• Home

Perry Rhodan - O reator instantâneo

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

perryfig2Para Perry Rhodan na Série Perry Rhodan Neo clique aqui.

Perry Rhodan (nascido em 08 de junho de 1936, em Manchester, Connecticut) é um terrano. Primeiro homem a pisar na Lua. Com a ajuda dos arcônidas e sua superior tecnologia, ele une a Humanidade e a leva para as estrelas.

No século XVI NCG, ele é o Representante Especial do Galacticum para a Rede Polyport. Antes, durante muito tempo, ele foi o Administrador-Geral do Império Solar e, depois, o Residente Terrano.

Aparência

Ele é alto, magro e esbelto. Os olhos são cinza-azulados e o cabelo, castanho-claro. Desde o dia em que sua irmã Deborah morreu, ocasião em que ele foi ferido, possui uma pequena cicatriz na narina direita, que muitas vezes fica descolorida, quase branca, quando se entusiasma, e que ele às vezes esfrega distraído.

Sósias

As seguintes pessoas foram duplos ou imitadores de Perry Rhodan:

  • Thomas Cardif, filho de Rhodan e imitador consumado;
  • Tynor Ferkun: sósia a bordo da MARCO POLO;
  • Perry Rhodan II: imagem espelhada no Universo Paralelo;
  • Andro-Rhodan: o cérebro androide que ocupou o corpo de Rhodan durante a Odisseia Cerebral;
  • Rhodan-Ro: um robô que fez o papel do Administrador-Geral após a morte de Andro-Rhodan;
  • Heiko Anrath: sósia contratado pelo Império Solar;
  • Uma das Máscaras do robô Vario 500 (PR 1498);
  • Rhotan Barry: um criminoso anti (PR-TB 200);
  • Viccor Bughassidow: sósia para enganar Leza Vlyoth.

Pseudônimos

Ao longo do tempo, Rhodan ocasionalmente usa máscaras e pseudônimos para poder agir de forma incógnita:

  • Príncipe Panotrel: comandante de uma das naves de sua Majestade Imperial Anson Argyris (PR 407);
  • Jack Ombrilla: Segundo Companheiro da RIGOR MORTIS (PR 411).

bruck9Caracterização

As características de Perry Rhodan mudaram muito ao longo do tempo. Ele evoluiu de líder natural bastante duro, no período expansionista do Império Solar, para o epíteto humano do pensamento cósmico. Ele também perdeu a confiança e a serenidade, típicas da Terceira Potência e do período expansionista do Império Solar, pois se tornou mais velho e mais experiente. Ele agora pesa mais frequentemente suas decisões, porque elas têm mais consequências do que as anteriores (PR 2489).

Dentre outras coisas, Perry Rhodan possui enorme habilidade lógica, amplo sentido para as relações cósmicas e alta capacidade de rapidamente se adaptar a novas situações – portanto, como é conhecido, um ‘reator instantâneo’. Ele também é um fraco telepata. Por outro lado, ele possui um senso de humor bastante seco.

‘Seus’ terranos são, desde o início, a coisa mais importante para Rhodan. Para servir aos terranos e se esforçar para evitar os danos causados por eles, Rhodan deixa tudo de lado. Por isso, as dúvidas e temores antes de agir não são de todo estranhos. Ao contrário de outros governantes galácticos, ele se questiona repetidamente e está aberto a críticas.

O Clonelefante1 Norman descreve Rhodan como quase sempre reservado e um mestre duro.

Amizades

Embora Rhodan quase sempre tome sozinho suas decisões mais importantes, ele possui amplas habilidades sociais, o que é atestado pelo fato de ele ter confidentes e amigos. Como portador de ativador celular e, portanto, praticamente imortal, ele já perdeu muitos amigos. Os mais chegados de seus amigos são:

  • Reginald Bull: seu amigo mais antigo, apelidado de Bully por Rhodan e, por vezes, chamado de ‘gorducho’;
  • Plofre: o rato-castor Gucky, apelidado por Rhodan de ‘pequenino’;
  • Atlan, o arcônida;
  • Icho Tolot: halutense chamado por Rhodan de Tolotos;
  • E muitos outros mais...

Línguas aprendidas

Graças ao hipnotreinamento, ele domina vários idiomas: inglês2 como língua nativa (PR 1 ), bielorrusso (PR 23 ), intercosmo (18 PR ), satron ou arcônida (PR 8 ), japonês (PR 107 ), tefroda (PR 267 ), interandro (PR 271 ), kraahmak (PR 288 ), lare (tanto do Concílio como o novo lare), idioma do centro (M87), alguma coisa de haure (PR 1377), galornida (apenas algumas palavras), jamisch, schohaake, língua dos Poderosos e TraiCom.

Outros talentos

Rhodan é considerado um bom arqueiro (PR 96 ). Atlan lhe ensinou Dagor, a técnica de luta arcônida (PR 437).

Política

Por várias vezes ao longo de sua carreira política, Perry Rhodan teve de fazer campanha política em toda a Galáxia. Apesar de ter de agir como um simples cidadão, ele normalmente usa em suas visitas as naves espaciais da Frota Solar, até mesmo a própria nave-capitânia (PR-TB 325).

HISTÓRIA

Linhagem

As companheiras (mesmo as eventuais) e os filhos de Rhodan são os seguintes:

  • Thora da Zoltral: Tomas Cardif;
  • Mory Rhodan-Abro: Roi Danton (Michael Reginald Rhodan) e Suzan-Betty Rhodan;
  • Orana Sestore;
  • Gesil: Eirene;
  • Mondra Diamond: Delorian Rhodan;
  • Ascari da Vivo: Kantiran Rhodan;
  • Caadil Kulée amy Kertéebel: Yamid amya Caadil (mãe de Farye Sepheroa, neta de Rhodan, personagem importante no ciclo Tribunal Atópico).

Juventude

Perry Rhodan nasce em Manchester, Connecticut, em 8 de junho de 1936. ‘Perry’ é a abreviação de Peregrinus - ‘peregrino’ ou ‘andarilho’ (PR 2433).

Seu pai Jacob Edgar 'Jake' Rhodan era filho de alemães da Baviera que imigraram para os EUA após o fim da Primeira Guerra Mundial (PR 610 ). Sua mãe Maria Tibo Rhodan (Tibo deriva de Thibeaus, nome originário da Lorena) e sua irmã mais nova Deborah morreram em um acidente de carro na primavera de 1941. A mãe consegue empurrá-lo para fora do carro, mas ele se chocou contra um poste, fazendo surgir a cicatriz no nariz (PR 1178).

Outros parentes são seu tio Karl, fazendeiro e criador de gado, e Kenneth Malone, coronel da Força Aérea dos EUA.

Os pais de Perry Rhodan provavelmente eram católicos. Mesmo no século 16 NCG, Perry Rhodan ainda se lembra das missas de domingo (PR 2736).

Em 9 de maio de 1945, quando visita seu tio Karl, Perry Rhodan encontra AQUILO pela primeira vez. Apesar de ser informado dos eventos cósmicos que se seguiriam, sua memória é apagada. Contudo, AQUILO desperta nele um desejo insaciável pelas estrelas (PR 1000).

Em 1948, injustamente acusado de roubo na escola, Rhodan é mandado para a casa de seu tio Kenneth Malone na Flórida. Após um mal sucedido sequestro perpetrado por agentes soviéticos, seu tio obriga Perry a prometer que entrará para a Academia da Força Aérea (PR 1177 e 1178).

Perry Rhodan se encontra em Paris durante os tumultos de maio de 1968. Ele e uma amiga se refugiam em um café para fugir dos confrontos entre estudantes e policiais. Atlan da Gonozal e uma amiga também estavam no café, protegidos por um escudo energético. Rhodan e a amiga fogem pois o local é atacado com gás lacrimogêneo (Volume Azul 13 e PR-TB337 – penúltimo volume dos ATAs[Aventuras Temporais de Atlan]).

Depois de concluir sua formação e estudar física nuclear, ele ingressa na recém-formada Força Espacial dos Estados Unidos.

perry1Carreira na Força Espacial dos EUA

O piloto de testes e major da Força Espacial dos Estados Unidos se torna bacharel em astronáutica e em física nuclear pela ‘Califórnia Academy of Space Flight', com mestrado em motores atômicos a jato.

Após terminar a Academia, ele se torna o primeiro piloto da Força Espacial a orbitar a Lua de polo a polo, mapeando o terreno onde será feito o primeiro pouso lunar.

Em 15 de junho 1971 ele é entrevistado por Atlan, que se tornou líder do projeto de propulsores nucleares. Ele transmite a melhor das impressões para o arcônida (PR 50).

Perry Rhodan decola em 19 de junho de 1971 com a STARDUST, junto com Reginald Bull, Eric Manoli e Clark G. Flipper. Ele é o primeiro homem da (segunda) Humanidade a pousar na Lua. A nave é quase destruída no pouso. Rhodan e Bull tentam contato com a Terra no polo sul da Lua, mas a tentativa é impedida por um campo verde brilhante. No dia seguinte, eles encontram a AETRON, uma espaçonave extraterrestre encalhada. Ao entrar a bordo, eles encontram os arcônidas Crest e Thora da Zoltral. Enquanto Thora rejeita friamente os dois homens, Crest fica impressionado com o raciocínio de Rhodan e sua aparência e classifica a Humanidade como uma civilização superior. Rhodan percebe que Crest está doente e sugere levá-lo para a Terra em busca de cura. Graças à tecnologia arcônida, eles regressam à Terra, mas Rhodan escolhe um território da Federação Asiática para pousar. Depois de descer da STARDUST, ele se livra da insígnia de seu posto.


Terceira Potência

Eles são declarados inimigos públicos e são caçados por todos os Estados, mas, com a ajuda da tecnologia arcônida, Rhodan consegue unir a Humanidade e, finalmente, se aventurar no espaço. Ele funda a Terceira Potência como um contrapeso aos dois blocos existentes – o Bloco Ocidental e a Federação Asiática, e cria a General Cosmic Company..

Os deformadores individuais tentam conquistar a Terra, mas são repelidos pelos mutantes. Surge o inicialmente secreto Exército de Mutantes, contando com 19 membros dotados de capacidades psi, que são recrutados por Rhodan. Depois de um curto hipnotreinamento arcônida e os primeiros ensinamentos no uso de seus dons, eles concordam em trabalhar para a Terceira Potência e apoiar Rhodan.

Com a GOOD HOPE, uma nave auxiliar de 60 metros da espaçonave arcônida encalhada, Perry Rhodan se aventura no sistema Vega, onde conquista uma nave de combate arcônida de grande porte, que fora tomada pelos lagartos tópsidas, rebatizando-a de STARDUST II.

Em busca do planeta da vida eterna, Rhodan desvenda o Enigma Galáctico. Durante a aventura, ele chega ao planeta Vagabundo, onde vivem os ilts; um deles penetra na STARDUST II. Trata-se de Plofre, ou Gucky, que se torna um dos amigos mais leais de Rhodan.

Depois de resolver o Enigma Galáctico, Rhodan finalmente chega a Peregrino, onde recebe a ducha celular, parando de envelhecer com a idade de 39 anos.

Em 1982 é fundado o governo mundial terrano. Perry Rhodan é eleito Administrador da Terra.

Império Solar

Em 1990 surge o Império Solar e Rhodan se torna o Primeiro Administrador, posto que ocupa até sua extinção.

Em 2020 ele se casa com Thora da Zoltral e nasce seu filho Thomas Cardif.

Em 2040 Rhodan encontra o arcônida Atlan da Gonozal. O confronto inicial dos dois termina com uma vitória marginal de Rhodan no planetoide Hellgate. Após ser derrotado no segundo confronto surge uma profunda amizade entre os dois.

Em 2042, Perry Rhodan recebe uma segunda ducha celular em Peregrino.

Em rápida sucessão, morrem sua mulher Thora (2043) e seu mentor Crest (2045).

O filho de Rhodan, Thomas Cardif, é erroneamente criado separado dos pais, para, entre outros motivos, evitar o risco de sequestro. Ao descobrir sua origem, ele faz um pacto com os saltadores e tenta, sem sucesso, derrubar Atlan do cargo de imperador arcônida. Cardif é preso e recebe uma memória falsa, passando a viver em Zalit. Descoberto pelos antis, ele é manipulado e se volta de novo contra Rhodan.

Em 2103 Cardif rapta seu pai e assume sua identidade, pois possui incrível semelhança com o mesmo. Em Peregrino, Cardif é induzido a receber um ativador celular calibrado para Perry Rhodan. Mais tarde, é desmascarado por Atlan. Cardif foge para Trakarat, onde seu pai estava preso.

Após a morte trágica de seu filho Thomas, Perry Rhodan recebe o ativador celular calibrado com suas vibrações individuais.

Em 2102 começa uma nova era para a navegação espacial terrana. A nave FANTASY, a primeira dotada de propulsor linear, chega inadvertidamente ao sistema Ácon. A nave é destruída e cai num planeta de plasma. Rhodan e os outros 81 sobreviventes são salvos por uma nave comercial. Logo a seguir, começam ações terroristas dos aconenses.

Em 2106, Atlan é deposto pelo fantoche aconense Minterol I. Rhodan e Atlan destroem o Robô Regente em Árcon III para restaurar a ordem.

Em 2112 surgem os pos-bis, que avançam contra todas as formas de vida da Via Láctea. Para eliminar o perigo, Perry Rhodan constrói uma Aliança Galáctica composta por arcônidas, aconenses e terranos.

Em abril de 2114, Perry Rhodan se torna aliado do Plasma Central do Mundo dos Cem Sóis e, assim, ganha um aliado valioso para os terranos, que ainda estão ao seu lado milhares de anos depois.

Em 31 de dezembro de 2114, Atlan abdica como Imperador do Grande Império, abrindo caminho para a fusão do Império Arcônida com o Império Solar, formando o assim chamado Império Unido. Surge a USO.

Império Unido

Em 1 de janeiro de 2115, Perry Rhodan é escolhido como Administrador-Geral. O Império Unido propicia um período de paz de 200 anos.

Em 2326 AQUILO espalha pela galáxia, como substituto para a ducha celular, 25 ativadores celulares. A destruição de um ativador celular causa, devido aos impulsos gerados, a ativação dos gafanhotos córneos e o despertar do Suprahet.

Devido ao conflito militar, entre 2327 e 2328, com o até então desconhecido reino blue do lado leste da galáxia, o Império Unido fica muito enfraquecido.

Quando os arcônidas declaram sua independência, Rhodan dissolve oficialmente o Império Unido em 27 de março de 2329. Rhodan é eleito Administrador-Geral do Império Solar.

Em 28 de setembro de 2329 Rhodan se casa em Plofos com Mory Abro.

perryfig1Segundo Império Solar

Em 2400, a CREST II é arremessada para o transmissor solar Gêmeos perto de Andrômeda. Rhodan descobre que os Senhores das Galáxias (SdG) se escondem por trás de uma ampla linha de armadilhas, sistemas de defesa e numerosos povos auxiliares. Depois de evitar uma invasão dos maahks, em 2402, Rhodan introduz uma cabeça-de-ponte em Andro-Beta. A partir de 2404, ele leva a campanha para a própria galáxia de Andrômeda. Os terranos são apoiados pelos revoltados maahks, sendo obrigados a lutar contra os tefrodenses, que também descendem dos lemurenses.

A CREST III é atraída pelos SdG para uma armadilha temporal em Vario, sendo enviada para o passado da Via Láctea. Rhodan descobre que os lemurenses são nossos ancestrais e testemunha o fim do Grande Tamane. Com os equipamentos levados pelo DINO III, a CREST III atravessa o espaço vazio de volta para Andrômeda, destrói o transmissor temporal de Vario e retorna para o presente.

Os terranos começam a vencer a guerra contra os SdG. A Fator I, Mirona Thetin, é morta por Atlan em 2406. Rhodan garante diplomaticamente que os maahks não destruam completamente os tefrodenses.

Em 2405, sua esposa Mory dá a luz a dois filhos: Suzan-Betty e Michael Reginald. Influenciado pelo mau exemplo de Thomas Cardif, Rhodan dá todo o seu amor para estas crianças. Mas, como razões de Estado o obrigam a se ausentar muito, seus amigos também se envolvem na educação dos filhos.

Mas Michael se sente oprimido pela presença sobre-humana de seu pai. Para escapar disso, ele desaparece em 2429, assumindo o papel de Roi Danton, futuro rei na organização dos livres-mercadores.

Em 2435, quando a Terceira Potência de Oscilação ataca a Via Láctea, Michael é desmascarado por Atlan.

Após a derrota da Terceira Potência de Oscilação, a Segunda Potência de Oscilação é ativada. Os perigosos condicionados em segundo grau levam o Império Solar à beira da destruição. Rhodan é arremessado, junto com a CREST IV, para a distante galáxia M-87. Rhodan retorna à Via Láctea, onde a guerra contra os ulebs é decidida a favor dos terranos com o apoio das forças de combate dos okefenokees.

Mas Rhodan sofre um duro golpe: durante a destruição do sistema Enemy dos ulebs, seu filho Michael aparentemente morre.

A guerra contra a Polícia do Tempo esgota as reservas financeiras do Império Solar, mas não afeta os mundos coloniais. Com isso, vários mundos se separam da Terra e surgem novos blocos de poder na galáxia, especialmente a União Carsuálica. No século XXIX, outros impérios estelares se juntam a ela, especialmente a União Centro-Galáctica e o Império Dabrifa.

Rhodan tolera a independência porque não quer uma guerra. Mas ele se prepara, por precaução, para o caso de que os blocos de poder ditatoriais (como Plofos no passado) se levantem contra a Terra.

A Crise da Primeira Geração, de 2907, é seguida pela Segunda Crise de Geração em 2909, na qual muitos mutantes próximos de Rhodan se voltam contra ele.

Os mutantes morrem e seus ativadores celulares são distribuídos. Apenas quatro dos doze ativadores perdidos ficam com Rhodan, sendo três deles destruídos.

Em 2913, Rhodan é emboscado. Para escapar, acaba matando Tevira Abro, sobrinha de sua esposa, que estava do lado de Dabrifa.

A mulher de Rhodan, ainda Chefe Suprema de Plofos, e sua filha são mortas em fevereiro de 2931, durante o Levante dos Panitheras.

Entre 3430 e 3444, Perry Rhodan usa o simbionte Whisper, que reforça seus fracos poderes telepáticos.

O Plano dos 500 Anos, concebido por Rhodan após a Primeira Crise de Geração, é ativado quando surge a Coalizão Antiterrrana.

Em 30 de outubro de 3430, o Sistema Solar é deslocado cinco minutos para o futuro, escapando do ataque de 8.000 naves da Coalizão Antiterrana.

Em 1 de agosto de 3433, Rhodan e 23 acompanhantes embarcam no deformador de tempo-zero, chegando a 50.000 e, depois, a 200.000 anos no passado..


perry2Gruelfin

Em 3 de julho de 3437, Rhodan parte com a MARCO POLO para a galáxia Gruelfin (NGC 4594), distante 36 milhões de anos-luz. Ele pretende investigar a situação dos ganjásicos, povo de Ovaron, e impedir a invasão da Via Láctea por parte dos temidos takerers.

Rhodan e Ovaron divergem na forma de agir: Ovaron insiste em encontrar os ganjásicos, Rhodan prefere localizar a inutilizar a frota de invasão takerer. Depois de alguns meses, não se encontram os ganjásicos e se descobre que não existe uma frota de invasão. Finalmente os terranos descobrem que a invasão será feita com pedotransferidores e pedogoniômetros.

Rhodan percebe que apenas a queda do regime takerer pode impedir a invasão; por isso, começa a procurar ativamente os ganjásicos, buscando aliados; com isso, apoia totalmente Ovaron. Durante sua prisão em Takera, Rhodan mata o Taschkar. Um mês depois ele é resgatado por Ovaron e o ajuda a enfrentar a usurpação dos pedopilotos em Morschaztas. Finalmente Ovaron volta a ser o Ganjo dos ganjásicos.

Quando Morschaztas retorna do hiperespaço, devido à traição de Guvalasch, eclode violenta guerra entre os cappins. A MARCO POLO destrói a capital Takera e o gigantesco pedogoniômetro de Mohrcymy. Sabendo da invasão takerer da Via Láctea, por meio de um comunicado dakkar, Rhodan resolve voltar imediatamente. Antes disso, ele convence os juclas a romper sua aliança com os takerers, o que decide a guerra.


Enxame

Devido à sabotagem no propulsor dimessexta da MARCO POLO, a nave somente chega à Via Láctea em junho de 3441. Toda a galáxia sofre da imbecilização causada pelo Enxame. Rhodan começa imediatamente a coordenar os trabalhos de alívio da situação, ao mesmo tempo em que planeja a defesa contra a ameaça representada pelo Enxame.

Somente em 3442 é encontrada uma forma de penetrar no Enxame em busca de informações. Por meio de um ardil bem tramado, Perry Rhodan finalmente infiltra o Sistema Solar dentro do Enxame. Os Ídolos do Enxame são derrotados e o Enxame devolvido ao controle dos cynos.


O Jogo de Xadrez Cósmico

Durante o jogo de xadrez cósmico entre AQUILO e ANTI-AQUILO, que começa em 3456, Rhodan e seus seguidores são lançados em um universo paralelo, onde encontram seus homólogos negativos. Perry Rhodan II é um tirano impiedoso que reina com mão de ferro. Após a morte de Rhodan II, os terranos encontram o meio de retornar ao universo normal.

Sem querer, Rhodan leva consigo a doença DAP, que se espalha e causa, na sua fase final, o colapso das civilizações da Via Láctea. Um pesquisador mostra que a doença foi causada por ANTI-AQUILO e que só pode ser evitada por meio de um paradoxo temporal no universo paralelo – Rhodan mata novamente sua imagem negativa, desta vez com suas próprias mãos. Com isso, deixa de existir a doença DAP e são desfeitos todos os seus efeitos.

Em 3457, o cérebro de Rhodan é separado de seu corpo e enviado através de um transmissor especial para a galáxia Naupaum. Seu antigo corpo, controlado por um cérebro androide produzido por ANTI-AQUILO, conhecido como Andro-Rhodan, fazia insanos planos de governo e militares, destinados a causar uma guerra entre terranos e outros povos. O falso cérebro é descoberto e morto, depois de algum tempo, por Atlan e seus amigos.

Como Ceynach, Rhodan se torna amigo do novo governante da galáxia, sendo capaz de viajar com a ajuda dele para a vizinha galáxia dos pehrtus. Em abril de 3458, seu cérebro é irradiado de volta à Via Láctea. De volta ao seu corpo real, Rhodan trava uma última batalha contra ANTI-AQUILO. AQUILO vence o jogo de xadrez cósmico e ANTI-AQUILO, devido a várias violações das regras, é banido pelos Cosmocratas para Zona sem Nome por dez unidades relativas.

Em 18 de março de 3459 Perry Rhodan se casa com Orana Sestore.

perry3Invasão Lare e Afilia

Em 3459, os lares da galáxia NGC 3190 (21 milhões de anos-luz) usam sua superior tecnologia para conquistar a Via Láctea. Perry Rhodan se torna o Primeiro Hetran do Hetos dos Sete, assumindo o papel de Mantenedor do Estado na Via Láctea. Para poder ter margem de manobra, Rhodan aceita o posto, apesar dos fortes protestos dos demais povos da Via Láctea e de suas próprias convicções. No planeta Hetossa, um lare rebelde informa Rhodan que o único objetivo dos lares é a subjugação completa da Via Láctea. Por trás dos lares, Perry Rhodan prepara a luta de libertação.

Em 3460 termina o Império Solar: após violenta batalha, a Terra e a Lua deixam o sistema solar através do transmissor solar Sol-Gêmeo. Infelizmente, não se materializam no Transmissor Solar Triangular Arquimedes, na Via Láctea, mas são retransmitidos para o Turbilhão Estelar. A Terra e a Lua são estabilizadas em órbita do sol Medalhão.

Em 3540, devido à influência deletéria do sol Medalhão, na Terra reina a afilia – a falta de emoções. Rhodan é deposto do cargo de Administrador-Geral por seu amigo Reginald Bull, sendo sentenciado ao exílio, acompanhado por mil pessoas fiéis não atingidas pela afilia. Ele parte em 10 de julho com a mais nova nave de longa distância, a SOL. Alguns poucos companheiros mais próximos permanecem na Terra junto com seu filho Michael.

Em 3578, a SOL descobre as coordenadas da Via Láctea e se prepara para o voo na pequena galáxia Balayndagar, onde pousa no fértil planeta Last Stop. SÊNECA impede a SOL de decolar e os keloskianos são identificados como o quinto povo do Concílio. Devido aos solanenses, o buraco negro central começa a engolir toda a galáxia. Para tentar fugir, os keloskianos integram o Shetanmargt a SÊNECA, algo que tinha sido planejado por AQUILO. Os últimos 46 keloskianos, comandados pelo mestre-calculista Dobrak, levam a SOL através do Grande Zero Negro.

Em 3581 (deslocamento temporal de mais de dois anos) a SOL se materializa no balão dakkar dos zgmahkonenses. Ao libertar os Especialistas da Noite, Perry descobre a origem e a história do Concílio. Dobrak fala sobre a teoria da evolução dos universos. Com o apoio dos Especialistas da Noite, Perry sequestra uma nave-túnel e rouba o Beraghskolth dos lares. A instalação do aparelho causa grandes problemas na SOL, incluindo a morte de vários tripulantes. São mortos os últimos koltonenses, líderes secretos do Concílio. O Concílio é destruído quando os Especialistas da Noite fecham os túneis dimensionais e isolam os zgmahkonenses, matando todos os guardiões do zero que tentavam escapar. A SOL escapa através de um túnel dimensional.

Começam as desavenças com os solanenses liderados por Joscan Hellmut. Rhodan percebe que os solanenses não possuem nenhum vínculo com a Terra e que, mais cedo ou mais tarde, ocorrerá uma crise.

Em 2 de setembro de 3581 a SOL chega à Via Láctea no mesmo dia em que a Terra desaparece através do Abismo. Rhodan quer terminar a luta contra os lares da forma mais rápida possível, mas Atlan pretende conduzir uma luta lenta e gradual, o que leva à ruptura entre ambos.

Dobrak calcula a forma de estabilizar o sistema solar depois do retorno da Terra. Apesar da oposição de Atlan, Rhodan e os pos-bis preparam uma armadilha destinada a confundir e desmoralizar os lares.

No fim de 3581, Rhodan convence o GAPIP a agir ofensivamente contra o Concílio. A ruptura com Atlan se acentua ainda mais. No final de 3582, Rhodan presencia o fim trágico do projeto multiciborgue, praticamente entrando em conflito aberto com Atlan.

Finalmente, com a ajuda dos keloskianos, os lares são enganados e enviados para um buraco negro, deixando definitivamente a Via Láctea. Atlan acaba se reconciliando com Rhodan e deixa a liderança do NIE. A SOL deixa a Via Láctea em busca da Terra.

IMPERATRIZ DE THERM e BARDIOC

Perry Rhodan chega à concentração de poder da IMPERATRIZ DE THERM. Em 3583, ele recebe da superinteligência as coordenadas da Terra, que se encontra na galáxia Ganuhr, na concentração de poder de BARDIOC.

Aprisionado pela encarnação BULLOC, Perry Rhodan finalmente encontra BARDIOC e fica sabendo da existência dos Poderosos e dos Cosmocratas. Ele consegue libertar BARDIOC de seu pesadelo e liberta sua concentração de poder. A SOL leva o cérebro de BARDIOC (em 3585) para o planeta Drackrioch, onde ele se une com a IMPERATRIZ DE THERM.

PAN-THAU-RA e os Castelos Cósmicos

Pesquisando cada um dos Castelos Cósmicos, Rhodan desvenda a história dos Poderosos e ajuda Garnec a libertar seu antigo comandante.

Com a ajuda dos dois únicos Poderosos ainda vivos, Rhodan ajuda a reforçar as capacidades de AQUILO. Contando com o auxílio da Fonte de Matéria Gourdel, a superinteligência consegue se libertar da sua prisão dentro do Sumidouro de Matéria Jarmithara.

Em 3587, a esperança de Rhodan de alcançar o que se encontra Além das Fontes de Matéria é frustrada. Em seu lugar, Atlan é considerado o embaixador da Humanidade junto aos Cosmocratas.

perry4Liga Hanseática Cósmica

Em 3588, AQUILO mostra para Perry Rhodan uma visão detalhada do papel da Humanidade e das relações cósmicas existentes. Depois, manda-o criar a Liga Hanseática Cósmica, um gigantesco empreendimento comercial destinado a auxiliá-lo a se defender da superinteligência rival SETH-APOPHIS.

É introduzido o Novo Calendário Galáctico (NCG): o ano de 3588 se torna o ano 1 NCG. Perry Rhodan se torna um dos 34 porta-vozes da Liga Hanseática.

Em 424 NCG, Perry Rhodan é informado da existência das Três Questões Fundamentais:

 

  • O que é o Rubi de Gelo?
  • Onde começa e onde termina a Armada Infinita?
  • Quem iniciou a Lei e o que ela significa?

 

A Liga Hanseática Cósmica continua crescendo. Os ataques de SETH-APOPHIS ocorrem com frequência cada vez maior.

Em 425 NCG, Perry Rhodan se torna Cavaleiro das Profundezas em Khrat. No caminho de volta à Via Láctea ele encontra Atlan e a misteriosa Gesil, que o enfeitiça. Recomeçam as disputas entre Perry Rhodan e Atlan.

Armada Infinita, Cronofósseis e Vironautas

Em 426 NCG ocorre o choque entre a Armada Infinita e a Frota Galáctica, que foge, através do Rubi de Gelo (TRIICLE-9), para M-82, a sede de SETH-APOPHIS. Perry Rhodan assume o comando da Armada Infinita.

Rhodan se casa com Gesil.

Entre 427 e 429 NCG Rhodan ativa os Cronofósseis, artefatos cheios da energia psi irradiada por Rhodan ao longo de muitos séculos. Na Montanha da Criação, Perry se recusou a responder à terceira Questão Fundamental e, assim, deixa de ser Cavaleiro da Profundezas (mas não perde sua aura impactada). Os Cosmocratas o banem do Grupo Local.

perry5Viajantes da Rede e Tarkan

Em 15 de setembro de 429 NCG nasce Eirene, filha da encarnação de uma Cosmocrata e de um terrano: a filha de Gesil e Perry Rhodan.

Após seu exílio da concentração de poder de AQUILO, Perry Rhodan e muitos de seus companheiros se tornam Viajantes da Rede.

Depois de várias ações na concentração de poder de ESTARTU contra a cultura da guerra, em 448 NCG os Cosmocratas revogam o banimento. Perry Rhodan é levado para o universo Tarkan, onde, junto com Atlan da Gonozal, serve como Imago, ou seja, como um dos catalisadores para a fusão dupla que permite o renascimento da superinteligência ESTARTU. A galáxia Hangay é transferida para nosso universo padrão.

Cantaros e a luta contra Monos

Ao retornar para a Via Láctea, Perry Rhodan fica preso junto com a flotilha de Tarkan em um campo de estase. Enquanto isso, no universo padrão, se passam 695 anos. A flotilha é lançada para 1143 NCG. É descoberto que a Via Láctea foi isolada pela Barreira de Cronopulsos, sendo governada pelos cantaros.

Mais tarde se descobre que seu inimigo pessoal, Monos, foi gerado artificialmente por Gesil, que fora sequestrada em 447 NCG por um suposto emissário dos Cosmocratas. Depois de uma longa luta contra os opressores da Via Láctea, Rhodan consegue, apoiado pelos demais portadores de ativadores celulares, pelos livres-mercadores de Phoenix e pela Organização Áries, e derrota o regime de Monos. Tem início o período de reconstrução da Terra e da Via Láctea, que fora transformada em um campo de destroços.

Linguides

Em 1169 NCG, AQUILO exige a devolução de todos os ativadores celulares e os entrega aos linguides, seu novo povo auxiliar. Rhodan tenta resolver o enigma do erro evidente de AQUILO. Durante a busca por AQUILO, Eirene e Gesil se afastam de Rhodan até que seguem o Cosmocrata Taurec para Além das Fontes de Matéria. Por fim, os imortais recebem os novos chips ativadores celulares.

perry6O Grande Mistério Cósmico

Em janeiro de 1200 NCG surge uma ‘zona morta’ que isola o Sistema Solar. A segunda ‘zona’, que surge em M-13, é repelida com os conhecimentos adquiridos. Descobre-se que elas são causadas involuntariamente pelos arcoana. Rhodan é persuadido pelo ennox Philip a realizar uma expedição para o Grande Vazio, para resolver o ‘Grande Mistério Cósmico’. Em agosto de 1202 NCG, a BASE parte em sua primeira expedição ao grande vazio.

Depois de cinco anos de viagem, a BASE alcança seu destino, o Grande Vazio. Rhodan envia expedições para vários planetas, onde encontra os fusos. Depois de encontrar todos os fusos, ele recupera o segmento faltante no planeta Caronte, onde Moira3 lhe conta a história dos ayindi.

Depois de voltar para a Via Láctea, Rhodan decide voar novamente para o Grande Vazio.

Em 1216 NCG, Moira aciona os fusos. A partir de Caronte, as naves STYX e ODIN são arremessadas para o Arresum. As duas naves, perseguidas pelos ayindi, chegam o Distrito da Morte, onde reina o Abruse. Exceto pelos portadores de ativador, todos os galácticos morrem. As gêmeas Mila e Nadja Vandemar finalmente derrotam o Abruse (1218 NCG).

No retorno do Grande Vazio, Rhodan chega em 1220 NCG a Hirdobaan, a galáxia dos hamamesch, onde descobre os segredos do Gomasch Endredde e do Distrito Endredde. Ele encontra a Poderosa Aachtor e descobre a verdade sobre o Abruse e Aachthor. AQUILO finalmente conclui o Plano da Completude, que teve início com o domínio dos lares sobre a Via Láctea e envolveu a absorção de toda a população da Terra. No último dia do ano, Ernst Ellert avisa que todos os portadores de ativador celular não mais serão utilizados por AQUILO.

Grande Ciclo Thoregon

Nota: O artigo original simplesmente ignora os ciclos Ponte para o Infinito, Baluartes Heliotianos, o Sexto Mensageiro e Matéria.

perry7Os Tolkanders

Perry Rhodan retorna junto com os outros portadores de ativador celular à Via Láctea em 1222 NCG.

Trokan, o novo planeta do Sistema Solar, foi envolvido num misterioso campo dentro do qual o tempo transcorre milhões de vezes mais rapidamente que o normal. Como não é mais bem-vindo na Terra, Perry Rhodan, acompanhado dos outros imortais, retira-se para o planeta secreto Camelot, onde funda uma pequena organização com o objetivo de combater os perniciosos acontecimentos na galáxia.

No ano 1288 NGZ o campo de aceleração temporal subitamente desaparece. No templo de Kummerog, no qual os humanoides herreach, que agora habitam o novo quarto planeta do Sol, idolatram esta entidade como um deus, os terranos descobrem uma Catedral Cogumelo aparentemente indestrutível. Apenas Perry Rhodan consegue penetrar na misteriosa estrutura. Acompanhado de Reginald Bull e Alaska Saedelaere ele chega à Ponte no Infinito, que une diferentes galáxias distantes, e entra no arsenal de Baolin-Nda. Para sua surpresa, a gigantesca estação espacial, que contém muitos artefatos de uma tecnologia superior, parece ter sido preparada especialmente para Perry Rhodan.

Perry Rhodan, acompanhado por Reginald Bull, chega através da Ponte no Infinito à galáxia Plantagoo, cujos povos são controlados secretamente pelos galornen. Rhodan descobre como os zentrifaal têm sua agressividade roubada, junto a metade de sua expectativa de vida, devido ao fato destes belicosos seres atacarem seus vizinhos. Após uma longa odisseia o terrano alcança finalmente a Nuvem Pentriana, o esconderijo dos senhores de Plantagoo. Naquele local os galornen constroem para a Coalizão de Thoregon gigantescas estações espaciais em forma de favo, os Baluartes Heliotianos, que são coletados pelos nonggo logo após sua construção.

Enquanto na Via Láctea ocorre a invasão da entidade Goedda e de sua raça auxiliar, os tolkanders, que ocupam centenas de planetas e provocam a morte de incontáveis seres vivos. Perry Rhodan intervém para ajudar a inverter a manipulação provocada nos dragões por um desconhecido, a qual libertava subitamente as agressões armazenadas neles. Os galornen são libertados de sua fúria guerreira e ganham novamente sua índole pacífica.

Perry Rhodan retorna ao Sistema Solar novamente através da Catedral Cogumelo de Trokan e relata sobre os fatos relativos a Thoregon.

Os Baluartes Heliotianos

Enquanto o Baluarte Heliotiano é sabotado pelo misterioso Shabazza, ocasionando o aparecimento dos dscherros na Terra, Perry Rhodan, acompanhado por Reginald Bull, chega através do Domo cogumelo a roda Kenteullen. Em agradecimento a eliminação da interferência do KONT, o que preservou os nonggos da destruição, os dois recebem a nave fuso KAURRANG.

Perry Rhodan agora prepara uma expedição na galáxia Paraíso-Shaogen, onde os Baolin-Nda vivem. Nos arredores da galáxia os guardiões ficam no caminho dos terranos. Os Baolin-Nda são desconhecidos ali.

Perry Rhodan desvenda conhece a história de Paraíso-Shaogen e do culto da Luz das Estrelas de Shaogen. Perry Rhodan ajuda Siebenton a enfrentar as tropas de Traal, um contraculto. Rhodan vai atrás de informações dos Baolin-Nda nos Arquivos Antigos, e com ajuda do pequeno povo do Taniten, o terrano consegue informações sobre o habitat dos Baolin-Nda, chegando ao centro do poder Traal, Konnex A, uma relíquia dos Baolin-Nda. Neste local Perry Rhodan descobre um tipo de transmissor com o qual espera finalmente sair no coração da civilização dos Baolin-Nda.

A KAURRANG passa pelo transmissor e atinge o espaço Delta dos Baolin-Nda. Esta bolha no hiperespaço está devastada, dos 100.000 Baolin-Nda originais, vivem apenas dois, Tautanbyrk e Viviaree. Todos os outros foram vítimas do ataque de uma nanocolônia, que havia sido infiltrada por Shabazza, e sucumbiram. A nanocolônia também havia destruído a estação espacial, a partir do qual a Luz das Estrelas de Shaogen era gerada.

perry8O Sexto Enviado

A Humanidade é admitida na Coalizão de Thoregon e Rhodan torna-se o Sexto Enviado de Thoregon. Sua primeira missão como Sexto Enviado é reconquistar a lendária nave SOL, que estava desaparecida há séculos e que aparentemente havia se tornado a nave-capitânia de Shabazza. Rhodan avança até a galáxia Da Glausch em busca de sua antiga nave e encontra Thorrim, o mundo no qual os milhares de terranos desaparecidos tentavam criar uma nova civilização. Rhodan finalmente chega a Century I, o mundo central de Shabazza, e descobre mais detalhes sobre o inimigo.

Matéria e A Residência Solar

Em 1290 NCG, na galáxia Da Glausch a Coalizão de Thoregon consegue terminar seu mais importante projeto: a criação do Pulso, um miniuniverso independente. AQUILO e mais cinco superinteligências passam a liderar a Coalizão de THOREGON a partir do Pulso. Perry Rhodan retorna à Via Láctea com a SOL e lidera a luta contra os Servos da Matéria, seres que tentavam impedir a expansão da Coalizão de Thoregon com suas Fábricas Cósmicas. Cada galáxia de Thoregon é atacada por uma Fábrica Cósmica, e a responsável pela Via Láctea chama-se Matéria.

Em 1291 NCG, Perry Rhodan deixa Camelot (onde estava exilado) e decide concorrer novamente a um cargo político no LTL. Maurenzi Curtiz ganha a eleição para Primeiro Terrano (presidente) e nomeia Perry como Residente Terrano (ministro especial). Rhodan não consegue impedir que o imperador arcônida Bostich I anexe o aglomerado estelar Hayok.

Em 1303 NCG a superinteligência Fonte das Almas, conquista o Império Arcônida, mas não consegue controlar os terranos. A superinteligência é derrotada a Árcon libertado.

O Império Tradom

Em 1311 NCG surgem 4 janelas estelares em Hayok, através das quais chega uma frota de invasão de Tradom.

O Sistema Solar é defendido pela Barreira Aagenfelt. Um conquistador chega à Terra e tenta conquistá-la. Com a ajuda arcônida, a invasão é repelida e preparado o contra-ataque. Duas naves, uma arcônida e uma terrana, são enviadas para pesquisar a situação em Tradom.

Ao retornar no tempo (160.000 anos), Rhodan presencia o fim da civilização Thatrix. Perry Rhodan e a almirante arcônida Ascari da Vivo têm um caso e geram Kantiran.

Rhodan descobre a história da superinteligência Thoregon. Seguindo o plano elaborado pelo Cosmocrata Hismoon, que conta com a ajuda de AQUILO, Rhodan e Atlan destroem a superinteligência e dão fim aos pulsos (sedes das diversas Confederações Thoregon, independentes dos poderes superiores).

Hismoon avisa que os Cosmocratas, junto com os Caortarcas, vão reduzir o número de inteligências. Graças a um sensacional blefe de Rhodan e Atlan, eles desistem, mas Hismoon diz que vão limitar a expansão da vida e que os terranos serão profundamente envolvidos na Guerra dos Mil Anos.

perry9Andrômeda e o Mestre Amarelo

Em 1313 NCG, durante a guerra contra Tradom, Perry Rhodan recebe um pedido de ajuda de Kiriaade, pela qual ele imediatamente se apaixona. Rhodan segue para Andrômeda, onde enfrenta o Mestre Amarelo, o resultado da involução da superinteligência K'UHGAR (que derrotou a primeira ESTARTU). Os tefrodenses estão à beira da derrota total e os maahks na defensiva. Rhodan e Kiriaade derrotam o Mestre Amarelo no último minuto, causando a autodestruição de todas as suas forças. Maahks e tefrodenses se unem para reconstruir Andrômeda.

Arcas estelares

Em 1327 NCG, Rhodan faz uma viagem não oficial para Ácon, a fim de fazer uma aliança contra o expansionista Império de Cristal arcônida. Eles se unem para descobrir o que os arcônidas encontraram no centro da galáxia, relacionado com os lemurenses e as bestas-feras.

Por acaso, é encontrada a arca estelar NETHACK ACHTON, cuja tripulação descende dos lemurenses. Rhodan descobre que o comandante da arca possui um ativador celular.

Acossado pelos aconenses, Rhodan é obrigado a fugir, mas antes descobre informações que o levam à acidentada arca LEMCHA OVIR. O comandante desta arca lhe narra os fatos que levaram ao surgimento das mesmas. Rhodan recebe as coordenadas de mais uma arca, a ACHATI UMA, onde encontra Levian Paronn, que empreendeu uma viagem ao passado na companhia de Icho Tolot.

Oceano de estrelas Jamondi

Perry Rhodan encontra seu filho Kantiran da Vivo-Rhodan.

Em 1331 NCG, logo após o surgimento dos oceanos de estrelas (antigos aglomerados estelares escondidos no hiperespaço) na Via Láctea, Lotho Keraete pede para Rhodan e Atlan acompanhá-lo até o Oceano de Estrelas de Jamondi. A esfera de prata dos oldtimers que eles usam cai no planeta gelado Baikhal Caim, onde Keraete desaparece. Perry e Atlan seguem para o equador do planeta, sendo aprisionados pelos kybb cranar, que os confundem com os motanas. Eles trabalham como escravos na Montanha Sagrada, mas escapam e se unem aos motanas escondidos nas florestas.

Após fugir do planeta, eles chegam ao planeta Shoz, onde descobrem um cruzador biônico intacto. A nave é tripulada pelos motanas. Perry, Atlan e seus novos companheiros assumem a luta contra os povos cibernéticos.

Perry Rhodan luta contra os Autômatos do Horror e descobre a pista dos Sentinelas. Rhodan desperta a Sentinela Medial Lyressea, que lhe conta a sua história e a dos Protetores de Jamondi. Ele se apaixona pela Sentinela. Depois de acordar todas as Sentinelas, Rhodan parte em busca da Cruz Paragon. Rhodan finalmente penetra no Oceano de Estrelas Arphonie, onde encontra a Protetora Carya Andaxi, criadora dos cruzadores biônicos.

Atlan desaparece no hiperespaço, sendo salvo por sua aura de Cavaleiro. Os seres cibernéticos atacam Graugischt, que somente é salvo com a intervenção de Atlan, no comando dos taphero.

Lyrissea e um Autômato do Horror convertido em amigo abem caminho para o sistema estelar onde reside o renegado Tagg Kharzani. O planeta Kherzesch é destruído, mas Tagg Kharzani escapa.

O aglomerado Arphonie retorna ao espaço normal. Com sua força superior, composta por 50 Kybb Titãs, Gon-Orbhon conquista o Sistema Solar e começa a transformar o sol em supernova, para poder recuperar o cadáver psi de ARCHETIM. Rhodan comanda a fuga da Frota Solar para o sistema Vega, de onde entra em contato com NATHAN e dá início à operação Tormenta de Cristal.

NATHAN e a USO criam os canhões de dissonância, arma capaz de derrotar até mesmo os Kybb Titãs.

Em maio de 1333 NCG, quase no limite de tempo para evitar que o Sol exploda, e com perdas terríveis, a maioria dos Kybb Titãs é destruída. Gon-Orbhon é libertado da influência da torre noturni Satrugar. A Terra volta a ser a sede da LTL.

perry10PAN-THAU-RA II

Em abril de 1341 NCG, grandes frotas loower invadem a Via Láctea, lutando entre si. Com apoio oxtornense, Rhodan contata os pensadores simples, que informam que a facção rival, a dos pensadores duplos, pretende usar a nave semeadora PAN-THAU-RA como arma a fim de combater os Cosmocratas, que estão aniquilando todas as formas de vida inferior com o aumento da hiperimpedância.

Para impedir a destruição de sua raça, o comandante exige que Rhodan decida entre destruir a nave semeadora e a destruição do planeta Taura, onde ela está estacionada e onde vivem bilhões de terranos.

Enquanto Rhodan vacila, eclode uma luta pessoal entre os dois comandantes loower. Com a ajuda dos bioporos encarnadas, Gucky consegue emitir uma onda psi que causa a paz entre os dois lados em guerra. Por infelicidade, é acionada a autodestruição da nave semeadora, o que nem mesmo um Cavaleiro das Profundezas pode impedir.

A guerra pos-bis

Em 1343 NCG, Lotho Keraete pede para Rhodan impedir uma guerra entre descendentes de terranos e pos-bis na galáxia Ambriador. Ele parte em companhia de Mondra Diamond, o mutante Startac Schroeder, dois pos-bis e um matten-willy. Após desentendimentos iniciais, ele é considerado quase um messias. Rhodan impede a destruição de Altera pelos pos-bis.

Rhodan obtém a ajuda de um técnico lare (Verduto Cruz) para reparar uma abatida nave fragmentária, para que possa atingir o Mundo dos Oitenta Sóis. Rhodan pesquisa o planeta central dos pos-bis, mas não consegue encontrar o circuito de ódio. A nave é obrigada a seguir para o centro de Ambriador, a fim de apoiar o projeto Sete Cabeças.

Rhodan chega ao planeta Pakuri, onde conhece o mestre-calculista Crykom, que reconhece sua aura de Cavaleiro. Com a ajuda de Rhodan, os keloskianos finalmente penetram em TRAGTDORON. A nave é reparada, normalizando as condições hiperfísicas em Ambriador. Graças aos keloskianos, os pos-bis são pacificados e feita a paz.

Terranova

Em 1333 NCG, Rhodan convoca uma conferência com o objetivo de reconstruir o Galacticum. Durante a conferência, o ser espiritual Nukleus adverte Rhodan do aparecimento da Coluna Terminal Traitor, enviada pelos Caotarcas para proteger uma negasfera em formação em Hangay.

Após o primeiro ataque, que dizima os delegados à conferência, é acionado o Escudo Terranova (campo de cristal que cerca o Sistema Solar - uma invenção arcônida).

Rhodan encontra Alaska Saedelaere e Kantiran, que lhe contam a história conhecida da organização dos Pacificadores.

Surge uma fenda estrutural nas cercanias de Júpiter, de onde é retirada a nave SEOSAMH, na qual vivem os Poderosos exilados de outro universo. O líder deles informa que uma das tarefas da Coluna é transformar os mundos principais do Grupo Local em cabines para o Caotender VULTAPHER.

Em 1346 NCG, Perry Rhodan é informado por Nukleus da existência do projeto Escher e da construção da JÚLIO VERNE. Nukleus usa suas energias mentais para reforçar o Escudo Terranova. Enquanto digere as notícias, ele segue para o Transmissor Dodecagonal Kharag, onde Atlan coordena os preparativos para avançar rumo a Hangay.

Rhodan e Tolot exploram a Plataforma Geradora de Choque ZEUT 80, que surgiu do hiperespaço (artefato lemurense). Com a ajuda da estação, é possível retardar o ataque da Coluna contra o transmissor enquanto são evacuadas as forças terranas. Rhodan deixa o transmissor para trás, enquanto Atlan segue para Hangay no comando da expedição (sua nave-capitânia leva o computador Escher).

perry11Negasfera

Rhodan viaja com a JÚLIO VERNE para 20.059.813 aC, a fim de presenciar a retroversão da negasfera de Tare-Scharm. Seriamente danificada, a JÚLIO VERNE é salva pelos ladrões laosoor, que obrigam os humanos a tomar parte no roubo do Legislador (espécie de nave semeadora) CHEOS-TAI.

Rhodan ajuda os laosoor a se libertarem do jugo do ser dual Ekatus Atimoss, líder da Guarda do Caos. Rhodan parte para o sistema Oa, sede de ARCHETIM, mas a frota Caminho da Lei já partiu. Depois de vários meses de viagem, a JÚLIO VERNE chega ao halo da galáxia Tare-Scharm, penetrando em Intazo (bolsão hiperespacial) onde as forças comandadas por ARCHETIM se reúnem.

Rhodan é capturado por Ekatus e levado para Tare-Scharm, sendo libertado pelos cypron. Aceito como enviado Cosmocrata, Rhodan é levado para seu planeta central, Tarquina.

Rhodan percebe que um dos ramos cypron (os nega-cypron, seres afetados pela criação da negasfera) são os antepassados dos cynos. A JÚLIO VERNE chega a Tarquina e passa a integrar a frota cypron.

Rhodan e seus homens libertam Kamuko, comandante em chefe das forças de ARCHETIM, que estava presa na cidade Negane. Após violenta luta no centro de Tare-Scharm, na qual ARCHETIM morre (seu cadáver será guardado no interior do Sol), começa a retroversão da negasfera. Devido a violentos sismos cósmicos, a JÚLIO VERNE é obrigada a fazer um salto temporal de emergência. Kamuko desaparece no exato momento em que deixa a nave humana.

A JÚLIO VERNE chega praticamente inoperante ao presente, sendo salva pelos yakonto (também descendentes dos nega-cypron), fiéis seguidores do Cavaleiros das Profundezas. A nave é levada para Evolux (planeta Cosmocrata).

Rhodan ajuda os yakonto a se libertarem da opressão do administrador do planeta, JÚLIO VERNE é colocada nos hangares do Legislador CHEOS-TAI, que parte para a Terra (os algorriam assumem a direção de Evolux). Durante o voo de regresso, a nave é reconstruída e modernizada, tendo suas capacidades se tornado equivalentes à das naves pessoais dos Cavaleiros da Profundezas.

Em julho de 1347 NCG, a JÚLIO VERNE chega ao Sistema Solar e Rhodan parte para Hangay, a fim de provocar a retroversão da galáxia. No halo da galáxia, Rhodan liberta os Pacificadores liderados por Kantiran, que se encontravam presos pela Coluna Traitor.

Rhodan encontra a líder e fundadora dos Pacificadores, Kamuko. Juntos, eles lideram o ataque à Agulha do Caos, permitindo que o Mensageiro Cósmico (espécie de RNA cósmico) transportado pela CHEOS-TAI penetre em Hangay e dê início à retroversão.

Ajudado por Nukleus, Rhodan confronta KOLTOROC, que comanda a Coluna Terminal Traitor em nosso universo. Sua tarefa é lançar um frasco cheio de bioporos, fornecido pelos Poderosos que vieram na SEOSAMH, contra o avatar da superinteligência. Depois de ser obrigado a ceder voluntariamente sua aura de Cavaleiro, para impedir que o sistema solar fosse destruído pelo Caotender VULTAPHER, Rhodan lança o frasco de bioporos contra KOLTOROC. O Arquiteto de VULTAPHER (seu comandante), que aprisionou Kantiran em Hangay (e meio que se tornou seu amigo), assume o comando das tropas de elite da Coluna, resolvendo simplesmente desaparecer nas profundezas do espaço.

Em algum momento entre 1347 e 1401 NCG, Rhodan entrega o cargo de Residente Terrano.

perryfig3Stardust, Rede Polyport e Monarquia Frequencial

Os terranos encontram uma Estação Polyport e tentam reativá-la (Projeto Saturno) em 1463 NCG, atraindo a atenção da Monarquia Frequencial. Rhodan é encarregado por AQUILO de assumir o controle da Rede Polyport.

Perry Rhodan encontra um Controle Classe A da Rede e a fantástica nave obelisco MIKRU-JON. Depois de uma odisseia através do aglomerado estelar Kyon Megas e da galáxia Diktyon, Perry é obrigado a fugir (levando consigo vários Controles Classe A) para o sistema Stardust.

Rhodan encontra AQUILO em Peregrino. A superinteligência está fraca devido à necessidade de controlar duas áreas distantes da sua concentração de poder, gastando enormes quantidades de energia psíquica. Para encontrar o ARSENAL PARALOX, Rhodan é enviado para Andrômeda via Rede Polyport.

Rhodan recebe um Controlador Classe B. Com a ajuda de Mondra Diamond e do concepto Ras Tschubai/Fellmer Lloyd, ele estabelece uma sólida aliança com os maahks, que fornecem ao Galacticum seus dispositivos krathvira (armas capazes de aprisionar almas).

Rhodan encontra Homunk num Transportador Polyport, recebendo três recipientes com matéria psi.

Em 1463 NCG, logo após o sistema Sicatemo ser transformado em supernova pela Monarquia, MIKRU-JON é embarcado na JÚLIO VERNE. Atlan e Rhodan fundam a Federação Sicatemo, reunindo o Galacticum e os principais povos de Andrômeda – maahks, tefrodenses e gaids – para lutar contra a Monarquia Frequencial. Decide-se conquistar a Estrela Comercial Fatico, o que é feito com a ajuda do Controlador Classe B.

Em abril de 1463 NCG, uma frota da Federação Sicatemo ataca o Planeta de Hibernação III, destruindo toda a frota da Monarquia e aprisionando as almas de 150 milhões de vatrox. Rhodan leva o Transportador DARASTO para Gleam.

Rhodan entrega o comando da JV 2 para Atlan, usando o restante da nave para defender Fatico. A Federação consegue destruir a entidade VATROX-CUUR por meio de uma armadilha krathvira.

Durante os combates em Fatico, é acionado um túnel de transferência que captura a parte da JÚLIO VERNE onde Rhodan se encontra e a arremessa para a galáxia Anthuresta.

Anthuresta (1463 NCG)

A JÚLIO VERNE emerge da Estrela Comercial TALIN ANTHURESTA, permanentemente cercada por violenta tempestade psíquica e orbitada por 20.000 mundos chatos (em forma de disco). Rhodan e a MIKRU-JON chegam aos Dispensadores, estruturas que sugam matéria psi do hiperespaço.

Enquanto a MIKRU-JON foge das naves da Aliança Triônica, conjunto de povos auxiliares da Monarquia Frequencial, Rhodan mantém contato mental com o Cosmocrata Taurec, que o envia para a Estação Polyport Novo Olimpo, dominada pelos humanos que colonizaram Stardust.

Uma projeção de Homunk diz que AQUILO está à beira da morte e que é imperativo que Rhodan encontre o ARSENAL PARALOX. Acompanhado pelo Administrador de Stardust, Rhodan penetra na Agulha de Rocha.

MIKRU-JON se funde com uma esfera de prata (nave petroner – um dos povos que compunham os oldtimers). Rhodan captura os depósitos de matéria psi existentes dentro dos dispensadores e os leva para Talanis (a Terra entre 14 e 8 milhões de anos no passado), onde ela é usada para aumentar as forças de AQUILO.

Com apoio dos humanos locais, Rhodan tenta conquistar a estação TZA'HANATH, principal centro de pesquisas da Monarquia Frequencial em Anthuresta, mas é rechaçado devido à chegada da entidade VATROX-DAAG. A entidade propõe uma aliança entre humanos e vatrox para enfrentar a superinteligência VATROX-VAMU, mas Rhodan recusa, pois teme ser apenas um embuste.

Rhodan retorna para TALIN ANTHURESTA e repara os Dispensadores defeituosos, estabilizando a situação ao redor da Estrela Comercial. Pouco depois, Rhodan encontra Ernst Ellert, que o informa que AQUILO está se transformando em uma Fonte de Matéria e que, por isso, ele provavelmente engoliria as consciências de todos os seres inteligentes de sua concentração de poder, o que equivaleria à morte de todas elas.

Rhodan segue para Andrômeda, onde requisita todos os krathvira contendo almas vatrox, os quais são enviados para Peregrino, reforçando as capacidades de AQUILO. A superinteligência fornece um Kybb Titã para Rhodan, explicando que esta é uma antiga criação dos anturianos.

A MIKRU-JON penetra em uma fenda estrutural existente ao largo de TALIN ANTHURESTA, chegando a um planetoide de pesquisas criado por ESTARTU. Rhodan, Lotho Keraete, Icho Tolot e Julian Tifflor são testados, sendo este último selecionado para penetrar na Lança do Tempo.

Tifflor retorna poucas horas depois, mas mudado. Seu corpo está recoberto por pó de cristal, uma fina segunda pele fina que não pode ser removida. A odisseia de Tifflor, na verdade, durou quase 10 milhões de anos. Agora ele parece um ser superior ou um mensageiro dos Altos Poderes. Pouco depois surge o ARSENAL PARALOX, que Tifflor recuperou após sua longa jornada. O Kybb Titã é utilizado para rebocar o ARSENAL PARALOX para TALIN ANTHURESTA, que agora é orbitada por Peregrino.

Desesperado e temendo a própria morte, AQUILO age apenas por impulso, sem se preocupar com danos colaterais. Primeiro, ele destrói a réplica de Ambur-Karbush no centro de TALIN ANTHURESTA e absorve a energia libertada no processo. Depois, absorve a matéria psi existente em todos os anturianos fossilizados, nos mundos chatos e na própria estação TALIN ANTHURESTA. Por fim, absorve o corpo psi da superinteligência APHANUR, escondido dentro do sol Markanu.

Enquanto ‘o pau come solto’ em Anthuresta e AQUILO delira, finalmente surge a superinteligência VATROX-VAMU.

Atlan e Gucky penetram na Estrela Comercial TZA'HANATH, apoiados pelos sete antigos mutantes, que se fundem com eles, para fortalecê-los e protegê-los. Eles são detidos por VATROX-VAMU, que mata Son Okura definitivamente. Atlan e o rato-castor são arremessados de volta para a Terra, de onde desaparecem subitamente cem milhões de pessoas com capacidade psi latente. Gucky acredita que eles tenham sido englobados por AQUILO.

AQUILO também engole a substância de ARCHETIM. Então, a superinteligência começa mesmo a captar a energia do Sol. Repentinamente, Gleam surge ao lado de Peregrino. AQUILO engole toda a matéria psi armazenada nas armas dos vatrox e todos os mutantes reencarnados, que estavam ajudando na luta contra os vatrox. O escudo Terranova se apaga. O planeta Markanu aparece no lugar de Peregrino, que também é absorvido por AQUILO.

11 de maio de 1463 NCG, às 18h57min, AQUILO aparentemente morre com um grito lancinante, mas, na verdade, utilizando Atlan como catalisador, absorve a superinteligência VATROX-VAMU e toda a matéria psi do ARSENAL PARALOX. Todos os humanos englobados por AQUILO se materializam em Markanu.

Como originalmente planejado, AQUILO se divide em três partes: as superinteligências TALIN e AQUILO e um ser incorpóreo – VAMU. Isto ocorreu para evitar a transformação de AQUILO em uma Fonte de Matéria, o que teria aniquilado todos os seres vivos de sua concentração de poder. Mas, com isso, esta concentração de poder também é dividida: AQUILO continua a dominar o Grupo Local, enquanto TALIN assume as Terras Distantes. Glean se transforme em Andarilho, que lhe serve como âncora no universo normal, enquanto Markanu se transforma no novo Peregrino.

AQUILO envia a Estrela Comercial JERGALL de Anthuresta para a Via Láctea, como um presente para a Humanidade. A nova entidade VAMU se torna a responsável pelo que sobrou dos vatrox, desaparecendo na imensidão do universo.. A Rede Polyport é posta à disposição das duas concentrações de poder, interligando-as. Perry Rhodan decide explorar a Rede e abandonar a política. Atlan é mantido como ‘convidado’ em Peregrino, pois é o último dos Cavaleiros das Profundezas, que deve ser adequadamente protegido.

perryfig4Neuroverso

A superinteligência negativa Qin Shi transfere todo o Sistema Solar para uma bizarra anomalia espacial que estava prestes a se tornar um “neuroverso”, um universo com uma estrutura neuronal. Perry Rhodan descobre na galáxia Chanda um plano de várias superinteligências para criar um universo paralelo que estaria livre das influências dos cosmocratas e dos caotarcas.

Tribunal Atópico

O Tribunal Atópico chega à Via Láctea com o propósito de julgar Perry Rhodan e o imperador arcônida Bostich I por um crime hediondo que ambos cometerão no futuro distante. Enquanto a Via Láctea é ocupada pelo Tribunal e suas raças auxiliares, os terranos viajam a uma região do universo conhecida como “As Terras Além” para desvendar os segredos do Tribunal Atópico...


PERRY RHODAN (PR Neo)

Aparência

Perry Rhodan tem penetrantes olhos cinza-azulados, cabelo loiro curto e um rosto quase magro que também se mostra enérgico. Ele tem uma pequena cicatriz na narina direita (PR Neo 17).

Caracterização

Em 2036, Rhodan ainda é solteiro e tem o posto de major (PR Neo 1).

Ele tem a capacidade de saber o momento exato de agir, o que descobre examinando o meio ambiente e aproveitando as oportunidades oferecidas (PR Neo 15).

Perry não confia nos instrumentos durante as manobras de voo mais difíceis, mas fica de olhos fechados e sente dentro de si o que tem de ser feito (PR Neo 17).

HISTÓRIA

Os Primeiros Anos

Perry Rhodan nasceu em 1999, em Manchester/Connecticut.

Em maio de 2007, Perry viaja para a casa de seu tio Karl Rhodan em South Hadley. O motorista do ônibus Maximo Mendez fica desconfiado e pede para falar com seus pais no telefone. Uma mulher informa que Perry tem autorização para a viagem. Ele chega à South Hadley, onde um carro patrulha espera por ele (PR Neo 50).

Quando criança, ele visita regularmente um acampamento de verão em um lago nas montanhas de Catskill. Junto com o tio Karl, ele faz trekking nas montanhas Adirondack. Durante os seis dias e noites que passa no deserto, seu tio lhe ensina que todo homem pode tornar possíveis as coisas julgadas impossíveis (PR neo 9).

Aos 11 anos de idade, ele visita seu avô Dubai sem suspeitar que ele estava sofrendo de leucemia (PR Neo 1).

Em junho de 2020 é inaugurado o Campo Nevada, de onde se espera que parta o primeiro foguete em dois ou três anos. A cerimônia também conta com a presença de Perry, que foi levado para lá, sem conhecimento de seus pais, por seu tio Karl. Perry admira Lesly K. Pounder, que faz um excepcional voo de testes (PR Neo 50).

Ele estuda biônica na Universidade da Califórnia em Berkeley. Junto com sua namorada Taylor ele abandona a cerimônia de formatura e passa algumas horas maravilhosas nas colinas, até que um médico o chama por causa de sua irmã Deborah (PR Neo 50).

Em 2027, ele completa seu treinamento como piloto na Escola de Pilotos de Teste da Força Aérea na Base Aérea de Edwards, na Califórnia. Ele encontra Reginald Bull em um bar em 2028 (data mais provável). Bull acabara de saber que sua irmã Madison tinha morrido em decorrência de um acidente vascular cerebral causado pelo uso de drogas e queria afogar as mágoas no álcool. Ele começa uma briga que rapidamente se transforma em uma luta generalizada. Rhodan o ajuda a escapar do local antes que a polícia o prenda. Para encobrir uma lesão, ele o nocauteia e diz ao médico da base que se trata de uma queda infeliz nas escadas (PR Neo 50).

Em 2029, Rhodan e Bull são convidados a integrar os 40 candidatos ao Campo Nevada. As boas-vindas por Lesly Pounder são usadas como um primeiro teste. Uma explosão falsa desafia os candidatos por meio de gases e choque. Rhodan tenta apagar o fogo quando uma mulher tropeça ao passar por ele. Ele e Bull tentam resgatá-la, mas caem atordoados. Pounder louva sua coragem excepcional e os aceita, mesmo contra seus padrões, como candidatos (PR Neo 50).

Em 2032, ele é surpreendentemente escolhido para realizar o voo inaugural de um protótipo de transporte Lunar, tendo o experiente Helen Segdwick como copiloto. A nave CAMPBELL é lançada em órbita. Quando Segdwick, provavelmente uma marionete de Callibso neste momento, ameaça à nave adotando um ângulo de mergulho muito íngreme, Rhodan assume o controle. Ele desliga o computador e pilota manualmente. Embora a nave pouse fora da pista, não há danos. Segdwick é encontrado morto em seu assento. Por causa deste evento, Rhodan é chamado de 'reator instantâneo', o que ele não gosta (PR Neo 17, PR Neo 50).

Lesly Pounder finalmente o nomeia comandante da STARDUST.

perryneo2Para a Lua e de volta

O lançamento da STARDUST ocorre em 19 de junho de 2036. A versão oficial é que deve ser esclarecida a perda de contato com a estação lunar tripulada ARMSTRONG. Algum tempo antes, Rhodan foi convidado por Pounder para um churrasco, onde ele informou a verdadeira razão da missão: uma sonda automática fotografou uma espaçonave extraterrestre no lado oculto da Lua.

Quando a STARDUST entra na sombra da Lua, uma influência desconhecida desliga toda a eletrônica embarcada. Rhodan pousa manualmente a STARDUST. Com um veículo de esteiras, ele e Bull levam 15 horas para chegar a um ponto onde possam chamar a Terra. No momento do contato, no entanto, uma espécie de raio destrói os equipamentos de rádio. Eles se dirigem para o local do disparo e encontram uma enorme espaçonave esférica: a nave arcônida AETRON. Rhodan vê a borda da cratera danificada e descobre que a nave, aparentemente, fez um pouso forçado. Quando tenta abordar a espaçonave, um campo defensivo energético é ativado. Rhodan destrói seu veículo e envia uma mensagem de rádio para os arcônidas enquanto caminha na direção do campo defensivo energético. No último momento, o campo defensivo energético é desligado e eles penetram a bordo. Lá, eles encontram os primeiros seres extraterrestres (PR Neo 1).

A bordo da AETRON, Rhodan e Bull conhecem Crest da Zoltral que os ciceroneia. Eles notam o mau estado da nave e veem outros arcônidas na central de comando, mas eles estão totalmente absorvidos em seus jogos de simulação. Quando Thora da Zoltral chega à central de comando, ela manda dois robôs os confinarem em uma cabine. Crest os liberta mais tarde, pois ele quer mandá-los embora da nave. Mas Rhodan percebe que Crest sofre de leucemia e lhe oferece a cura na Terra. O arcônida captura a STARDUST, onde estão Eric Manoli e Clark G. Flipper, por meio de um raio de transporte e a coloca em um hangar da AETRON. O médico Manoli confirma o diagnóstico de leucemia. A STARDUST é reparada e colocada em condições de retornar para a Terra (PR Neo 1).

A STARDUST volta para a Terra, sendo alvejada durante a reentrada na atmosfera por mísseis nucleares. Pouco antes da destruição, Thora chega com uma nave auxiliar arcônida e destrói os mísseis. No início da manhã de 27 de junho de 2036, a nave finalmente pousa no deserto de Gobi. Perry Rhodan, em um ato simbólico, arranca a bandeira dos Estados Unidos da manga do seu uniforme e abandona sua cidadania (PR Neo 1).

No sistema Vega

A recuperada TOSOMA 9 é reparado e renomeado como GOOD HOPE. Chega um pedido de socorro do sistema Vega. Rhodan decide ver o que está acontecendo. Em 27 de julho de 2036, a GOOD HOPE parte para o sistema Vega (PR Neo 9).

Ao chegar a Vega, testemunha-se que a muito superior frota tópsida invadiu o sistema natal ferrônio. O ferrônio Chaktor, resgatado de uma danificada cápsula de salvamento, informa que o lendário Portador da Luz ajudaria os ferrônios em perigo. Thora ataca as naves tópsidas com a GOOD HOPE, repelindo várias delas; entretanto, chega um couraçado arcônida tripulado por tópsidas, que derruba a TOSOMA 9 sobre o planeta Ferrol (PR Neo 10).

Sengu, Tschubai, Baturin, Chaktor e Rhodan pousam em local separado dos demais, nos pântanos Derrwash. Conduzidos pelo warani Menet, eles seguem para a capital Thorta em busca do Thort. Durante a marcha, Baturin e Menet se separam do grupo (PR Neo 11).

No Palácio Vermelho em Thorta eles presenciam a fuga do Thort através de um transmissor de matéria e salvam o guardião Lossoshér. A seguir, também fogem pelo mesmo transmissor. Devido à diferente regulação, chegam à antiga cidadela Remanor no planeta Rofus (PR Neo 13 e PR Neo 18).

Lossoshér analisa o cristal de memória contendo a posição exata do emissor do pedido de ajuda, que Rhodan trouxe da GOOD HOPE, e verifica que este se encontra no planeta Lannol. Sengu encontra a perdida Thora da Zoltral, prisioneira dos tópsidas na cidadela. Ela é libertada ao ser interrogada por Trker-Hon; alvejado por Chaktor, o tópsida é salvo e deixado para trás por Rhodan. Eles usam o transmissor para chegar a Lannol, onde são recebidos pela Ernst Ellert (PR Neo 13).

Ellert encoraja Rhodan a ficar no sistema Vega e a não voltar para a Terra (PR Neo 14).

Eles encontram Kerlon da Hozarius, que lhes conta a história do ataque metanita a Larsaf III, que ocorreu há 10.000 anos, e da construção do Baluarte Eterno (PR Neo 14).

Perry Rhodan desenvolveu uma estratégia contra os tópsidas. Ele pretende alcançar os líderes dos lagartos e se apresentar como o lendário Portador da Luz dos ferrônios (PR Neo 15).

Rhodan e Thora refletem sobre as verdadeiras razões para os tópsidas invadirem o sistema Vega. Eles pensavam nos transmissores, que não devem cair nas mãos dos tópsidas em nenhuma hipótese. Thora prepara o transmissor para explodir com a decolagem da TOSOMA 10, rebatizada de LAST HOPE (PR Neo 15).

Rhodan se apresenta como o prometido Portador da Luz. O couraçado RUGR-KREHN captura a LAST HOPE com um raio-trator (PR Neo 15).

Rhodan é preso e interrogado por Genkt-Tarm e Trker-Hon. A chegada em massa dos fantans altera tudo. Ras Tschubai salva Rhodan da central de comando. Tako Kakuta, Sid González e Gucky os ajudam a escapar para a TOSOMA, que também chegou a Vega. Os explosivos plantados por Thora destroem o couraçado RUGR-KREHN (PR Neo 16).

Apesar de Genkt-Tarm e Trker-Hon serem interrogados telepaticamente por Tatiana Michalovna e Gucky, a verdadeira razão da invasão não é descoberta. Rhodan apresenta uma proposta de paz: Tópsidas e fantans devem ceder sua tecnologia e ajudar os ferrônios a reconstruírem seus mundos; os fantans podem revirar os destroços no espaço em busca de Besun durante um mês; os tópsidas recebem alguns transmissores (PR Neo 16).

Trker-Hon pede para conhecer a Terra e Rhodan concorda. Genkt-Tarm, o Thort, Chaktor e Lossoshér deixam a TOSOMA em escaleres e voltam para seus povos (PR Neo 16).

Perry Rhodan e Reginald Bull voam para Vega em 13 de setembro de 2036. Apoiados por Chaktor eles voam com a nave de ligação ferrônia PANERC para o planeta Gol, onde capturam a abandonada espaçonave tópsida NESBITT-BRECK. Durante esta missão, Chaktor e Rhodan têm uma visão de um mundo partido ao meio. Uma voz diz que precisa de Rhodan (PR Neo 17).

Fundação da União Terrana

De volta à Terra, Rhodan faz um discurso perante a Assembleia Geral da União Terrana em 14 de setembro; para surpresa de todos, ele indica Homer G Adams como Administrador, declinando do convite feito (PR Neo 17).

Odisseia através do tempo

Ao saber que Crest pretende planeja usar o transmissor da cúpula submarina. Usando a NESBITT-BRECK, Thora, Bull, Rhodan e Ras Tschubai voam para a cúpula nos Açores. Thora informa Perry sobre o Mundo da Vida Eterna, em busca do qual está Crest. Ras teleportado com Thora e Perry diretamente para a sala do transmissor. Eles não conseguem deter Crest, Tatiana Michalovna e Trker-Hon. A interação entre o campo defensivo e transmissor causa a explosão do gerador do escudo, o que destrói o transmissor (PR Neo 17).

Rhodan, Bull, Thora, Tschubai, Sue Mirafiore e os ferrônios Chaktor e Lossoshér usam o transmissor de Zardik, que se supõe seja ligado ao transmissor destruído na Terra. Eles pretendem seguir Crest, para que Sue possa curá-lo. Reginald ainda levou Proto, um protótipo desenvolvido por ele a partir de robô de combate arcônida (PR Neo 18).

Logo após saírem do transmissor eles são atacados. Proto é destruído por mísseis. Eles estão em Rofus, na Idade das Trevas dos ferrônios, na qual todos lutam contra todos. Uma hora depois, são prisioneiros de Durhai Nerlan perto de Remanor (PR Neo 18).

Eles conhecem Mar-Ton Guall. Sue Mirafiore curou seu ferido terceiro olho, permitindo que ele o abra e use. Guall se torna o primeiro Thort (PR Neo 18).

Durante a batalha para tomar Remanor, Guall logo assume a liderança. Guall e Sir-Lan Rukaar terminam a luta. Perry e seu grupo são levados por Rukaar e Guall ao transmissor escondido na cidadela de Remanor (PR Neo 18).

Ao sair do campo de transmissão, eles se encontram em uma espaçonave na atmosfera de Reyan. Thora percebe que a espaçonave usa tecnologia desconhecida (PR Neo 20).

Um ser desconhecido se apresenta como Explorador (Carfesch). Ras Tschubai teleportada todos para fora da nave e eles caem em uma rede sobre o oceano, sendo salvos pelos reyanos e levados para Kimmon, onde se encontram com a Matrona Alrad (PR Neo 20).

Com base em um documento encontrado, Lossoshér afirma que em 2 dias ocorrerão as primeiras batalhas que deram início à Idade das Trevas dos ferrônios. Lossoshér, a Matrona e Rhodan decidem que devem tentar impedir a guerra. Eles partem em um catamarã para a conferência em Rey (PR Neo 20).

A conferência em Rey mostra o profundo conflito entre as colônias e o governo central em Ferrol. Telgar apoia a paz enquanto Teldara apoia Ferrol. Flark ameaça atacar Ferrol. A Matrona Alrad pede para Perry Rhodan e Lossoshér falarem. Durante o discurso de Perry, aproxima-se a enorme nave cilíndrica azul-cobalto azul na qual Perry Rhodan e seu grupo chegou em Reyan. O cilindro é atacado por cinco naves alienígenas e cai no mar (PR Neo 20).

Ras Tschubai salva o Explorador, levando-o para o catamarã da Matrona. Rhodan lidera a fuga para escapar da destruição causada pela queda da nave no oceano. O Explorador é resgatado por três cilindros, que formam um triângulo no céu. Perry Rhodan, Reginald Bull, Thora da Zoltral, Sue Mirafiore e Chaktor deixam Reyan por um transmissor trazido por uma das naves. Lossoshér permanece em Reyan para tentar mitigar as consequências deste período de sua história (PR Neo 20)

Usando o transmissor do Explorador Carfesch, Perry Rhodan e seu grupo chegam ao planeta Ambur. Eneida os leva a Ganashar. Sue liberta a si mesma e a Reginald Bull das nanomáquinas implantadas pelos fantans nos Besun. Quando Ganashar é atacada, Rhodan e seus homens fogem em um veículo deslizante. Detidos por altos picos montanhosos, eles são levados por Ras Tschubai para bordo da nave azul-cobalto de Carfesch (PR Neo 22).

perryneo1Voo da TOSOMA

Em 01 de janeiro de 2037, a TOSOMA parte para Árcon. Na segunda etapa de transição, ocorrem várias falhas técnicas e uma bomba de Árcon escondida no hangar é acionada. Thora resolve ejetar e explodir a seção, única forma de salvar a nave do fogo nuclear. Depois de salvar as cerca de 600 pessoas isoladas naquela área, Thora dirige a nave para o sistema Beta-Albireo, perto da Estação Espacial KE-MATLON (PR Neo 25).

Em troca da reparação da nave, os saltadores liderados pela matriarca Belinkhar exigem que um sétimo da tripulação permaneça prestando serviço na estação. Rhodan concorda a contragosto. Um saltador revoltado informa Árcon do ocorrido com a TOSOMA. As naves da 247ª Flotilha Avançada de Fronteira, comandada pelo naat Reekha Novaal, aparecem sobre KE-MATLON e exigem a rendição da TOSOMA (PR Neo 27).



1Personagem extremamente curioso, que começa como um elefante em miniatura (do tamanho de um cachorro médio) e depois vira um humanoide; muito ligado a Mondra Diamond. Nota do Tradutor.

2 Em 1463 NCG somente existiam no universo entre 5 e 10 pessoas que falavam inglês (PR 2533)

3 Espécie de superinteligência 

Imprimir Email

Você não tem permissão para comentar. Faça seu login no site ou se registre, caso não tenha um login no site.

Login

A Chave secreta é necessária somente se você habilitou o Google Autenticador em seu perfil.