Atlan 15 - No Castelo do Tirano

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Atlan15capa(132)

“De caçadores a caça – O Príncipe de Cristal Atlan anda pela Estrada das Mil Crateras”

Título Original: Die Burg des Tyrannen

Autor: Hans Kneifel

Tradutor: Augustus César

Revisor: Marcos Roberto

Artista da capa alemã: Johnny Bruck

Publicação na Alemanha: 15/04/1974

Publicação no Brasil: Maio/2013

Época: Ansoor 18 a Ansoor 20 de 10.497 da Ark (8023 aC)

Local da ação: Jacinther IV

Personagens principais: Atlan, Fartuloon, Banff, Vergord, Djulf Sorpschan, Kaddoko, Fertomash Agmon.

Visão Geral

Resumo

Fartuloon e Atlan chegaram ao continente Sebentool no mundo do livre comércio Jacinther IV. Eles tentam ver através das relações, e se colocam como os comerciantes que negociam informações. Os dois companheiros entram em contato com Vergord, o que os une com o grande comerciante Banff. Fartuloon já inicia a conversa falando que Banff pertence a Nocto-NOS, uma organização criminosa, e suspeita que o Governador Djulf Sorpschan é o chefe da organização. Para coroar o descaramento Fartuloon e Atlan dizem ser agentes do economista Freemush, o qual é esperado em Jacinther IV para verificar as condições de saúde do oficial do império de Fertomash Agmon.

Depois de uma videoconferência curta, Banff, Fartuloon, Claudevarn. Atlan e MocDoff são apanhados por um planador da Nocto-NOS. O voo termina antes da muralha anelar da cratera, onde o governador Sorpschan reside. Depois de uma inspeção sumária, os dois camaradas passam pelo portão de entrada e entram no labirinto posterior. Mas eles percorrem o caminho que segue através dos grupos de plantas. Eles são atacados por insetos, pássaros e serpentes gigantes. Só pela ação de seus radiadores, que foram autorizados a manter, eles podem sobreviver aos perigos da selva. Por fim, eles atingem a sede do governador no centro da selva.

Eles são esperados por Sorpschan e seus ilustres convidados. Depois de uma limpeza completa, eles são convidados para o banquete. O festival é perturbado pela chegada de um dos espiões de Sorpschan, Broschaan. O espião revela a fraude dos dois amigos.

Fartuloon pula e segura o governador colocando a Skarg na frente do seu pescoço. Com Sorpschan refém, recuam para dentro da casa. Com um planejamento tentam escapar através de um canal de água da cratera. Em ritmo alucinante eles atravessam a selva novamente. Depois de terem superado fechaduras secretas, no final do canal, com a ajuda do governador, eles passam a muralha anelar em um túnel estreito. Eles fazem a última parte do caminho a pé. Eles podem chegar ao subterrâneo ao lado da estrada pela qual eles chegaram de planador vindo de Sebentool. O governador Sorpschan é deixado para trás. O destino de Fartuloon é o castelo de Fertomash Agmon, o único lugar em Jacinther IV onde não seriam procurados.

Quando chegam ao escudo de alta energia que rodeia o castelo de Agmon, Fartuloon tira sua Skarg e desenha um triângulo na tela. Nesta região, o campo de energia se dissolve, e os dois homens entram através do campo defensivo energético.

Os dois homens entrar numa paisagem desoladora de ruínas. Vastas ruínas, torres, colunas e arcos são mantidos por robôs, limpos e asseguradas em boas condições. De repente, Fartuloon e Atlan são cercados por homens armados. Eles são levados para o subterrâneo do castelo. Lá eles encontram o governador Kaddoko. Este declarou ter matado Fertomash Agmon em legítima defesa e tomado o seu lugar. Mas agora ele está com medo da chegada iminente do economista Freemush. Atlan e Fartuloon prometem garantir que ele será nomeado como sucessor de Agmon. Para esse efeito devem, no entanto, necessariamente retornar à KevKev e fingir para a população que Agmon morreu de morte natural. O corpo de Agmon é retirado de uma câmara de resfriamento. Segundo o plano de Fartuloon o corpo de Agmon é colocado em uma escadaria. O material que incrimina a todos os governadores, exceto Kaddoko, é distribuído. Todos os preparativos estão concluídos. Kaddoko ainda tem que se retirar com os seus homens para fora de KevKev.

À noite, as tropas do governador Sorpschan invadem o castelo. É travada uma luta em que todos os soldados são mortos. Na manhã seguinte, a retirada de KevKev começa. Durante esta viagem, a chegada de Freemush é relatada. A sua nave entrou em órbita em torno de Jacinther IV. 600 naves arcônidas da frota robotizada o acompanham.

Para Fartuloon e Atlan, Freemush chegou muito cedo. Um novo plano para o seu rapto deve ser desenvolvido dentro de um tempo muito curto.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções! Clique aqui para criar uma Conta.

Imprimir