Rhodan retorna para Terra e pousa em Terrânia, sede da Terceira Potência no deserto de Gobi e planeja o contra-ataque as naves de Topthor. Esse, sem saber do retorno de Rhodan, acreditando que a Terra não teria condições de se defender, entra em contato dizendo que iria desembarca no planeta. Rhodan finge ser o coronel Freyt e pede que se retirem do Sistema Solar, mas Topthor não escuta e continua em direção a Terra. Rhodan decola e ao encontrar a frota de Topthor não tem outra opção se não utilizar a nova arma. Novamente Rhodan destrói várias naves, deixando apenas a nave de Topthor e Grogham inteiras, e elas fogem.

No planeta gelado, que foi denominado de Planeta Homem de Gelo pelo grupo de cadetes composto por Julian Tifflor, Humpry Hifield, Klaus Eberhardt, Mildred Orson, Felicitas Kergonen e o robô RB-013, agora chamado de Moisés, e ainda o rato-castor Gucky estavam escondidos evitando todos os ataques de Etztak e Orlgans. Graças às habilidades de Gucky que dispunha dos poderes telecinéticos, telepáticos e de teleportação, que lhe conferia um status de alta patente junto aos mutantes de Rhodan. Entretanto, após o ataque de Rhodan, Etztak impaciente e decidido a tudo, envia Orlgans para o planeta gelado, a fim de detonar no polo norte uma bomba nuclear que iniciaria um processo para transformar o planeta em um novo sol.

No planeta Homem de Gelo, a cada cento e vinte e três anos havia uma era glacial, que durava perto de oitenta anos. No planeta existia uma forma de vida vegetal e que dispunha de poderes telepáticos. Foram esses seres que Gucky havia pressentido anteriormente, e que o grupo entra em contato, os sonolentos, que se assemelhavam a tulipas. Nesse momento, os seres sentem o que está por acontecer e pedem a Gucky que cumpra uma tarefa, que consistia em realizar uma sentença, a morte dos seres que estavam para destruir o planeta. Gucky se teleporta para junto da nave de Orlgans, e infelizmente não poderia parar o processo iniciado pela bomba. Mas força a tripulação desembarcar, destrói a nave e os condena a sofrer o mesmo destino dos sonolentos. Os cadetes conseguem salvar dez casais dos sonolentos que consistiria em cinquenta indivíduos, pois cada casal era composto por pares de cinco cores diferentes, o vermelho e o alaranjado dominavam, mas também haviam flores azuis, amarelas e roxas capazes de viverem duzentos anos.

A neve começou a derreter com o inferno de fogo, e o grupo foge da caverna em que se encontravam, mas tiveram que contar com Moisés para abrir passagem através da rocha, que já se encontrava submersa. Ao emergirem foram resgatados por um destróier teletransportado para ilha onde se encontravam, enviado por Rhodan, que pôs fim aos saltadores. De volta a Terra todos contemplam os sonolentos no jardim da cobertura do edifício da administração central, acreditando que os saltadores agora conscientes do poder da Terra não mais se atreveriam a atacar.

Gostou deste resumo? Participe do Projeto Traduções!

Clique aqui para criar uma Conta e, para saber como adquirir sua cópia oficial e ainda ter os benefícios de ser um integrante do Projeto Traduções, entre em contato: Este endereço para e-mail está protegido contra spambots. Você precisa habilitar o JavaScript para visualizá-lo..