só ele sabe o caminho para o dourado e a Aliança, adversários dos humanoides na Luta. Inicialmente, na chegada ao sistema Kepler-90, nenhuma espaçonave é vista. Com um truque, Set-Yandar chama a atenção do dourado para a sua nave fuso. Chega a chamada de Sirol Alnat Inamor Perttai, comandante da gigantesca nave anelar CULTIVADORA DE MUNDOS. Nas discussões que se seguem, o fantan prova ser um negociador astuto. Com informações que alega ter sobre os mutantes terrestres, ele força Pranav Ketar a uma audiência. Contudo, na NETER-KELP, há problemas com Gucky, de modo que a manobra de acoplamento é atrasada. Finalmente, na nave da Aliança, Set-Yandar habilmente excita a curiosidade de Pranav Ketar. Ele quer trocar a informação apenas por um Besun apropriado da nave anelar. O dourado permite que ele e o filho de sua filha deem uma olhada na CULTIVADORA DE MUNDOS. Assim, Set-Yandar também dá tempo para que os mutantes coloquem seu plano imaturo em prática. Eles simplesmente querem entrar na CULTIVADORA DE MUNDOS e sequestrar o representante da Aliança.

Imprimir Email

PRNeo0094 - Asseclas da Aliança

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo94

Apenas Callibso, o marionetista, pode salvar a Humanidade

Título Original: Schergen der Allianz

Autor: Rüdiger Schäfer

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 24/04/2015

Publicação no Brasil: Março de 2018

Época: Meados de Janeiro do ano de 2038

Local da ação: Kedhassan, Terra

Resumo

Encontro em Kedhassan

Perry Rhodan retoma o seu verdadeiro objetivo. Junto com o mutante terrano Ras Tschubai, a ara Leyle e Jenny Whitman, alias Sannasu, a marionete de Callibso, ele novamente parte para Derogwanien. Ali, ele quer encontrar respostas à questão do papel da Humanidade e o seu próprio na Luta das forças universais. Reginald Bull o acompanha ao transmissor, ao qual são levados pela INNESAY. O amigo de Rhodan deve ficar no Sistema Solar. Ele deve manter um olho nos homens das estrelas, cujos ramos orristan e errkarem são inimigos. Apenas a tarefa comum que o Eterno Adormecido, Asskor Tavirr, lhe impingiu garante uma paz frágil. Por outro lado, Reginald Bull deve se dedicar ao recém-descoberto planeta escuro Vulcano. Ali está a porta de entrada para o Mundo Oculto. Segundo os mitos dos homens das estrelas, um lugar onde recursos de poder inimagináveis estão escondidos. No entanto, o acesso a eles é negado aos quentianenses, embora estes tenham sido considerados dignos.

Imprimir Email

PRNeo0095 - No Rio de Chamas

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo95

O reekha ataca a Nova Terra — um aviso para a Humanidade!

Título Original: Im Fluss der Flammen

Autor: Rainer Schorm

Tradutor: Dirceu Alvir Rudnick

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 8/05/2015

Publicação no Brasil: Março de 2018

Época: 19 e 20 de Janeiro do ano de 2038

Local da ação: AGEDEN, Kepler-186, Relé 15, boias de relé de retransmissão

Resumo

Mildred Orsons, Julian Tifflor e Orome Tschato fazem parte de um comando de operação formado por quinze membros, sob o comando de Joseph A. Crocker, que se infiltra na AGEDEN. Como foi comprovado no início de janeiro, eles entram na base Baikonur usando respirócitos, nanopartículas que suprem o sangue com oxigênio, e conseguem penetrar na nave capitânia junto com as provisões de água limpa. É necessária esta missão suicida, porque a frota do Protetorado de Larsaf põe-se em marcha para destruir a pequena frota terrana. Aparentemente, os arcônidas descobriram a base. A única maneira de dificultar a vida do reekha Chetzkel é executar um ataque interno de surpresa. Mas a operação começa muito mal. Após a transição do couraçado, Tschato mostra sinais de intolerância aos respirócitos. Tschato só sobrevive depois de sair do sistema de aquedutos. O próximo objetivo é um depósito de armas, que é aberto pelos especialistas em sistemas do comando de operações. Uma mão invisível parece ajudá-los. Como se fossem rotinas autoexecutáveis, que servem para ocultar e bloquear. Elas permitem que os terranos se equipem com trajes de combate, radiadores múltiplos e explosivos, sem que o acesso ao arsenal seja percebido pela positrônica da nave. Enquanto se preparam para o ataque à central de comando, Ryuter informa que Chetzkel acabou de atacar a Nova Terra. A partir destas informações, concluem que ele usou uma bomba de Árcon. Agora, só o comando de operações tem a chance de conseguir o tempo necessário para a evacuação da Nova Terra e apoiar suas próprias naves de combate, debilitando o couraçado. O ataque surpreende Chetzkel e a tripulação da central de comando. No entanto, o reekha e sua equipe reagem imediatamente à nova situação. No centro de comando da AGEDEN, origina-se uma escaramuça, na qual caem pessoas de ambos os lados. Quando a AGEDEN se envolve na batalha espacial e ativa seus sistemas de armas, a nave estremece com uma explosão. Plasma incandescente irrompe através do casco esférico interno e queima tudo em seu caminho. Antes da chegada do reforço arcônida, os últimos cinco integrantes do comando de operações se retiram. Orome Tschato, que cobre a retirada deles, é atingido e aprisionado. Através dos aquedutos, eles alcançam as áreas livres do casco exterior, de onde escapam usando as cápsulas de salvamento do couraçado, que ainda está em luta com as naves inimigas.

Imprimir Email

PRNeo0096 - Batalha em Derogwanien

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo96

A Humanidade precisa de ajuda — e Rhodan espera desesperadamente poder encontrá-la em Derogwanien

Título Original: Kampf um Derogwanien

Autor: Michelle Stern

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 22/05/2015

Publicação no Brasil: Abril de 2018

Época: Meados de Janeiro do ano de 2038

Local da ação: Derogwanien, CULTIVADORA DE MUNDOS

Resumo

Perry Rhodan, Ras Tschubai, a marionete Sannasu e Charron da Gonozal escapam dos soldados de Pranav Ketar por uma fonte do tempo nos subterrâneos de Kedhassan. Ernst Ellert, que surgiu repentinamente no meio planeta, também chamado Vagabundo, mostra-lhes o caminho. Infelizmente, eles têm de deixar para trás a ara Leyle e o ênteron, o simbionte de Rhodan. Rhodan experimenta duas visões na fonte do tempo, que o atingem duramente. Na primeira, ele reencontra os arcônidas na Lua. Mas o desfecho é diferente. Crest da Zoltral não abre a nave de pesquisa AETRON. Na segunda visão, ele enfrenta um dourado. Quando Rhodan e seus companheiros saem do poço, estão em Derogwanien. Eles são recebidos pelo misterioso Callibso e suas marionetes. Sannasu, que é a primeira a reconhecer seu pai e humildemente se desculpa por seu fracasso, é recebida com amor e o perdão. Agradecida por voltar para casa, Sannasu deixa um dispositivo de dados que conta a Rhodan a fábula que seu Pai sempre contava. Este se volta para Perry Rhodan, que ele já esperava, e pede-lhe que conversem em particular. Rhodan, que tem todas as razões para odiar Callibso, decide ouvi-lo. Enquanto isso, Issaro cuida de seus companheiros. Durante a conversa, Rhodan ouve coisas horríveis. Ainda antes de o terrano poder processar o ouvido, o ferreiro do tempo, como Callibso se chama, encerra a conversa. Derogwanien será atacado pela CULTIVADORA DE MUNDOS. Um campo defensivo surge e as criaturas de Callibso, as marionetes, se juntam a fim de ser evacuadas pela fonte do tempo. O anão e Rhodan avançam e descobrem que os atacantes conseguiram bloquear a fonte do tempo. Na fonte aparente bloqueada, Perry Rhodan resgata o marionetista de Derogwanien. Mesmo que isso não tenha sido real, ele não pode esquecer. De volta ao Derogwanien real, uma nova rota de fuga deve ser encontrada. Ernst Ellert oferece uma saída. Antes de partir de Derogwanien e deixar para trás Thora da Zoltral, Gucky, Orlgans e os pilotos Che’Den e En’Imh, ele também escondeu uma nave auxiliar da STARWIND. Naquela época, Ellert teve que atender o chamado dos proprietários da STARWIND, sem discutir. Mas a nave está fora do campo defensivo e não possui capacidade superluminal. Callibso então prepara uma cópia vazia de si mesmo, que anima com o fragmento da alma usado por Sannasu, que servirá como tática de dispersão. Ele mesmo, seu assistente Issaro, Perry Rhodan, Ras Tschubai, Charron da Gonozal e Ernst Ellert alcançam a nave auxiliar, enquanto milhares de marionetes, lideradas por Sannasu, atravessam lacunas estruturais no campo defensivo, enfrentando os soldados da CULTIVADORA DE MUNDOS que esperam do lado de fora. Em ambos os ocorre um morticínio. Os fragmentos de alma das marionetes caídas retornam para Callibso, que mergulha em uma grande tristeza. Quando o pai das marionetes olha de novo para a cena, ele vê uma mão invisível ajudando seus filhos. Ellert, no entanto, o incita a se apressar. Ele não pode se manter material por muito mais tempo. A nave auxiliar deve partir. E então Callibso deixa seu mundo, tendo de ver o Divisor de Mundos partir Derogwanien ao meio. No mesmo momento, a centelha anímica de Sannasu volta para ele. Um cruzador da CULTIVADORA DE MUNDOS recolhe a nave auxiliar da STARWIND. Rhodan sente que o ênteron está a bordo. Também Leyle e o xisrape Denurion se reúnem a eles. Callibso quer usar outra fonte do tempo para partir em busca do ser espiritual AQUILO, que ele pensa reter Jymenah. Como presente de despedida, ele entrega para Rhodan um tarkanchar que retirou de Zarakh’khazil, o antigo refúgio de Vênus. Supostamente, o controle autônomo da arma definitiva. Para Rhodan, que quer voltar para a Terra, a fim de salvá-la da destruição pelos arcônidas, ou talvez até mesmo protegê-la de um ataque de Pranav Ketar, esse presente cai do céu.

Imprimir Email

PRNeo0097 - A Ira do Reekha

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo97

Um julgamento de fachada — a Humanidade numa revolta aberta

Título Original: Zorn des Reekha

Autor: Michael H. Buchholz

Tradutor: José Antonio

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 5/06/2015

Publicação no Brasil: Abril de 2018

Época: 21 a 22 de Janeiro do ano de 2038

Local da ação: Terra

Resumo

Chetzkel, reekha da 312ª Patrulha Avançada de Fronteira do Grande Império e supremo comandante da frota do Protetorado Larsaf, retornou com sucesso de sua expedição punitiva contra a pequena frota terrana. A AGEDEN está fortemente danificada devido a dois ataques sofridos de dentro e a maioria das unidades dos rebeldes escaparam. No entanto, as unidades de Chetzkel destruíram duas importantes naves de combate dos terranos e seus aliados, o cruzador de combate ITAK’TYLAM e o cruzador KATMAR. Ele também fez vários prisioneiros de guerra. Os naats, ferrônios e humanos foram capturados antes que a bomba de Árcon de Chetzkel pulverizasse a colônia Nova Terra. Os prisioneiros são colocados no cargueiro VEARAN, onde agora vão para enfrentar uma corte marcial. Com alegria sarcástica, o reekha torna claro ao Zelador Satrak que os prisioneiros de guerra estão sujeitos à jurisdição da frota. O veredito contra combatentes inimigos só podia ser a morte. O arcônida ofídico determina que sua amante terrana Mia Weiss encontre um lugar adequado para a execução em massa. Ela faz a tarefa, embora tenha um mau pressentimento. Ela acredita que a fúria de seu benfeitor contra planetas inteiros e sua vida inocente, produzida em longos anos de evolução, vai provocar uma reação do Universo. Mia escolhe a Arena Ruhr em Dortmund para o espetáculo público. Antes, no entanto, a base da frota de Baikonur é isolada hermeticamente com a operação Chuva de Aço. Ali, o comando dos humanos se infiltrou na AGEDEN, o que foi quase mortal para o orgulho da frota do Protetorado. Agora, por fim, a Humanidade pode ser colocada em seu lugar. O julgamento contra Asech Kelange finalmente rompeu os limites. As revoltas e distúrbios esperados são bem-vindos para Chetzkel. Pois essa seria a ocasião para demonstrar com toda a dureza que a resistência ao Império é inútil. Mundos visados por Árcon são assimilados. O supremo comandante militar prepara meticulosamente o julgamento, precisamente porque os vereditos já estão certos. Ele não quer que mais tarde nada, por causa de erros de formalidades, recaia sobre suas costas de pele de cobra. Campos defensivos e campos de força devem separar os prisioneiros, os juízes do tribunal e o local de execução dos espectadores. Robôs de combate patrulham a borda do campo. Na véspera do julgamento, os prisioneiros de guerra são levados da VEARAN para o estádio. Uma tentativa desesperada de escapar falha. Jakkat, o engenheiro-chefe da AGEDEN, também analisou o ataque à positrônica durante as operações de combate contra a frota terrana. Ele conclui que apenas uma IA altamente desenvolvida é capaz de fazer isso. Aito, a IA do Zelador.

Imprimir Email

PRNeo0098 - O Sacrifício de Crest

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo98

Para acabar com a espiral de violência — um sacrifício

Título Original: Crests Opfergang

Autor: Rüdiger Schäfer

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 19/06/2015

Publicação no Brasil: Maio de 2018

Época: 22 e 23 de Janeiro do ano de 2038

Local da ação: Terra

Resumo

Ainda Zelador do Grande Império para o Protetorado Larsaf III, Satrak está em fuga. A arcônida Thora da Zoltral e o halutense Fancan Teik o salvaram de uma tentativa de assassinato por parte de seu chefe militar, o reekha Chetzkel. Agora, o gigante de quatro braços Teik cava um caminho através dos túneis do metrô de Dortmund. Em um estacionamento subterrâneo, um local de encontro secreto da organização rebelde Free Earth, os três encontram dois homens maltratados. Quando o Zelador descobre que são os mutantes Wuriu Sengu e Olf Stagge, ele não pode acreditar. Mas sua visão de mundo é alterada quando ele descobre que Sengu, como retardador, pode diminuir a passagem do tempo ao seu redor, e que Stagge, como teleportador, pode se deslocar sem perda de tempo pelo espaço. Ele conhece os rumores sobre os paradotados, mas até então não acreditava em sua existência. Satrak está dolorosamente consciente de que seu destino está relacionado com o grupo rebelde. Ele faz uma oferta. Eles podem levar o gravemente ferido Sengu para um de seus pontos de apoio secretos. Que ele tinha mandado a IA Aito preparar tendo em vista as possíveis dificuldades que Chetzkel poderia preparar para ele e os humanos. Um depósito está localizado no meio da área de segurança que a frota criou ao redor da Arena Ruhr. Chegar à superfície é impossível; por isso é novamente Fancan Teik quem novamente salva a situação com sua enorme força. Ele escava um túnel até o depósito e rapidamente come parte dos rejeitos, transformados em energia em seu estômago conversor. Neste meio tempo, o membro da resistência Orome Tschato, o eruchino Asir Keithea e o mutante Josué Moncadas juntaram-se ao grupo. No bem equipado depósito, Wuriu Sengu é tratado por uma unidade médica. Thora e os outros se informam sobre a situação nos holos de notícias. Eles presenciam um discurso do Zelador interino Chetzkel, no qual ele anuncia retaliações devido ao sequestro de Satrak e à morte de arcônidas. Mas Thora sofre um golpe ao ver uma nave esférica viajando pelo Atlântico em direção a Dortmund. Ela reconhece imediatamente a IQUESKEL. A nave repetidamente envia uma mensagem pública para Chetzkel. Ela percebe imediatamente que se trata de uma oferta de seu pai adotivo Crest da Zoltral. Com sua oferta ao reekha, ele quer dar uma chance para os humanos e, talvez, até resgatar sua filha adotiva, mesmo que isso lhe custe a vida. Ela retém as lágrimas com dificuldade, antes de determinar a nova direção da marcha. Satrak fica surpreso com a obediência incondicional dos humanos, normalmente tão rebeldes, à arcônida. De repente, a configuração básica da sua positrônica Aito se manifesta em sua retina. Ela criou uma cópia descentralizada de si e está disponível para o Zelador sempre que necessário. Ela imediatamente envia más notícias. O halutense emite um sinal 5-D que o pessoal de Chetzkel poderia seguir. Quando conta isso, Satrak levanta a suspeita de que deseja quebrar o grupo. Mas Fancan o livra desta suspeita. O sinal de localização é enviado para Asskor Tavirr, que sempre quis saber onde se encontrava o Guardião do Mundo Oculto. Ele se separa de Thora, Satrak e os outros e abre caminho para a superfície. Isso causa uma caçada selvagem ao halutense e aos rebeldes, que querem alcançar a IQUESKEL. Para vencer a força primitiva de Teik, o próprio Chetzkel não impede o uso de armas pesadas. De repente Thora retira seu pai adotivo do meio do campo de batalha e consegue salvar Crest, que está perto da morte, protegendo-o com seu próprio campo defensivo. Bem a tempo, porque os canhões térmicos de uma corveta abrem lacunas nas fileiras de arcônidas e humanos. A IQUESKEL aparece e leva Thora e Crest com raios tratores para bordo, enquanto o halutense chama atenção para si mesmo. Pouco tempo depois, eles estão fugindo.

Imprimir Email

PRNeo0099 - Duelo Pela Terra

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo99

Chetzkel só espera para atacar a Humanidade  - mas, não levou em consideração Perry Rhodan.

Título Original: Showdown für Terra

Autor: Oliver Plaschka

Tradutor: Dirceu Alvir Rudnick

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 3/07/2015

Publicação no Brasil: Maio de 2018

Época: Janeiro do ano de 2038

Local da ação: AGEDEN, VEAST'ARK, Terrânia Orbital, Terrânia

Resumo

O reekha e Zelador interino Chetzkel está irritado por não ter conseguido matar Satrak. Ele ainda não se atreve a segurar a arma Justiça do Imperador, entregue a ele por Crest da Zoltral.

Imprimir Email

PRNeo0100 - O Outro Rhodan

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

c neo100

Perry Rhodan enfrenta a morte — o ênteron abre a história de outro Rhodan

Título Original: Der andere Rhodan

Autor: Frank Borsch

Tradutor: Marcel Vilela de Lima

Artista da capa alemã: Dirk Schulz / Horst Gotta

Publicação na Alemanha: 17/07/2015

Publicação no Brasil: Maio de 2018

Época: 23 de Fevereiro a 3 de Março do ano de 2038, Em algum momento no futuro

Local da ação: Terrânia, Torran-Gar

Resumo

O reekha e Zelador interino Chetzkel está irritado por não ter conseguido matar Satrak. Ele ainda não se atreve a segurar a arma Justiça do Imperador, entregue a ele por Crest da Zoltral.

Imprimir Email

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.